Elétricos EUA Mercado Pickups Tesla

Tesla: Elon Musk confirma lançamento de picape elétrica nos EUA

tesla-pick-up Tesla: Elon Musk confirma lançamento de picape elétrica nos EUA

Elon Musk confirmou nas redes sociais que realmente a Tesla lançará uma picape elétrica no mercado americano. O novo produto surgirá após a chegada do crossover Model Y, que deve fechar o quarteto principal da marca. Este último será menor que o Model X atual e deve acelerar ainda mais as vendas da marca.



No entanto, Elon Musk está de olho em outro mercado, o de picapes. Embora o segmento esteja longe de entrar de cabeça no mercado de veículos elétricos, o chefe da Tesla pensa o contrário, já que dispõe agora da tecnologia necessária para fazer uma picape capaz de oferecer performance e eficiência energética. No último caso, algo difícil de se ver em veículos dessa categoria nos EUA, pois quase a totalidade utiliza motores grandes movidos por gasolina.

tesla-pick-up Tesla: Elon Musk confirma lançamento de picape elétrica nos EUA

Anualmente, o mercado americano consome 2,7 milhões de picapes. Com a gasolina barata, esse número tende até a crescer com a oferta de novos modelos no segmento. Mas, Musk acredita que um modelo 100% elétrico pode mudar as coisas radicalmente, ainda mais quando alguém com sua fama e uma marca agora admirada por muitos no país, estão por trás.

Para termos uma ideia, o caminhão Classe 8 Tesla Semi já tem mais de 1,2 mil pedidos, sendo que grandes marcas e transportadoras de renome encomendaram dúzias ou até centena deles. Diferente das picapes, o segmento de caminhões é puramente comercial e cada dólar poupado é importante para os operadores. Sem qualquer experiência na área, Musk entrou de cabeça e convenceu até alguns tradicionalistas.

tesla-pick-up Tesla: Elon Musk confirma lançamento de picape elétrica nos EUA

Mas e a picape? Musk deu uma invertida na cabeça dos fãs quando anunciou o Tesla Semi e na sequência o hiperesportivo Roadster 2020. Uma imagem mostrada no telão revelada um veículo enorme, quase parecendo um militar, com rodas bem grandes e uma caçamba tão grande que praticamente cabia uma Ford F-150, como mostrado na foto. A cabine era inspirada no Tesla Semi. Porém, dificilmente algo assim venderia no mercado americano, mesmo que seja da marca californiana.

Uma das funções da picape no mercado americano, além do trabalho propriamente dito, é satisfazer um estilo de vida bem típico do americano. O lazer é parte indivisível dessa categoria nos EUA e a Tesla deve aproveitar bem isso em seu modelo. Assim, algo como visto na apresentação de Elon Musk não faria o menor sentido, mas isso numa primeira impressão.

O que se pode esperar é um veículo do porte da F-150, mas após vermos o Tesla Semi com suas baterias de lítio integradas ao chassi de longarinas, não podemos descartar uma picape bem tradicional com a mesma arquitetura das médias e grandes atuais, pois atenderia também os conservadores, que não gostam de produtos como a Honda Ridgeline, feita em monobloco. Com essa ideia em mente, parece que o conceito indica algo nesse caminho.

[Fonte: Diário Motor]

COMPARTILHAR:
  • Ho Ho Rá O de Natal Eterno

    Bela sacada da Tesla : Popularizar Carro Elétrico nos EUA através de picapes

    • leomix leo

      Mesmo assim, aqui no Brasil, só presta pick-up a diesel.
      Rsrsrsrsrsrs

      • RRodrigo Souza

        no brasil ficamos com os restos dos restos apenas, não temos variedades de produtos no geral. carro de passeio vemos uns 5 modelos com varias series de acessórios, vamos falar de pick-up , Ford hj só tem a ranger, pois serie F no brasil só é caminhão agora, não temos F150 , F250,F350 , o que temos de pick-up hoje no brasil é ranger, hilux,s10,frontier,amarok,l200 e agora a toro que pra mim é nível abaixo das demais .

