Hatches Minivans Peruas Sedãs

Top 10: reestilizações que deram certo no Brasil

reestilizacoes-que-deram-certo-capa Top 10: reestilizações que deram certo no Brasil

Praticamente todos os carros à venda no mercado brasileiro passaram ou vão passar em breve por mudanças visuais. São as chamadas “reestilizações”, método usado pelas fabricantes para melhorar (ou piorar) o visual dos carros, fazendo com que eles se adequem à atual identidade visual da linha e, principalmente, ganhem sobrevida para se manterem firmes no mercado enquanto uma nova geração ou um sucessor não é lançado.



Há dezenas de bons exemplos de reestilizações que deram bastante certo em carros oferecidos no mercado brasileiro. Abaixo listamos apenas 10 dos exemplos de boas alterações visuais aplicadas pela fabricante. Confira:

Chevrolet Cobalt

Chevrolet-Cobalt-reestilização Top 10: reestilizações que deram certo no Brasil

O Cobalt é o primeiro e um dos melhores exemplos da lista. O sedã foi lançado em 2012 e, desde o início, deixou claro que o visual não era o seu forte. A principal aposta do carro era mesmo o amplo espaço interno. Mas o tempo foi passando e a Chevrolet viu a necessidade de mudar (para melhor) o visual do modelo, tanto para garantir uma sobrevida enquanto aguarda por uma nova geração ou até por um sucessor como também para se enquadrar na filosofia de design da fabricante.

E o resultado deu bastante certo! Tudo bem que o Chevrolet Cobalt continua não sendo um dos exemplos de “carro design”, mas o carro melhorou bastante em relação à linha anterior. As principais mudanças foram concentradas na dianteira da carroceria, onde o sedã abandonou os enormes faróis para adotar peças menores e com formato afilado, interligadas à nova grade bipartida. O para-choque também mudou.

Nas demais mudanças, o Cobalt recebeu lanternas traseiras com novo formato, agora horizontais e invadindo a tampa do porta-malas, além de novos itens (como opção de bancos revestidos em couro e sistema OnStar) e melhorias no acabamento interno.

Chevrolet Agile

Chevrolet-Agile-reestilização Top 10: reestilizações que deram certo no Brasil

O Chevrolet Agile já foi descontinuado, mas também serve como exemplo. Assim como o irmão sedã, o hatch compacto tinha um visual “peculiar”, com uma dianteira que não conversava com o resto da carroceria.

Todavia, em 2013, o modelo foi reestilizado, com direito a faróis menores e mais espichados, nova grade bipartida menor, para-choque redesenhado com uma “fita” preta percorrendo a tomada de ar e os faróis de neblina, novas rodas de liga-leve aro 16, lanternas traseiras com lente diferenciada e para-choque traseiro com friso preto. O interior também recebeu pequenas melhorias, como a inclusão de um bonito volante multifuncional de base achatada.

Mas com o irmão menor Onix, um modelo mais moderno e mais bonito, na linha, o Chevrolet Agile não conseguiu respirar por muito tempo e foi descontinuado um ano depois. Na Argentina, porém, o carro segue sendo vendido.

Volkswagen Fox

Volkswagen-Fox-reestilização Top 10: reestilizações que deram certo no Brasil

No caso do Volkswagen Fox, as mudanças visuais foram apenas pontuais para seguir a mesma linha dos demais carros da marca. Tanto é que as alterações se resumiram a novos faróis mais angulosos, formando conjunto com a nova grade, além de para-choques redesenhados e lanternas traseiras com novo layout interno.

Mas as principais diferenças em relação à primeira versão do carro estão na parte de dentro. O modelo abandonou o painel com acabamento em plástico de péssima qualidade, o painel de instrumentos de difícil visualização e os comandos nada práticos, para adotar peças com desenho mais moderno e acabamento bem melhor, com direito a detalhes em tecido nas portas e plásticos de melhor aparência e qualidade.

O Fox 2009 ganhou até novos equipamentos, como teto solar elétrico, bancos revestidos em couro sintético, transmissão automatizada i-Motion de cinco velocidades, retrovisor interno fotocrômico, entre outros. A perua SpaceFox e o pseudo-aventureiro CrossFox seguiram a mesma linha.

Volkswagen Gol G3

Volkswagen-Gol-reestilização Top 10: reestilizações que deram certo no Brasil

Outro modelo da Volkswagen a ocupar esse top 10 é o popular Gol. Neste caso, estamos falando do modelo G3, que embora tenha sido tratado pela marca, pela imprensa e por boa parte dos consumidores como uma nova geração, foi nada mais que uma reestilização significativa sobre o G2, também conhecido como “bolinha”. As mudanças foram significativas e certeiras, fazendo do Gol G3 um dos melhores Gol da história da marca.

Entre as mudanças, o Volkswagen Gol lançado em 1999 recebeu faróis retangulares integrados ao formato do para-choque, grade dianteira com novo formato, traseira com formas mais arredondadas e novas lanternas. O interior também recebeu mudanças interessantes, com melhorias no acabamento e painel redesenhado.

