China Elétricos Montadoras/Fábricas Sedãs Tesla Vídeos

Tesla continua entregando carros com defeitos graves de qualidade

Tesla continua entregando carros com defeitos graves de qualidade

A Tesla tinha uma meta e esta era entregar 500.000 carros em 2020, porém, suspeita-se que o processo de qualidade das operações da empresa tenham sido ainda mais comprometidos com a aceleração da produção.


Existem muitos relatos de defeitos nos carros da Tesla, em especial no Model 3 feito em Fremont. Um relato do canal TechChris revela problemas graves em uma unidade do sedã elétrico, entregue em Hong Kong.

Dono de um Model S 2015 e de um Model X 2017, Chris recebeu seu Model 3 com falhas de qualidade no alinhamento de peças da carroceria e no acabamento interno.

Tesla continua entregando carros com defeitos graves de qualidade

Numa rápida inspeção visual é possível notar um desalinhamento na porta do passageiro, que não fecha facilmente, exigindo força para que a mesma se encaixe completamente.

Além disso, ele apontou o mesmo problema no capô, farol, lanternas, tampa do porta-malas, todos desalinhados. Dentro, o proprietário revelou ainda que o acabamento das colunas e arco do teto estavam desalinhados e vieram com fitas verdes nas colunas B, ocultando borracha do vidro rompida. O revestimento dos bancos e do volante também estão comprometidos.

Os defeitos de qualidade mostram que a Tesla não está cumprindo um item básico em qualquer fabricante, a inspeção final de qualidade, algo que levou a um escândalo enorme no Japão, porém, mais pela cultura de carreira nas empresas.

Além disso, a suspensão do carro estava com 12 cm ante a especificação para a Ásia de 15 cm. A Tesla disse simplesmente que a diferença estava na tolerância técnica…

Tesla continua entregando carros com defeitos graves de qualidade

Indicando graves defeitos de fabricação e de inspeção de qualidade, o Tesla Model 3 Long Range de TechChris revela outro problema da empresa, o pós-venda. Para ter o carro, o cliente precisa aceitar as condições de entrega.

Isso significa que quaisquer problemas eventuais o impedirão de devolver o carro, como anunciado ao dono desse Model 3. A empresa comunicou que ele não poderia devolver e também que os impostos já haviam sido pagos.

Mas, o pior é que eles não poderiam repassar – nas condições já descritas – para outro cliente. Se o carro está com problemas, ele não deveria ir para outro cliente e sim retornar à fábrica.

Tesla continua entregando carros com defeitos graves de qualidade

O carro entregue também estava sujo, numa clara demonstração de que o pós-venda da Tesla decaiu nos últimos anos. Ele lembra que o Model S foi entregue limpo, sem defeitos e com descrição do produto feita por um funcionário.

No Model X, só entregaram as chaves, mas não havia defeitos e o carro estava limpo. Ou seja, com o volume, a Tesla se perdeu em busca de números.

Nos comentários dos dois vídeos postados por TechChris, existem outros relatos de defeitos. Obviamente, defeitos de fabricação ou qualidade não são exclusivos da Tesla, mas o assunto ganhou dimensão nos EUA devido à filosofia da empresa, o que ainda alimenta rumores de uma associação técnica ou fusão com um fabricante tradicional.

[Fonte: FCE]

Avatar

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

                                          Quem somos

                                          O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por 15 anos. Saiba mais.

                                          Notícias por email