SW4 2016: versões, preços, motor, consumo, equipamento, detalhes

SW4 2016: versões, preços, motor, consumo, equipamento, detalhes

A Toyota lançou a nova geração de seu SUV de chassi de longarinas, o SW4 2016. Com visual mais expressivo e novas tecnologias, o modelo fabricado em Zárate, Argentina, chegou em versão única, a SRX.


Além disso, a SW4 trouxe ainda um motor novo, o turbo diesel 1GD 2.8 e também o V6 4.0 a gasolina, já usado pelo Toyota 4Runner nos EUA. Rival de Chevrolet Trailblazer e Mitsubishi Pajero, o modelo da Toyota virou líder.

Na geração AN150, a Toyota SW4 chegou com uma carroceria completamente nova, com frente pronunciada, dotada de faróis complexos com luzes diurnas em LED e projetor único.

A grade frontal com duas barras cromadas, mais o para-choque com molduras arredondadas nas laterais com faróis de neblina. Com linha de cintura alta, o SUV da Toyota chamava atenção pela linha negativa das vigias traseiras.

Na traseira, as lanternas de design fluido tinham luzes de LED, enquanto o teto era “suspenso”, dada as vigias laterais serem coladas na carroceria. A SW4 2016 tinha ainda estribos laterais e maçanetas cromadas.

SW4 2016: versões, preços, motor, consumo, equipamento, detalhes

SW4 2016 – detalhes

Por dentro, o SUV ganhou interior completamente revisado, com painel moderno, dotado de cluster analógico com computador de bordo, bem como multimídia Toyota Play numa tela de 7 polegadas.

Esta chamava atenção por ter navegador GPS, TV Digital, DVD/CD, Bluetooth, USB, câmera de ré, entre outros. Com acabamento em material soft, além de guarnição com detalhes em cinza brilhante e cobre.

O conjunto tinha dois porta-luvas, ar-condicionado automático e painel com controles de tração e sistemas auxiliares. O volante tinha parte do aro em madeira e era multifuncional, mas o piloto automático era em haste na coluna.

No túnel, o acabamento era imitando madeira, assim como em outras partes da guarnição. Com bancos em couro, sendo os dianteiros com ajustes elétricos, a SW4 2016 tinha ainda teto solar elétrico e difusores de ar para as demais fileiras.

Tendo espaço para sete pessoas, o modelo da Toyota tinha segunda fileira ajustável em distância e encosto. Já o porta-malas abrigava de 180 litros com os sete bancos em pé e 500 litros nas cinco posições.

SW4 2016: versões, preços, motor, consumo, equipamento, detalhes

Além disso, o chassi de longarinas recebeu reforços para suportar melhor as torções, assim como a carroceria empregou mais aço de alta resistência. Na mecânica, o novo motor 1GD 2.8 turbo diesel com 177 cavalos e 45,9 kgfm.

Na versão a gasolina, o propulsor V6 4.0 tinha injeção indireta e entregava 238 cavalos, além de 38,3 kgfm. Ambas eram equipadas com transmissão automática de seis marchas com conversor de torque.

Com mudanças manuais na alavanca e no volante (paddle shifts), esse novo câmbio era acompanhando de um sistema de tração nas quatro rodas com os modos 4×2, 4×4 e 4×4 com reduzida, além de bloqueio do diferencial traseiro.

A SW4 2016 tem controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, controle eletrônico de estabilidade, sete airbags, freios ABS, entre outros. Com rodas de liga leve aro 18 polegadas, o SUV tinha pneus 265/60 R18.

SW4 2016: versões, preços, motor, consumo, equipamento, detalhes

Com 4,79 m de comprimento, 1,85 m de largura, 1,83 m de altura e 2,74 m de entre-eixos, a SW4 pesava mais de duas toneladas e o consumo era altíssimo na versão V6, embora ainda não fosse satisfatório na diesel.

Robusta, ela foi projetada para resistir às piores condições de rodagem e no plano de manutenção, chega a ter revisão reduzida para 6 meses com troca de óleo a cada 5.000 km para ambientes insalubres.

Sua suspensão é de duplo braço na frente com molas e amortecedores separados, assim como na traseira, onde há um eixo rígido com barra estabilizadora angular. A tração 4×4 tem ainda caixa de redução e de transferência de força.

SW4 2016: versões, preços, motor, consumo, equipamento, detalhes

A SW4 2016 tinha frente com faróis dotados de projetores de facho alto e baixo, bem como luzes diurnas em LED e piscas integrados, tendo ainda grade central com barras cromadas verticais, bem como frisos cromados com logotipo da Toyota.

O para-choque tem linhas envolventes, criando um aspecto visual bem interessante com as molduras laterais incorporadas com a grade inferior central, tendo ainda frisos cromados e faróis de neblina.

Com grande ângulo de entrada, o SUV tem o para-choque bem inclinado na parte inferior. As saias de rodas possuem molduras, enquanto as maçanetas são cromadas. Os retrovisores eram na cor do carro e tinham piscas integrados.

Além disso, os espelhos eram rebatíveis eletricamente, bem como estribos com acabamento cinza e piso emborrachado. No teto, barras longitudinais e teto solar elétrico, além de vincos pronunciados para reforço da estrutura.

Tendo friso cromado na linha de cintura, a SW4 2016 tem teto prolongado com defletor de ar pronunciado com luz auxiliar de freio, tendo a tampa do bagageiro moldura cromada, bem como lanternas em LED.

SW4 2016: versões, preços, motor, consumo, equipamento, detalhes

O para-choque envolvente tinha refletores com luz de neblina, bem como sensor de estacionamento, assim como no dianteiro. A antena era do tipo barbatana, enquanto as rodas de liga leve diamantadas tinham aro 18″ com pneus 265/60.

Por dentro, a SW4 2016 tinha interior em dois tons, de preto e marrom, além de apliques, imitando madeira e cobre. O painel tinha revestimento soft e porta-luvas superior com botão cromado.

O cluster com detalhes em azul tinha conta-giros, velocímetro, nível de combustível, temperatura da água e computador de bordo. No conjunto, existem ainda difusores de ar com relógio digital, além de ar-condicionado automático.

Abaixo, ficam os comandos de tração 4×2, 4×4 e 4×4 com reduzida, além de controle eletrônico de descida e bloqueio eletrônico do diferencial traseiro. A multimídia Toyota Play tem tela de 7 polegadas com CD/DVD/GPS/TV digital.

O dispositivo de entretenimento tem ainda Bluetooth, câmera de ré, entrada USB e auxiliar, controles de climatização, entre outros. O sistema de som tinha quatro alto-falantes e quatro tweeters.

SW4 2016: versões, preços, motor, consumo, equipamento, detalhes

Já o volante tinha assistência hidráulica com ajuste em altura e profundidade da coluna, que possuía piloto automático, além de aro em couro com imitação de madeira, bem como comandos de mídia, telefonia e computador de bordo.

Havia paddle shifts. Na parte central, a SW4 2016 tinha revestimento imitando madeira e alavanca de câmbio com o mesmo detalhe, tendo seletor de marchas tipo escada com modos Eco e Sport. O freio de estacionamento era manual.

As portas tinham revestimento soft, com couro e duas tonalidades, além de comandos dos vidros elétricos e retrovisores, bem como rebatimento automático dos mesmos. O painel tinha botão de partida iluminado.

Os bancos eram em couro marrom com ajustes elétricos no do motorista, mas sem memória. A segunda fileira tinha ajustes em distância e encosto, bem como apoio de braço central com porta-copos e controle de ventilação no teto.

SW4 2016: versões, preços, motor, consumo, equipamento, detalhes

No teto, difusores de ar até na terceira fileira, cujos dois assentos eram individuais e basculantes lateralmente, como no Fiat Doblo. Todos tinham cintos de 3 pontos e apoios de cabeça, tendo ainda Isofix na segunda fileira.

O retrovisor interno era eletrocrômico e os para-sois tinham espelhos iluminados. Havia alças de teto e nas colunas para facilitar o ingresso no interior. Fontes 12V eram distribuídas no habitáculo.

Já o porta-malas tinha 500 litros com o basculamento dos dois assentos, mas com eles em posição, tinha apenas 180 litros. A segunda fileira podia rebatir também, ampliando também o espaço para bagagens.

Iluminado e com fonte 12V, o porta-malas era acessível com abertura e fechamento automático da tampa, que podia também ser acionada por sensor sob o para-choque com o pé, facilitando embarque e desembarque de bagagem.

SW4 2016 – versões

SW4 2016: versões, preços, motor, consumo, equipamento, detalhes

  • Toyota SW4 SRX V6 Gasolina AT6 4X4 7 lugares
  • Toyota SW4 SRX 2.8 Diesel AT6 4X4 5 lugares
  • Toyota SW4 SRX 2.8 Diesel AT6 4X4 7 lugares

Equipamentos

SW4 2016: versões, preços, motor, consumo, equipamento, detalhes

Toyota SW4 SRX V6 Gasolina AT6 4X4 7 lugares – Motor 4.0 V6 com câmbio automático de seis marchas e tração 4×4, mais faróis com luzes diurnas em LED, grade e detalhe cromados, estribos, rodas de liga leve aro 18 polegadas diamantadas, pneus 265/60 R18, retrovisores na cor do carro com rebatimento elétrico e piscas integrados, maçanetas cromadas, tampa do porta-malas com acionamento elétrico e sensor, barras longitudinais no teto, lanternas em LED, vidros verdes, para-brisa degradê, luz auxiliar de freio, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, câmera de ré, direção hidráulica, ar condicionado automático, multimídia com DVD/CD/GPS/TV/Bluetooth/USB, volante em couro e madeira, detalhes em couro e madeira, porta-luvas superior, banco do motorista com ajuste elétrico, bancos em couro, ar-condicionado independente traseiro, sete assentos, retrovisor eletrocrômico, sensor de chuva, sensor crepuscular, porta-copos, porta-objetos, luzes de leitura em LED, alças no teto e colunas, lavador e limpador da vigia traseira, desembaçador traseiro, relógio digital, alarme, sistema de som com quatro alto-falantes e quatro tweeters, freios com ABS e EDB, controle de tração, controle de estabilidade, assistente de partida em rampa, controle eletrônico de descida, bloqueio eletrônico do diferencial traseiro, faróis de neblina, luz de neblina, freio a disco nas quatro rodas, estepe externo, cintos dianteiros com ajustes de altura e pré-tensionadores, porta-luvas com iluminação e resfriamento, travamento central elétrico, chave presencial, botão de partida, vidros elétricos one touch, apoio de braço dianteiro com porta-objetos, apoio de braço central traseiro com porta-copos, ajuste elétrico dos faróis, porta-revistas, tapetes em borracha, entre outros.

Toyota SW4 SRX 2.8 Diesel AT6 4X4 5 lugares – Itens acima, mais motor diesel 2.8, além de cobertura retrátil no porta-malas e cinco assentos.

Toyota SW4 SRX 2.8 Diesel AT6 4X4 7 lugares – Itens acima, mais sete lugares.

Preços

SW4 2016: versões, preços, motor, consumo, equipamento, detalhes

  • Toyota SW4 SRX V6 Gasolina AT6 4X4 7 lugares – R$ 205.000
  • Toyota SW4 SRX 2.8 Diesel AT6 4X4 5 lugares – R$ 220.000
  • Toyota SW4 SRX 2.8 Diesel AT6 4X4 7 lugares – R$ 225.000

SW4 2016 – motor

SW4 2016: versões, preços, motor, consumo, equipamento, detalhes

A Toyota SW4 2016 utilizava dois motores, mas ainda não o 2TR 2.7 Flex, que chegaria mais tarde. Um deles era o 1GD 2.8 diesel e o outro era o 1GR, um V6 4.0 a gasolina, igualmente importado.

O 1GD tinha 2.755 cm3 e bloco de ferro fundido com cabeçote de alumínio, dotado de duplo comando de válvulas variável com injeção Common Rail e bicos injetores variáveis.

