Tiger 1200: preço, consumo, motor, ficha técnica

tiger 1200 15

A Triumph Tiger 1200 é uma big trail de origem britânica e que na verdade tem outro nome, Triumph Explorer, um modelo que surgiu em 2012, mas conhecido no mercado pelo título acima.


Usando um propulsor de três cilindros, a Tiger 1200 é oferecida no mercado nacional em três versões: Rally Pro, GT Explorer e Rally Explorer.

Elas custam respectivamente R$ 104.990, R$ 111.990 e R$ 118.990. Feita para longos raids de estrada ou mesmo em locais onde só existem trilhas, ou nem isso, a Tiger 1200 é uma moto confiável e histórica.

O nome Tiger é usado pela Triumph desde 1937, do modelo 80 até a Tiger Trail de 1982, ano em que a marca inglesa encerrou as atividades em seu primeiro período.

Ressuscitada em 1993, a Triumph retornou com o nome Tiger, mas até 2010. Dois anos depois, surgiu a gama atual com as variantes Sport 660 e 900. Ela é rival da BMW R 1200 GS.

Tiger 1200 – novidades

tiger 1200 19

A Tiger 1200 pertence ao segmento Adventure e chegou ao mercado nacional no modelo de nova geração no final de maio, rivalizando ainda com a Ducati Multistrada.

Ela chega mantendo o motor T-Plane de três cilindros, mas agora com duas opções de tanque, sendo de 20 litros na versão Rally Pro e 30 litros nas opções GT Explorer e Rally Explorer.

Com garantia de três anos, a Tiger 1200 tem revisões a cada 16.000 km ou 12 meses.

Seu motor T-Plane de três cilindros teve aumento de 9 cavalos em relação à geração anterior, passando a ter 150 cavalos a 9.000 rpm e 13,2 kgfm a 7.000 rpm.

Com câmbio de seis marchas e transmissão final por eixo cardã, a Tiger 1200 ganhou ainda 0,82 kgfm de torque.

tiger 1200 20

Segundo a Triumph, a Tiger ficou muito mais responsiva e empolgante com as mudanças feitas.

O propulsor T-Plane é de construção nova e com diâmetro x curso do pistão diferentes, tendo ainda modificações no cabeçote, virabrequim, eixo balanceador, transmissão mecânica e diferencial.

Importada da Inglaterra, a Tiger 1200 chega com visual bem sofisticado, destacando seu novo conjunto ótico frontal com lente retangular e pronunciada, com barra de luz diurna em LED e faróis full LED.

Também chama atenção por seu enorme tanque de até 30 litros na versão Explorer, bem como protetores de aço contra quedas e suportes para malas e bauleto.

Ela tem ainda bancos individuais e suspensão dianteira invertida, assim como traseira com balança estilizada e eixo cardã.

tiger 1200 21

Com rodas raiadas e pneus off road, bem como freios a discos com ABS, a Tiger 1200 tem suspensões de grande curso e um conjunto pronto para alcançar os Andes, o Atacama ou a Patagônia a qualquer hora.

A Tiger 1200 ficou 25 kg mais leve, o que melhorou bastante sua performance e pilotagem.

Na suspensão, além das bengalas invertidas na frente e balança traseira oscilante com eixo cardã, a Tiger 1200 adicionou sistema semi-ativo da Showa, tendo ainda freios da Brembo.

Outra novidade é o Sistema de Radar de Ponto Cego, que monitora a parte traseira da moto, avisando o condutor.

tiger 1200 18

Também tem exclusivos modos de pilotagem Off-Road e Off-Road Pro, além de sistemas como Triumph Shift Assist, que permite mudar de marcha sem o uso da embreagem.

Com partida por aproximação via wireless, a Tiger 1200 tem controle de tração e seis modos de condução.

Ela tem ainda embreagem deslizante para evitar o travamento da roda traseira em reduções bruscas.