  • Louis

    E aos céticos da eletrificação, esta semana vi em reportagens que os leilões de energia eólica já estão com preços abaixo da hidrelétrica.
    O problema são só os vermes políticos, o dePUTAdo Heráclito Fortes (Boca Mole) já andou falando que quer cobrar royalties do vento.

    • Tochio

      Já que não pode engarrafar, vamos cobrar pelo vento !!

      • Antonio Di Pietro

        Se puder estocar, o Temer vai lá e coloca no bolso.
        Certeza absoluta.

    • tiago

      O dever chama:
      O problema dos utilitários elétricos é que, com a densidade energética atual da baterias de lítio, o peso do caminhão vazio será muito alto, diminuindo o quanto de carga ele pode carregar.
      Com esse problema em mãos, a Tesla pode adotar duas medidas:
      1-Diminuir o tamanho da bateria: aumenta a capacidade de carga e diminui o alcance.
      2-Aumentar o tamanho da bateria: diminui a capacidade de carga e aumenta o alcance.
      Atualmente, a densidade energética das baterias de litio fica na casa de 250Wh/kg, enquanto diesel e hidrogênio ficam com 12.889 e 39.443 Wh/kg, respectivamente.
      Dessa forma, mesmo quando você adiciona a excelente eficiência dos motores elétricos, estes ainda não se apresentam de forma vantajosa frente aos caminhões à diesel.
      No mais, só a bateria para alimentar a versão de 500 milhas de autonomia, precisaria de uma capacidade de 950kWh com um peso de 8 toneladas a um custo de US$ 180.000,00 – só este valor compra um caminhão com a mesma capacidade do Tesla Semitruck.
      Ou seja, ou os subsídios serão muito agressivos ou – quando o mesmo for lançado – as baterias tenham mudado de forma drástica ( aumento de capacidade/peso e diminuição expressiva de custos)
      Agora, não me leve a mal, eu torço pela eletrificação o quanto antes visto que não gosto de respirar fumaça de diesel, mas temos que ter, pelo menos um pé no chão.
      Acredito que um pack de baterias bem menor, sendo alimentado por um gerador a Diesel ( funcionando em condições ideiais) seja uma solução muito mais plausível que um caminhão inteiramente movido a baterias, pelo menos até que a tecnologia em baterias ou hidrogênio amadureça.

      • RRodrigo Souza

        algumas semanas atrás teve matéria sobre a tesla ter comprado ou fechado acordo com a Panasonic se eu não estiver errado que é a maior produtora de baterias, com isso a tecnologia que eles tem ,eles irão fazer com que eles fiquem mais leves , o tamanho as vezes pode ser grande mas o peso das baterias poderá ser reduzidos até lá.

      • Louis

        Sei que a tecnologia ainda tem muito o que evoluir, mas a evolução só acontecerá com os produtos sendo absorvidos pelo mercado. Se dependêssemos apenas dos céticos corneteiros, nem teríamos computadores.

        • FrankTesl

          Lembro que nos fins dos anos 80 eu comentava com o meu pai e os pais dos meus amigos sobre computadores (um pouco mais tarde nos 90’s sobre internet), e eles desdenhavam, diziam que era um brinquedo caro que não se podia fazer nada de útil, que não pudesse ser feito por máquina de escrever, telegrama e telefone…

          Meu pai um pouco menos, ele gostou de como podia se escrever e corrigir documentos antes de ir para o papel, pensava no dia que poderia mandar documentos ao fórum pela linha telefônica sem ter que sair correndo para pegar a repartição aberta.

          Mas lembro que alguns anos mais tarde em 97, 98, quando a internet já estava nas ruas, mesmo que através de modems 56k, que o pai de um amigo meu dizia que internet era só para bater papo no chat, e não dava para fazer nada de útil.

