Top 10: Dicas de manutenção de carros

A manutenção do automóvel é algo extremamente importante. Para alguns pode ser uma tarefa prazerosa e para outros um pesadelo. Não podemos negar que fugir dela não é a solução e a partir do momento que você adquire um carro, deve estar ciente que terá que arcar com todos os custos.

Mecânica básica é ensinada até mesmo no CFC (Centro de Formação de Condutores), quando você está passando pelo processo de primeira habilitação.


Para a pessoas que deseja se aprofundar, ainda assim não é o suficiente, já que são poucas aulas relacionadas a esse tema.

manutenção-carro-oficina-1 Top 10: dicas de manutenção automotiva

As aulas de “Noções Básicas de Mecânica”, ensinadas são importantes para que o motorista possa saber o que deve ser feito em caso de emergência, quando o carro quebra, por exemplo.

É comum a realização de reparos e consertos na garagem de casa, a fim de evitar pagar mais caro para um profissional realizar o serviço, entretanto essa pode ser uma prática muito perigosa. Por isso, caso veja que não dará conta do reparo em casa, procure um mecânico.

Procurar um profissional de confiança também não é uma tarefa fácil. Em primeiro lugar, busque por referência, pesquise e compare as oficinas e serviços na sua região, procure indicações de amigos ou familiares e realize um orçamento.

Você tem costume de checar periodicamente como está a situação do seu carro? Muita gente ainda tem o hábito de verificar apenas quando vai viajar, mas não é só no momento de pegar estrada que você deve realizar uma manutenção preventiva no seu automóvel.

Ainda em casa, você mesmo pode fazer um check up de alguns itens como por exemplo: verificação das lâmpadas, luzes de freio e ré, luzes do painel, palhetas do limpador de parabrisa, além de conferir o nível de água do radiador, óleo, pneus, dentre outros.

Embora existam alguns reparos que devem ser realizados por um profissional, ainda assim é possível fazer alguns serviços na sua própria casa. Ficar atento na manutenção ajuda a evitar acidente e pode até mesmo gerar uma grande economia.

Confira as mais de 150 listas Top 10 que temos no nosso site!

Reunimos abaixo 10 dicas de manutenção simples que você pode realizar na garagem de casa. Mais uma vez, caso o proprietário não se sinta seguro em realizar o serviço, é recomendado procurar um mecânico de confiança.

Veja também: os carros com manutenção mais barata do Brasil e quando queima a junta do cabeçote, tenho que fazer retífica do motor?

1 – Luz de freio

Você pode realizar a troca de lâmpadas queimadas na sua garagem, basta ter os equipamentos certos. Geralmente por menos de R$ 50,00 você encontra uma lâmpada para repor a queimada, mas se não trocar poderá ganhar uma multa com um valor bem maior que isso.

Para realizar a troca será necessário uma chave de fenda e alguns encaixes/desencaixes. É muito importante gravar o local exato onde vai cada parafuso e encaixar a peça corretamente. Esse serviço também se aplica a luz do farol, setas, faroletes e até mesmo de lâmpadas internas.

2 – Água do radiador

A principal função do radiador é manter a refrigeração de todo o sistema e também garantir que o propulsor fique mais frio evitando superaquecimento e derretimento das peças como mostramos na matéria: Quando falta água no radiador o que acontece?

Nos veículos mais antigos é recomendado olhar diariamente pela manhã e nos mais novos pelo menos uma vez por semana. Verifique se há vazamentos, caso tenha, poderá trazer graves danos para o veículo podendo queimar as juntas, velas de ignição e em casos piores, poderá até mesmo fundir o motor. Sendo assim, além de identificar furos, realize uma limpeza no sistema e utilize sempre o líquido de arrefecimento e aditivos. Evite água de torneira.

3 – Verifique o assoalho

No Brasil, onde o asfalto é precário, deve-se tomar muito cuidado com o veículo em vias esburacadas. Caso você tenha passado por algum buraco profundo, análise para ver se algo soltou e verifique com frequência para que os danos não aumente e traga consequências mais graves.

4 – Filtro de ar + combustível

Você sabia que o filtro de ar sujo pode aumentar o consumo de combustível? Além disso, poderá causar um entupimento do sistema de alimentação e é por isso que deve ser substituído regularmente. Alguns motoristas usam ar comprimido, mas isso é recomendado ser feito de vez em quando. O correto ainda é a troca dele.

Agora, o de combustível tem a função de reter impurezas e assim como o de ar, o de gasolina também influencia na economia de combustível. Faça regularmente uma inspeção e realize a substituição de acordo com a sugestão do fabricante.

5 – Palhetas do limpador de parabrisa

As palhetas do limpador podem ser trocadas pelo próprio dono do veículo e não é algo difícil. As borrachas ressecam causando falhas, dificultam a visibilidade em dias de chuva e pode correr o risco de até riscar o vidro. Recomenda-se verificar o estado delas com frequência.

Não esqueça de olhar sempre o reservatório da água do limpador do parabrisa.

6 – Limpeza do ar-condicionado

O ar-condicionado por acumular muito pó, bactérias e micro-organismos. Em lojas físicas e pela internet você pode encontrar produtos exclusivos para a limpezas dele. A higienização do ar é fundamental para evitar riscos à saúde do motorista e de outros ocupantes.

7 – Rodízio dos pneus

Muitas oficinas realizam o rodízio de pneus e junto o balanceamento das rodas (veja aqui quanto custa alinhamento e balanceamento de pneus?) e alinhamento da direção. A troca dos pneus pode ser realizada pelo próprio motorista, basta ter um macaco e um kit de ferramentas.

O cuidado aqui deve ser tomado na hora de colocar o automóvel sob caveletes, evitando que ele caia caso o macaco solte.

8 – Escapamento

É recomendado realizar uma inspeção a cada seis meses apenas para verificar o estado do escapamento. O proprietário pode analisar como está os batentes, abraçadeiras e suportes. Um escapamento quebrado pode causar sérios riscos além de produzir ruídos.

9 – Bateria

Uma boa parte das baterias hoje são seladas, por isso não é necessário se preocupar com a água como antigamente. Se não for o seu caso, fique de olho para manter no nível correto. Verificar todo mês é o suficiente.

Por último, mas não menos importante, veja se os cabos estão conectados corretamente nos pólos e se estão limpos.

10 – Óleo do motor

Assim como na palhetas do limpador, a troca de óleo do motor também é simples. Checar e realizar a troca regular é fundamental para proteger e prolongar a vida do motor do seu carro.

Atente-se às características do óleo e siga as recomendações do fabricante e do manual do veículo.

Autor: Darlan Helder

Natural de São Paulo, é jornalista e fotógrafo. Escreve na internet sobre o universo automotivo desde 2011

Deixe um comentário