Outro destaque do modelo era a versão GTI, que entregava apelo esportivo, com um motor 2.0 litros de 16 válvulas, capaz de entregar 153 cavalos de potência e fazer o VW atingir os 200 km/h. Houve ainda o modelo 1.0 16V Turbo de 112 cv e o 1.6 litro Total Flex, o primeiro veículo bicombustível do Brasil.

Fiat Palio G3

Fiat-Palio-reestilização Top 10: reestilizações que deram certo no Brasil

Assim como o concorrente Volkswagen Gol, o Fiat Palio G3 também não é um modelo de nova geração e recebeu mudanças significativas no visual, capazes de dar ares mais modernos ao hatch compacto. Para muitos, o Palio “G3” é o mais bem resolvido em questões de design da linha.

O carro foi beneficiado com novos faróis mais angulosos, interligados à nova grade, além de para-choques redesenhados, lanternas traseiras com novo formato e tampa do porta-malas com novo formato, abrigando o suporte de placa. O painel também recebeu alterações, com direito a um novo console central, painel de instrumentos renovado e novos detalhes de acabamento.

Além disso, todas as versões da linha do Palio passaram a ser equipadas com motores flex.

O resultado deu tão certo que o carro foi mantido em linha até o começo deste ano como o modelo mais barato da Fiat. Agora, esse lugar é ocupado pelo Mobi.

Ford Fiesta Street

Ford-Fiesta-reestilização Top 10: reestilizações que deram certo no Brasil

A primeira geração do Ford Fiesta para os consumidores brasileiros foi lançada por aqui na década de 1990 e o visual também não era um dos seus pontos fortes. A dianteira abusava das formas ovaladas, aplicadas nos faróis, grade e tomada de ar no para-choque. Como resultado, o carro recebeu o apelido de “chorão”, devido à carinha triste.

No entanto, anos depois o Fiesta Street passou por boas mudanças visuais e ganhou um rostinho mais feliz. Entre as mudanças, o carro recebeu faróis com formato mais pronunciado, nova grade e tomada de ar do para-choque com formato de sorriso. Já a traseira permaneceu praticamente inalterada, com exceção do novo para-choque e do layout interno das lanternas com leve retoque.

Volkswagen Polo

Volkswagen-Polo-reestilização Top 10: reestilizações que deram certo no Brasil

Eis o último modelo da Volkswagen considerado um dos bons exemplos de reestilização desta lista. O Polo, que foi o responsável por inaugurar a categoria dos “compactos premium” no mercado brasileiro em 2002, não tinha um visual digno de nota, com faróis circulares separados. Não era totalmente ruim, mas poderia melhorar. E em 2006, a montadora alemã apresentou a linha reestilizada do carro.

O Volkswagen Polo recebeu uma nova dianteira, mais alinhada com o sedã Passat, com destaque para os novos faróis com as duas parábolas formando uma peça só, além de grade com novo formato e filetes horizontais e novo para-choque. A traseira também mudou, com direito a novas lanternas e leve retoque na tampa do porta-malas.

Renault Clio

Renault-Clio-reestilização Top 10: reestilizações que deram certo no Brasil

O Renault Clio também ocupa a lista. A primeira versão do hatch nacional, lançada em 1998, tinha um visual pacato, que não agradava aos olhos. Porém, na linha 2003, o carro recebeu profundas mudanças, com direito a faróis maiores e mais modernos, nova grade dividida pelo logotipo losango da montadora francesa, para-choques redesenhados, lanternas traseiras com nova disposição de luzes e tampa do porta-malas com novos vincos.

O interior do modelo nacional, porém, não recebeu mudanças. Por outro lado, a versão europeia do Clio adotou um painel totalmente redesenhado e novos detalhes de acabamento.

O Clio foi descontinuado recentemente. Para ocupar o seu lugar, a Renault vai lançar o subcompacto Kwid, previsto para chegar às concessionárias no começo de 2017.

Fiat Idea

Fiat-Idea-reestilização Top 10: reestilizações que deram certo no Brasil

O monovolume Idea é outro carro da Fiat que aparece como bom exemplo de reestilização. O carro chegou ao mercado brasileiro em 2005, com visual moderno para a época. Porém, para se manter no mercado, o modelo recebeu suas primeiras mudanças profundas em 2010.

As alterações se resumiram a novos faróis mais angulosos e afilados, nova grade espichada, para-choques redesenhados, novas rodas de liga-leve, lanternas traseiras com iluminação em LED (o primeiro carro nacional a dispor de tal tecnologia), tampa do porta-malas com formato mais limpo e suporte de placa instalado no para-choque.

O interior também ganhou novidades, mas menos significativas, como um novo volante, console central redesenhado e novo acabamento. Houve ainda a introdução de novos equipamentos, como teto solar Skydome, sensores de chuva, de estacionamento e crepuscular, entre outros.

Fiat Doblò

Fiat-Doblo-reestilização Top 10: reestilizações que deram certo no Brasil

Por último, mas não menos importante, há a minivan Doblò, que também segue sendo vendida na linha nacional da Fiat. O modelo chegou ao mercado nacional em 2001 e, a exemplo de outros veículos da lista, tinha um visual meio triste, devido ao formato dos faróis, da grade e do para-choque.

