Finanças

TOP 10: Os carros com menor custo de conserto

Volkswagen-up-Pepper-2018-2-1024x640 TOP 10: Os carros com menor custo de conserto

Quais são os carros que custam menos para consertar? Bem, mostramos no início do ano a lista dos carros com maior custo de conserto ou reparo. Agora apresentamos uma lista Top 10 com os melhores resultados de custos de conserto, os carros mais baratos de consertar, dentre hatches compactos e sedãs compactos, sejam populares ou não.



Os resultados são do CESVI, publicados em setembro. O CESVI, Centro de Experimentação e Segurança Viária, realiza um crash-test em velocidade de cerca de 15 km/h, com colisão de 40% da dianteira esquerda e 40% da traseira direita do carro.

Isso é feito para analisar quanto custa depois para consertar aquele veículo. Depois do impacto, o veículo é levado para uma oficina-modelo, onde são estudadas a extensão dos danos e a também a facilidade de reparo.

Na lista abaixo, dos carros mais baratos de consertar, os primeiros colocados são os que tiveram os menores custos de reparo:

 

1) Volkswagen Up
2) Volkswagen Cross Up
3) Citroen C3 Picasso / Citroen Aircross
4) Volkswagen SpaceFox
5) Toyota Etios Sedan
6) Peugeot 2008
7) Suzuki Jimny
8) Fiat Bravo
9) Volkswagen Saveiro
10) Nissan Sentra

Os modelos dessa lista são os carros novos vendidos no Brasil que tem menores custos na hora de fazer um reparo ou conserto, o que também pode deixar o preço do seguro mais em conta.

Por Lucro Brasil

  • FabioRuimDeRoda

    Me desculpem, mas essa lista é totalmente subjetiva e sem nexo.

    Oficina-modelo? O que é isso?
    Como comparar preços de peças e mão de obra? Até mesmo numa mesma CSS se consegue orçamentos diferentes, dependendo de quem te atendem…..

    • wesley_2013

      verdade , e outra…..polo , c3 e 208 na frente do uno e palio ?? na qual nem apareceram na lista.

    • Bruno_ts

      Tem vários estudos e pesquisas comprovando que carros desse porte acaba saindo mais caro que carros melhores (consequentemente mais caros).

    • Gustavo73
    • alexhmoraes

      Eu dúvido dessa lista!
      Cade Corolla, Classic, Celta????

    • observador_rj

      Lista válida apenas p/ seguradoras…

      Mas, na nossa realidade, devemos nos preocupar, principalmente, com o valor da cesta básica de manutenção preventiva do carro: Óleo, filtros, pneu e suspensão…

      1º lugar: populares da fiat, chevrolet e volks
      2º lugar: popular ford
      3º demais marcas

      • armroots

        Se assim for, você já começa redondamente enganado, já qu os carros de Ford e Volkswagen fazem 2 revisões por ano enquanto os demais fazem 1 só. Outra coisa, Hyundai e Toyota no segmento de entrada tem revisão bem mais barata que os demais, faça uma pesquisa nos sites e vai se surpreender.

        • observador_rj

          Quem quer ficar refém da garantia e de 2 revisões ao ano é só entregar o carro nas concessionarias com mecanicos despreparados e valores abusivos….

          Quem quer se preocupar em custo beneficio é só fazer as revisões c seu mecanico de confiança e se despreocupar c garantia…

  • Zergling

    Engraçado ver carros caros e novos como 208, C3, e o não novo, mas caro – Polo, na lista, enquanto nenhum popular de entrada se vê listado.

    • Ughadoo

      A lista deve ter sido feita considerando os preços de peças (e talvez também a mão de obra) de concessionárias, então existe uma distorção.

      Os carros das 3 grandes, principalmente os que foram lançados há alguns anos atrás, tem um grande mercado de peças de reposição via distribuidores, com preço muito menor que os das concessionárias, e isso não é levado em conta nesse tipo de pesquisa. São peças muitas vezes feitas pelas mesmas fábricas que fazem as originais, mas são mais baratas porque não passam pela montadora e concessionária.

      Se isso fosse levado em conta os populares ficariam perto do topo da lista.

      • Zergling

        Distorção seria se levasse em consideração peças paralelas e oficinas de esquina. É óbvio que o teste é feito com peças originais e oficinas oficiais. É isso que importa.
        E mesmo assim, não tem por que, na minha opinião, na concessionária, o reparo de um Gol G4 ser maior que um Polo.

        • thales_sr

          O estudo é feito com peças originais, pois é assim que as seguradoras consertam o carro. Ou ao menos, isso é o que dizem…

        • Gustavo73

          O resultado tem, haver com a batida a tal velocidade que peças são danificadas e precisam ser trocadas. O G4 por ter um projeto mais antigo troca mais peças que o Polo por exemplo. http://www.cesvibrasil.com.br/
          CAR Group
          Que veículos proporcionam um reparo mais fácil e barato?

          O CAR Group é o índice de maior repercussão entre os produzidos pelo CESVI. E é também um ótimo cartão de visita do centro de pesquisa, por reunir ensaios técnicos e análise de reparação.

          Este estudo compara veículos de uma mesma categoria quanto à facilidade e o custo de seu reparo. O CESVI realiza crash-tests dianteiros e traseiros nos veículos analisados (a maioria, antes de seu lançamento comercial), faz os reparos necessários e uma avaliação individual das peças envolvidas.

          O resultado é uma classificação baseada nesse estudo, levando em conta os custos da reparação, os tempos de substituição e a cesta básica de

          • gcarlos

            Desculpa, não vejo isso na prática..

            • Zé colméia

              As seguradoras veem. Voce tem que pensar nisso quando vai fazer seguro!

    • Sias

      Experimenta bater um Mille e um Polo e olha o estrago que cada um vai sofrer. O Polo ter terminal dianteiro em plástico e aparafusado, muito fácil de substituir…já o Mille vai ter que ser colocado no lugar no martelo, isto se não precisar cortar a frente. Projeto mais novo é mais fácil de dar manutenção.

  • fernando

    Me parece que é instituição privada, mas realmente, sem detalhes das peças, preços, concessionarias, é muito tendencioso

  • gcarlos

    NÃO ACREDITO, trabalho com auto peças, e nunca nunca um lançamento ou recém laçados tem peças mais baratas, às vezes nem existem as peças no mercado pra vender ainda.

    • MM_

      O Cesvi utiliza peças originais para o cálculo.

      • gcarlos

        Também vendo peças ORIGINAIS. O setor ´´paralelo´´ também pode vender peças originais, sabia? E algumas peças originais são mais baratas que as OEM.

        • MM_

          Como pode então não existirem peças originais?

          • Fabio D.

            Original é a peça que é produzida pelo fabricante autorizado pela marca. Não necessariamente uma peça original só pode ser comprada exclusivamente em concessionária. A paralela são simples cópias, que podem ser de alta ou baixa qualidade.

            Acho que consegui explicar. =)

            • gcarlos

              Não conseguiu explicar direitinho.
              1 – Por exemplo, montadora tal (pode ser FIAT/FORD/GM/VW eo outras) usam terminais de direção de marca TRW, ela vem na caixa da marca da montadora (essa seria a original/genuina). E a TRW vende a mesmíssima peça na caixa dela (essa seria a OEM).
              2 – A peça original náo só pode ser comercializada pela concessionária (por questão de ética não vou lhe mostrar a NOTA FISCAL de uma distribuidora autorizada emitida para nosso estabelecimento (há uma política de venda em atacado também). E dar sim pra vender do mesmo preço da autorizada. Aquele ´preço sugerido´´ por ela dar uma margem suficiente pra trabalhar com ele. (Tem nego que compra carro pelo preço de tabela, e fica achando que comprou barato!);
              3- Dentre as paralelas( nesse exemplo dos terminais de direção) existem pelo menos 4 marcas/fabricantes que também fornecem pra montadoras com uma boa qualidade (se quiser posso citar o nome delas), e depois vem as xing lings embaladas em caixas de grife ou não embaladas…

          • Tulio Carminati

            Está confundindo original com genuína. .. genuína é quando uma vela da Bosch entra na caixinha da fiat por exemplo… original é quando uma vela Bosch é feita realmente em uma fabrica da Bosch ou autorizada

            • Sias

              Positivo, bem observado.

          • gcarloscr

            Desculpa, não me expressei bem, para carros lançados, dificilmente se encontra peças no estoque. Todos fazem a ´´venda casada´´. Existir não seria a palavra correta.

        • alexhmoraes

          Eu sei disso, tenho um Polo e compro peças na rede autorizada como na autopeças do setor paralelo, e elas vendem sim peças originais e mais baratas que nas CSS

          • gcarlos

            tanto vende-se a OEM, quanto a da VW mesmo. Às vezes as da VW é mais barata que as OEM. Depende muito da escala, ou volume de compras.

    • Ubaldir

      O resultado também tem muito a ver com a extensão dos danos que o impacto padrão gera nos modelos. Se o carro é menos resistente e se danifica mais no impacto, a conta do reparo aumenta.

      • dudaflu

        Exato… Acho que ainda poderiam colocar a relação de valor gasto na reparação com o preço do veiculo, assim tendo um coeficiente e mais uma forma de comparação.

        • thales_sr

          Mas é colocado esse custo sim.

          • dudaflu

            Então esta perfeito !

    • Gustavo73

      CAR Group
      Que veículos proporcionam um reparo mais fácil e barato?

      O CAR Group é o índice de maior repercussão entre os produzidos pelo CESVI. E é também um ótimo cartão de visita do centro de pesquisa, por reunir ensaios técnicos e análise de reparação. http://www.cesvibrasil.com.br/site.aspx/Indices
      Este estudo compara veículos de uma mesma categoria quanto à facilidade e o custo de seu reparo. O CESVI realiza crash-tests dianteiros e traseiros nos veículos analisados (a maioria, antes de seu lançamento comercial), faz os reparos necessários e uma avaliação individual das peças envolvidas.

      O resultado é uma classificação baseada nesse estudo, levando em conta os custos da reparação, os tempos de substituição e a cesta básica de

  • Enigm4BR

    O Etios é montado com uns 6 ou 7 pedaços de plastico vagabundo não tem nada para quebrar mesmo.

    Já o C3 não faz sentido pois o seguro é alto pacas, e não é um carro visado para roubo, então significa que o conserto dele não é lá muito barato…. não faz muito sentido,

    • Focusman

      Isso é referente ao modelo novo do C3.

      Ele foi feito para bater a baixa velocidade e trocar poucas peças.

      Quando o projeto é feito para ser assim, funciona assim.

      • MecanicoDigital

        Ano passado a pesquisa foi feita em cima do antigo, e o resultado foi beeeem parecido.

    • Bruno_ts

      O seguro do meu saiu por 1,500 e pouco.

      • Enigm4BR

        É o top de linha?Qual seu perfil, para meu perfil saia praticamente o mesmo que o Cruze, achei meio ridículo isso, no caso do 208 fica ate mais caro que o GM

        • Bruno_ts

          Não é o top e fiz no nome do meu sogro já para sair mais barato. A filha dele trabalha na seguradora e conseguiu esse preço com tudo que tinha direito: carro reserva, menores de 24 anos, guicho, e outros que não lembro agora. A seguradora foi o Bradesco.

          • Enigm4BR

            Ahhhhhhh safadenho!!!

            Agora esta explicado esse valor magico :3

        • FabioH

          Meu é o Tendance, seguro saiu por R$1.800 no nome da minha esposa, 34 anos, São Paulo, sem filhos, estacionamento em casa e no trabalho, franquia reduzida, Sul América seguros.

          • Enigm4BR

            Ou seja casado….. só ai já torna o seguro muito mais barato

            • FabioH

              Fazia antes de casar, sempre no nome dela (de outros carros), e não percebi AQUELA diferença… Aliás, o carro anterior era um Corsa, seguro nessa faixa de preço… acho que ficava coisa de 100 ou 200 mais barato apenas.

    • Gustavo73

      http://www.cesvibrasil.com.br/site.aspx/Indices

      CAR Group
      Que veículos proporcionam um reparo mais fácil e barato?

      O CAR Group é o índice de maior repercussão entre os produzidos pelo CESVI. E é também um ótimo cartão de visita do centro de pesquisa, por reunir ensaios técnicos e análise de reparação.

      Este estudo compara veículos de uma mesma categoria quanto à facilidade e o custo de seu reparo. O CESVI realiza crash-tests dianteiros e traseiros nos veículos analisados (a maioria, antes de seu lançamento comercial), faz os reparos necessários e uma avaliação individual das peças envolvidas.

      O resultado é uma classificação baseada nesse estudo, levando em conta os custos da reparação, os tempos de substituição e a cesta básica de

      • Enigm4BR

        Pois é, ou seja quanto mais fácil e mais barato de reparar, mais barato deveria ser o seguro certo?
        Mas não é bem assim, vide o 208 que ficou em R$ 3200,00 para mim já com meu Bônus enquanto o Fox nunca passou de R$ 1800, o C3 ficava em R$ 2400 e o Cruze R$ 2.500.
        Não da para entender.

        • Gustavo73

          Isso só mostra que as seguradoras colocam os preços que quiserem.

        • zeuslinux

          Tem o fator de índices de roubo, que pesa muito em grandes cidades (mais violentas).

          Há carros com menor apelo para bandidos (tipo SUVs, sedãs grandes, etc) que, proporcionalmente ao valor do carro, têm seguros bem mais baratos do que carros populares e ainda mais baratos do que carros que chamam atenção de jovens (tipo Golf p.ex.).

          • Heisenberg

            O Fox é mais roubado do que o 208… sem dúvida.

  • AndreLReis

    Não têm nada de errado, já faz tempo que o Citroen C3 e o Fox aparecem nesse tipo de comparativo. Só acho esse tipo de teste muito subjetivo, não dá pra aferir quanto um carro é mais oneroso só com 2 tipos de impacto.

  • paulistadalapa

    Reportagem estranha hein NA, os leitores aqui são diferentes de outros guias que são claramente comprados com algumas reportagens. Todos nós sabemos que o Etios tem venda pífia, e é ele justamente que aparece triplamente nesta reportagem, 1 com foto do sedan, outra informando que o sedan é o mais bambam e o hatch em terceiro.

    • Ubaldir

      Discordo dessa análise. O índice de reparabilidade da CESVI já é antigo e é utilizado com certa frequência em diversas publicações especializadas no ramo automotivo. Não tem nada de estranho. Bate-se um modelos em um crash-test padrão de baixa velocidade (15 km/h), avalia-se os danos e faz-se a cotação das peças e mão de obra necessária para o reparo. A metodologia é até muito simples.
      Agora, deve-se analisar que não só o preço das peças influi na conta final. A susceptibilidade do modelo ao impacto é preponderante na conta final do concerto. Danificou-se muito no impacto, a conta sobe, mesmo que as peças individualmente sejam baratas. Se o dano é pouco extenso, mesmo com peças mais caras o valor desce.

    • Exato, a matéria é comprada. Inclusive ganhei uma passagem pra Havai, estou feliz da vida.

      Primeiro que o teste nao é do NA, segundo que a fonte é o CESVI. Terceiro é que tenho certeza absoluta que voce nao entrou no site deles pra entender melhor a pesquisa. Quarto é que o primeiro lugar da lista é o Etios, mas como voce odeia (hater) ele, a lista é duvidosa, comprada, lixo do lixo. E pra completar até a foto é comprada, e no lugar deveria ter uma foto da Ferrari, tudo haver com a lista. Inclusive a venda pifia (top 20) interfere no preço do reparo, sim claro.

      É cada uma que se lê. E por sinal, na lista dos piores com monte de Fiat, todo mundo adorou a lista. A veracidade era absoluta, mas agora nao é mais. pufffffffffff.

      • Leandro1978

        Então Lucro, como está o clima aí no Havaí?… rs…

        É complicado, para não falar outra coisa, até porque o sistema não deixa, mas as pessoas estão criticando sem nem se dar ao trabalho de entrarem no site do CESVI e ver as condições dos testes, foram que é feitos, quais são os critérios, etc… Grande parte do que o pessoal está criticando, se tivessem ao menos tido a curiosidade de ler direto da fonte, não estariam fazendo. É impressionante, basta o modelinho preferido não estar numa determinada lista ou ir "mal" (leia-se não ganhar) em um comparativo, as pessoas já saem falando besteira, que a matéria foi comprada, que isso e aquilo. Difícil, viu… O NA tirou os likes para ver se o nível aumentava, ao menos o seu texto serviu para ver que eles apenas estavam "adormecidos", porque não é possível…

        • Gustavo73

          Leandro já disse isso várias vezes parecem torcedores de futebol. O fatos só valem quando a favor do meu time.

          • Leandro1978

            Pois é, são críticas vazias. Os caras não olham o site, não sabem o que foi feito e já saem criticando. Tem ocasião em que é melhor parar de ler assim que o último ponto final é colocado na matéria, porque ler as asneiras que falam…

            • Gustavo73

              O "comparativo" entre o Golf e 308 e Bravo mostra bem como são as coisas. E a "resposta" dada entre o T-Jet e o Golf , comparando os preços e opcionais também. É só ler os comentários. E dá para perceber de que lado as pessoas estão. Veja que alguns comentarias assíduos sumiram da NA e estão comentando mais em outros blogs. Não acho que a retirada dos likes, tenha surtido um efeito benéfico. Apesar de concordar que que administra o site tem o direito de fazê-lo.

      • Gustavo73

        Claro já disse aqui só vale quando o resultado vai de encontro com o meu gosto se não é falso. Ou vc é fan Boy.
        Relaxa Lucro. A reação de muitos é porque só tem um japonês, e tem franceses e VW no meio. Se Fossem vários japoneses ai sim valia…

        • Leandro1978

          Por vários japoneses, leia-se Nissan… Se ao menos tivessem se dado ao trabalho de olhar os resultados…

    • Gustavo73
  • Anderson_sp

    Ih, se fizer uma cotação de um Mille acho que sai mais barato que estes daí……bem subjetiva pra não dizer "estranha" estes métodos de análise em oficina-modelo (qual), que aliás foi o mesmo instituto que quando mal foi lançado o C3 novo o mesmo já figurava entre o que possuía menor custo de reparo….sei.

    Isso aí só vai servir de argumento pra Toyota vender o Etios dela, além daquele do Crash Test 4 estrelas do Latin NCAP.

    • Bruno_ts

      Isso não fará do Mille melhor que o Etios. E é provável que o Mille dê mais problema que qualquer outro carro.

      • Anderson_sp

        Mas não é questão de ser melhor que está em questão, é o custo de bater e ser reparado.

        • duduguazzi

          Repare que eles batem o carro de forma e velocidade padronizada, quer disser que mesmo o Etios podendo ter peças mais caras que o Mille, ele troca menos peças e/ou custa menos a mão de obra.
          Favor leiam a metodologia do teste.
          Um carro pode sim ser projetado para ser seguro e ter seu reparo minimizado em caso de pequenos acidentes comuns. Veja que bater a 15-20km/h é comum em transito de grandes cidades.

    • thales_sr

      O Cesvi não pode receber carro antes do público em geral não?

      • Anderson_sp

        Se o instituto recebe o carro antes do mercado, eles vão cotar as peças e fazer a reparação onde, na fábrica ? se o carro nem "existe" pro mercado, piada.

        • thales_sr

          O carro é consertado numa oficina modelo, não em uma ou outra concessionária… E as peças já tem preços, pois os fabricantes de autopeças fabricam elas antes de venderem pros fabricantes de carros montarem o veículo, não?

          • gcarlos

            O carro é lançado hj e já tem peças pra amanhã?

    • Gustavo73

      http://www.cesvibrasil.com.br/site.aspx/Indices
      CAR Group
      Que veículos proporcionam um reparo mais fácil e barato?

      O CAR Group é o índice de maior repercussão entre os produzidos pelo CESVI. E é também um ótimo cartão de visita do centro de pesquisa, por reunir ensaios técnicos e análise de reparação.

      Este estudo compara veículos de uma mesma categoria quanto à facilidade e o custo de seu reparo. O CESVI realiza crash-tests dianteiros e traseiros nos veículos analisados (a maioria, antes de seu lançamento comercial), faz os reparos necessários e uma avaliação individual das peças envolvidas.

      O resultado é uma classificação baseada nesse estudo, levando em conta os custos da reparação, os tempos de substituição e a cesta básica de peças

    • PEDRO_HAWK

      Dois motivos a mais para os donos de Etios baterem seus carros: é seguro para os ocupantes e barato pra consertar.

    • DCald

      A 15km/h o reparo do Mille custa 20 e poucos mil… sem contar os gastos com funerária…

    • Sias

      Mille? Qualquer encostão e já se entorta todo….

  • junior77

    Impressionante como o povo só ve o lado negativo das coisas… ou melhor da Citroën… se acontece uma noticia ruim o pessoa malha o pau… se o carro aparece entre os menores custos de reparo também malham o pau… acho que deveriam ter a cabeça um pouco mais aberta e analisar as coisas sem ser fans se determinadas montadoras com completamente de esquerda com outras….

    • julio'

      falo tudo

  • CharlesAle

    Listinha bem feita na pratica,na teoria creio que não funciona…….

    • Gustavo73
    • gcarlos

      Concordo plenamente. Se fosse assim os carros mais vendidos seriam outros

    • CharlesAle

      Quiz dizer na teoria bem feita,na pratica,que é no bolso do cliente,não funciona assim…….

  • zeuslinux

    Eu acho que seria legal se essas estatísticas levassem em conta também os valores de custo de reparo de forma PERCENTUAL em relação ao valor do carro, senão sempre ganharão os carros mais populares.

    Seria importante para saber p.ex. qual sedã médio ou SUV média é, percentualmente, mais barata para ser reparada.

    • dudaflu

      Citei exatamente isso, perfeito a colocação.

    • Gustavo73

      http://www.cesvibrasil.com.br/site.aspx/Indices

      CAR Group
      Que veículos proporcionam um reparo mais fácil e barato?

      O CAR Group é o índice de maior repercussão entre os produzidos pelo CESVI. E é também um ótimo cartão de visita do centro de pesquisa, por reunir ensaios técnicos e análise de reparação.

      Este estudo compara veículos de uma mesma categoria quanto à facilidade e o custo de seu reparo. O CESVI realiza crash-tests dianteiros e traseiros nos veículos analisados (a maioria, antes de seu lançamento comercial), faz os reparos necessários e uma avaliação individual das peças envolvidas.

      O resultado é uma classificação baseada nesse estudo, levando em conta os custos da reparação, os tempos de substituição e a cesta básica de peças.

      • zeuslinux

        E como o público pode consultar esses resultados ?

        São abertos ao público ou é preciso pagar/assinar o serviço ?

        Não ficou bem claro para mim se o CESVI é uma empresa (que presta serviços e cobra por isso), se é algum serviço bancado pelas seguradoras ou se é alguma spécie de ONG.

        • Gustavo73

          Pode consultar…
          http://www.cesvibrasil.com.br/
          SOBRE NÓS
          Inaugurado em 1996, com sede na região do Jaraguá, em São Paulo, o CESVI BRASIL (Centro de Experimentação e Segurança Viária) é o único centro de pesquisa do País dedicado ao estudo da reparação automotiva e foi o primeiro da América Latina.

          Atua ainda no campo da segurança viária, desenvolvendo estudos e campanhas, e prestando apoio a órgãos de governo com seu know-how técnico, aprimorando medidas e regulamentações ligadas ao trânsito e ao automóvel.

          A missão do CESVI é prover soluções para a qualificação do setor automotivo, por meio de estudos, treinamentos e publicações, contribuindo decisivamente para a evolução dos trabalhos de reparação automotiva e segurança viária – gerando, desta forma, benefícios para toda a sociedade.

          .PRINCIPAIS ATIVIDADES

          Estudos e comparativos de veículos novos em aspectos como: reparabilidade, conjunto de equipamentos de segurança, visibilidade proporcionada ao motorista, vulnerabilidade diante de alagamentos, resistência à ação de ladrões.
          Levantamento de dados para formação de tabelas de tempos de funilaria e pintura.
          Estudos e pesquisas voltadas à reparação automotiva.
          Certificação, consultoria e diagnóstico de oficinas de funilaria e pintura.
          Treinamento para empresas dos mercados automotivo e segurador.
          Estudos e ações para segurança viária.
          Atuação como fonte de dados para a Fenseg, a federação das seguradoras.
          Avaliações técnicas de empresas, sistemas, produtos e serviços ligados ao setor automotivo

  • Leandro1978

    O pessoal está criticando, mas se deram ao trabalho de visitar o site do Cesvi, ver as condições as quais os testes são feitos, ver os resultados, comparar, etc, ou só viram a lista, não encontraram os preferidos e já vieram criticar?

    • Corvo

      Pois é..tem muitos aqui que falam por achismo e nem tem argumentos para debater. Os carros que deveriam estar nessa lista seriam: Focus, New Fiesta, Fluence, Sentra (se for o antigo melhor ainda) rs

      • Leandro1978

        Só por curiosidade: Focus não foi testado, New Fiesta 37, Sentra 36, Fluence 59 (!!! – o índice vai até 60). O 408 obteve 21 pontos.

        • Corvo

          Sim…o 408 li que tinha o índice menor da categoria e o Fluence o maior. Assim como o C3. Não por nada, mas o seguro do Renault é caro (na faixa dos R$ 4 mil). Esqueci de ver o resultado de outros dos queridinhos do povo aqui, o Corolla rs

    • thales_sr

      Não. Pra que olhar site do Cesvi? Você ainda não entendeu a metodologia aqui: É malhar, com o mínimo de esforço possível.

      • Leandro1978

        Pois é, daí saem as asneiras que estamos lendo…

    • Bruno Alves

      Acho que isso teria que ter sido feito pela NA.

  • Thiago Dourado

    É só olhar os mais caros e voces irão ver os unos palios e gols da vida!

  • dudupruvinelli

    Odiadores vão odiar… kkkk

    • Leandro1978

      Para colocar mais lenha na fogueira, números dos tais dos Fiat mais "baratos": Mille 36; novo Palio 47; novo Uno 40; Palio Fire 43… O Voyage, que é último da lista, obteve 23 pontos. Para quem não sabe, e parece que são muitos, pois não se dão ao trabalho de procurar antes de criticarem, quanto menor este número, melhor, pois o custo de reparo é mais baixo.

    • Gustavo73

      Estou cada vez mais impressionado.

  • Gustavo73

    .SOBRE NÓS
    Inaugurado em 1996, com sede na região do Jaraguá, em São Paulo, o CESVI BRASIL (Centro de Experimentação e Segurança Viária) é o único centro de pesquisa do País dedicado ao estudo da reparação automotiva e foi o primeiro da América Latina.

    Atua ainda no campo da segurança viária, desenvolvendo estudos e campanhas, e prestando apoio a órgãos de governo com seu know-how técnico, aprimorando medidas e regulamentações ligadas ao trânsito e ao automóvel.

    A missão do CESVI é prover soluções para a qualificação do setor automotivo, por meio de estudos, treinamentos e publicações, contribuindo decisivamente para a evolução dos trabalhos de reparação automotiva e segurança viária – gerando, desta forma, benefícios para toda a sociedade.

    .PRINCIPAIS ATIVIDADES

    Estudos e comparativos de veículos novos em aspectos como: reparabilidade, conjunto de equipamentos de segurança, visibilidade proporcionada ao motorista, vulnerabilidade diante de alagamentos, resistência à ação de ladrões.
    Levantamento de dados para formação de tabelas de tempos de funilaria e pintura.
    Estudos e pesquisas voltadas à reparação automotiva.
    Certificação, consultoria e diagnóstico de oficinas de funilaria e pintura.
    Treinamento para empresas dos mercados automotivo e segurador.
    Estudos e ações para segurança viária.
    Atuação como fonte de dados para a Fenseg, a federação das seguradoras.
    Avaliações técnicas de empresas, sistemas, produtos e serviços ligados ao setor automotivo.
    [youtube R0rtd1U7OJo&list=UU0L_427-NwxGlXldnZt9Aew http://www.youtube.com/watch?v=R0rtd1U7OJo&list=UU0L_427-NwxGlXldnZt9Aew youtube]

  • Nasckar

    Opa ! vou comprar um Toyota Etios Sedan. Só que não ! rsrsrs
    Sinto muito, mesmo que fosse de graça o conserto do Etios, ainda não compraria esse carro.

    • gcarlos

      Boa!

  • PEDRO_HAWK

    Levando-se em consideração este teste, se eu fosse fabricante de carros colocaria o motor atrás como os Fuscas.

    Aí sim, nesta pesquisa o custo de reparo seria baixíssimo.

  • Robinho

    aff para mim esta lista da CESVI não tem nexo nenhum…

  • nelflu

    E segue a tentativa de se convencer o consumidor de que o Etios é resistente e de manutenção barata, valendo assim a pena.

    O problema é que para mim, carro com balança da Filizola é aquele que os peixeiros usam na feira.

  • LuisRenatoJoia

    Achei estranha esta lista!Mais o toyota etios tem mesmo manutenção barata.

  • SLABTOMAS

    Na verdade o vencedor eh o Etios, porque de tão feio que ele eh, quem tem não põe na rua de vergonha e ninguém quem trombar com ele, portanto o custo de manutenção eh igual a zero!

  • CLÁUDIO ADRIANO

    Por que não tem nem Classic, Celta, Uno entre os mais baratos. Tenho um Classic e e seu reparo e barato d++. Pois bateram na traseira e uma sinaleiro custou apenas R$ 60,00 e o para-choque R$ 220,00 novo. Essa pesquisa mentirosa, comprada, falsa.

    • Sias

      Parachoque original ou paralelo? Tá cheio de peças paralelas, principalmente latarias….e não tem a metade da qualidade da original.

  • jm1979

    E o Uno??????

  • Carro de manutenção barata, e ja consagrados pelo mercado, todo mundo sabe que são Celta, Classic, Mille e outros populares do mercado. Estranhamente nehum deles fazem parte desta lista. Dá até impressão que etão querendo promover o Etios.

  • Marcos

    Se bateu a frente, pq o gol e o voyage se distanciam tantas posições?
    Franceses na listagem??????? Quem já teve francês sabe que as peças de reposição são caríssimas.
    Não consegui ver uma forma de acreditar nessa lista.

  • Stark

    Incrivel como essa lista destoa da realidade. Os mais baratos para reparar sem dúvida é o Gol, Classic, Mille e Cia.

  • ARISTEU

    A questão a meu ver não é qual tem a peça mais barata e sim qual é o menor custo em si pra reparar
    exemplo;
    o parachoque dianteiro do gol/saveiro/voyage g5 basta olhar sem piscar pra ele que automaticamente ele já se desprende
    prova disso: http://respostas.noticiasautomotivas.com.br/exist

    e outra, dependendo do dano, não é necessário trocar tudo, só alguns itens e isso deve ter bastante peso nessa lista
    pra finalizar não devem usar peças paralelas, somente originais e se pesquisarem vão ver que peças originais de uno/gol/classic não são baratas
    uma vez cotei o parachoque traseiro do gol g2 na css e queriam 1200 reais sendo que um paralelo é 120.
    meu amigo bateu o uno way dele, cada farol na css 470!
    farol do meu 207 com máscara negra é 420 na css
    acredito que é mais ou menos por ai. bateu o carro e vai usar peça paralela? beleza, agora se vai usar original, não é porque é das 4 grandes que vai ser baratinho…

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend