Top 10: Carros esportivos populares

Top 10: Carros esportivos populares

Nem todo carro considerado popular tem uma performance de carro de entrada. Alguns modelos no passado e até recentemente, ganharam configurações que acabaram entregando um desempenho acima do esperado para a proposta original.

Claro, existem aquelas versões que realmente a engenharia botou a mão para buscar uma pegada mais agressiva, mas em outros, o simples fato de ter um motor potente, aliado ao baixo peso e relação de marchas que se pode aproveitar, faz com que carros comuns acabem tendo uma condução esportiva.

Obviamente em alguns falta calibração da suspensão para maior rigidez, rodas grandes, pneus largos, câmbio curto, etc. Mas nada disso é necessário quando alguém com vontade (e perícia para isso) quer explorar os limites de um carro popular que anda bem.

Quando falamos em popular, não estamos falando apenas dos carros de entrada hoje em dia, mas daqueles que vendem muito e que estão em qualquer lugar desse país, bem como daqueles que por seu porte se encaixam num segmento de entrada.

Por conta disso, listamos 10 carros “esportivos” populares, alguns já fora de linha, mas que proporcionaram uma boa performance, apesar de seus projetos originais. Deixamos de lado os esportivos de maior potência ou performance, tais como o 208 GT e o Swift Sport, que possuem realmente tocadas bem esportivas. Como o Sandero R.S. 2.0 tem um DNA de baixo custo e preços acessíveis, então o incluímos na lista.

OBS.: Sobre o fato de que os carros com menos de 200 cavalos não são esportivos, como alguns comentaram, infelizmente os modelos da lista são os que existem na realidade do Brasil. Na verdade, nem no Brasil nem em nenhum outro lugar do mundo vão existir modelos populares com mais de 200 cavalos. A lista foi feita com base no tempo de aceleração de 0-100 km/h.

E em relação ao fato de que R$ 60.000 não é popular, a expressão popular se refere aos modelos mais simples vendidos naquele momento pelas montadoras, não carros que possam ser comprados por qualquer pessoa.

1) Renault Sandero R.S. 2.0

O Renault Sandero R.S. 2.0 nasceu de um carro popular e que nunca teve qualquer pretensão esportiva, seja aqui no Brasil, seja na Europa como um Dacia. Mas a marca francesa queria fazer algo diferente, voltar aos tempos em que carros populares podiam sim ser esportivos. Assim, com essa ideia, surgiu o modelo com motor aspirado 2.0 de até 150 cavalos, que permite ao hot hatch nacional ir de 0 a 100 km/h em 8 segundos. Vale mais pelo custo-benefício, pois merece um motor turbo, algo que deve acontecer mais adiante com o novo 1.33 Turbo de 160 cavalos da Renault.

2) Fiat Argo 1.8

Apesar da falta de força em baixa, o motor 1.8 E.torQ Evo confere uma boa performance para o Argo, mas só com rotações elevadas, zona em que uma condução esportiva é mais comum. Pensando nisso, a Fiat até recriou a versão HGT, apesar de que esta tenha mesmo mais aparência do que desempenho esportivo propriamente dito, mas o carro vai de 0 a 100 km/h em 9,2 segundos e tem equilíbrio suficiente para se sair bem em curvas fechadas e estradas sinuosas. Com até 139 cavalos e um câmbio manual de cinco marchas sem muitas pretensões, ficará melhor com um 1.3 Turbo.

3) Volkswagen up! TSI

Top 10: Carros esportivos populares

Esse pequeno é um carro que engana bem. Quando dito isso para a Volkswagen, logo a marca questionou dizendo que o carro andava muito. Não entenderam… Tire o logotipo TSI e pinte a tampa traseira de preto. Se o carro for preto, melhor ainda. E então, é ou não um up! TSI? A verdade é que na rua não dá para notar, por isso ele pode enganar qualquer um, mesmo quem tem um MPI pode dar a impressão que tem o pequenino esportivado da VW. Seu motor 1.0 TSI de até 105 cavalos manda bem até no confortável move up!, indo de 0 a 100 km/h em 9,3 segundos. Quem tem e já levou para o dinamômetro, diz que na roda registra números ainda maiores…

4) Nissan March 1.6

Top 10: Carros esportivos populares

Este popular passa despercebido, mas esconde uma boa performance sob seu formato boleado. Com baixo peso e um bom motor 1.6 HR com 111 cavalos nos dois combustíveis, bem como um câmbio com marchas bem escalonadas, o Nissan March é aquele que notamos apenas quando estamos ao volante. Sem chamar atenção para si, exceto pela versão personalizada Rio 2016, o compacto vai de 0 a 100 km/h em 9,3 segundos. E mais, tem uma boa direção elétrica e comportamento bom no geral. Com um motor mais potente, até poderia ser vendido numa versão de fato esportiva. Acessórios para turbinar essa ideia ele tem.