          Esses dias, 20 anos depois, meu amigo fala que o pai dele ama internet, que hoje já um sessentão, faz mais de dez anos que faz só banco pelo site ou pelo smartphone, que compra um monte de coisas e resolve tarefas pelos sites, assiste videos e filmes no youtube/netflix pela smartTV e não sai do zap e do facebook, conversando com parentes e amigos sem gastar interurbanos…

          Se dependesse da indústria de velas, a lâmpada elétrica não teria sido inventada…

          Não foi a indústria de velas de parafina e sebo, nem a indústria de óleo de baleia, lampiões à gás ou querosene que inventaram a lâmpada elétrica…

          Se Henry Ford tivesse ouvido seus clientes, teria fabricado charretes mais baratas e criado cavalos mais rápidos, ao invés de fabricar carruagens sem cavalos…

          • Louis

            Sei o que você está falando, sou dessa época, comecei a acessar rede de computadores com um serviço chamado Videotexto da Telesp, e logo depois BBS. Pouco tempo depois, comecei acessar a internet discada, com um modem bem mais lento que esses 56k, não lembro bem qual era a velocidade.
            Mas eu mesmo “queimei minha língua” quando Jobs apresentou o Iphone, eu me perguntava “pra que um telefone com uma tela dessas?” Mal eu sabia que poucos anos mais tarde eu faria de tudo através de um smartphone.

  • Só acredito vendo. Ainda tenho a forte impressão que o Musk tomou da mesma fonte do Eike. Muitos lançamentos megalomaníacos, ao mesmo tempo, que não deram em nada…

    • Franco da Silva

      O Elon deveria ter as ideias, fundar as empresas e vendê-las, como o PayPal. Quando ele “estaciona” na direção do negócio, dá rolo.

    • Louis

      Só de fazer toda a indústria automobilística “correr atrás” dos elétricos, Musk já tem seu mérito.

      • Nisso eu concordo. Ele pensa diferente, e faz outros pensarem diferente também. Mas o que eu vejo é que é muito show pra pouco resultado até agora. O Model 3 tá aí pra ser “revolucionário” tem uns 2 anos…e até agora muitos poucos sairam da fábrica.

    • DinhoRoxxx

      Ainda bem que tem mais gente que pensa a mesma coisa sobre ele

    • Luciano RC

      Eu vejo o Musk como um Tony Stark… capacidade pra isso ele tem.

    • André

      Também tenho a mesma impressão. Acho que são carros fantásticos e com conceito interessante a médio prazo. Porém me parece precipitado a produção em larga escala. Ainda me fica a dúvida da viabilidade financeira em produzir o mesmo e o real impacto no meio ambiente com essas baterias. Como e até quando uma empresa de capital aberto suporta prejuízos de mais de 1 bilhão de dólares a cada 3 meses? Além disso muito dos projetos de Elon Musk parecem inviáveis.

  • Franco da Silva

    Lançar mesmo ou fazer igual ao Model 3?! Os clientes ainda estão esperando. E os acionistas também…

    • RRodrigo Souza

      acho que ele deveria fazer algo para aumentar a produção , talvez até colocar um novo turno ou uma nova fabrica talvez

      • Luciano RC

        Acredito que demorar pra entregar pode ser uma ação de marketing para elevar o mito sobre a marca.

        • RRodrigo Souza

          também, mas se você promete por exemplo 100% de seus produtos para daqui 2 meses e quando chegar o prazo só ter entregue 5% é complicado.Imagina se fossemos nós comprando um produto e esperando muito mais do que o prazo estimado, hoje compramos um produto que tem previsão de chegar do correios por exemplo em 2 dias uteis, chegou esse segundo dia ultil de manha e já estamos reclamando com vendedor com correios e afins, essas pessoas que compraram o tesla vai ficar meses de atrasos ainda ou se bobear anos

          • Luciano RC

            Claro que gera uma insatisfação, mas tudo pode ser uma estratégia de marketing ou um planejamento de risco. Dentro de montadoras e segmentos específicos, tudo pode acontecer. Esse Musk me parece muito esperto.

  • Wellington Myph13

    Algo me diz que ele logo vai se juntar a alguma montadora pra poder terminar esse monte de lançamentos… Ele está agilizando os projetos de lançamentos pra alguma interessada fazer oferta. Só pode…

    • DinhoRoxxx

      Ou para conseguir mais investidores

  • Elfo Safadão.

