*Destaque Matérias NA Mercado

Top 10: carros com menor desvalorização

Top 10: carros com menor desvalorização

São diversos os fatores que influenciam na desvalorização de um automóvel. Entre os principais deles estão a demanda e a oferta.


Normalmente, quanto mais um veículo é procurado no mercado de 0 km ou de seminovos, mais a desvalorização com decorrer do tempo tende a ser mais baixa em comparação com os modelos da mesma categoria e ofertados a preços equivalentes. Outro item que influencia é a credibilidade da marca.

Por outro lado, vale ressaltar que automóveis são bens de consumo. Sendo assim, eles não podem ser vistos como um investimento e a sua preocupação principal também não deve ser o quanto você irá perder com um carro após um ano, por exemplo.

E caso você realmente tenha intenção de não perder dinheiro, deixe qualquer carro de lado, pois, além da desvalorização, você terá gastos com manutenção, impostos, combustível e outras conveniências, como estacionamento e lavagem, e passar a usar serviços de táxi ou outros serviços de transporte, como o Uber. Mas isso é assunto para outro tipo de matéria.


Ainda assim, há alguns automóveis que são “amigos do seu bolso” quanto o assunto é depreciação. Conforme mostra um estudo da agência AutoInforme, o HR-V é o carro que menos desvaloriza – a análise foi feita usando o preço de um modelo 0 km ofertado em agosto de 2016 e o valor médio de um mesmo modelo anunciado como seminovo em agosto de 2017. A lista inclui ainda outros carros bastante vendidos, como o Compass, o Onix e o Corolla.

No entanto, é importante ressaltar que os valores abaixo não são tabelados, pois os preços dos seminovos podem variar conforme a versão, equipamentos, estado de conservação, região e a situação (como a econômica) do momento em que ele está sendo ofertado. Confira abaixo os 10 carros que menos desvalorizam no Brasil:

1) Honda HR-V – 8,8%

Top 10: carros com menor desvalorização

O atual carro que apresenta a menor depreciação após um ano de uso no território brasileiro é também um dos que mais vendem no segmento de utilitários. O Honda HR-V apresenta uma depreciação de somente 8,8%. Em suma, caso você adquira um HR-V na versão EXL com motor 1.8 flex e câmbio CVT, que atualmente tem preço tabelado em R$ 103,9 mil, poderá revende-lo daqui um ano por algo em torno de R$ 94,8 mil.

2) Jeep Compass – 9,1%

Top 10: carros com menor desvalorização

Em segundo lugar aparece outro modelo da categoria de crossovers. O Jeep Compass, o mais vendido entre os modelos médios do segmento, desvaloriza 9,1% após um ano de uso. Esse percentual é semelhante a de modelos mais em conta, como o Volkswagen up! e o Chevrolet Onix, e também superior a de modelos que tem fama por desvalorizar pouco, como é o caso do Toyota Corolla. A versão de entrada do Jeep Compass, a Sport 2.0 Flex AT 4×2, hoje custa R$ 109.990. Daqui um ano, ela será revendida por cerca de R$ 99,9 mil.

3) Chevrolet Onix – 9,2%

Top 10: carros com menor desvalorização

O carro mais vendido no mercado brasileiro é o terceiro que menos valoriza após ser utilizado por um ano. O Chevrolet Onix tem uma desvalorização de 9,2% após um ano. Sendo assim, o Onix Joy 1.0, o mais barato e um dos que mais vendem na linha, poderia ser revendido daqui 12 meses por algo em torno de R$ 39 mil, tendo em vista que o modelo 0 km é oferecido atualmente por R$ 43.290.

4) Volkswagen up!, Fiat Toro, Nissan Kicks e Toyota Corolla – 9,3%

Top 10: carros com menor desvalorização

O que o Volkswagen up!, a Fiat Toro, o Nissan Kicks e o Toyota Corolla têm em comum? Os três apresentam uma depreciação de 9,3% após um ano de uso, partilhando a quarta colocação nesta lista. No caso do up!, a versão de entrada take 1.0 MPI poderia ser revendida daqui um ano por cerca de R$ 35,1 mil (contra os R$ 38.740 do modelo 0 km), a Fiat Toro Endurance 1.8 AT por R$ 82,5 mil (R$ 90.990 do 0 km), o Kicks S 1.6 MT por R$ 66,2 mil (R$ 72.990 do 0 km) e o Toyota Corolla GLi Upper 1.8 CVT por R$ 81,6 mil (R$ 89.990 do 0 km).

