Finanças Governamental/Legal Japão Montadoras/Fábricas Motos Suzuki

Suzuki terá de recorrer ¥ 450 milhões em impostos devidos por causa de peças de motos

suzuki

A montadora japonesa Suzuki enfrenta mais um problema jurídico em seu país. A empresa teria ocultado ¥ 300 milhões em peças de motos usadas em competições, mas teria declarado as mesmas como custos.

Pela lei japonesa, peças e componentes utilizados têm de ser considerados como parte do inventário da empresa e não como custos. A Suzuki não descartou os componentes, infringindo assim a regra nipônica.

O fato ocorreu durante mais de dois anos e não ficou apenas nisso. A Suzuki também deixou de declarar ¥ 1,2 bilhão. Os fiscais do governo investigaram a montadora e aplicaram uma multa, mais impostos devidos, de ¥ 450 milhões.

Com os 16 modelos de automóveis vendidos de forma irregular, já que os dados de consumo não correspondem à realidade, a Suzuki acumula dois escândalos em poucos meses. A empresa diz que houve um erro de comunicação no caso das peças de motos e declaração de valores.

[Fonte: The Japan Times]





  • MarcioMaster

    Tomara que seja apenas um equivoco mesmo, senão pode fechar as portas.

    • Pedro Henrique

      na verdade não, da uns 4,4 milhões de dólares em multa
      e os 1,2 bi são mais ou menos 12 milhões de dólares.
      muito pouco pra uma montadora

  • Angelo_RSF

    Acho que a manchete correta é “recoLHer” e não “recorrer” como está escrito…

  • Mauro Schramm

    Recorrer ou recolher?

    Bom, se recorrer talvez não precise recolher, mas o governo disse que eles precisam recolher. :-p

  • Luis LC

    Bilhões de Ienes não pega muito não. KKKKK.



Send this to friend