India Salões do Automóvel SUVs

Tata amplia gama de SUVs na Índia para deter concorrência estrangeira

Tata amplia gama de SUVs na Índia para deter concorrência estrangeira

Nos últimos anos, a Tata Motors – proprietária das marcas Jaguar e Land Rover – vem ampliando sua atuação no mercado indiano. Fabricante local, ela ainda está longe de ser a maior do país, que nesse caso é a Maruti, da Suzuki.


Ainda assim, a marca indiana vem renovando seu portfólio com produtos mais modernos, como o hatch de entrada Tiago, o sedã subcompacto Tigor e o mais recente hatch premium Altroz, que pode gerar ainda um sedã compacto maior mais adiante.

Tata amplia gama de SUVs na Índia para deter concorrência estrangeira

Contudo, tanto lá quanto aqui, os SUVs estão sendo os protagonistas do mercado e a Tata decidiu que precisar ter um portfólio amplo nesse aspecto para deter as marcas estrangeiras. Para entrar nessa luta, a indiana lançou há algum tempo o subcompacto Nexon, um rival direto do EcoSport, com um design externo e interno para não se botar defeito.

O Nexon, porém, é só a ponta do iceberg. Na Auto Expo 2020, que acontece em Nova Déli, o produto nem é o destaque. Bem acima, o Harrier é outro SUV da marca que foi desenvolvido com base na plataforma da Land Rover, tendo cinco lugares.

Tata amplia gama de SUVs na Índia para deter concorrência estrangeira

Agora, ele tem um irmão maior, o Gravitas, que compartilha o estilo e vem com sete assentos. Igualmente equipado com motor diesel 2.0 Multijet da Fiat com 170 cavalos, o modelo também tem base de origem inglesa e reforça o time com carroceria monobloco.

Se a opção for por um SUV mais robusto, de chassi de longarinas, o Hexa tem novidade. O SUV mais antigo, vem com a edição Safari, que traz um visual e proposta mais radical em termos visual, focando sempre no off road. O produto tem motor diesel 2.2 de 154 cavalos.

Tata amplia gama de SUVs na Índia para deter concorrência estrangeira

Além deste, a Tata já vislumbra pegar clientes que querem um SUV bem menor que os 4 metros limite, por isso apresentou o conceito HBX. Este pequenino tem 3,86 m de comprimento e 2,445 m de entre eixos, tendo ainda 1,900 m de largura e 1,880 m de altura com o rack volumoso acima.

Focado no off road, o HBX será a próxima cartada da Tata Motors numa faixa em que, se a VW não tivesse cancelado, bateria de frente com o Taigun original, aquele desenvolvido no Brasil.

Tata amplia gama de SUVs na Índia para deter concorrência estrangeira

Para além do Nexon, a Tata apresenta ainda o conceito Sierra, um SUV de 4,1500 m de comprimento e que tem a mesma base do HBX, porém, oferece mais espaço para a família. Elétrico, ele é focado na mobilidade, mas também explora bem as capacidades no fora de estrada. Porém, quando chegar ao mercado, também terá motores a gasolina e diesel.

Tata Gravitas, Harrier, HBX, Hexa Safari, Nexon e Sierra Concept – Galeria de fotos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Arthur Brasil

    Só tranquera!

    • Natán Barreto

      Vc conhece os carros? Já dirigiu? Pq mesmo sendo indianos tem base da Jaguar Land Rover e tem sido elogiados pela qualidade

      • ricmoriah

        e a plataforma modular Alpha…

      • Sino Weibo

        Brasileiro gosta de criticar a iniciativa dos outros mas nem dinheiro pra comprar um modelo destes ae a maioria tem.

    • Toyo_Highlander fan

      Pelo menos os indianos tem marca própria e design próprios. Bem diferente desse espaço aonde vivemos.

  • Luka

    Esse conceito HBX me lembrou o novo Nissan Juke, e o Sierra o Jeep Yuntu concept, bem, ao menos parece que estão evoluido no design, o design do Altroz e Nexon é bem bizarro (a traseira no caso, apesar da frente do Altroz não ser muito melhor) mas parecem estar evoluindo, já aqui nem temos mais alguma marca de veículos nacional.

    • marxx3000

      Vdd, eles estão evoluindo e nós estamos parados desde a tempos bem recuados

      • Luka

        É, infelizmente n temos mais nenhuma montadora nacional para competir com as grandes players, só temos umas de nicho que me lembre e que focam e carros off-roads bem datados.

  • marc west

    Achei bem bonito esse Harrier.

  • A Tata tá fazendo bem a sua lição de casa! No futuro, se não ocorrer uma hecatombe mundial e a economia estiver crescendo bem, ela poderia abrir uma fábrica por aqui para atender ao mercado latino-americano.

  • 4lex5andro

    Quaisquer semelhanças com a Land Rover não é mera coincidência, aliás, a própria matéria explicou isso.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email