China Crossovers Sedãs Tesla Vídeos

Tesla espera aceleração das vendas na China e Model Y se destaca

Tesla espera aceleração das vendas na China e Model Y se destaca

A Tesla está esperando um volume expressivo de vendas na China após o surto de coronavírus que atingiu o país no início do ano. Com queda de 79% nas vendas em fevereiro, os emplacamentos em março cresceram rapidamente após a estabilização dos casos e o desaparecimento de novos contágios.


A pressa de Musk em construir a fábrica de Xangai em menos de um ano, parece agora dar resultado. Uma vez que o governo chinês havia liberado as empresas estrangeiras a atuarem no mercado automotivo local sem sócios nacionais, o que deixou a Tesla livre para fazer a operação ao seu estilo.

Com um regime de produção acelerado logo de cara, Musk não queria perder tempo na China e, pouco depois do Model 3 sair da linha de montagem, atropelou o cronograma estimado de lançamento do Model Y e sacou o crossover elétrico para a planta chinesa.

Tesla espera aceleração das vendas na China e Model Y se destaca

Agora, a Tesla vê que o volume planejado inicialmente de 150.000 carros em uma linha de produção mesclada entre os dois produtos, pode não dar conta do recado. Então, a Gigafactory 3 continua seu processo de expansão. A briga agora é fazer o volume chegar rapidamente a 3.000 carros por semana, o que daria a cadência anual mencionada.

O motivo da pressa é que o governo chinês deve incentivar muito mais as vendas de carros elétricos no país, uma vez que a parada geral na indústria, contribuiu para a melhora na qualidade do ar dos grandes centros.

Isso é um bom sinal para Pequim, que antes já planejava deixar de apoiar financeiramente o segmento de emissão zero, deixando o mercado seguir os próprios passos. Com produtos que possuem boa imagem, a Tesla pode simplesmente dominar o segmento premium no país.

Isso pode ser bom, mas mesmo os chineses, estão de olho na qualidade. Uma avaliação do especialista americano Sandy Munro, que fez uma análise do Model Y para averiguar o nível de qualidade de montagem do produto, notou que o crossover elétrico precisa melhorar muito. Confira nos vídeos abaixo:

 

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Beto

    Tesla já alcançou um terço do mercado de carros elétricos na China, somente com o Model 3 que ainda tem fabricação limitada: 3 mil por semana. Quando começar a fabricação e entrega do Model Y na China, poderá alcançar metade ou mais do mercado chinês de carros elétricos

  • G. de F.

    “Uma avaliação do especialista americano Sandy Munro, que fez uma análise do Model Y para averiguar o nível de qualidade de montagem do produto, notou que o crossover elétrico precisa melhorar muito. “

    Ah vá? Sério mesmo?

    • Beto

      Se ele fosse analisar todos os carros nacionais do Brasil, seria um massacre kkkkkk

      • G. de F.

        Nem fala! Rsrsrs

    • th!nk.t4nk

      Mas que são vergonhosos os gaps de montagem do Model Y, isso são mesmo (tanto na lateria quanto no interior). Em um carro barato seria até tolerável, mas num modelo dessa faixa de preço é absurdo.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email