5) Honda Fit – 9,7%

Top 10: carros com menor desvalorização

A quinta posição é ocupada pelo Honda Fit, que também tem fama de desvalorizar pouco e, juntamente do bom pós-venda da marca, acaba sendo um dos chamarizes no momento da aquisição por parte do cliente. O monovolume da empresa japonesa apresenta desvalorização de 9,7% após um ano. Logo, o modelo de entrada DX 1.5 manual poderia ser adquirido hoje por R$ 59,3 mil e revendido daqui um ano por R$ 53,5 mil.

6) Hyundai HB20S – 10,2%

Top 10: carros com menor desvalorização

O sedã de porte compacto que tem a menor depreciação após um ano de uso no mercado brasileiro não é um japonês, mas sim um coreano. O carro que leva este título é o Hyundai HB20S, que supera até mesmo o irmão hatch HB20 no quesito desvalorização (este último desvaloriza 10,7% após um ano). Neste caso, há uma desvalorização de 10,2 por cento. Sendo assim, o modelo na versão de entrada Comfort Plus 1.0 manual, que hoje custa R$ 51.590 na tabela, poderia ser revendido daqui um ano por algo em torno de R$ 46 mil.

7) Honda City – 10,3%

Top 10: carros com menor desvalorização

Outro sedã de porte compacto que ocupa uma posição nesta lista é o Honda City, que é praticamente a versão sedã do Fit. O modelo da marca japonesa costuma apresentar uma depreciação de 10,3 por cento após ser utilizado por um ano. Sendo assim, o City DX 1.5 manual, o mais em conta da linha, poderia ser revendido daqui um ano por estimados R$ 54,6 mil, levando em consideração que o atual é vendido nas concessionárias por R$ 60.900 tabelados.

8) Renault Duster Oroch – 10,4%

Top 10: carros com menor desvalorização

Rival da Fiat Toro, a Renault Duster Oroch também pode ser uma boa opção para quem deseja levar uma picape que não desvalorize tanto assim. Embora não seja campeã em vendas, a picape compacta/média tem uma desvalorização de somente 10,4% após um ano de uso. O modelo de entrada, o Expression com motor 1.6 e câmbio manual, tem preço tabelado atualmente em R$ 73.780. Logo, você poderá encontra-lo daqui um ano por cerca de R$ 66,1 mil entre os seminovos.

9) Honda Civic e Toyota Etios – 10,5%

Top 10: carros com menor desvalorização

O nono lugar é divido pelo Honda Civic e o Toyota Etios na carroceria hatch. Ambos (de origem japonesa) podem desvalorizar apenas 10,5% no primeiro ano. No caso do sedã médio, a versão de entrada Sport 2.0 manual tem preço tabelado em R$ 89,4 mil para o 0 km, então poderia ser revendido daqui um ano por algo em torno de R$ 80 mil. Já no hatch compacto, a versão de entrada X-STD 1.3 manual, que hoje parte de R$ 47.270, custaria cerca de R$ 42,3 mil entre os seminovos daqui um ano.

10) Toyota Etios Sedan – 10,6%

Top 10: carros com menor desvalorização

O Etios volta a ocupar uma posição nesta lista na carroceria sedã. O três-volumes compacto da Toyota tem desvalorização de 10,6% após um ano. Para se ter uma ideia, a versão X-STD 1.5 manual do Toyota Etios Sedan poderia ser vendida daqui 12 meses por algo em torno de R$ 46,5 mil, tendo em vista que o 0 km tem preço tabelado em R$ 52.110.

Top 10: carros com menor desvalorização
Nota média 5 de 1 votos

45 Comentários

Clique aqui para postar um comentário

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email