Crossovers Listas Top 10 Mercado SUVs

Top 10: SUVs de entrada do Brasil

Top 10: SUVs de entrada do Brasil

O mercado de utilitários no Brasil pode parecer bem generoso para alguns, mas se compararmos com os mercados vizinhos e outros países emergentes, sem dúvidas, ainda estamos bem distantes de uma oferta realmente boa de opções para comprar. Mesmo com as vendas subindo, o segmento ainda aguarda novos lançamentos, mas o que se espera não são modelos de acesso, mais baratos, mas sim aqueles com potencial para estar na faixa próxima dos R$ 100 mil.


Para quem quer um SUV compacto ou crossover moderno, mas não pode ou não quer dispor desse valor alto, terá de partir para a gama de entrada, que ainda possui algumas opções. O “ainda” se refere ao fato de que as opções são tão poucas que quase não dá para criar um Top 10 com esses modelos de acesso. Nos últimos meses, o mercado ganhou três opções na lista abaixo, embora um deles seja tão caro que compete também num nível superior de preço, como é o caso do Honda WR-V.

Os outros dois são chineses (Chery Tiggo 2 e JAC T40), ambos com certo atraso, sendo que ainda ficou faltando uma promessa (não cumprida) de outra marca de mesma origem (Lifan X50). Então, como se pode notar, mesmo com alguns reforços, ainda há falta de produto nessa faixa, especialmente porque alguns deverão dar baixa no mercado nos próximos anos. Lá fora existem diversas opções que se encaixariam bem nesse segmento, mas resta o mercado se aquecer e as regras do governo serem definidas para que mais oportunidades surjam nesse sentido. Assim, por ora o que é o que temos abaixo. Então, confira:

Top 10: SUVs de entrada do Brasil

1) Citroën Aircross – R$ 52.690

Top 10: SUVs de entrada do Brasil

Ele nasceu como uma minivan (C3 Picasso) e evoluiu para um aventureiro, até que na última atualização, acabou ganhando alterações que o deixam mais como um crossover atualmente. Embora de fato apenas a versão topo de linha se pareça mais com um utilitário esportivo, o Aircross segue como opção de acesso da PSA para o segmento. Logo terá a companhia do C4 Cactus em nível acima. Por ora, o modelo é oferecido com motor 1.6 de até 122 cavalos na versão manual e 118 cavalos na automática de seis marchas, que tem três modos de condução.

2) Chery Tiggo 2 – R$ 59.990

Top 10: SUVs de entrada do Brasil

Ele demorou muito, mas finalmente chegou. O crossover da agora CaoaChery recebeu modificações nesta nova empresa binacional, que o traz em duas versões e com novo motor 1.5 Flex de até 115 cavalos. Por ora, a transmissão é manual, mas logo chega a versão automática, que infelizmente deve ser aquela de 4 marchas usada no antigo Tiggo 3, já retirado do mercado. Feito em Jacareí-SP, o Tiggo 2 será a porta de entrada para uma gama de SUVs que terá mais três membros: Tiggo 4, Tiggo 7 e Tiggo 8. Todos estes serão feitos em Anápolis-GO.

3) JAC T40 – R$ 59.990

Top 10: SUVs de entrada do Brasil

O crossover da JAC Motors também demorou, mas chegou bem antes de seu rival da Chery. Ele é fruto de um projeto bancado pelo grupo SHC em parceria com a marca chinesa, o que resultou num belo crossover. O T40 chegou inicialmente com transmissão manual de cinco marchas, sendo equipado com o já conhecido motor 1.5 JetFlex de até 127 cavalos. Porém, o mercado queria mesmo a versão CVT, que chegou recentemente com um novo motor, o 1.6 DVVT que entrega ótimos 138 cavalos, que inclusive dispõe de Start&Stop e algumas melhorias.

4) Lifan X60 – R$ 67.990

Top 10: SUVs de entrada do Brasil

O SUV da marca chinesa é um projeto antigo e derivado de cópia do Toyota RAV4 da segunda geração, assim como o Chery Tiggo 3. Com um visual pouco mais interessante, o utilitário esportivo se beneficia do bom marketing da Lifan por aqui e também do conteúdo, incluindo uma versão com câmbio CVT, a VIP. Assim como na Talent, que tem transmissão manual, possui motor 1.8 a gasolina de somente 128 cavalos. Apesar das características bem típicas de um utilitário esportivo, seu estilo está defasado e logo terá a companhia do mais moderno X70.

5) Ford EcoSport – R$ 69.990

Top 10: SUVs de entrada do Brasil

O modelo é um projeto global liderado pela Ford no Brasil, que acabou ganhando mercado na China, Índia, Rússia, Europa e até EUA, onde não se imaginava ver um SUV tão pequeno, que mede pouco mais de 4 metros sem o estepe externo. O design é bem atraente e a versão Storm deu um extra nesse caso, ofertando ainda a tração AWD. O EcoSport ganhou atualização visual recente e com ela o novo motor 1.5 Dragon Ti-VCT de até 137 cavalos com três cilindros, além de câmbio de seis marchas, tanto manual quanto automático. Há também o 2.0 Direct com até 176 cavalos.

6) JAC T5 – R$ 69.990

Top 10: SUVs de entrada do Brasil

Esse SUV compacto da JAC é o líder de vendas da marca chinesa e apresenta um bom espaço interno e porta-malas, mas um estilo estranho, com frente longa demais, destoando do restante da carroceria, mais equilibrada. Peca por ser ainda a primeira versão feita na China, mas em breve chega a redesignação como T50 e com ela um aspecto mais moderno, especialmente no painel. O modelo também faz uso do motor 1.5 JetFlex com até 127 cavalos, bem como oferece câmbio manual de seis marchas ou CVT, este último que fez as vendas do modelo subirem.

7) JAC T6 – R$ 69.990

Top 10: SUVs de entrada do Brasil

Este é outro SUV da chinesa, mas de porte médio. Muito semelhante ao Hyundai ix35 em aspecto, o T6 é talvez o SUV de melhor custo-beneficio não-vendido do mercado nacional, mas por um único defeito: não ter câmbio automático ou CVT. Só com um manual, de cinco marchas, seu motor 2.0 Flex de até 155 cavalos não pode fazer milagre em vendas. Por isso, se aguarda a chegada do T60, que além do tapa no visual, deve trazer o esperado CVT ou automático para atender a demanda. Também se espera mais conteúdo, apesar da elevação esperada no preço.

8) Renault Duster – R$ 72.190

Top 10: SUVs de entrada do Brasil

Ele deveria ser mais barato, mas a Renault já está começando a cobrar mais do que deve por seus carros. O SUV de origem romeno foi projeto para baixo custo, mas não poupa em robustez e confiabilidade. Seu motor 1.6 SCe é recente e entrega até 120 cavalos. Ele também ganhou uma caixa CVT para aumentar a economia e o conforto. Há também o longevo 2.0 Flex de até 148 cavalos com opção manual de seis marchas, tração 4×4 ou mesmo um automático com quatro marchas. Em breve chega a nova geração e com ela a possibilidade do novo 1.3 TCe de até 160 cavalos.

9) Hyundai Tucson – R$ 74.990

Top 10: SUVs de entrada do Brasil

Nascido em 2004, o velho Tucson passou a ser feito em Anápolis-GO a partir de 2010 e com motor 2.0 Flex de até 146 cavalos, tendo ainda câmbio automático de quatro marchas, mas tração apenas dianteira. No passado chegou a ter motor V6 2.7. Feito junto com as duas gerações seguintes, o modelo está com os dias contados por causa da presença do Creta, feito pela HMB e também porque a CAOA está ameaçada de perder a concessão de produção do modelo (e de todos os demais) no país. Ainda tem fãs pelo Brasil e como usado, é um dos mais procurados.

10) Honda WR-V – R$ 80.200

Top 10: SUVs de entrada do Brasil

Derivado direto do Fit, ele surgiu como uma adaptação deste para atuar no mercado indiano e também no Brasil, medindo somente 4 metros por conta disso. Usando uma tática nascida na China, que é a de elevar a frente de compactos para criar um crossover, o WR-V recebeu também suspensão modificada e outros reforços para se tornar mais robusto. Com espaço e porta-malas herdados do monovolume, o utilitário esportivo é caro demais, mas isso não assusta a Honda. Seu motor 1.5 i-VTEC FlexOne tem até 116 cavalos, mas chama atenção por ter somente CVT.

[Imagens Ilustrativas]

 

Top 10: SUVs de entrada do Brasil
Nota média 5 de 1 votos

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email