Top 10: Carros mais caros do Brasil com apenas dois airbags

Top 10: Carros mais caros do Brasil com apenas dois airbags

A segurança dos carros vendidos no Brasil tem melhorado nos últimos anos, mas ainda fica muito atrás quando comparamos com outros países. Um exemplo disso é o uso dos airbags.


Desde 1º de janeiro de 2014, todos os modelos novos vendidos por aqui devem sair de fábrica com airbag duplo e freios ABS. Esse foi um avanço na lei brasileira, e um fato comemorado por muitos, mas ainda é pouco para garantir a integridade física de todos os ocupantes.

Por outro lado, algumas montadoras continuam jogando com o regulamento debaixo do braço e oferecem apenas o mínimo de segurança em modelos que custam caro. Ou seja, elas estão dentro da lei, mas não pensam duas vezes antes de empobrecer seu produto.

Você sabe quais são os modelos mais caros em nosso mercado que oferecem apenas dois airbags? A lista abaixo “entrega” os carros que estão nessa condição e expõe um fato assustador: todos custam acima de R$ 100 mil.

Para elencar esses dez modelos, levamos em conta a versão mais cara de cada um, mas sem qualquer opcional. No final, colocamos os mais caros nas primeiras posições.

Confira!

1) Suzuki Jimny Sierra 4Style AT Allgrip 1.5 AT – R$ 165.990

Top 10: Carros mais caros do Brasil com apenas dois airbags

O modelo mais caro do Brasil com apenas dois airbags é o Suzuki Jimny Sierra, a versão atualizada do famoso Jimny. Mesmo com diversas melhorias, porém, ele manteve apenas dois airbags.

É claro que seu objetivo é diferente de outros SUVs citados por aqui, mas vale destacar que a versão mais cara (que mantém apenas os obrigatórios freios ABS e airbag duplo) custa quase R$ 166 mil.

O Jimny Sierra ainda vem com controle de estabilidade, assistente de partida em rampa, assistente de descida, multimídia de 7 polegadas com Android Auto e Apple CarPlay, volante em couro com ajuste de altura, ar-condicionado digital, faróis de LED com acendimento automático e lavador, piloto automático, câmera de ré, entre outros.

O motor usado pelo modelo da Suzuki é o 1.5 de 108 cv e 14,1 kgfm de torque, com câmbio automático de quatro marchas e tração integral temporária.

2) Jeep Renegade Longitude 2.0 Diesel – R$ 164.590

Top 10: Carros mais caros do Brasil com apenas dois airbags

Queridinho no segmento de SUVs no Brasil, o Renegade também erra ao oferecer algumas versões com apenas dois airbags. Esse é o caso da versão Longitude Diesel, que só vem com airbags laterais, de cortina e de joelho para o motorista se você adicionar o pacote Safety, que custa R$ 4.090.

Por outro lado, a opção intermediária tem suas qualidades, pois vem com ar-condicionado dual zone, bancos parcialmente em couro, faróis full LED, freio de estacionamento eletrônico, piloto automático, multimídia de 8,4 polegadas com Android Auto e Apple CarPlay e rodas de 18 polegadas.

Debaixo do capô, o Renegade mostra sua maior qualidade com o motor 2.0 turbodiesel de 170 cv e 35,7 kgfm de torque, associado ao câmbio automático de 9 marchas e à tração 4×4.

3) Mitsubishi Outlander Sport GLS 2.0 CVT – R$ 147.990

Top 10: Carros mais caros do Brasil com apenas dois airbags

O nome Outlander também é usado pela Mitsubishi em outro modelo, mas aqui estamos falando de um ASX renovado. Essa designação é a mesma usada nos Estados Unidos e o visual renovado repete o que também vemos no restante da linha da marca.

Mesmo com a cara nova, o Outlander Sport manteve apenas dois airbags em sua versão de entrada, a GLS. Essa configuração ainda vem com direção elétrica, ar-condicionado automático, assistente de partida em rampas, controle de estabilidade e tração, central multimídia de 7 polegadas com Android Auto e Apple CarPlay, câmera de ré e sistema de monitoramento de pressão dos pneus.

O motor usado por todas as versões (ele ainda tem as opções HPE 2WD e HPE AWD, além da série Black Edition) é o 2.0 de 160/170 cv e 22/23 kgfm de torque, com câmbio CVT de seis marchas simuladas.

Se você procura por mais segurança e gostou desse modelo, saiba que todas as outras versões oferecem sete airbags.

4) Mitsubishi ASX GLS 2.0 CVT – R$ 134.990

Top 10: Carros mais caros do Brasil com apenas dois airbags

A chegada do Outlander Sport ao mercado brasileiro não matou o antigo ASX, que continua sendo oferecido por aqui na versão única GLS. O conjunto mecânico também é o mesmo, com motor 2.0 de 170 cv e câmbio CVT.

Além do visual anterior, o ASX também não oferece algumas melhorias em segurança que os modelos mais recentes da Mitsubishi já entregam. Com isso, ele tem apenas dois airbags, mas vem com assistente de partida em rampas e controle de tração e estabilidade.

A lista de equipamentos ainda conta com ar-condicionado automático, volante multifuncional com paddle shifters, piloto automático, acabamento em black piano, sistema de monitoramento de pressão dos pneus, multimídia de 7 polegadas com Android Auto e Apple CarPlay, câmera de ré e rodas de 18 polegadas diamantadas.

5) Suzuki Jimny Forest 1.3 – R$ 128.990

Top 10: Carros mais caros do Brasil com apenas dois airbags

Além da dupla da Mitsubishi, as primeiras posições também contam com os dois modelos mais conhecidos da Suzuki. A quinta posição é do Jimny, que oferece uma ótima capacidade off-road por um preço bem menor que seu irmão renovado.

Talvez não seja algo tão importante para seu público, mas o Jimny também vem com apenas dois airbags em todas as suas versões, desde a mais barata 4Work (R$ 109.990) até a mais cara Forest (R$ 128.990).

Falando especificamente sobre a versão topo de linha, ela oferece visual exclusivo com a cor Verde Floresta e detalhes em grafite, bagageiro do tipo cesta, suspensão modificada (com altura do solo elevada para 268 mm), proteção para a caixa de transferência, multimídia de 7 polegadas, entre outros.

O motor usado por toda a família é o 1.3 de 85 cv e 11,2 kgfm, sempre com câmbio manual de 5 marchas e tração 4×4. Um detalhe: essa opção chegou ao Brasil em janeiro de 2020 por R$ 94.990.

6) Fiat Doblò Essence 1.8 – R$ 115.990

Top 10: Carros mais caros do Brasil com apenas dois airbags

É difícil imaginar que o Doblò estivesse vivo no mercado brasileiro se não fosse a escassez de opções em seu segmento, ainda mais quando vemos que esse obsoleto modelo já custa quase R$ 116 mil.

Junto com o visual bastante cansado, a minivan da Fiat vem apenas com o obrigatório em termos de segurança (e sem qualquer pacote opcional que melhore esse cenário). Além disso, se você quiser itens como rádio com Bluetooth, faróis de neblina, retrovisores elétricos ou o necessário sensor de estacionamento, terá que pagar R$ 4.550 pelo Pack Evolution.

A lista de equipamentos de série se limita a itens mais básicos, como ar-condicionado, direção hidráulica, computador de bordo, travas e vidros elétricos, volante com regulagem de altura e rodas de 15 polegadas.

O motor ainda é o conhecido 1.8 E.torQ de 130/132 cv e 18,4/18,9 kgfm, com câmbio manual de 5 marchas.

7) Chevrolet Spin Activ7 1.8 AT – R$ 113.650

Top 10: Carros mais caros do Brasil com apenas dois airbags

A outra opção mais em conta (se é que podemos usar essa expressão) no segmento de sete lugares, é a Chevrolet Spin Activ7. Ela também oferece apenas dois airbags em todas as versões, que começam em R$ 86.990.

Nos últimos anos, a Chevrolet aumentou a oferta de equipamentos desse modelo, que agora tem controle de tração e estabilidade, MyLink de 7 polegadas com Android Auto e Apple CarPlay, piloto automático, luz de posição em LED, sensor de chuva e crepuscular, câmera de ré, entre outros.

Por outro lado, a simplicidade é exagerada em alguns aspectos e o nível de segurança não é tão bom, ainda mais quando estamos falando de um modelo familiar, que pode levar até sete ocupantes.

Na motorização também não há novidades, com o motor 1.8 de 106/111 cv e 16,8/17,7 kgfm de torque resistindo ao tempo. O câmbio é automático e tem seis marchas.

8) Citroën C4 Cactus Feel 1.6 AT – R$ 107.990

Top 10: Carros mais caros do Brasil com apenas dois airbags

A linha de passeio da Citroën ficou bem menor nos últimos meses, restando apenas o C4 Cactus. Assim como seus concorrentes nessa lista, ele tem algumas versões sem qualquer airbag adicional aos obrigatórios.

A opção mais cara com airbag duplo é a Feel, que custa quase R$ 108 mil. Acima dela está a configuração Feel Pack, que sai por R$ 111.990 e já oferece os airbags laterais, totalizando quatro bolsas de proteção.

Se você optar pela versão Feel, a lista ainda inclui luzes diurnas e lanternas de LED, multimídia de 7 polegadas com Android Auto e Apple CarPlay, câmera de ré, painel digital, controle de tração e estabilidade, assistente de partida em rampas, faróis de neblina e rodas de 17 polegadas.

Quase todas as versões, incluindo essa citada aqui, tem o motor 1.6 aspirado de 115/118 cv e 16,1 kgfm, com câmbio automático de seis marchas. Já a topo de linha conta com o 1.6 THP, que entrega 173 cv e 24,5 kgfm (e vem com seis airbags).

9) Renault Duster Iconic 1.6 CVT – R$ 107.690

Top 10: Carros mais caros do Brasil com apenas dois airbags

A chegada do novo Renault Duster causou um misto de sentimentos. Por um lado, o SUV finalmente ganhava uma renovação visual, mas por outro oferecia apenas dois airbags em todas as suas versões.

Isso inclui a configuração mais cara Iconic, que custa R$ 107.690 e não tem airbags adicionais nem como opcional. A marca francesa preferiu oferecer outros itens, como o sistema MultiView com 4 câmeras, sensor crepuscular, alerta de ponto cego, câmera de ré, multimídia EasyLink e rodas de 17 polegadas.

Outra decepção foi termos apenas o motor 1.6 SCe de 120 cv e 16,2 kgfm de torque, nesse caso ligado ao câmbio CVT. Em outros mercados, o Duster vem com o novo 1.3 turbo e tração 4×4.

10) Chery Tiggo 3X Turbo Pro – R$ 101.990

Top 10: Carros mais caros do Brasil com apenas dois airbags

Fechamos nossa lista dos modelos mais caros com apenas dois airbags com um modelo mais recente por aqui, o Tiggo 3X. O sucessor do Tiggo 2 (que segue em nosso mercado) custa quase R$ 102 mil em sua versão mais cara, e esse ainda é um preço de lançamento (o valor normal é R$ 105.990).

A configuração Pro vem de série com faróis automáticos, chave presencial, botão de partida, climatização com ativação remota, painel digital, multimídia de 9 polegadas, assistente de rampas e de descida, sensor de estacionamento, controle de tração e estabilidade e rodas de 16 polegadas.

O motor 1.0 turbo oferece apenas 102 cv, mas tem um bom torque de 17,1 kgfm. Ele é sempre ligado à transmissão CVT, que simula 9 marchas.

Carros mais caros do Brasil com apenas dois airbags

  1. Suzuki Jimny Sierra 4Style AT Allgrip 1.5 AT – R$ 165.990
  2. Jeep Renegade Longitude 2.0 Diesel – R$ 164.590
  3. Mitsubishi Outlander Sport GLS 2.0 CVT – R$ 147.990
  4. Mitsubishi ASX GLS 2.0 CVT – R$ 134.990
  5. Suzuki Jimny Forest 1.3 – R$ 128.990
  6. Fiat Doblò Essence 1.8 – R$ 115.990
  7. Chevrolet Spin Activ7 1.8 AT – R$ 113.650
  8. Citroën C4 Cactus Feel 1.6 AT – R$ 107.990
  9. Renault Duster Iconic 1.6 CVT – R$ 107.690
  10. Chery Tiggo 3X Turbo Pro – R$ 101.990
Viny Furlani

Formado em Gestão de Negócios, trabalha no segmento automotivo há mais de 17 anos. Em 2009, passou a escrever avaliações e notícias sobre carros, totalizando mais de 2.000 artigos, em vários sites. Além das matérias escritas para o NA, também cuida das mídias sociais do site.