Tags de pedágio: conheça todas as opções

anchieta pedagio

Com a rotina cada vez mais corrida, a maioria das pessoas não quer perder tempo em filas, inclusive nas estradas. Isso fez com que as tags de pedágio se tornassem cada vez mais populares em nosso país.


Antes limitadas a poucas empresas, esse setor conta atualmente com um número cada vez maior de opções, incluindo muitos bancos e outros que passaram a oferecer esse serviço para seus clientes.

Tal concorrência fez com que a comodidade e a quantidade de benefícios oferecidos aumentasse cada vez mais, com aplicativos completos, estacionamentos em shoppings e aeroportos, abastecimento, drive-thrus, entre outros.

Pensando nisso, vamos detalhar nessa matéria as principais empresas de sistemas de pagamento automático, alistadas abaixo em ordem alfabética. Em cada caso, você pode conferir o que é oferecido e o custo de cada plano.

Confira e nos diga nos comentários se você usa alguma tag e qual é a melhor opção na sua opinião!

C6 Tag

A primeira tag que vamos citar é a C6 Tag, um produto do C6 Bank em parceria com a Veloe que atualizou o produto oferecido anteriormente (C6 Taggy). Mesmo não sendo a primeira do mercado, ela é vendida como a única com “taxa zero de verdade”.

Isso acontece apenas para clientes do C6 Bank, que podem solicitar o produto sem pagar mensalidade, anuidade ou taxa de carregamento. O cartão C6 Carbon dá direito a 3 tags adicionais grátis, sendo que a partir da 4ª (ou se o cliente tiver outro cartão) é cobrado R$ 5 mensais por tag adicional.

A aceitação da C6 Tag é de 100% nas praças pedagiadas do país e também em mais de 400 estacionamentos. A concentração de pedágios é maior nas regiões Sul e Sudeste, enquanto os estacionamentos também aparecem no Norte e Nordeste.

Outro benefício é o abastecimento nos postos Shell, através do Shell Box. Usando o aplicativo do banco, você digita o código que aparece na bomba de combustível e o valor é debitado da conta.

Finalmente, a empresa também oferece o Veículos C6 Tag Rodovia, um seguro que custa R$ 5 por mês e dá assistência 24 horas e cobertura de até R$ 5 mil em despesas após acidentes em rodovias pedagiadas.

ConectCar

Um dos mais conhecidos desse ramo junto o pioneiro Sem Parar, o ConectCar oferece um sistema diferente do citado acima. Além disso, aqui temos uma das maiores coberturas entre os modelos citados.

Segundo a empresa, 100% das rodovias pedagiadas e mais de 1.000 estacionamentos aceitam essa tag, incluindo aeroportos, shoppings, escolas, teatros, universidades e muito mais.

Para assinar o ConectCar, você pode optar pelo Plano Básico, que só funciona através de recargas e não tem mensalidade, ou pelo Plano Urbano (R$ 9,90/mês), que é voltado para estacionamentos e contempla até 2 pedágios por mês.

As outras duas opções são o Plano Rodovias (R$ 14,90/mês), que não tem limites em pedágios e cobra R$ 1,90 por uso em estacionamentos, e o Plano Completo (R$ 17,90/mês), que inclui o uso em pedágios e estacionamentos sem cobranças adicionais.

Mas fique ligado, pois cada plano tem suas particularidades em relação às taxas (adesão, troca de adesivo ou até inatividade) e custo para fazer recargas. Além disso, todos incluem 12 mensalidades grátis, exceto o Básico.

Inter Tag

Os bancos digitais se tornaram a preferência de muitos brasileiros, e um dos motivos é que eles sempre estão antenados para oferecer mais facilidades a seus clientes. E isso, é claro, inclui as tags.

O banco Inter criou o Inter Tag em parceria com a Greenpass, uma das maiores empresas de pagamento automático. O produto custa R$ 25 e cobra uma mensalidade de R$ 5, sendo uma atualização do anterior Inter Pass, nome atualmente dado para o programa de assinatura do banco.

A cobertura também inclui 100% dos pedágios, além de estacionamentos em diversos estados (BA, DF, GO, MG, MT, PE, PR, RJ, RS, SC e SP). Além disso, o sistema não usa recargas, mas sim o saldo na conta do cliente.

transito estrada

Move Mais

A Move Mais usa um sistema diferente ao oferecer planos sem mensalidade, que utilizam recargas para manter o saldo desejado na tag do cliente. Mas é bom ficar atento às diferenças entre esses planos.

O primeiro é o Pré-Pago Manual, onde cada recarga é feita quando você desejar, enquanto o Pré-Pago Automático faz isso de forma automática de acordo com as preferências do cliente. Ambos usam cartão de crédito e tem uma taxa de adesão de R$ 39,90 por veículo.

Algo importante a ser destacado é que essas recargas são sempre acompanhadas por taxas, que variam entre R$ 7,50 e R$ 35 para recarregar R$ 50 e R$ 500, respectivamente. O saldo não expira e os planos não tem fidelização.

A empresa ainda oferece planos para empresas e conta com uma cobertura de 100% nas rodovias pedagiadas no país.

Sem Parar

Quando falamos sobre as tags de pedágio, talvez a maioria das pessoas logo pense na Sem Parar, uma das mais antigas do segmento. Isso faz com que ela ofereça um pacote mais abrangente de planos e serviços.

Quem estiver interessado pode optar pelo plano Sem Parar Cidade, que custa R$ 27,90 por mês e inclui assistência auto 24h (chaveiro, troca de pneus, socorro mecânico, etc). Além disso, você ganha 12 mensalidades grátis depois de pagar a primeira.

Outra opção é o Plano Em Todo Lugar, que sai por R$ 32,90 mensais e adiciona, além dos pedágios, a utilização em estacionamentos, postos de combustível, lava-rápidos e drive-thrus. Aqui o cliente também ganha 1 ano grátis pagando apenas o primeiro mês.

As outras duas opções são o Plano Pré-Pago, com adesão de R$ 20 (convertida em créditos) e recargas entre R$ 30 e R$ 250, e o Plano Flex Pedágio, que custa R$ 19,90 apenas nos meses em que for usado (adicionando R$ 13 para usar outros serviços).

Essa tag é aceita em todas as estradas pedagiadas, mais de 1.000 postos de abastecimento, 2.000 estacionamentos, 600 drive-thrus e 100 lava-rápidos, além de cashback em alguns serviços.

Tag Itaú

Alguns bancos tradicionais também estão atentos a essa novidade. Esse é o caso da Tag Itaú, que funciona com a tecnologia e cobertura da ConectCar e é livre de mensalidades.

A taxa de adesão é de R$ 20 e você pode fazer recargas a partir de R$ 30 para usar a tag em todas as rodovias pedagiadas do país, shoppings, estacionamentos, aeroportos, hospitais e drive-thru do Burger King.

Além do usual aplicativo para consultar as informações, a empresa ainda permite uma substituição do adesivo de forma gratuita por ano e não cobra anuidade. Tudo isso desde que um cartão de crédito Itaú seja usado para fazer as recargas, que variam entre R$ 50 e R$ 500.

Caso outro cartão seja cadastrado no app para fazer as recargas, o cliente passará a pagar a mensalidade do Plano Completo ConectCar, que é de R$ 17,90.

Ultrapasse – Mercado Pago

Outra empresa que também entrou no mundo das tags foi o Mercado Livre, que criou o Ultrapasse (também em parceria com o ConectCar). Ele oferece 3 mensalidades gratuitas e depois o cliente paga apenas o que usar.

Assim como outros benefícios oferecidos pela empresa, o valor da tag é relativo ao nível no Mercado Pontos, com descontos progressivos. Com isso, a mensalidade varia entre R$ 12,90 e R$ 7,74, sendo que no nível 6 nenhum valor é cobrado.

O Ultrapasse é aceito em 100% das rodovias pedagiadas, em mais de 1.000 estacionamentos e ainda oferece cashback total da compra, pagamento com o saldo na conta Mercado Pago e controle das informações pelo aplicativo.

Veloe

A Veloe também está bem estabelecida entre as tags oferecidas no Brasil, tanto é que outras empresas (como C6 Tag e a Zul+) usam sua tecnologia. Além disso, ela oferece benefícios interessantes para clientes de alguns bancos.

Ela oferece os seguintes planos: Pedágios e Estacionamentos (R$ 18,90/mês e pagamento com débito em conta), Pedágios (R$ 14,90/mês com adicional de R$ 1,90 por uso em estacionamentos) e Estacionamentos (R$ 9,90/mês com adicional de R$ 21,90 no mês que usar em pedágios).

Todos incluem 3 mensalidades grátis, não tem fidelidade, contam com frete grátis para envio do adesivo e valor mínimo de R$ 50 para as recargas automáticas. Clientes dos bancos Bradesco e Banco do Brasil recebem 12 mensalidades grátis.

A tag Veloe é aceita em 100% das rodovias pedagiadas e também pode ser usada em aeroportos, estacionamentos e shoppings. Além disso, tem parceria e ofertas especiais com alguns clubes de futebol.

Zul+

Uma outra opção entre as tags é a Zul+, que também conta com parceria com a Veloe. A startup não tem cobrança de mensalidades e funciona no sistema pré-pago, com cobrança de 10% sobre o valor de cada recarga.

A tag é mais um serviço do aplicativo da empresa, que oferece cálculo de pedágios nas viagens, consulta e pagamento de multas, IPVA e licenciamento, zona azul, abastecimento, entre outros.

Falando especificamente sobre a cobertura da tag, ela funciona em todas as estradas com pedágios e em mais de 400 estacionamentos.

Autor: Viny Furlani

Formado em Gestão de Negócios, trabalha no segmento automotivo há mais de 18 anos. Em 2009, passou a escrever avaliações e notícias sobre carros, totalizando mais de 2.000 artigos, em vários sites. Além das matérias escritas para o NA, também cuida das mídias sociais do site.