    Todo mundo baba-ovo do Elon Musk só por que ele é da Polícia Civil.

  • Rafael Pinheiro

    Muitos lançamentos ao mesmo tempo, caminhão, foguete, camionete, fábrica de baterias no deserto e problemas com falta de peças para o produção do seu Tesla Model 3. Vejo ele fazendo muita coisa ao mesmo tempo, não sei se vinga, se vingar ele será um desbravador.
    Quer colocar o homem em Marte 10 anos antes que a Nasa. Vamos ver o que isso vai dar.
    Mas ele tem total mérito em incomodar as grandes montadoras.

    • RRodrigo Souza

      acredito que ele está sendo corajoso, precisamos de mais pessoas que batem de frente com os poderosos e governo, pois ele está fazendo carros com qualidades e velocidade com valores menores do que os hipercarros , quer fazer as viagens para marte ou para outro lugar antes da nasa ou de alguma outra organização que já tem muita experiência em anos nesse assunto de foguetes etc. não é todo mundo que tem dinheiro que tentaria fazer o que ele está fazendo .

      • Rafael Pinheiro

        Eu o admiro por isso. Ele é muito ambicioso, mas ele tem que resolver a produção do Testa. Prometeu 1600 unidades e só entregou 260 em Setembro. Eu vejo muito futuro no carro elétrico, mas vejo tbm ele atacando em coisas diferentes. Fato é que o caminhão dele, não ‘puxa’ o que ‘puxa’ um convencional em termos de peso. Tem que ver se faz sentido vc comprar um caminhão elétrico pra transportar menos carga, tem que ver. Eu quero ver tudo isso aí que ele promete e torço por isso, porque ele será um visionário que conseguiu idealizar, nos dias atuais temos poucos caras com essa coragem.

        • RRodrigo Souza

          mas ainda como são projetos, eles tem muito tempo para continuar com as pesquisas e quando mais melhor será para nós

  • Jad Bal Ja

    É isso ai, vamos lançar mais um modelo, e por que não né? Mal entregamos o Modelo S, o X ninguém nem comenta mais, o 3 tem gente ate hoje esperando… mas a Tesla vale mais que a GM!! É preciso manter o hype!! Daqui uns dois meses a gente lança o compacto elétrico, o mega luxuoso, o ônibus, o carro que voa…

    • Luciano RC

      Toda essa mídia, mantem a marca do topo e sua valorização. Por isso ele não pode parar de falar, parar de mostrar o que planeja lançar.

  • Mike Milankovic

    Outra lorota do Seu Musk.

  • Diego Carvalho Godinho

    Elon Musk é uma fraude. Um bandido, um criminoso e há uma seita de fanáticos para lhe defender.
    É um saláfrario e estelionatário que faz uso do ESTADO MALVADÃO (o embuste ainda se diz liberal) para beneficiar a si e as suas empresas, não faz uso somente do governo dos EUA, mas também de outros governos, principalmente europeus. O que vocês acham que foi o Acordo de Paris se não uma tacada genial que irá beneficiar em centenas de bilhões de dólares as empresas “sustentáveis e hiper cools” do Musk? Esse lixo, que se diz liberal com esse discursinho fajuto de que “temos de salvar o planeta”, tem “só” um contrato com a NASA com cifra superior a 1,2 BILHÃO DE DÓLARES. Fora os outros benefícios fiscais e contratos com outros departamentos do Estado.

    Para um bom entendedor, um pingo é letra. O resto é chorume de gente cega e fanática que não enxerga um palmo além
    da bolha que vive.

  • FocusMan

    A tesla precisa parar de falar e entregar os carros que promete. Lider de problemas de qualidade atualmente nos Eua, não sei qual o futuro deles que começa mais uma vez o ano no vermelho

  • Marcelo SR

    Não adianta mais. Motores ciclo Diesel e Otto estão com seus dias contados. Já não era sem tempo.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email