5) Hyundai HB20 1.6

Top 10: Carros esportivos populares

O vice-campeão em vendas também é lobo em pele de cordeiro, ainda mais quando se sabe que sua suspensão é quase estilo chinesa, focando apenas no conforto. Mas a maciez do conjunto não é problema quando se aprende a domar o bicho, com seu motor Gamma 1.6 com até 130 cavalos, que é de “uso geral” na Hyundai-Kia por aqui. O câmbio de seis marchas ajuda a fazer de 0 a 100 km/h em apenas 9,3 segundos. E a versão Turbo? Essa só tem nome! Só faz o mesmo acima de 10,7 segundos, sendo apenas um HB20 com motor 1.6 mais fraco ou o que corresponderia ao 1.4 existente lá fora. A versão Sport veio mais para mostrar essa força escondida no compacto.

6) Volkswagen Gol 1.6

O Gol atual tinha até pouco tempo atrás a versão Rallye, que tinha visual aventureiro, mas que estava mais para um popular esportivo. Com motor EA211 1.6 MSI (que deve retornar ao modelo nos próximos meses), o best seller da VW anda bem, tendo até 120 cavalos e 16,8 kgfm, numa calibração mais voltada para a performance do que a proposta recente do Polo, que será usada no Gol automático. Indo de 0 a 100 km/h em 9,5 segundos, era um Gol para os fãs do modelo. De boa pegada, respostas rápidas e estabilidade na mesma medida, o Gol 1.6 tem uma performance interessante.

7) Volkswagen Polo TSI

Top 10: Carros esportivos populares

O compacto da Volkswagen já virou um popular, sendo um dos mais vendidos no Top 10 do mercado, mas nesse, ele também não foge da briga. Limitado pelo câmbio automático de seis marchas, o Tiptronic, o Polo TSI se beneficia da força e eficiência de seu motor EA211 1.0 TSI com até 128 cavalos. Apesar de fazer de 0 a 100 km/h em 9,6 segundos, ele tem uma boa pegada esportiva é aquela força abrupta que só o turbo pode oferecer. O ronco tricilíndrico encorpado com o turbo, até empolga. Agora muitos esfregam as mãos, ávidos pela chegada da versão GTS, que deve estrear o 1.4 TSI de 150 cavalos no modelo.

8) Chevrolet Onix RS 1.0 Turbo

Top 10: Carros esportivos populares

O conjunto mecânico do Chevrolet Onix já mereceria estar em nossa lista, pois estamos falando de um motor 1.0 turbo de 116 cv e 16,8 kgfm de torque num carro que pesa pouco mais de 1.000 kg. Mas quando a marca decidiu lançar a versão RS, o visual combinou melhor com um modelo que podemos chamar de esportivo.

Ele vai de 0 a 100 km/h em 10,1 segundos e atinge uma velocidade máxima de 187 km/h. Seria ainda melhor (ou pelo menos mais divertido) se a marca o oferecesse com o câmbio manual, mas isso não vai acontecer.

9) Volkswagen Fox Xtreme 1.6

Top 10: Carros esportivos populares

Enquanto existiu, andou bem. O Fox Highline era uma proposta elegante, mas que tinha como destaque o motor EA211 1.6 MSI, que entregava até 120 cavalos ao hatch altinho da VW. Porém, seu visual não correspondia ao que o motor podia oferecer, por isso surgiu o Xtreme, para dar aquela apimentada, pelo menos no visual. Com ele, o bem-comportado compacto ia de 0 a 100 km/h em 9,8 segundos e tinha uma pegada bem esperta para sua proposta. Com boa direção elétrica, suspensão bem equilibrada e comportamento neutro, realmente empolgava quando em tocada esportiva.

10) Fiat Palio Sporting 1.6

Top 10: Carros esportivos populares

Tinha visual atrativo e até teto solar panorâmico. Quem diria… O hatch popular da marca italiana vinha com detalhes exclusivos que remetiam à performance, em sua versão Sporting, mas ela não fazia nada de diferente em relação ao Palio Essence 1.6. Ambas iam de 0 a 100 km/h em 9,8 segundos com o motor E.torQ 1.6 – que está se despedindo no Grand Siena – de até 117 cavalos, herdando assim o posto que um dia foi do GM 1.8, que precisava de 9,2 segundos para fazer o mesmo que o Sporting 1.6.

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações.