_Destaque Esportivos Mercado

Top 10: os superesportivos mais caros à venda no Brasil

lamborghini-ferrari-aston-martin-porsche-esportivos

Está com alguns milhões de reais sobrando na conta bancária e deseja adquirir um automóvel superesportivo no Brasil? Que tal uma ajudinha para escolher seu novo bólido? Por aqui, marcas como Lamborghini, Ferrari, Aston Martin e Porsche oferecem uma série de bólidos com preço superior a R$ 1 milhão, sendo que o mais caro deles pode beirar a bagatela de R$ 5 milhões.

Logo abaixo, você pode conferir os dez superesportivos mais caros disponíveis no mercado brasileiro. Neste caso, consideramos apenas os modelos com carroceria cupê ou conversível e trazidos sob representação oficial (vale lembrar que há outros superesportivos disponíveis no mercado nacional, mas via importação independente), com valores seguindo a tabela Fipe. Veja:

10) Porsche 911 Turbo S Cabriolet – R$ 1.290.000

porsche 911 turbo 2017 4

O 911 Turbo S Cabriolet é o superesportivo mais em conta do ranking e também o único Porsche disponível na lista (o modelo é o automóvel mais caro da montadora alemã à venda no mercado brasileiro). O bólido é equipado com um motor 3.8 litros boxer de seis cilindros a gasolina, que rende 580 cavalos de potência, a 6.750 rpm, e 76,5 kgfm de torque, acoplado a uma transmissão automatizada PDK de sete velocidades e dupla embreagem e tração nas quatro rodas.

De acordo com dados da Porsche, o 911 topo de linha consegue ir de 0 a 100 km/h em 3 segundos e tem velocidade limitada a 330 km/h.

Entre os equipamentos, o modelo dispõe de faróis de LED, sistema Porsche Stability Management (PSM), bancos esportivos com ajustes elétricos, controle de cruzeiro adaptativo, sistema Porsche Communication Management (PCM), acesso sem fio à internet, sistema de navegação online, entre outros.

9) Ferrari California T – R$ 1.860.000

ferrari-california-t-brasil-7

Modelo de entrada da linha da Ferrari, a California T fica com a nona colocação do ranking. O superesportivo usa um motor V8 biturbo de 3.9 litros, que desenvolve 560 cavalos de potência, a 7.500 rpm, e torque de 77 kgfm, disponível a 4.750 rpm, que está associado a uma transmissão automatizada de sete velocidades e dupla embreagem e tração traseira.

A Ferrari California T consegue acelerar de 0 a 100 km/h em 3,6 segundos e tem velocidade máxima de 315 km/h.

Entre os equipamentos, há como destaque os bancos revestidos em couro, sistema multimídia com tela sensível ao toque de 6,5 polegadas, capota com abertura e fechamento elétrico, sistema de controle de estabilidade e tração CST com F1-Trac, suspensão SCM3 com sistema de amortecimento adaptativo, entre outros.

8) Ferrari 488 GTB – R$ 2.575.000

ferrari 488 gtb 2

Sucessora da 458 Italia, a Ferrari 488 GTB é um dos modelos mais em conta do ranking. Além disso, o superesportivo se destaca por oferecer um motor biturbo, neste caso um 3.9 litros V8 de 670 cavalos de potência, a 8.000 rpm, e 77,4 kgfm de torque, a 3.000 rpm, associado a uma transmissão automatizada de sete velocidades e dupla embreagem e tração traseira.

A Ferrari diz que a 488 GTB consegue acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 3 segundos e tem velocidade limitada a 320 km/h.

Nos demais destaques, há rodas de 20 polegadas, freios de composto de carbono, sistema Side Slip Control (SSC-2), controle de tração F1-Trac, diferencial traseiro de deslizamento limitado eletrônico (E-Diff), sistema multimídia com Apple CarPlay, bancos esportivos com ajustes elétricos, entre outros.

7) Lamborghini Huracán LP 610-4 – R$ 2.600.000

lamborghini huracan 610

O Huracán LP 610-4 é a “porta de entrada” da linha da Lamborghini e chegou para substituir o lendário Gallardo, um dos modelos mais bem-sucedidos da história da fabricante. No mercado brasileiro, o superesportivo está disponível por R$ 2,6 milhões.

No conjunto mecânico, há um propulsor V10 de 5.2 litros, que entrega 610 cavalos de potência, a 8.250 rpm, e 57,1 kgfm de torque, a 6.500 rpm, com transmissão automatizada de sete marchas e tração integral.

De acordo com a Lamborghini, o bólido vai de 0 a 100 km/h em 3,2 segundos. A velocidade máxima é de 325 km/h.

O modelo da Lamborghini dispõe de painel de instrumentos com tela de 12,3 polegadas, freios de cerâmica, bancos esportivos com ajustes elétricos, faróis de LED, sistema multimídia, controle eletrônico de tração, seletor de modos de condução (Strada, Sport e Corsa), entre outros.

6) Aston Martin Vanquish V12 – R$ 2.650.000

aston-martin-vanquish

O Aston Martin Vanquish V12, além da esportividade, oferece uma alta dose de refinamento. Na motorização, há um V12 de 6.0 litros, que consegue desenvolver 573 cavalos de potência, a 6.650 rpm, e 64,2 kgfm de torque, a 5.500 rpm, associado a uma transmissão automática de oito velocidades e tração traseira.

De acordo com informações da Aston Martin, o Vanquish V12 acelera de 0 a 100 km/h em 4,1 segundos e tem velocidade limitada a 295 km/h.

Entre os itens, há luzes de LED, faróis bi xênon, discos de freio em cerâmica, rodas de 20 polegadas, sistema multimídia com navegador em 3D, suspensão ativa ajustável, bancos dianteiros esportivos com ajustes elétricos e aquecimento,  acabamento interno em couro, sistema de som com 13 alto-falantes e subwoofer, entre outros.

5) Ferrari 458 Speciale – R$ 2.900.000

ferrari_458_speciale_1

Embora a 488 GTB seja a sucessora da 458, o superesportivo 458 Speciale continua sendo oferecida pela Via Italia, importadora responsável pelos modelos da montadora italiana no Brasil. O bólido tem preço sugerido de R$ 2,9 milhões e é a versão “envenenada” da 458 convencional, com direito a aerodinâmica retrabalhada, conjunto mecânico mais potente em 35 cavalos e novos detalhes no acabamento interno.

A Ferrari 458 Speciale usa um motor V8 de 4.5 litros, capaz de entregar 605 cv, a 9.000 rpm, e 55,1 kgfm, a 6.000 rpm, com transmissão automatizada de sete velocidades e tração traseira. De acordo com dados do fabricante, o modelo consegue acelerar de 0 a 100 km/h em 3 segundos e tem velocidade limitada a 325 km/h.

Na lista de equipamentos, o destaque vai para o sistema Side Slip Angle Control, uma espécie de controle de saída lateral, que facilita o controle do veículo em velocidades mais altas.

4) Ferrari F12 Berlinetta – R$ 3.600.000

ferrari-f12-berlinetta

A quarta posição do ranking é ocupada pela F12 Berlinetta. O modelo da Ferrari está à venda no mercado brasileiro desde 2013 e os interessados por um exemplar 0 km poderão adquiri-lo pela bagatela de R$ 3,6 milhões.

A Ferrari F12 Berlinetta usa um motor 6.2 V12, que desenvolve 740 cavalos de potência, a 8.500 rpm, e torque máximo de 70,3 kgfm, a 6.000 rpm. Este propulsor trabalha em conjunto com uma transmissão automatizada de sete velocidades e dupla embreagem e tração traseira. A aceleração de 0 a 100 km/h é feita em 3,1 segundos, enquanto a velocidade é limitada a 340 km/h.

Entre os equipamentos, há freios de cerâmica, sistema de controle eletromagnético da suspensão, controle de tração (F1-Trac), acabamento interno em Alcantara, diferencial traseiro de deslizamento limitado eletrônico (E-Diff), bancos esportivos com ajustes elétricos, refrigeração ativa dos freios, sistema multimídia com navegador, rodas de 20 polegadas, entre outros.

3) Lamborghini Aventador LP 700-4 – R$ 3.900.000

aventador

O Aventador é o modelo mais caro da Lamborghini e se posiciona como o terceiro “menos em conta” da lista. O superesportivo se sobressai pelas portas em “alicate” e a construção em fibra de carbono. Além disso, o modelo é equipado com um senhor motor V12 de 6.5 litros aspirado, capaz de desenvolver 700 cavalos de potência, a 8.250 rpm, e 70,4 kgfm de torque, disponível a 5.500 rpm, associado a uma transmissão automatizada ISR (Independent Shifting Rod) de sete velocidades e tração nas quatro rodas.

Segundo a Lamborghini, o Aventador LP 700-4 alcança os 100 quilômetros por hora em 2,9 segundos. A velocidade máxima é de 350 km/h.

O Lamborghini Aventador é equipado de série com sistema de desativação dos cilindros, sistema start/stop, rodas de 19 polegadas na frente e 20 polegadas atrás, painel de instrumentos com tela TFT, volante revestido em couro liso, couro perfurado ou camurça, acabamento interno em couro ou Alcantara, entre outros.

2) Ferrari FF – R$ 3.950.000

ferrari ff 22

Embora a GTC4 Lusso já tenha sido lançada lá fora (o novo modelo deverá começar a ser vendido por aqui em meados do ano que vem), a Ferrari FF continua sendo oferecida no mercado brasileiro. Trata-se do único superesportivo de quatro lugares e com tração integral disponível na linha da fabricante italiana, que em nosso País é oferecida por quase R$ 4 milhões.

O modelo é equipado com um motor V12 de 6.2 litros naturalmente aspirado, que despeja 660 cv, a 8.000 rpm, e 69,6 kgfm, a 6.000 rpm, com câmbio automatizado de sete marchas e tração integral. Segundo a Ferrari, a FF pode alcançar os 100 km/h em 3,7 segundos e tem velocidade limitada a 335 km/h.

Nos itens de série, há freios Brembo de carbono-cerâmica, sistema de amortecimento eletromagnético SCM3, tela multifunções de 6,5 polegadas, sistema multimídia com armazenamento interno de 40 GB, sistema de navegação em 3D, rodas de 20 polegadas, bancos Recaro com ajustes elétricos e aquecimento, sistema de som com 10 alto-falantes, entre outros.

1) Lamborghini Aventador LP 700-4 Roadster – R$ 4.700.000

lamborghini-aventador-lp-700-4-roadster

Eis o automóvel mais caro que o seu dinheiro pode comprar. A versão roadster do Lamborghini Aventador LP 700-4 está disponível no mercado brasileiro por nada mais, nada menos que R$ 4,7 milhões e ocupa a primeira posição do ranking. O superesportivo segue a mesma linha da versão convencional, com direito a um teto removível feito em fibra de carbono, que pode ser guardado em um compartimento na dianteira da carroceria.

Na motorização, há o mesmo propulsor do Aventador com teto fixo, um V12 de 6.5 litros aspirado, com transmissão automatizada de sete marchas e tração nas quatro rodas. De acordo com os dados da marca, o bólido vai de 0 a 100 km/h em apenas três segundos e tem velocidade máxima de 350 km/h.

Quanto aos equipamentos, o Aventador Roadster segue a mesma linha da versão convencional do superesportivo.







Send this to friend