Crossovers Elétricos EUA Tesla

Tesla Model Y não será baseado no sedã Model 3

model-y-render Tesla Model Y não será baseado no sedã Model 3

O Tesla Model Y é um crossover bastante aguardado pelos fãs da marca americana, mas Elon Musk coloca agora mais mistério sobre o próximo produto que sairá de Fremont, Califórnia. O chefe da Tesla diz que o próximo modelo, um crossover, não será feito sobre a plataforma do Model 3 que, pelo que sabemos, é feita em aço de alta resistência no lugar do alumínio da base Skate dos Model S e X.

Musk não dá muitos detalhes sobre o motivo da mudança, mas comenta que a plataforma será totalmente nova, colocando a Tesla “à frente de si mesma”. A partir daí, começam a surgir várias suposições sobre o que poderia ter motivado essa alteração. Uma das ideias é que Musk está preocupado com o processo produtivo. Mas em relação ao custo de fabricação. Problemas já ocorreram com os Model S e X, mas agora a Tesla enfrenta o desafio de ampliar em 10 vezes a produção e de forma rápida.

Nesse caso, a aposta seria em uma plataforma modular para o Model Y, que pode mesmo nem ser tão pequeno quanto o Model 3 aparenta – as medidas não foram reveladas até agora – uma vez que o Model X é bem grande, medindo em torno de 5 metros.

Um ponto levantado por Musk é deixar de lado a arquitetura baseada em 12V e migrar para algo mais sofisticado, que reduzirá bastante a quantidade de fios a bordo do crossover elétrico. Outros fabricantes atualmente apostam em 48V. A Tesla poderia seguir o caminho ou não.

Com planos de lançamento do Model Y entre 2019 e 2020, Elon Musk também pode estar pensando em sua picape elétrica. Utilizando uma plataforma modular, o crossover pode dar origem ao comercial leve, que deve atender o segmento médio, onde estão Colorado, Canyon, Tacoma e Ridgeline.

Por enquanto, Musk se concentra no Model 3, que será o ponto de virada da Tesla, que deve chegar ao fim da década com bem mais de 500 mil vendidos ao ano. Ainda assim, ele adiantou que não haverá mais um transportador urbano inovador, já que a The Boring Company se mostrou um projeto mais viável. O sul-africano também mantém na ordem do dia o Tesla Semi, um caminhão elétrico, que surgirá em setembro.

[Fonte: Jalopnik]

Leia avaliações, notícias sobre carros e compare modelos em NoticiasAutomotivas.com.br.

 

Send this to a friend