Apple EUA Finanças Mercado Montadoras/Fábricas Tesla

Tesla: banco indica que Apple quer comprar marca de Elon Musk

tesla-concessionaria Tesla: banco indica que Apple quer comprar marca de Elon Musk

A Apple tem uma carteira de US$ 250 bilhões e teria algumas empresas famosas como alvo para uma potencial aquisição majoritária. É o que indica o banco americano Citygroup, que listou sete companhias como preferenciais para o gigante de Cupertino. Uma delas tem a ver com o mercado automotivo, a Tesla. Atualmente, a marca americana é a mais valiosa entre os fabricantes de automóveis, tendo superado em valor de mercado Ford e GM, por exemplo, praticamente na mesma semana.

Desde janeiro, as ações da Tesla subiram 40% e hoje são cotadas por mais de US$ 300 cada. Isso faz o valor de mercado da montadora de Fremont atingir US$ 50 bilhões, mais do que as duas gigantes de Detroit. Mesmo ainda dando prejuízo, a empresa de Elon Musk é cobiçada por muita gente, já que o esperado Model 3 está chegando e as previsões de faturamento alcançam US$ 13 bilhões só com as reservas atuais.

Os números de vendas da Tesla são modestos, assim como seu lineup, que conta com apenas dois modelos. As perdas ainda são enormes e as previsões de lançamento sempre contam com certa desconfiança do mercado, já que a empresa atrasou quase tudo que estava programado desde sempre. Ainda assim, a montadora virou a maçã dourada do mercado americano e, talvez, do mundial.

Do outro lado, a Apple sofre pressão dos acionistas por investimentos e a Tesla é um alvo muito desejável e, acima de tudo, possível. Ter a fabricante do Model 3 também significaria acesso ao Autopilot, o que ajudaria no desenvolvimento de sua própria tecnologia de condução autônoma. Mas, o Citygroup também listou outras grandes empresas, tais como NetFlix, Walt Disney e Electronic Arts, igualmente potenciais aquisições com a maçã mordida.

[Fonte: Economic Times]

Leia avaliações, notícias sobre carros e compare modelos em NoticiasAutomotivas.com.br.

 

Send this to a friend