Os comandos são acionados por corrente e o turbo tem geometria variável com intercooler. Com 15,6:1 de taxa de compressão, o 1GD-FTV entregava 177 cavalos a 3.400 rpm e 45,9 kgfm a 1.600 rpm.

Já o 1GR-FE era um V6 4.0 com 3.956 cm3 e injeção multiponto, tendo duplo comando de válvulas com variação, empregando assim 24 válvulas, acionadas por correia dentada.

Ele tinha taxa de compressão de 10:1 com 238 cavalos a 5.200 rpm e 38,3 kgfm a 3.800 rpm. Ambos eram equipados com transmissão automática de seis marchas com conversor de torque, modos Eco e Sport, além de paddle shifts no volante.

Desempenho

SW4 2016: versões, preços, motor, consumo, equipamento, detalhes

  • Toyota SW4 V6 Gasolina AT6 4X4 – 11,0 segundos e 180 km/h
  • Toyota SW4 2.8 Diesel AT6 4X4 – 11,8 segundos e 180 km/h

Consumo

SW4 2016: versões, preços, motor, consumo, equipamento, detalhes
Toyota SW4 2019
  • Toyota SW4 V6 Gasolina AT6 4X4 – 6,0/7,6 km/l
  • Toyota SW4 2.8 Diesel AT6 4X4 7 lugares – 9,0/10,5 km/l

SW4 2016 – manutenção e revisão

SW4 2016: versões, preços, motor, consumo, equipamento, detalhes

O serviço de pós-venda da Toyota tem revisões a cada 10.000 km ou 12 meses, mas recentemente a marca tirou as tabelas de preços dos serviços da rede de concessionários. Assim, para orçar as paradas de manutenção é preciso ir nas revendas.

Antes da revisão, a Toyota inspeciona os seguintes itens: nível de fluido, bateria, calibragem dos pneus, óleo do motor, luzes internas e externas, e ar-condicionado.

Além disso, as revisões consistem em troca de óleo, fluido de freio, filtro de óleo, filtro de ar do motor, filtro de ar da cabine, velas, correia dentada, correia em V, líquido de refrigeração, filtro de combustível, filtro separador de água, etc.

Na rede Toyota, é possível ainda realizar serviços de troca de itens de desgaste natural, tais como pastilhas de freio, discos de freio, pivôs de direção, molas, amortecedores, batentes, coxins de motor e câmbio, pneus, entre outros.

A rede de concessionários da Toyota ainda possui serviços de pintura, funilaria, instalação de acessórios, higienização, alinhamento, balanceamento, cambagem, limpeza oxi-sanitária, entre outros.

SW4 2016 – ficha técnica

SW4 2016: versões, preços, motor, consumo, equipamento, detalhes

Motor2.8 Diesel4.0 V6 Gasolina
Tipo
Número de cilindros4 em linha6 em V
Cilindrada em cm327553956
Válvulas1624
Taxa de compressão15,6:110:1
Injeção eletrônicaDireta, TurboIndireta
Potência máxima177 cv a 3.400 rpm (diesel)238 cv a 5.200 rpm (gasolina)
Torque máximo45,9 kgfm a 1.600 rpm (diesel)38,3 kgfm a 3.800 rpm (gasolina)
Transmissão
TipoAutomático de 6 marchasAutomático de 6 marchas
Tração
Tipo4×44×4
Direção
TipoHidráulicaHidráulica
Freios
TipoDiscos dianteiros e traseirosDiscos dianteiros e traseiros
Suspensão
DianteiraDuplo braçoDuplo braço
TraseiraEixo rígidoEixo rígido
Rodas e Pneus
RodasLiga leve, aro 18 polegadasLiga leve, aro 18 polegadas
Pneus265/60 R18265/60 R18
Dimensões
Comprimento (mm)4.7954.795
Largura (mm)1.8551.855
Altura (mm)1.8351.835
Entre eixos (mm)2.7452.745
Capacidades
Porta-malas (L)180 (7L) 500 (5L)180 (7L) 500 (5L)
Tanque de combustível (L)8080
Carga (Kg)590590
Peso em ordem de marcha (Kg)2.1302.060
Coeficiente aerodinâmico (cx)NDND

SW4 2016 – fotos

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.