Na Tiger 1200 há até luzes de curva adaptativas, monitoramento de pressão de pneus, piloto automático e cluster digital TFT com tela de 7 polegadas.

Tiger 1200 – detalhes

tiger 1200 7

A Tiger 1200 é uma motocicleta da Triumph com visual bem estilizado e pronta para longas viagens dentro e fora de estrada. Na frente, há um para-brisa ajustável em acrílico transparente.

O farol full LED tem luz diurna em LED numa barra horizontal sobre a lente, tendo piscas nas laterais igualmente em LED, assim como um para-lama superior com perfil aerodinâmico.

A suspensão dianteira tem bengalas douradas com sistema invertido da Showa de 49 mm com amortecimento semiativo.

Em estilo upside down, a suspensão mantém uma roda de aro 19 polegadas com aro de aço raiado e pneu Metzeler Tourance 120/70R19.

O freio tem duplo disco de 320 mm e ventilado, com pinças de duplo pistão da Brembo, com sistema ABS otimizado para curvas.

O para-lama é preto e envolvente. Acima, o painel tem display digital de 7 polegadas em TFT com conta-giros, velocímetro, nível de combustível e computador de bordo.

No guidão de alumínio cônico, ficam os retrovisores ajustáveis, assim como manoplas ergonômicas com opção de aquecimento, bem como manetes em alumínio com protetor de mão em liga leve.

O tanque de 20 ou 30 litros tem tampa aeronáutica, enquanto as laterais possuem carenagem verticalizada com entradas de ar e luzes de curva adaptativa.

Já os assentos possuem ajustes de altura e dois níveis de estofado, enquanto a rabeta tem suporte de bauleto ou carga.

Logo abaixo, fica o radar do sensor de ponto cego, que faz a varredura eletrônica da visão traseira da motocicleta.

Mais abaixo, fica a lanterna em LED com luz de placa sobre o para-lama traseiro com refletor na extremidade.

O escape tem silencioso volumoso com detalhes em preto, tendo acima duas alças de liga leve para o garupa.

Já a suspensão traseira tem balança com três braços conectados, mais eixo cardã com articulações e diferencial integrado à roda.

Esta roda é raiada e de aro 18 polegadas com pneu Metzeler Tourance 150/70R18.

O disco de freio de 282 mm é ventilado e conta com pinça de pistão único da Brembo, enquanto a balança tem amortecimento semiativo e ajuste de pré-carga eletrônico automático.

Abaixo da balança fica o catalisador da Tiger 1200, que se conecta ao T-Plane por três canos de escape em aço inox. Junto à roda um pequeno para-lama é sustentado por apenas uma haste.

O quadro é treliçado e feito em aço com suportes para os pedais do piloto e do passageiro, além de protetor metálico do cárter.

Nos kits de acessórios, há um conjunto de barras de aço tubular para proteção das partes vitais da motocicleta, assim como suporte de malas nas laterais da rabeta.

O bloco do motor tem cor bronze e sob ele fica um descanso lateral com sensor de motor ligado.

A Tiger 1200 Rally Explorer tem como diferencial aro 21 polegadas na frente com pneu 90/90-21.

A Tiger 1200 GT Explorer tem rodas de liga leve aros 19 polegadas na frente e 18 polegadas atrás.

Tiger 1200 – versões

tiger 1200 16

  • Triumph Tiger Rally Pro Snowdonia White
  • Triumph Tiger Rally Pro Sapphire Black
  • Triumph Tiger Rally Pro Matt Khaki Green
  • Triumph Tiger GT Explorer Snowdonia White
  • Triumph Tiger GT Explorer Sapphire Black
  • Triumph Tiger GT Explorer Lucerne Blue
  • Triumph Tiger Rally Explorer Snowdonia White
  • Triumph Tiger Rally Explorer Sapphire Black
  • Triumph Tiger Rally Explorer Matt Khaki Green

Equipamentos

tiger 1200 12

Triumph Tiger 1200 Rally Pro Snowdonia White – farol full LED, luz diurna em LED, lanterna em LED, luzes de curva adaptativa, rodas de aço raiadas de aro 19 polegadas na frente e aro 18 polegadas atrás.

Pneus 120/70 R19 na frente e 150/70 R18 atrás, freios a disco ventilados dianteiros de 320 mm e traseiro de 282 mm, freios com ABS da Brembo, suspensão dianteira invertida e suspensão traseira com eixo cardã.

Cluster digital, tanque de 20 litros, assentos ajustáveis em altura, guidão ajustáveis, computador de bordo e modos de condução.

Controle de tração, embreagem deslizante, câmbio de seis marchas, partida por botão e chave com sensor presencial.

Escape com silencioso elevado, catalisador pronunciado, motor tricilíndrico de quatro tempos, refrigeração líquida, alças para o garupa, carenagem envolvente, bocal do tanque aeronáutico e alarme.

Triumph Tiger 1200 Rally Pro Sapphire Black – itens acima, mais pintura preta.

Triumph Tiger 1200 Rally Pro Matt Khaki Green – itens acima, mais pintura verde.

Triumph Tiger 1200 GT Explorer Snowdonia White – itens da Rally Pro, mais sistema de amortecimento semiativo, sensor de ponto cego, manoplas aquecidas, sistema wireless, tanque de 30 litros e pintura branca.

Triumph Tiger 1200 GT Explorer Sapphire Black – itens acima, mais pintura preta.

Triumph Tiger 1200 GT Explorer Lucerne Blue – itens acima, mais pintura azul.

Triumph Tiger 1200 Rally Explorer Snowdonia White – itens da GT Explorer, mais protetores contra queda, suporte de malas, escudos de manoplas, roda dianteira raiada de 21 polegadas, pintura branca, piloto automático e pneu 90/90-21.

Triumph Tiger 1200 Rally Explorer Sapphire Black – itens acima, mais pintura preta.

Triumph Tiger 1200 Rally Explorer Matt Khaki Green – itens acima, mais pintura verde.

Preços

tiger 1200 1

Qual o valor da Tiger 1200?

  • Triumph Tiger 1200 Rally Pro Snowdonia White – R$ 104.990
  • Triumph Tiger 1200 Rally Pro Sapphire Black- R$ 105.490
  • Triumph Tiger 1200 Rally Pro Matt Khaki Green – R$ 105.490
  • Triumph Tiger 1200 GT Explorer Snowdonia White – R$ 111.990
  • Triumph Tiger 1200 GT Explorer Sapphire Black – R$ 112.490
  • Triumph Tiger 1200 GT Explorer Lucerne Blue – R$ 112.490
  • Triumph Tiger 1200 Rally Explorer Snowdonia White – R$ 118.990
  • Triumph Tiger 1200 Rally Explorer Sapphire Black – R$ 119.490
  • Triumph Tiger 1200 Rally Explorer Matt Khaki Green – R$ 119.490

Tiger 1200 – motor

tiger 1200 12

A Tiger 1200 emprega o famoso motor T-Plane, um propulsor com bloco de alumínio e magnésio, com três cilindros, que dispõe de duplo comando de válvulas variável no cabeçote.

Com quatro válvulas por cilindro, o T-Plane tem diâmetro x curso de 90,0 mm x 60,7 mm, com 1.160 cm³ e taxa de compressão de 13,2:1.

Tendo refrigeração líquida, o T-Plane tem injeção de combustível eletrônica de multiponto sequencial com controle do acelerador.

Com gerenciamento eletrônico, o T-Plane da Tiger 1200 entrega 150 cavalos a 9.000 rpm e 13,2 kgfm a 7.000 rpm, abastecido somente por gasolina.

O câmbio tem seis marchas e embreagem deslizante, multidisco banhada a óleo e com transmissão final por eixo cardã.

Esta tração tem articulações na suspensão traseira Tri-Link, que reduz os trancos durante as acelerações, transferindo de forma mais direta a força à roda traseira.

Tiger 1200 – consumo e desempenho

tiger 1200 6

A Tiger 1200 é uma motocicleta de alto desempenho e que a marca inglesa introduz em nova geração no mercado brasileiro.

Como um produto muito novo e sem dados divulgados pela Triumph, no exterior, ela vai de 0 a 100 km/h em 3,5 segundos e com máxima de 213 km/h.

Em uma ficha técnica nacional, a marca inglesa tem divulgado 230 km/h de velocidade final.

Quanto a Tiger 1200 faz por litro? O consumo médio desse modelo não foi divulgado no Brasil, mas na Inglaterra, ela faz 55,4 mpg ou 23,6 km/l de média.

Com tanque de 20 litros, a autonomia teórica será de 472 km, mas com o tanque de 30 litros da Tiger Explorer, o alcance chegará a ótimos 708 km.

Com injeção eletrônica e modos de condução, a Tiger 1200 pode ter seu consumo melhorado sob uma pilotagem mais eficiente.

Nesse caso, pode-se ajustar o funcionamento do motor para uma operação mais econômica.

Não tendo desligamento automático de cilindro, que seria possível num motor de três cilindros.

A Tiger 1200 só pode contar com esses recursos para alcançar distâncias muito grandes sem reabastecimento.

Tiger 1200 – história

tiger 1200 5

A Tiger 1200 surgiu em 2012 como Triumph Tiger Explorer e com duas famílias, sendo elas Tiger Explorer XR e XC, com a segunda mais dedicada ao fora de estrada.

A moto aventureira surgiu com motor de três cilindros chamado T-Plane com 1.215 cm³, que então entregava 139 cavalos a 9.350 rpm e 12,4 kgfm a 7.600 rpm.

Com câmbio de seis marchas, a Tiger Explorer ganhou posteriormente controle de cruzeiro, freios ABS comutáveis e controle de tração.

Concorrente da Ducati Multistrada e BMW R 1200 GS, a Triumph Tiger Explorer tinha rodas aros 19 polegadas na frente e 17 polegadas atrás, sendo raiadas ou de liga leve.

O tanque tinha somente 20 litros e garantiam boa autonomia.

Com porte grande e faróis duplos, a Tiger Explorer seguiu uma boa trilha até 2017, quando passou a ser vendida como Tiger 1200.

A mudança foi comercial para diferenciá-la de outros modelos Tiger que tinham motores menores, como 660 Sport e 900.

A Tiger 1200 é a maior trail da Triumph e não há modelo acima na linha da marca inglesa, que vem desde os anos 80 no segmento trail/aventureiro.

O primeiro modelo Tiger com essa proposta tinha nome sugestivo: Tiger Trail.

Ela foi lançada em 1981 para rivalizar com a BMW R 80 G/S, a ancestral da BMW R 1200 GS.

Em 1993, a Tiger 900 surgiu e teve duas gerações até a Tiger 955, passando depois para Tiger 1050, mas vendida em paralelo com as outras duas.

Contudo, a partir de 2010, apenas a Tiger 800 permaneceu em produção por uma década até chegar a Tiger 900 no ano de 2020.

Na linha atual, a Tiger 660 Sport é um crossover vendido no Brasil e nascido em 2022, como uma opção inédita na Triumph com foco em estrada, tendo pneus de asfalto.

Esta custa R$ 55.990, enquanto a Tiger 900 parte de R$ 68.290, tendo versões GT Low, GT Pro, Rally e Rally Pro.

A Tiger 1200 teve a primeira geração por nove anos, até o surgimento da geração atual em 2021, que demorou bastante para chegar ao mercado nacional.

Tiger 1200 – fotos

Autor: Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 26 anos. Há 15 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações.