EUA Governamental/Legal Montadoras/Fábricas Tesla

Tesla rompe quarentena imposta por condado e reinicia produção

Tesla rompe quarentena imposta por condado e reinicia produção

Em pé de guerra com o condado de Alameda, onde fica a fábrica da Tesla, Elon Musk rompeu a quarentena imposta na região californiana, produzindo carros durante o fim de semana.


A informação teria partido de dois funcionários que não quiseram se identificar, informando que a montadora reiniciou a linha de produção e terminou cerca de 200 carros que estavam inacabados.

Estas duas centenas de Model 3 e Model Y foram feitas de forma sigilosa, enquanto Musk revelava através das redes sociais, a intenção de processar o condado.

Posteriormente, o bilionário confirmou que retomou a fabricação de veículos e disse que estaria na linha de montagem. Musk escreveu: “A Tesla está reiniciando a produção hoje contra as regras do condado de Alameda. Estarei na linha com todo mundo. Se alguém for preso, peço que seja apenas eu.”

Como não havia comprovação de que a fábrica estava operando, a postagem não gerou uma visita de fiscais sanitários do condado. Ainda assim, o departamento de saúde da região havia cobrado da Tesla um plano para reabrir a planta em Fremont.

Tesla rompe quarentena imposta por condado e reinicia produção

Enquanto isso, a Tesla poderia operar em nível mínimo até que saísse a aprovação do plano de reabertura. Não se sabe se Musk apoiou-se nessa condição para terminar 200 carros, mas devido às polêmicas envolvendo a quarentena, o assunto ganhou força.

Elon Musk critica a quarentena na Califórnia e a decisão de Alameda em não liberar a economia local como no restante do estado. O condado fica na área da Baía de São Francisco, que tem ainda outros cinco condados com restrições igualmente mais severas, devido ao coronavírus.

Diante da demora em reiniciar as operações, Musk anunciou a intenção de mudar a sede da Tesla para o Colorado ou Texas, indicando até a possibilidade de sair de Fremont e se mudar para um desses dois estados, menos restritivos.

[Fonte: Carscoops]

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Diego

    Mais um paladino em busca de holofotes… Os números registrados não representam o que ocorre no mundo, estimativas já dão conta de mais de 1,5 milhões de mortos.

  • zekinha71

    Esse vai se queimar, não para de imprimir balanços em papel vermelho, com essa atitude é bem capaz dos investidores correm, e acabará tendo que fritar as empresas pro um barril de petróleo.
    Deve fazer o mesmo discurso do dono do Madero sócio do bom moço: o que são 7 mil mortes, lá deve ser: o que são 100 mil mortes diante do meu prejuízo.

    • Beto

      Está acontecendo o contrário, a demanda pelos Teslas é tão alta que as poucas fábricas não conseguem ainda entregar os carros rapidamente para a grande maioria dos clientes, ainda não tem alta capacidade de produção, as ações estão em alta, quando a pandemia diminuir, as ações disparam novamente e Gigafactory Shangai aindan não atingiu 50% da capacidade de produção e não começou à produção do Model Y

  • th!nk.t4nk

    Aquela criança birrenta que cresceu, ganhou dinheiro e agora acha que pode tudo. Mais americano que isso, impossível.

    • Cesar

      Ele não é americano. É sul africano.

      • th!nk.t4nk

        Só no papel. Ele saiu de lá quando era adolescente.

  • G. de F.

    E o mimimi segue… Alguém poderia devolver a fralda, a mamadeira e bico desse infeliz para parar o choro????

    Se isso é tática de marketing pessoal para se manter em evidência diante do Covid-19, seria bom trocar o responsável, porque já está ficando um pouco feio e além da conta…

  • Racer

    O Eike gringo…. O melhor castigo é ele pegar esta “gripezinha”….

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email