No entanto, em 2009 o Fiat Doblò adotou um novo visual, com aspecto mais robusto e moderno, seguindo a mesma linha do modelo oferecido lá fora. O carro recebeu faróis redesenhados, nova grade, para-choques com novo formato, novas rodas de liga-leve e calotas e lanternas traseiras redesenhadas e com um novo layout interno.

A cabine do Doblò também ganhou pequenas mudanças e melhorias no acabamento interno.

4.0

  • josevaldop

    Eu acho que é estratégia da GM, lançar uma coisa horrorosa, ai se você bater o carro ja fica melhor e assim mais fácil para fazer o facelift no futuro

    • Renato

      Mas feiura não é exclusividade de uma marca. Todas as marcas têm seus representantes horrorosos.

      • th!nk.t4nk

        Verdade, mas a GM bateu todos os recordes na sua linha… É demais.

        • Robinho

          kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

        • Brasil_MG

          Spin, Agile, Cobalt; todos foram lançados com design estranho. Frente de trator, lateral estranha e traseira esquisita.

          • Marco

            Tem razão rapaz! E ainda tem a Monstrana de brinde! Em matéria de aberrações, ninguém consegue bater a General Monsters. E olha que a Toyota com o Etios anda tentando, mas são 4 contra 1. Vitória no quesito aberração automotiva para a GM. O antigo programa Vrum fez uma pesquisa para eleger os carros mais feios à venda no país. O Ssyaong Action estava em 1.lugar, seguido de Agile, coCôbált, Spin e Monstrana. Mas a GM ameaçou processar o programa e eles não divulgaram o resultado da eleição. Nem ousaram mais falar no assunto. Sinal que em matéria de design automotivo, a marca americana só fazia k-h-d@

            • Brasil_MG

              cara…o Etios é feio demaisss ( quando é na versão de entrada a coisa piora). Esqueci de falar também da traseira do Classic (chinês) o corsa sedan antigo era bonito e depois que reestilizaram virou uma m#%$da

          • PauloHCM

            O Agile foi desenvolvido no Brasil, em plena crise, onde a GM chegou a falir, o que não é admite é o Cobalt, feito na mesma plataforma do Sonic, se deixar entender como uma versão sedan do Agile. A reestilização ficou muito boa. A Spin é feia e tem dinâmica péssima, mas é um ótimo utilitário.

            • Brasil_MG

              Eu sei que o Agile foi feito a partir da plataforma do Corsa, e em um momento delicado financeiramente para a GM. Agora, o custo de se fazer um carro feio, e um carro bonito é o mesmo! Basta que os engenheiros/designers usem a criatividade e não tenham preguiça nem desleixo com o projeto que estiverem desenvolvendo.

    • Thyago Moraes

      Ja ia falar isso, acho que as empresas fazem isso de proposito, lanca um carro feioso pra depois reestiliza-lo. O proximo e o Up!

  • Jad Bal Ja

    Se esses são os exemplos que “deram certo” nem quero ver os que deram errado…. Só se salvam mesmo o Cobalt, que passou de medonho para ajeitadinho, o Fox que realmente ficou mais bonito e o Polo que resolveu aquela frente esquisita.

    Colocar o Agile foi piada né? Deu tão certo que logo depois o carro saiu de linha….

    • Saiu de linha logo depois pois foi atualizado tarde demais. Não foi a atualização que tirou ele de linha, deveria ter mudado antes.

      • RyanSX

        Pois é, as melhorias chegaram bem na época que o Onix estava sendo apresentado, ai acabou com o modelo de vez e levou o Sonic junto. Pena que levou aquele 1.6 16v com eles.

      • Mr. On The Road 77

        Você quer dizer: deveria ter sido reestilizado antes do lançamento, né? kkk

      • ViniciusVS

        Poderiam ter feito um Cobalt Hatch como um “New Agile” usando a frente do Cobalt, painel, mesmos equipamentos de série e opcionais, além da plataforma.

        O Agile só com facelift não tem espaço.

        • pedro rt

          nao ia dar certo, o onix chegou com o melhor q tinha de todos os hatches da marca, o bom custo beneficio do celta, mais espaço interno e mais equipado q o agile e com acabamento melhor q o do sonic nas portas…

          • ViniciusVS

            Um New Agile ficaria posicionado acima do Onix entregando maior espaço interno ( o mesmo do Cobalt), porta malas maior que do Onix, motor 1.8 com mais torque que o 1.4 do onix, melhor isolamento acústico.

            Na prática um “Compacto Premium Tupiniquim”, exatamente um Cobalt Hatch com outro nome e em duas versões sendo Agile LTZ e Agile Elite custando entre R$ 55.000 e 65.000.

            • pedro rt

              se fosse pra ter feito isso era melhor voltar com o sonic hatch q agora esta reestilizado e usando motor 1.4 turbo, o msm do cruze, dizem q ele vai voltar em 2017 na faixa dos 70mil e o sedan na faixa dos 80mil

              • ViniciusVS

                Seria melhor mesmo ter o Sonic Hatch/Sedan hoje, porém o Brasileiro achou melhor o Cobalt mesmo sendo inferior ao Sonic.

                O Sonic infelizmente micou aqui no Brasil.

                • PauloHCM

                  O Sonic saiu de linha aqui por conta do Tracker, pois vinha do México e comia a cota dele, que custava mais caro e dava mais lucros. Se não me engano a cota da GM era de 12.000 carros/ano

        • Marco

          Deus o livre! Chuta que é macumba. Cobalt hatch?! ninguém merece tanta feiúra.

          • ViniciusVS

            Ué, as vezes consegue vender bem kkkkk

            Entre o Sonic e o Cobalt o Brasileiro escolheu o Cobalt, então…

      • Brasil_MG

        Faltou nesta lista o Vectra 1996 que era lindo pra época

        • pedro rt

          era msm, mas por incrivel q pareça a reestilizacao de 1999 como linha 2000 o deixou mais lindo ainda, depois disso de 2005 a 2010 foi um fracasso…

          • Matheus Conrado

            Na minha infância eu o via e ficava impressionado com o Design futurista dele…até hj comparando com civic e Corolla (principalmente) daquela época,era nitida a superioridade no desenho dele. Ja em 2006 a GMB fez uma gambiarra renomeando o Astra como vectra.. junte isso ao New civic Matador… o estrago tornou-se irremediável.

            • Rubem

              no caso reposicionaram o vectra para a categoria do civic e corolla, com o modelo do astra europeu. monza, vectra sempre foram de categorias supeiores a kadett e astra, onde kadett e astra eram os verdadeiros concorrentes de civic e corolla. Até entendi a jogada da GM de colocar o nome vectra no astra nesse ponto. Hj, o Monza, que foi sucedido por Vectra foi sucedido pelo Insígnia e insignia seria o concorrente do honda accord por exemplo.

        • th!nk.t4nk

          Vectra 1996 era lindo? Cara, ainda é. Tá cheio deles nas ruas da Alemanha, e super bem conservados, por incrível que pareça. O design continua com vigor. Outros carros da época parecem jurássicos perto dele. Pena que no Brasil sobraram pouquíssimos Vectras dessa época meio inteiros :(

          • Brasil_MG

            cara..ontem eu vi um branco com roda, o carro tava lindo..devia ser 97, mas tava todo inteiro. A Gm foi feliz no design deste carro

    • rodrigosr

      acho que o Cobalt piorou. Era feio, mas tinha harmonia. Agora ficou completamente com cara de gambiarra.

      • Fernando Sampaio

        gostei muito da traseira, mas a dianteira ficou um tanto estranha…
        Gostava do anterior ^^

      • Emilio

        Concordo contigo… Eu achava o Agile horrivel e o Cobalt suportável. Depois me acostumei e achei o Cobalt até bonito, especialmente os LTZ na cor azul escura (e rodas diamantadas).

      • Marco

        O infeliz que projetou aquela frente de trator teve seu momento de inspiração durante uma tremenda dor de barriga, sentado no trono e k-h-gando até a alma, porque vai ser feio assim lá no kaxaprego! O tal de coCôbált era o tipo do carro que não tinha lado de se chegar nele. Era medonho de frente, horroroso de perfil e insosso de traseira. Tinha de voltar prá prancheta e começar do zero.

    • Rafael

      O Agile também não concordei muito. Senti muita falta do Logan e Sandero.

      • Leo

        Muito bem lembrado. Transformação total para os dois Renault!! O Logan virou um carro bonito!

      • Dick Buck

        Mas no caso do Sandero e do Logan não estarem na lista deve ser porque eles ficaram bonitos na mudança de geração, não foi só uma reestilização. A lista só integrou facelifts.

        • ViniciusVS

          O Logan 2011 achei que melhorou bastante.

        • Fabão Rocky

          Mas se vc parar p/ observar, a plataforma e carroceria são as mesmas, o torna isso um face-lift. O Gol por exemplo, o povo diz q tá na geração 7. O G5 na verdade é G3.

        • Matheus Conrado

          Logan e Sandero ainda estão na primeira geração,só que o Facelift foi tão bem feito que não parece. Assim como a Fiat Strada que reina no segmento de pick ups mas é quase a Mesma de 1998

        • Cmenusi

          E o caso do gol bola / G3, tbm não foi mudança de geração ?

      • Brasil_MG

        realmente amigo, a Renault fez milagre ao ressuscitar o Logan. Saiu de um caixotão quadrado e sem graça, para um carro com design aceitável. ( e harmônico)

    • Vitor

      Concordo. “…é subjetiva…”

    • RVS

      Hahaha!
      Assino embaixo!

  • Rafael D.

    Primeiro passo para uma belíssima reestilização: lançar um carro horroroso. Assim garante que qualquer mudança no estilo será pra melhor.

    • Matheus Conrado

      Acho que a GM curtiu a sua idéia.. exceto pela Spin, o carro é tão feio que eles desistiram de reestilizar..

      • Rubem

        spin so fazendo outra do 0. Antes tivessem mantido a zafira em linha.

  • Fernando S.

    Agile kkkkkkkk. Be ajuda aí cobandanti Abilton

    • Alexandre

      kkkkkkkkkkkkkk morri!

  • Ricardo

    Alguns desses exemplos continuaram horríveis, como o Ágile , Pálio e Doblo.

    • visanpai

      Acho o “G3” o mais bonito de todos os Palios, especialmente na versão 1.8R.

      • th!nk.t4nk

        Palio G1, G2 e G3 eram bonitos. Na quarta mudança estragaram tudo. Já na quinta ninguém se importava mais.

  • Ítalo Martines

    Agile??

  • Mr. Car

    Na boa? A do Doblò não ajudou muito, não, he, he, he!

  • 1945_DE

    Agile????? Deu tão certo que saiu de linha. Esse sempre foi um lixo de design.

  • Louis

    Uma restilização que me marcou foi o do Santana em 1991.

    • visanpai

      Não só o Santana, mas o Monza também. Antigamente tinha-se mais criatividade, até as versões esportivas eram mais cativantes.

      • Jurandir Filho

        Mas os dois eram bonitos nas suas épocas, nesses casos, o que era bom ficou melhor

      • pedro rt

        a reestilizacao do monza ficou parecendo a do holden camira da msm epoca

      • Fabão Rocky

        Verdade cara. Saudades das versões esportivas dos anos 90 como Gol Gti, Kadett GSi, Escort XR3.

  • Rodrigo

    Velhinho… acharam mesmo que o facelift do Clio e do Agile “deram certo”?
    Tenha medo!

    • Leonardo C.

      O primeiro facelift do Clio foi muito bom sim, essa “tentativa” da Renault em utilizar o design do Clio IV no nosso II que foi uma bela **gada

  • Munn Rá : O de Vida Eterna

    O Etios quando restilizarem vão ter fazer pelo infinito ( e mesmo assim vai continuar HORRENDO )

    • Pedro154

      Mostrei em outro site uma “proposta” de reestilização que eu fiz para o Etios. Peguei imagens do Etios verdadeiro e, por cima delas, esbocei essas modificações em poucas (mas árduas) horinhas de trabalho, sendo eu um total amador no ramo. Isso prova que um novo design para o Etios não custaria tanto assim para a Toyota.

      FRENTE:

      https://uploads.disquscdn.com/images/0def4274ec0ed35cfd65352a0e11361004f1862f320cb745c1a3b53c3668afbc.jpg

      TRASEIRA:

      https://uploads.disquscdn.com/images/a44ac3a97508474ccf90b3b1bb1123ed2ab468da80a0df93ecd3929674f82359.jpg

      INTERIOR:

      https://uploads.disquscdn.com/images/34eafd3aa5117a52d42a237166fe2b9c4a5fdd3ce0bb15597e889f909a52dc54.jpg

      • Munn Rá : O de Vida Eterna

        Mas no caso você fez somente para o Etios Sedan ? ( ficou legal e o tal ” grade/filete metálico ” ficou bom )

        • Pedro154

          Essa semana vou tentar fazer a traseira do hatch. Pois é, tentei aproximar o Etios da atual linguagem de design da Toyota. Me baseei no Corolla que virá reestilizado no próximo ano e no conceito Corolla Furia.

          • ViniciusVS

            Usando o Vios como base ficaria legal.

            Parabéns.

          • Brasil_MG

            estou curioso pelo desenho da traseira…A frente ficou boa

        • Pedro154

          Traseira do hatch pronta logo ali abaixo! :D

      • Dick Buck

        Ficou realmente muito bom! Um Etios sedã com ares de mini-corolla venderia horrores!

        • Leandro

          Com o atual Etios é que a Toyota está vendendo horrores. – modo Prassa ativado.

      • Celio

        Parabéns pelo trabalho! Ficou ótimo!

      • Matheus Conrado

        Parabéns, muito melhor..

      • th!nk.t4nk

        Cara, manda teu currículo pra essas montadoras. Muito bom mesmo. Pra um “amador no ramo” acho que você supera fácil muito gerente de design que tá afundando essas marcas no Brasil com coisas horripilantes.

  • Hater x Haters

    O Siena G2 seria o maior beneficiado da lista pois o G1 era feio e suas vendas eram fracas, depois veio o reestilizado G2 mais bonito e suas vendas cresceram, depois veio o G3 e virou um sucesso.
    Outro exemplo de reestilização que teve sucesso foi do Focus 3, que saiu daquela grade triangular exótica (eu gostava) e teve faróis espichados e grade de Aston Martin.

  • Fábio Henrique

    Esse palio ‘g3’ sempre foi mto bonito, incrivel como a fiat perdeu a mao.
    Todo mundo era enganado por essas reestilizacoes profundas da Volks e Fiat, inclusive eu qd era adolescente kkkk

  • Breno Zanatta

    E o Monza tubarão?

  • Marcelo Amorim

    Faltou o Logan na lista,muito feliz a reestilizacao.

    • Bruno Silva

      Não teve reestilização, foi nova geração.

      • Marcelo Amorim

        Pra mim foi reestilizado,assim como foi o Cobalt.

        • Bruno Silva

          Se você quiser pode até achar que o carro é um transformer, mas foi nova geração sim.

      • Rafael

        Mesmo quando comparamos aquele primeiro com o segundo já houve uma bela diferença. Com o atual entao é praticamente outro carro.

      • Christian Balzano

        Encaro como uma nova geração uma plataforma nova, novos motores, novo câmbio.. Eu também acho que Logan e Sandero foram reestilizações sim.

        • Hugo Borges

          Nem sempre a plataforma muda entre gerações, uma vez que, é caro criar uma nova a cada 6 anos(duração média das gerações de carros pequenos). Geralmente eles fazem modificações na plataforma, melhorando o espaço interno e a rigidez, esse é o caso do Logan e Sandero.

          • pedro rt

            a 4 rodas e outros jornalistas na epoca do lançamento dos novos logan e sandero disseram q eles nao sao uma nova geracao afinal a plataforma e apenas uma evolucao da antiga em cima de um design completamente novo, a industria ultimamente esta deixando de investir em face lift e fzendo essas mudanças mais pesadas. uma nova geracao de fato vai chegar em 2020 pro logan/sandero

            • Leandro

              Pode-se considerar o Logan e Sandero como nova geração sim. Nenhuma peça aparente de ambos os carros pode ser reaproveitando do modelo antigo. Portas, janelas, para-choques, faróis, grade, lanterna, capô, painel, nenhuma dessas peças podem ser intercambiáveis, diferentemente de Gol G2, G3 e G4 e dos Palios G1, G2, G3 e G4. Esse é meu entendimento.

      • Bruno Silva

        Ao meu ver ele se referiu a nova geração. Esse Logan continuou feio (embora um pouco menos que o antes da reestilização).

  • Brasil_MG

    Nossa, como eu gostaria de ver o Etios nessa lista! Mas infelizmente a Toyota não tem recursos financeiros para a reforma (SQN)

    • Tsi

      realmente… Toyota FEIÉTIOS é campeão absoluto no quesito FEIURA AUTOMOTIVA.

      • Brasil_MG

        e o pior é que, como as vendas do Etios melhoraram um pouco, a Toyota não deve estar nem um pouco preocupada com sua reestilização.

  • Jeremias Flores

    só não concordo com o Agile, os outros realmente melhoraram muito

  • zekinha71

    Dessa lista o Agile não deveria ter entrado, é horrível em qualquer situação, deveria ter entrado o Logan.
    No caso do Gol acertaram a mão do G2 para o G3 e erraram feio no G4, que são a mesma coisa.
    Palio se continuassem com essa de gerações(embora eu nunca tenha ouvido isso na época dos FL, somente nos últimos tempos que vi isso de geração) ia estar na G15.
    Idea pra mim a primeira sempre foi bonita, a segunda foi naquela de querer arredondar o que nasceu reto, nunca achei legal.
    Fiesta foi uma bela alteração, tanto que melhorou as vendas.
    Agora poderia fazer a lista com as reestilizações que deram errado, vão ser várias.

  • Luccas Villela

    Eu acho esse Agile “novo” muito bem acertado. Podem atirar pedras, mas gosto muito do desing e do interior. Pena a plataforma ser tãoooo datada. Concordo com todos os carros daí, melhoraram demais. Só que a foto que puseram do Palio não é a real, tinham que por do Palio HLX, que era sim bem mais bonito que o Fire atual.

    • pedro rt

      la na argentina o AGILE ficou no lugar do celta, poderiam ter feito isso aqui antes da chegada do onix joy

  • Daniel

    Achei que veria o Renault Logan nesta lista.

    • Emilio

      Bem lembrado!

    • BillyTheKid

      Verdade! O Logan e Sandero, na minha opinião, foram de horríveis pra bonitos.

  • Emilio

    Podem atirar pedras mas eu gostava mais do Cobalt antigo. :-p

    • Mr. On The Road 77

      Procurando uma pedra bem grande aqui… kkkk

  • Cidadão

    Também colocaria o Focus atual nessa lista. Esse texto já deixa a dica para fazer outro com as reestilizações que não deram certo. E já sugiro colocar o Polo, da segunda para a terceira (e péssima) reestilização, além do Golf (da geração 4 para a 4,5)

  • Douglas

    O Fox é feio de todo jeito, mas esse primeiro Fox é de doer os olhos, ele passou de terrível para ruim.

    • pedro rt

      o fox era um lixo msm no acabamento… depois da reestilizacao de 2009 mudou da agua pro vinho mas hj ele e praticamente um carro morto dentro da marca assim como o gol. ambos precisam logo sair de linha pra chegada do novo gol

  • pedro

    Pra mim, Cobal, Agile e Idea estão na lista das que não deram certo. Os anteriores eram melhores, apensar que o Agile o único conserto mesmo é o ferro velho.

  • Leo

    Discordo de dois deles: o Agile nunca teve jeito. Nasceu e morreu feio. E o Palio quadradinho, na minha opinião, era mais bonito do que o reestilizado.

  • João R

    Interessante Post! Vamos lá…
    Existem carros que foram uma aberração e não tiveram jeito. Chevrolet é um excelente exemplo que ganha a medalha de ouro: A montadora sabía que em época do encolhimento da nossa economia… ou finalmente “acordava” para o gosto do consumidor, ou afundava de vez. É claro que resolveu ir para frente, só que com uma BOA incrementada nos preços, o que deixa o produto com um custo-benefício ridículo (ainda mais perante o que existe fora do nosso mercado de brincadeira). Começando com esse Celta, prisma, Classic e Agile… as 4 grandes piadas em tecnología, consumo, segurança, confiabilidade e design lançadas durante anos, cada um com um design diferente (sabe aquele “promoção-saldão de peças” que não casam entre elas e não sabe para onde empurrar???)… apenas para lucrar e compensar as besteiras da marca lá pelo ano 2008 (megacrisse financeira e GM querendo dar… “falência”?).

    GM soube com o Onix, Novo Prisma, Cruze H/S colocar o patamar dos produtos num outro degrau mais… coerente, ainda pseudo-low cost, mas pelo menos olhando para eles… enganam muito BEM.

    2) Ao meu ver… a FIAT faz aaaaaaaanos que está perdida no país (porque lá fora… me desculpem salvo pela nova estratégia de trazer um style mais americano). Veículos da década passada remaquiados até onde não dao mais conta. Motores sem sal nem apenas algum diferencial (consumo, tecnologia, potência…nada). O Punto e Bravo caros e super ultrapassados. Moby uma coisinha discreta que ao meu ver não vale mais de 35mil. Palio, Siena nada a ver com familia nenhuma atual. Toro bacana (tá pecissando uma SW para ontem abaixo dos 80-90mil). Resumo: sem coerencia alguma, cada carro é um restinho de vai saber qual estratégia passada.

    3) VW… já não convence mais com o GOL jeitinho carinha de POlo Europeio e mais nada (ok, uma telinha para convencer ao povo que está comprando tecnologia?!). Um carro com esse visual mega-conservador… das 2 uma: ou traz algum diferencial nos acabamentos, segurança extra e tecnologia dos motores ou tá caminho de empolgar menos que o ETIOS, que já é feio e pobre para caramba!!!

    4) Renault… continua com sua política de trazer DACIA ao país. Não é ruim… apenas coerente nivelando por baixo e sem sal. Do clio brasil-argentina nem vou falar porque tá mais do que ultrapassado.

    5) Hyundai (e Ford seguidamente)… a mais experta puxando da tecnologia e credibilidade dos importados para vender super bem o HB20, aliás cada vez com preços mais absurdos… mas a culpa não é da montadora e sim do consumidor que se joga de cabeça sem negociar PN. É a marca que mantem a melhor linha de coerência na sua familia de veiculos em troca de preços abusivos.

  • klaus

    o painel do Fox deu um salto quântico

  • Fernando Bento Chaves Santana

    O do Agile foi apenas trocar seis por meia dúzia.
    A frente do Cobalt era feia sim, mas o carro era muito honesto sem pretensão de ser luxuoso ou esportivo. Mas agora continua tão feio quanto antes – mas agora está com cara de metido a premium. Sem contar quw estragaram a traseira com aquelas lanternas traseiras de VW feitas nas coxas e pra finalizar as laterais não tem nada a ver as nova frente e a nova traseira.

    • ViniciusVS

      Em teoria até é legal a lanterna.

      Na prática de noite fica o recorte da tampa da mala no meio e fica parecendo que a lanterna está com alguma lâmpada queimada.

      Ficou bem porco mesmo…

    • Brasil_MG

      eu acho irritante olhar para a traseira do novo cobalt e ver a sombra da lanterna antiga. Economia porca

      • pedro rt

        irritante eu nao acho, acho remendo, desleixo…

  • Dick Buck

    Essas matérias Top 10 são muito boas NA! Continuem a fazer mais dessas! Que tal agora escreverem sobre 10 reestilizações que não deram muito certo nos carros (Gol G3 para Gol G4 por exemplo)

    • Brasil_MG

      gol G4 me embrulha o estômago

      • pedro rt

        ainda bem q ta ficando cada vez mais dificil ver esse lixo nas ruas…

        • Brasil_MG

          outra que já está fazendo hora extra é a Spin. Uma das traseiras mais feias que existe.

          • Brasil_MG

            Eu ainda acho que a traseira da Spin consegue ser mais feia que a do Agile

          • Matheus Conrado

            Parede totalmente com um carro funerário… perceba que na linha 2017 todos foram reestilizados.. exceto a bendita.. a GM viu que ia dar trabalho e acabou largando de mão…

      • Renato Dias

        Gol G4 e Fox G1. Interior brochante.

        • pedro rt

          verdade, o interior mais feio q ja vi na vida junto do pt cruiser…

          • Brasil_MG

            ninguém supera o painel do celta pé de boi 2001 (parece que foi feito com durepoxi)

          • Matheus Conrado

            Aliás toda linha Chrysler dos anos 2000 tinham um interior bem pobre né.. tipo o 300,tinha um design externo super requintado, e quando olha o interior, aquela simplicidade absurda..

  • Jurandir Filho

    Matéria bacana!
    Mas tem umas reestilizações, que a meu ver, ficarem piores Agile e Clio são alguns exemplos

    • Sedici

      Gosto realmente é algo muito subjetivo… na minha visao (e acho que da maioria) o Agile reestilizado e o Clio de 2003 ficaram infinitamente melhores que seus antecessores… o Clio ainda receberia uma outra reestilizaçao na traseira com a placa indo para o para-choque que melhorou ainda mais o design… agora se voce estiver se referindo à ultima reestilizaçao do Clio aí sim… nunca vi algo tao bizarro!

  • pedro rt

    a reestilizacao mais bem sucedida foi a do PALIO q saiu de um carro bonito “G2” pra um muito bonito “G3” tanto e q esse design foi o mais longo de todos do palio, durou de 2003 modelo 2004 a 2016! nem o new palio vai superar isso ja q saira de linha em 2017

  • Maycon Farias

    Tirando o Polo e o Idea nenhum dos outros melhorou.

  • V12 for life

    A Doblo continua horrível.

    • pedro rt

      corcordo, alias doblo bonito e o vendido agora na europa pq esse nosso parece carro de funeraria…

  • junior

    cCobalt deixou o lugar de desing monstrengo pro etios.

    • pedro rt

      que eu me lembre montana, doblo e spin conseguem ser mais feios q o proprio etios

      • Robinho

        esse é uma briga feia…difícil dizer quem é pior…

      • junior

        A briga é feia, mas o étios consegue a façanha de ter um design sofrível por fora e por dentro.

  • Robinho

    Cobalt, Agile, Clio e Doblo com ou sem reestilização continuaram feios. Como design é subjetivo esta é minha opnião.

    • Brasil_MG

      achei que a frente e a traseira do cobalt ficaram boas. O que entrega a simplicidade do carro é a lateral

  • Tosoobservando

    ESqueceram do novo QQ?

  • Marcos Drawer

    Talvez alguns achem a mesma coisa, mas eu gostaria muito que o Uno tivesse ficado igual ao Uno 1989 fase 2 italiano, que foi inspirado no Tipo. A meu ver, ficou com aspecto de carro maior, com frente similar ao Tempra e traseira bem parecida com o Tipo. Infelizmente, fizeram uma adaptação que chamam de “frente baixa” e que tem uma faixa de metal abaixo dos faróis menores e nova grade na cor do carro, mantendo traseira e para-choques do Uno original. Não ficou feio, mas comparado ao italiano, ficou abaixo, na minha opinião. Já o Uno “Doblò”, sem comentários…

    https://uploads.disquscdn.com/images/7bfea11ae322224f323de768c214f0a39e4fa70465f9af09e9af38f8c8e0079c.jpg

  • Wolfpack

    Concordo com as repaginadas da Chevrolet mas não concordo com o sucesso das demais. Sem contar que as mais desastrosas que vi na minha vida foram as do Monza, S10, Clio (argentino este último), Golfsauro, Uno Mile.

  • Sassá
    • Maurício Menon

      Em Foz vejo alguns modelos com placa argentina. Realmente o carro é muito bonito.

  • Sassá
  • Leandro

    Agile? Fiesta Street? Clio??? Achei que eram apenas reestilizacoes que tinham dado certo. . O Agile foi um fracasso. Clio e fiesta continuaram na mesma (vendendo pouco diante da concorrência). Não acho que foram bons exemplos. Deviam ter recuperado carros como Siena, que todos achavam feio até vir a segunda geração… A saveiro de segunda geração, que chegou horrível, mas a vw amenizou com poucos recursos… Entre outros. Estas escolhas não foram muito felizes.

  • Joaquim Grillo

    Sério a do Cobalt e do Agile deu certo???

    Affff

  • Maurício Menon

    O Clio da foto é o segundo facelift, lá por 2008.

  • Diego Berri

    Eu tenho um gol, mas as gerações do Gol são uma piada, do bolinha em 97 até o G4 em 2009 nada mudou só restilização até a porta é a mesma…

    • th!nk.t4nk

      Nao esquecendo a luz de teto herdada do FUSCA, que durou até o Gol G4… Haja cara de pau da VW.

      • Diego Berri

        Kkkkk

  • Dii Nascimento

    Agile deu certo ? a onde ?

  • Mauro Schramm

    Mais concordo do que discordo. Vamos às discordâncias:

    -a nova traseira do Cobalt ficou pior, em minha opinião (a frente melhorou bastante);
    -preferia o Palio anterior à reestilização mostrada aqui;
    -quanto ao Agile, deixa pra lá rsrsrs.

  • 1) Eu nem sabia que existia esse modelo reestilizado do Agile!
    2) O Cobalt é o único aí que de fato melhorou bastante (mas como disseram, passou de medonho para ajeitadinho).
    3) O Idea pra mim pirou mil vezes. A lanterna traseira, apesar de ser em led, é horrível.

  • Gurgelando

    Poxa vida, se essas aí são as que deram certo, tenho até medo de ver as que deram errado.

  • Que matéria sem sentido, qual o parâmetro para dizer que deram certo e “rankear” desta forma?
    Cade os dados em números? É uma matéria com opinião pessoal do design de alguns carros e só!

  • José Caio

    A doblô de longe é feia, de perto parece que ta longe.

  • Magnamox

    Cade o Logan?

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend