*Destaque Listas Top 10 Mercado

Top 20: carros zero até 50 mil

volkswagen-polo-2018-avaliação-NA-33 Top 20: carros zero até 50 mil

Quais são os carros até 50 mil reais vendidos no Brasil?

O mercado automotivo brasileiro conta com uma série de modelos com preços até R$ 50 mil. A lista inclui exemplares subcompactos, compactos e compactos “premium”, nas carrocerias hatch e sedã, sendo praticamente todos eles com motor 1.0 e sempre com transmissão manual. Selecionamos abaixo os 20 (ou pouco mais que isso) automóveis de até R$ 50 mil à disposição dos consumidores no Brasil, levando em consideração sempre as versões de entrada de cada modelo. Confira os carros até 50 mil:



1) Chery New QQ Smile 1.0 – R$ 26.690

volkswagen-polo-2018-avaliação-NA-33 Top 20: carros zero até 50 mil

O automóvel mais barato desta lista é o Chery New QQ. A versão de entrada Smile do modelo oferece um motor 1.0 litro flex de 75  cv e 10,1 kgfm, com transmissão manual de cinco marchas. Ele é equipado com vidros elétricos dianteiros, banco traseiro rebatível, preparação para rádio, computador de bordo, ajuste elétrico de altura dos faróis, entre outros.

2) Renault Kwid Life 1.0 – R$ 29.990

volkswagen-polo-2018-avaliação-NA-33 Top 20: carros zero até 50 mil



Outro carro com preço mais em conta é o Renault Kwid na versão de entrada Life, que oferece um motor 1.0 flex de 70 cv e 9,8 kgfm, atrelado a um câmbio de cinco marchas. Entre os itens de série, há Isofix, indicador de troca de marcha, retrovisores com ajuste manual, ar-quente, banco traseiro rebatível, preparação para som, entre outros.

3) Fiat Mobi Easy 1.0 – R$ 34.210

volkswagen-polo-2018-avaliação-NA-33 Top 20: carros zero até 50 mil

Carro mais barato da Fiat, o Mobi está disponível em cinco configurações diferentes. A mais em conta delas é a Easy com motor 1.0 Fire flex de até 75 cv e 9,9 kgfm, com câmbio manual de cinco marchas. Ele parte de R$ 34.210 e vem com poucos equipamentos, como banco traseiro bipartido e rebatível, sinalização de frenagem de emergência, faróis com follow me home, painel de instrumentos com tela de 3,5 polegadas, retrovisores internos com comando interno mecânico, entre outros.

4) Volkswagen take up! 1.0 MT – R$ 37.990

volkswagen-polo-2018-avaliação-NA-33 Top 20: carros zero até 50 mil

O automóvel mais em conta da Volkswagen é o take up! com motor 1.0 de 82 cv e transmissão manual. Ele parte de R$ 37.990 e oferece itens como chave tipo canivete, banco do motorista com ajuste de altura, encosto do banco traseiro rebatível, Isofix com Top tether, desembaçador do vidro traseiro, suporte para celular, preparação para som, tampa do porta-malas com abertura elétrica, entre outros.

5) Chery Celer 1.5 – R$ 38.990

volkswagen-polo-2018-avaliação-NA-33 Top 20: carros zero até 50 mil

De origem chinesa, mas produzido no Brasil, o Chery Celer aparece com seu motor 1.5 flex de 113 cv e 15,5 kgfm, com transmissão manual de cinco marchas. Ele oferece itens como ar-condicionado, direção hidráulica, trio elétrico, banco do motorista ajustável em altura, banco traseiro rebatível, sensor de estacionamento traseiro, computador de bordo, entre outros.

6) Kia Picanto 1.0 – R$ 40.990

volkswagen-polo-2018-avaliação-NA-33 Top 20: carros zero até 50 mil

Dotado de um motor 1.0 litro flex de 80 cv e 10,2 kgfm, o Kia Picanto parte de R$ 40.990. Este modelo oferece itens com Isofix, luzes diurnas sistema de som com Bluetooth, volante multifuncional com ajuste de altura, chave canivete, ar-condicionado, vidros e travas elétricas, entre outros.

7) Chevrolet Onix Joy 1.0 – R$ 42.190

volkswagen-polo-2018-avaliação-NA-33 Top 20: carros zero até 50 mil

Atual carro mais vendido do Brasil, o Onix Joy 1.0 também aparece nesta lista. Ele custa R$ 42.190 e é equipado com itens como monitoramento da pressão dos pneus, alarme antifurto, ar-condicionado, direção elétrica progressiva, vidros dianteiros e travas elétricas, banco traseiro rebatível e predisposição para rádio. O motor rende até 80 cv e 9,8 kgfm e está associado a uma transmissão manual de seis marchas.

8) Volkswagen Gol Trendline 1.0 MT – R$ 42.990

volkswagen-polo-2018-avaliação-NA-33 Top 20: carros zero até 50 mil

Outro carro da Volkswagen na versão de entrada com motor 1.0 de 82 cv é o Gol Trendline. O hatch compacto oferece recursos como ar-condicionado, vidros dianteiros e travas elétricas, direção hidráulica, banco traseiro com encosto rebatível, banco do motorista com ajuste de altura, alerta de frenagem de emergência, preparação para som, suporte para celular, entre outros.

9) Hyundai HB20 Comfort 1.0 – R$ 43.300

volkswagen-polo-2018-avaliação-NA-33 Top 20: carros zero até 50 mil

Um dos carros mais vendidos do País, o Hyundai HB20 parte da versão Comfort com motor 1.0 litro flex de 80 cv e 10,2 kgfm, com câmbio manual, por R$ 43,3 mil. Nos itens de série, há Isofix, ar-condicionado, direção hidráulica, computador de bordo, vidros dianteiros e travas elétricas, banco do motorista com ajuste de altura, rádio com Bluetooth, volante multifuncional, entre outros.

10) Ford Ka S 1.0 – R$ 43.780

volkswagen-polo-2018-avaliação-NA-33 Top 20: carros zero até 50 mil

A versão mais em conta do Ford Ka usa um motor 1.0 litro flex de 85 cv e 10,7 kgfm e transmissão manual e oferece itens como tapetes de borracha, porta-malas com abertura elétrica, cinto de três pontos e encosto de cabeça para os cinco ocupantes, ar-condicionado, banco traseiro bipartido, chave canivete com controle remoto, direção elétrica, Isofix, indicador de troca de marcha no painel, limpador e desembaçador do vidro traseiro, travas elétricas, entre outros.

11) Renault Sandero Authentique 1.0 – R$ 43.900

volkswagen-polo-2018-avaliação-NA-33 Top 20: carros zero até 50 mil

A versão de entrada do Sandero em nosso mercado é a Authentique, dotada de um motor 1.0 flex de 82 cv e 10,5 kgfm, atrelado a um câmbio manual. Ele é equipado com indicador de troca de marcha, limpador e desembaçador do vidro traseiro, vidros dianteiros elétricos, ar-condicionado, direção eletro-hidráulica, banco traseiro rebatível, travas elétricas, entre outros.

12) Fiat Uno Drive 1.0 – R$ 43.990

volkswagen-polo-2018-avaliação-NA-33 Top 20: carros zero até 50 mil

Outro carro da Fiat que aparece por aqui é o Uno na configuração de entrada Drive com o motor 1.0 Firefly de 77 cv e 10,9 kgfm, atrelado a uma transmissão manual. O modelo é equipado com ar-condicionado, banco traseiro rebatível com duas posições para o encosto, faróis com follow me home, direção elétrica, vidros dianteiros elétricos com one touch e antiesmagamento, volante com ajuste de altura, entre outros.

13) Lifan 530 Talent 1.5 – R$ 43.990

volkswagen-polo-2018-avaliação-NA-33 Top 20: carros zero até 50 mil

Um dos chineses desta lista é o sedã Lifan 530 Talent com motor 1.5 de 103 cv e 13,6 kgfm, com câmbio manual de cinco marchas. Ele é equipado com Isofix, faróis e lanternas de neblina, retrovisores com setas em LED, ar-condicionado, direção eletroassistida, trio elétrico, computador de bordo, banco traseiro bipartido e rebatível, bancos em couro, rádio com entrada USB, rodas de liga-leve aro 15, entre outros.

14) Citroën C3 St@rt 1.2 – R$ 43.990

volkswagen-polo-2018-avaliação-NA-33 Top 20: carros zero até 50 mil

Quer um Citroën C3 de entrada? Então você terá que adquirir a versão St@rt diretamente na internet. O modelo parte de R$ 43.990 oferece itens como rádio Pioneer, direção elétrica, computador de bordo, tapete exclusivo da versão, porta-luvas com refrigeração, volante com ajuste de altura e profundidade, vidros dianteiros elétricos, banco do motorista com ajuste de altura, banco traseiro rebatível e bipartido, entre outros. Na motorização, há um 1.2 flex de três cilindros de 90 cv e 12,9 kgfm, com transmissão manual.

15) Nissan March S 1.0 – R$ 44.490

volkswagen-polo-2018-avaliação-NA-33 Top 20: carros zero até 50 mil

O Nissan March marca presença por aqui com sua versão de entrada S, dotada de um motor 1.0 flex de 77 cv e 10 kgfm e transmissão manual. Nos recursos, ele oferece ar-condicionado, computador de bordo, direção elétrica progressiva, vidros dianteiros e traseiros elétricos, volante e banco do motorista com ajuste de altura, preparação para som, entre outros.

16) Renault Logan Authentique 1.0 – R$ 45.700

volkswagen-polo-2018-avaliação-NA-33 Top 20: carros zero até 50 mil

Seguindo a mesma linha do hatch Sandero, o Renault Logan parte da versão Authentique com motor 1.0 e transmissão manual de cinco marchas. O sedã compacto oferece recursos como direção eletro-hidráulica, banco traseiro rebatível, ar-condicionado, vidros dianteiros e travas elétricas, desembaçador do vidro traseiro, entre outros.

17) Fiat Grand Siena Attractive 1.0 – R$ 45.790

volkswagen-polo-2018-avaliação-NA-33 Top 20: carros zero até 50 mil

O Fiat Grand Siena surge na versão de entrada Attractive 1.0 de 75 cv e 9,9 kgfm. Ele tem itens como ar-condicionado, computador de bordo, direção hidráulica, faróis com follow me home, predisposição para rádio, travas elétricas, vidros elétricos dianteiros com one touch e antiesmagamento, entre outros. Há ainda outras três versões do modelo.

18) Chevrolet Prisma Joy 1.0 – R$ 46.390

volkswagen-polo-2018-avaliação-NA-33 Top 20: carros zero até 50 mil

Seguindo a mesma linha do Onix, o Prisma Joy aparece com a mesma lista de equipamentos e o motor 1.0 flex com transmissão manual. O sedã tem preço inicial de R$ 46.390 e, a exemplo do hatch, mantém o visual da linha anterior do modelo.

19) Fiat Argo Drive 1.0 – R$ 46.800

volkswagen-polo-2018-avaliação-NA-33 Top 20: carros zero até 50 mil

Grande lançamento da Fiat neste ano no Brasil, o Fiat Argo parte de R$ 46.800 no modelo de entrada Drive com o motor 1.0 de 77 cv e 10,9 kgfm e câmbio manual. Ele oferece itens como ar-condicionado, banco do motorista com ajuste de altura, direção elétrica progressiva, predisposição para rádio, painel de instrumentos com tela TFT de 3,5 polegadas, sistema start/stop, vidros dianteiros elétricos com one touch e antiesmagamento, travas elétricas, computador de bordo, entre outros.

20) Toyota Etios X 1.3 MT – R$ 46.880

volkswagen-polo-2018-avaliação-NA-33 Top 20: carros zero até 50 mil

O Toyota Etios aparece neste ranking na versão de entrada X com motor 1.3 de 98 cv e transmissão manual.  O modelo é equipado com cinto de três pontos e encosto de cabeça para os cinco ocupantes, banco traseiro rebatível, ar-condicionado, banco do motorista com ajuste de altura, vidros e travas elétricas, direção eletroassistida progressiva, painel de instrumentos digital, entre outros.

21) Ford Ka Sedan SE 1.0 – R$ 48.040

volkswagen-polo-2018-avaliação-NA-33 Top 20: carros zero até 50 mil

O Ford Ka também conta com a versão sedã, que na versão SE com motor 1.0 flex de 85 cv e 10,7 kgfm oferece itens como ar-condicionado, banco do motorista e volante ajustável em altura, chave canivete com controle remoto, cinto de três pontos e encosto de cabeça para os cinco ocupantes, chave canivete com controle remoto, direção elétrica, faróis de neblina dianteiros, Isofix, indicador de troca de marcha, rádio com Bluetooth e entrada USB, travas elétricas, vidros elétricos dianteiros, entre outros.

22) Volkswagen Voyage Trendline 1.0 MT – R$ 49.990

volkswagen-polo-2018-avaliação-NA-33 Top 20: carros zero até 50 mil

Assim como o Gol, o sedã Voyage está disponível na versão Trendline com motor 1.0 de 82 cv e transmissão manual. Ele também traz itens como ar-condicionado, vidros dianteiros e travas elétricas, banco do motorista com ajuste de altura, suporte para celular, entre outros.

23) Volkswagen Polo 1.0 – R$ 49.990

volkswagen-polo-2018-avaliação-NA-33 Top 20: carros zero até 50 mil

Recém-chegado no mercado brasileiro, o Polo parte com motor 1.0 litro flex de 84 cv e 10,4 kgfm. Nos recursos de série, há quatro airbags, Isofix com Top tether, cinto de três pontos e encosto de cabeça para os cinco ocupantes, direção elétrica, vidros e travas elétricas, banco do motorista com ajuste de altura, ar-condicionado, banco traseiro com encosto rebatível, sistema de som com Bluetooth, entre outros.

4.0

COMPARTILHAR:
  • Eng Turbo

    R$37.990 no up! sem Ar Condicionado!! Inacreditável ;(

    • Fanjos

      Ar condicionado é luxo para VW fis, acho que nem Direção Elétrica ele tem, nem vidro elétrico em nenhuma porta, ou trava elétrica, e por ai vai

      • João Cagnoni

        Não só para VW, mas Fiat e outras mais tradicionais também.

        • CARnivoro

          Na verdade é só pra essas duas mesmo e a Renault com o Kwid (Os outros jpa tem de série). A GM vende desde o Onix já com AC/Direção com assistência de serie.. A Ford todos os carros oferecidos em nosso mercado tb já tem…

          • Cleidson

            O Ka S não tem vidro elétrico.

            • CARnivoro

              Estamos falando do Ar condicionado!! Que Fiat e Vw trata isso como luxo enquanto nas outras são de serie!!

              • Pedro154

                Uno e Argo têm ar-condicionado de série desde as suas versões de entrada.

            • RRT Felipe

              o SE com vidro eletrico, som (My connection) e banco com regulagem de altura custa só 1000 reais a mais. Não compensa esse S.

              • Pedro154

                Eu nunca entendi a ideia de jerico da Ford de oferecer essas duas versões com diferença de apenas mil reais.

          • Samuel Justus

            Eu tenho um celta com ar e sem direção de fábrica…ah e trio elétrico kkkkkk

        • Robison Adada

          Fiat, só o Mobi na verão Easy que não vem AC. Nas demais Like, Way e Drive vem de série. Somando-se a isso a Strada Cabine curta. Todos os demais carros da marca vem de série com o ar condicionado!

          • João Cagnoni

            Nossa, quanto Luxo! Era obrigação ter AC em TODAS as versões.

            • RTEC30

              Versão pé de boi para o “pião” da empresa não gastar muita gasolina.
              Afinal, vivemos em um clima tropical ameno, que respeita … o trabalho, escravo.

      • Raul Pereira

        Tinha uma pequena você chegava na VW e era capaz deles te venderem uma mula por 26k… Rédeas opcionais em couro premium por 4k. Depois que o gol despencou melhorou um pouco, mas kit dignidade ainda é luxo pra eles

      • Hugo Leonardo Dos Santos

        não tem nada, o kit pra ter ar + direção elétrica + vidros dianteiros elétricos e trava elétrica central custa R$ 5 mil temers. Ou compra pelado ou com o kit

    • Rafael Oliveira

      Picanto muito mais carro.

    • Andre Cupertino

      O Take up! Está vindo com o Kit completo incluso nesse preço de 37990.

    • Ricardo Blume

      Não é a toa que está definhando. Se você quer AC, DH, vidros e trava, acrescente 5k no pacote e voilá, você vai ter o modelo na 24 posição do ranking dos mais vendidos.

  • G.Alonso

    Era TOP 20, mas, para entrar o Polo pode ser TOP 23…

    • Rodrigo Pasini

      Pensei a mesma coisa.
      Além de que geralmente os “top” são “top 10”.

    • RBuriti

      Em resumo, vamos forçar um pouquinho para chegar até o polo.

      • Darwin Luis Hardt

        tá muito na cara

    • Miro Saraiva

      merchan, vc vê por aqui

    • Silvio Vasques

      O que o dinheiro não faz, né?

    • Leonel

      ” Selecionamos abaixo os 20 (ou pouco mais que isso) automóveis de até R$ 50 mil à disposição dos consumidores no Brasil, levando em consideração sempre as versões de entrada de cada modelo”.

      Claro que o post explica diversos tipos de exemplares, mas eu confesso que quando vi a reportagem pensei que todos estavam praticamente na faixa dos R$50 mil, jamais imaginei ver o Chery QQ na lista rs…

      • Darwin Luis Hardt

        eu também pensei que seriam todos na faixa dos 50 mil…

    • Eu entendi a “pegada” da matéria: listar todos os carros até 50 mil do mercado. O título é que ficou ruim.

  • Luís Tiago Júnior Fernandes Kl

    Bom dia, senhores. Gostaria de fazer um relato. Esse ano minha mãe comprou 2 carros 1.0, e eu a ajudei na escolha. Nesse processo, fiz o teste drive em vários carros dessa lista aí de cima (Kwid, Sandero, Ka, Up, March, Hb20), a fim de verificar o desempenho. Minha conclusão é a de que o melhor desempenho dos 1.0 aspirados é a do March (e o som do motor também), quase empatado vem o Up. Em terceiro lugar, Kwid. Praticamente também empatados, seguem Sandero e Ka. Porém, a surpresa (negativa) foi o Hb20. Pouco arranque e pouco desempenho em baixas rotações, a ponto de eu pensar que aquele velho mito de que carro com 4 válvulas por cilindro é “morto” em baixas rotações seria verdade, ao menos para o Hb20. Minha conclusão é a de que o carro do test drive poderia estar com o motor ruim, pneu murcho, ou, se não, o Hb20 realmente não tem um desempenho minimamente aceitável, na minha opinião. Os outros 1.0 que eu testei compraria sem medo (ao menos pelo desempenho, porque o Ka tem 0 estrelas e já foi riscado da minha lista). E olha que minha família sempre foi fã de carros 1.0 (fazem mais de 10 anos que eu tirei a carteira e dirijo carros 1.0 da família – Clio, Logan, Mille, Fiesta etc., então acho que tenho alguma propriedade ao fazer relato). Se alguém já dirigiu também o Hb20 ou o possui, poderia confirmar minhas impressões do test drive? :)

    • João Cagnoni

      Sua família é fã de carros 1.0? Perto do meu trabalho tinha um ponto de traveco, mas o pior é que vivia cheio de clientes. Sempre me perguntei como é que pode tanta gente gostar de traveco, mas gostar de 1.0 me surpreendeu demais. Mas falando sério, parabéns por testar todos os carros. Isso mostra que você valoriza bem o seu $$. Procure andar no March 1.6, você vai se surpreender com ele. O HB20 é um carro mais pesado, mas também não sei como ele é tão fraco de saída, eu também percebi isso. Ele tem duplo comando de válvulas e não era pra ser fraco assim. Eu até gostei de andar no Sandero, mas ainda não andei no Kwid. up pra mim só se for o TSI, acho que simplismente não compensa o 1.0 aspirado, ele encosta na faixa de preço de outras categorias. Ka era bom até o último crash test, se sua vida não tiver muito valor ou se o seguro de vida for bom é uma boa opção. Aliás, o up TSI é bom, mas ainda é um carro muito simplificado pro meu gosto. Eu não pegaria o up ou Kwid, já os outros são boas opções. O HB20, apesar de lento é um carro bem acabado e que não vai “envelhecer” tão cedo se você pretender ficar com ele por um tempo. Não gostei da posição de dirigir do Sandero (parece o Fox), mas a central multimídia é boa e o interior de maneira geral também é bom.

      • Luís Tiago Júnior Fernandes Kl

        Olha, comparar carro 1.0 com gostar de “traveco” achei chulo e ofensivo. A propósito, eu não vejo carro 1.0 como um mal, mas necessidade para quem quer gastar o mínimo necessário. Cada pessoa tem um gosto e uma necessidade, não se pode generalizar e ridicularizar os outros. No mais, seu relato confirma minhas impressões do Hb20.

        • João Cagnoni

          O problema é que já pagamos muito caro em nossos carros, eu acho que é o fim do mundo gastar 40 mil reais em um carro e ele ainda ser 1.0. A verdade é que todos esses carros deviam ser no mínimo turbo, mas não, continuam empurrando essas carroças para o nosso mercado.

          • Luís Tiago Júnior Fernandes Kl

            Com licença, mas acho que não se pode generalizar isso. Sim, para o Sr. João ficar satisfeito com seu automóvel, ele deve ser turbo, 1.6 etc. Essa é sua opinião, deve ser respeitada, vale para o Sr. Mas, conforme já disse antes, isso não pode ser generalizado para todas as pessoas, pois elas têm perfis e necessidades diferentes da sua. Conforme nosso colega Pedro 154 comentou, existem carros 1.0 que, atualmente, andam bem e são econômicos. Por fim, gostaria de chamá-lo para reflexão. Talvez o Sr. tenha criado esse dogma de que o mínimo aceitável é ser turbo ou acima de 1.0 aspirado porque essa é a atual realidade do nosso mercado, não acha? Quero dizer, se realmente todos os carros fossem turbo ou cilindrada acima de 1.0, certamente o padrão mínimo de aceitação passaria a ser maior do que o mínimo do mercado, não é mesmo? Se o Sr. morasse na Alemanha, talvez seu mínimo de aceitação passasse a ser 1.4 turbo, e não 1.0 turbo, não acha? Isso é relativo às outras opções que existem no mercado. Voltemos 10 anos. Em 2007, a potência e o desempenho de carros 1.4 eram equivalentes às dos atuais 1.0. Porém, como os 1.0 de 2007 eram relativamente piores, os 1.4 eram mais desejados e bem-vistos. Esse é ponto que quero transmitir.

            • Pedro154

              Exatamente. Os motores 1.0 de nosso mercado estão em plena evolução. Já temos exemplos chegando a 85 cv e encostando na barreira dos 11 kgfm de torque. Diversos testes já mostraram os motores Firefly e MPI, a citar exemplos, ultrapassando os 20 km/l.

              • MauroRF

                Tenho o Ka 1.0 de 85 cv, consigo andar junto (ou até mais) de 1.4 não tão antigo assim. Em estrada, já consegui deixar 1.4 da Fiat para trás. Não lembra em nada os 1.0 de não muito tempo atrás.

            • João Cagnoni

              Luis, eu entendo o seu ponto de vista. Eu não moro na Europa e muito menos sou rico pra me dar ao luxo de qualquer coisa. Em 2007, a potência pode até ser parecida, mas o torque sempre “revelou” tal farsa e nunca sofreu grandes alterações. Um Uno Fire 1.4 vai continuar andando muito mais que um up 1.0 aspirado, mesmo que isso seja um golpe para muitos de vocês, eu conheço muito bem ambos os carros. Me explique qual foi a evolução que o nosso mercado teve nos últimos 10 anos, pois o que eu vi foi um retrocesso. Empurraram toda a cadeia de opções acima, quem comprava um compacto hoje compra um sub-compacto ou um “sub-sub-compacto” (olá Kwid), ou quem comprava um sedan médio hoje precisa se contentar com um Sedan compacto. Corolla e Civic viraram carros de luxo, mesmo que a peça não seja condizente, o valor é sim de um carro de luxo. Estão tentando nos empurrar carros 1.0 com preços de carros melhores. Eu acredito que todas as pessoas deveriam ter um nível mínimo de aceitação para estes carros. Se não puder comprar um carro com o mínimo de desempenho, conforto e segurança, compre um usado, não jogue dinheiro no lixo com carros 1.0, deixe encalhar no pátio.

            • Basil Sandhurst

              @lustiagojniorfernandeskl:disqus , o melhor que vc pode fazer é bloquear esse usuário. Ele é um hater que vive flameando por essas bandas soltando as pérolas das experiências, tanto de vida como automobilística.
              O que você escreveu faz sentido, fica tranquilo.
              Abs

          • Pedro154

            Isso é uma utopia que nem na Europa chegou perto de ser realidade. Vide Golf 1.0 aspirado, Corolla 1.3 aspirado, Ford Fiesta 1.1 aspirado…

            • Danilo

              manoo….. voces ai no Brasil precisam parar de se contentar com pouco

              1.0 de 85cv? Para vai…. chamar isso de evolução?

              • Alexandre Viotto

                1.0 aspirado de 85 CV é sim uma potência respeitável!

              • Pedro154

                Você não entendeu o que eu falei, apesar de para a maioria ter ficado bastante claro. Evolução é diferente de revolução. Se a 10 anos atrás esses motores tinham 70 cv e 9 kgfm de torque e hoje eles têm 85 cv e quase 11 kgfm, eu considero isso como uma evolução. ;)

              • RPM

                Concordo 1000x…..fico lendo o pessoal elogiar carro 1.0….OMG!!!

      • Pedro154

        Qual a surpresa nisso? Particularmente, não tive surpresa alguma. Existem carros 1.0 que andam bem e são econômicos, a maioria são carros pequenos e versáteis. A explicação para se gostar de carros 1.0 pode ser feita sem nenhum rodeio.

        • João Cagnoni

          Pedro, não existem carros 1.0 que andam bem, existem apenas os menos piores. Já pagamos muito caro nos carros, espero que essas aberrações sumam logo do nosso mercado. E nem são tão econômicos assim.

          • Pedro154

            Discordo. “Andar bem” leva outras variáveis. Generalizar dessa forma é de certa forma um descuido. Não são tão econômicos? Os 1.0 3C mais modernos do nosso mercado chegam a fazer 20 km/l em certas condições. Existem casos e casos. Uma só realidade não se aplica a todos.

            • Louis

              Em carros populares e leves, acho o 1.0 3cilindros o motor ideal para quem quer economia.

            • Rodrigo Pasini

              Será que o carro faz 20km/l pq o motor 1.0 3C é realmente econômico em condições muito favoráveis ou é por que o carro nada pesa e ainda esses resultados são obtidos em condições muito favoráveis?

            • MauroRF

              Já fiz 21 km/l com meu Ka 1.0 andando a 100 km/h constantes em estrada, ar desligado.

          • TijucaBH

            Cara, nao sei seu grau de exigencia. Já tive vários carros como Ranger V6, Ranger 2.8 Power Stroke, Veracruz, Kadett 2.0, Astra 2.0 16v e também outros mais fracos como Corsa 1.0 EFI e Corsa 1.6 MPFI.
            Volta e meia alugo carros em viagens a trabalho. Já aluguei HB20 1.0, Etios 1.3 e 1.5, Novo KA 1.0, Gol 1.0, Novo Uno Fire 1.0, Sandero 1.0 3 cilindros e o paupérrimo Onix Joy. Andando com todos eles com ar ligado, somente eu e 1 mala viajando em estradas de pista simples (sem ser duplicada) tendo que reduzir pra ultrapassar a todo tempo e enfiando o pé, só senti falta de desempenho no Gol e no Uno, coincidentemente ambos 1.0 4 cilindros, até mesmo o Onix 4 cilindros tem desempenho honesto. Nao gostei do Onix pelo acabamento, mas desempenho até que nao foi problema. Pra mim, no conjunto como um todo, nao só desempenho, mas como acabamento, conforto, estabilidade, etc (excluindo o Etios que é 1.3 ou 1.5), os que eu mais gostei foram do Ka e do HB20.

            • João Cagnoni

              Uma coisa é usar esses carros pontualmente, outra é como carro próprio. Já aluguei alguns desses também, tirando o Uno que quase me matou em uma ultrapassagem, os outros até que serviram bem por alguns dias. Mas vários dias com esses carros vira um pesadelo, principalmente porque nenhum é barato.

              • Pedro154

                “Outra é como carro próprio.” Se a sua condição economica lhe permite andar do 1.8 para cima, é uma situação pontual. Grande parte do povo brasileiro não pode arcar com um veículo que os faça andar a mais de 100 km/h com tanto afinco.

              • Guilherme

                Caro, viajo diariamente no percurso Americana – Campinas e vice-versa, hoje sou proprietário de um HB20 1.0 e não tenho que reclamar do desempenho, somente agradecer pela economia :) Portanto, acredito que “ando bem” hahaha eu era proprietário de um Civic 2009 LXS e o carro bebia mais do que eu…

                • Guilherme

                  E para completar, o parâmetro aceleração, velocidade não são primordiais na compra de um carro, pelo menos ao meu ver, existem diversos outros parâmetros que justificam a compra do 1.0, pelo menos em nosso país… E digo mais, carros com litragem maior e “aceitáveis” somente os atuais. Triste relato de um ex-proprietário de beberrões Civic e Vectra Gtx. Abraços !

          • Duh

            O Ka e o March andam muito bem, até em estrada.

            • Alexandre Viotto

              Depende do que você considera “andar bem”. Veja o tempo de retomada de 60 a 100Km/h por exemplo e compare com um 1.5 ou 1.6 e verá que existe uma diferença considerável.

            • João Cagnoni

              Já andou no March 1.6?

              • Alexandre Viotto

                Ka 1.5 tbm!

                • João Cagnoni

                  Verdade. Ou Ka 1.6 8v da geração anterior que andava muito e ninguém sabe porquê rsrsrs

                  • Alexandre Viotto

                    Anda bem pois é leve e tem um motor relativamente potente. Geralmente os carros da FORD são gostosos de dirigir…

                    • João Cagnoni

                      O Ka 1.0 da geração anterior não era nada gostoso de dirigir… rsrs… Mas entendi o seu ponto. Gostoso é o Fusion que ainda vai entrar na minha garagem.

                    • Rafael Oliveira

                      Acho que ele se referiu ao Mustange GT que tá chegando por ai.. ou os finados Escort XR3, Mondeo, Taurus

                    • MauroRF

                      O 1.0 da geração anterior era beberrão e fraco, nada a ver com o atual. O atual (eu tenho um) tem um desempenho muito bom para 1.0.

                    • João Cagnoni

                      Verdade!

                  • Rafael Oliveira

                    famoso Kapetinha…

                  • MauroRF

                    kkkk, tive um Ka da geração anterior, 1.6. Com álcool, eu deixava 2.0 para trás em arrancadas. Uma vez, parou em um semáforo um moleque do meu lado num Astra 2.0, o cara achava que tava abafando, som alto ligado, e eu ali na minha (isso foi em 2008, não tem como esquecer). Ele começou a me medir, com um olhar de empáfia, e eu ali, quietinho, na minha, mas pensei “vou dar uma acelerada e vamos ver”. KKKKKKK, ficou para trás. Não sei quem anda mais entre ele e o 1.5 atual, mas são carros que não geram suspeita, mas que causam “surpresas” de desempenho. Bons tempos. Não que eu gostasse de fazer isso, mas tinha hora que era preciso dar umas arrancadas, rs. Hoje, já casado e tal, a coisa é bem diferente, fico só na minha e ando de boa (embora eu dê umas esticadas em estrada de vez em quando as condições permitem porque ninguém é de ferro, rs).

          • Hugo Leonardo Dos Santos

            Exite sim, 1.0 ecoboost e 1.0 tsi. “Ahhhh mas não to falando dos turbos”… Mas não especificou.

            • João Cagnoni

              Especifiquei sim! 1.0 ecoboost é muito bom pro Fiesta, mas Golf 1.0t já caímos na questão da “empurroterapia” novamente. Na Europa isso é comum, mas a gasolina lá é muito mais cara, aqui ninguém considera muito o consumo na hora de comprar um Golf. O consumo só não pode ser muito alto, mas é preferível que o carro tenha um desempenho melhor. Falar da economia de um carro 1.0 só serve pro sujeito ficar menos triste depois de comprar a carroça, tenho certeza que se pudesse estaria andando com um motor de verdade.

          • MauroRF

            Depende do conceito de “andar bem”. Se comparar 1.0 de hoje com os de antes, claro que andam bem. Mas os 1.3., 1.4, 1.6 etc. também evoluíram e andam bem (e mais do que um 1.3, 1.4, 1.6 de 10 anos atrás).

      • Gusbar Kuati

        HB20 1.0 é uma dranha! Dirigi por uma semana um em Sampa, esperando sinal abrir em ladeiras agressivas tinha de destruir a embreagem pra fazer o carro subir, obviamente desligando o ar condicionado.

      • Silvio Vasques

        Os travecos já existiam antes dos carros 1.0 ! Deixa de ser homofóbico, porque o assunto aqui é outro!

        • João Cagnoni

          Eu escrevi um texto de 10 linhas com os relatos de vários carros que já usei e vocês só prestaram atenção nos travecos. Não vou nem comentar, não vale a pena.

          • Samuel Justus

            Nem perca tempo com o mimimi desses caras …pelo jeito aqui tbm não da pra brincar que a patrulha vem a milhão!

          • Gilberto DePiento

            Você comparou gostar de carro 1.0 a ser cliente de prostitutas travestis. Pense como você se sentiria lendo um comentário comparando ter C4 Pallas a ser pai de família suco de laranja. É desnecessário e ofensivo a diversas pessoas.

      • Thiago K. Galiza

        Cara que desnecessária essa comparação com “traveco”. Uma coisa não tem nada haver com a outra.
        Alias, um homem bem resolvido com sua própria sexualidade de pouco se importa com o que outro homem anda fazendo com as genitais dele. Pqp hein colega

    • tech76

      Se puder optar compre o VW Polo que já foi testado pelo Latin NCAP que possui 4AB (e os laterais protegem a cabeça também) com o opcional que inclui o ESP, é o veículo mais seguro da lista.

      • Luís Tiago Júnior Fernandes Kl

        Ela comprou o Up Take com pacote “completo” por R$ 40 mil. Estavam cobrando no Polo 1.0 aspirado R$ 52 mil. A diferença era muito grande (para ela).

        • Rodrigo Pasini

          23% de diferença no preço é algo muito considerável.

    • Samluzbh

      Concordo em partes, usei um HB20 2017 por um período e fiquei impressionado com a arrancada em primeira e só, da segunda pra frente ele é murcho. na estrada pede marcha atoa, e bebe mais que eu, o Ka quase fui pra comprar um, mas andei no de amigos e no test drive e achei xoxo também, mas muito econômico, optei pelo Sandero que a meu ver tem o motor mais pronto pisou andou, e sabendo usar quase tão econômico quanto o Ka.

    • D136O

      Quanto a sua observação do HB20, já senti coisa parecida com onix e sandeiro de locadora, eles estavam abastecidos com álcool, não sei se era combustível velho ou batizado mas notei sensível melhora quando abasteci os veículos com combustivel novo, talvez fosse o caso do carro do test drive. Acho que nessas situações existe um protocolo de devolução com carro de tanque cheio e as pessoas abastecem no posto mais barato possível.

    • Aerton Veras

      Com certeza o mais lerdo de todos é o march. Já tive os 2 1.0 apesar de serem péssimos em desempenho o hb20 anda muito mais. Mas passei para o 1.6.Ja o march 1.6 é muito bom. Agora o up tsi nao não tem pra ninguém.

  • Leonardo azevedo

    Top bacana pra tabela na pratica um Ford KA sai por 39 mil a versão SE

    • João Cagnoni

      Na prática o HB20 custa 25 mil na OLX, ainda dentro da garantia.

      • Alexandre Viotto

        Estamos nos referindo aos preços dos carros 0 Km!

        • João Cagnoni

          Você não falou “na prática”? Eu também. Na prática custa 25 mil pra andar de HB20.

          • Alexandre Viotto

            Não fiu eu quem falei “na prática”, mas sim o colega Leonardo azevedo.

            • João Cagnoni

              Eu respondi o comentário dele, acho que você entrou atravessado… rsrs

              • Alexandre Viotto

                Mas ele não retrucou a sua resposta. Porque você responderia à ele? Não faz sentido… rs

          • Gilberto DePiento

            Os HB20 que encontrei na LIC por 25 mil, quando não tinham parcelas a pagar, eram provenientes de leilão e tinham avarias. Certamente não é o que o comprador de um carro zero procura.

      • Brasil_MG

        Na tabela FIPE o HB20 mais barato está na faixa de R$ 30.000 (inclusive é um dos carros que menos desvalorizou)

        • João Cagnoni

          quem paga FIPE em usado?

          • PedroGolzinho

            Pagar FIPE em 0km que é difícil KSKSKS

  • Lennes

    Existem muitos semi novos melhores que esses carros aí, se o povo comprassem mais semi novos com certeza esses preços baixariam, mas preferem pagar quase 50 mil num 1.0 do que pegar um semi novo bem mais seguro e confortável que esses ai.

    • Aristeu Junior

      se o povo comprasse seminovos com certeza o preço deles aumentaria, junto com o preço dos novos

      • Lennes

        Estamos vivendo num pais onde tudo é caro, então enquanto houver procura por esses carros caros eles irão aumentar mais ainda.

  • Pedro154

    “Seminovos”. Sempre o velho discurso dos “seminovos”, como se a necessidade de todo o mercado pudesse ser definida pelo gosto/ideal de este ou aquele comprador. Seminovos podem ser mais baratos, mas não é todo mundo que gosta ou que está disposto a passar por burocracias diversas para atestar que um carro com anos de uso ainda está adequado ao uso ou que não tem nenhuma farsa por trás. No mais, os carros 1.0 estão se adequando e se modernizando. Hoje em dia, um ‘milzão’ nem sempre significa carro espartano. Temos motores tricilíndricos bastante econômicos, já com mais de 80 cv e 10,0 kgfm de torque, carros que já são equipados com direção elétrica/central multimídia…

    • Darwin Luis Hardt

      mas pra te dizer a verdade, quem fala “seminovos” por aqui é porque tem muita paciência e é bem esperto pra conseguir comprar coisa boa.

      Eu também não compro mais carro zero faz tempo, semana passada peguei um ano 2012, verifiquei tudo, documentação, seguro, mecânica, é bem chato, burocrático, mas nunca mais quero pagar mais por menos, que é o caso dos carros zero km.

      É meu segundo carro comprado usado depois de ter comprado 2 zero km. Deu muito mais trabalho pra me certificar que não pegaria bombas, mas economizei muito mais. Comprei sem precisar pagar parcelas por anos, como era o caso dos anteriores.

      • Diogo

        Se falar que compra carro “semi-novo” por causa da grana curta, aquele item / motor no carro novo pra mim fica fora de realidade tudo bem, vai no carro usado. Tenho a impressão que querem vender / dizer que carro usado é melhor, onde? Eu afirmo carro novo é infinitamente melhor, troco de carro de 3 em 3 anos, uso e passo. Para refletir alguém compra roupa em brecho? Calça nova (boa) 200,00 no brecho 20,00, quem vai neste custo beneficio igual ao carro?

        • Lucas086

          Penso o mesmo, compro zero, uso e vendo, depois parto para outro… falam que zero km é caro, o que falar dos usados entao!?

          • Diogo

            Sim, e normalmente faço somente o obrigatório pelo manual e olhe lá…. E enquanto isso muitos tem q descobrir o mecânico de “confiança” tô fora.

            • Lucas086

              Também, nunca fiz nada demais nos meus carros… tipo disco de freio, embreagem, sempre vendi original, mesma coisa amortecedor… meu carro rodou 40 mil km com as pastilhas, comprei na Fiat mesmo por 120 a Original, troquei ficou novo de Novo. Março 2018, ele parti e penso em pegar um polo confortline tech 2, até lá a VW colocou teto solar nele kkkk

          • Basil Sandhurst

            É impressionante como esse assunto volta aqui né? É como comparar laranja com melancia..
            O usuário fala no post sobre carro novo e logo alguém entra dizendo que é mais vantagem comprar um BMW 750 ano 1985.
            Abs

            • Lucas086

              Isso mesmo, cada um compra o que satisfaz, e pronto. Mas a galera gosta de desmerecer a opinião do outro.

        • No caso da comparação de carro zero com semi novo o pessoal considera comprar um usado de categoria superior. Um exemplo, ao invés de comprar um kwid zero básico por 30 mil comprar um Fit ou Polo usado. Mas isso vai da decisão de cada um. Lógico com um Fit novo sempre é melhor que um usado, desconsiderando preço. Quanto a questão que você falou de comprar outros produtos usados realmente no vestuário não ocorre muito, mas tem parte da população, e eu conheço algumas pessoas, que já compraram TV usada, computador e outras coisas. Mercado de usados também é forte com celulares, relógios de grife entre outros. Mas isso vai da decisão de cada um, obviamente.

          • Rafael Oliveira

            relogios de Grife, é item de colecionador alguns modelos especificos de Omega, Rolex, são fabricados em series limitadissimas.. Em um momento voce não teve a chance ou grana para comprar, mas depois aparece alguem vendendo é logico que se voce quiser e puder vai comprar.
            O ultimo carro que comprei foi zero, poderia muito bem ter comprado um carro usado no lugar, mas a questão é no primeiro ano rodei 50.000KM com ele, apenas manutenção preventiva. Agora me diga onde achar um usado que eu teria essa tranquilidade de rodar essa kilometragem sem ter risco ou dor de cabeça?

            • Concordo, para quem roda muito vale bem mais a pena comprar carro zero. Até porque o tempo que um carro fica na oficina para manutenção gera perda de dinheiro.

        • Leonardo Lima

          Sinceramente, nunca vi alguém dizer que o carro usado é melhor em tudo. É obvio que usado é pior em tudo, EXCETO NO PREÇO. O que não dá é pra ignorar a variável preço e fingir que se está fazendo uma análise de “custo-benefício”. Afirmar que se troca de carro de X em X anos por uma questão de princípio, independente de quanto custe o zero, independente de quanto desvalorizem seu usado… Projete essa visão de mundo para todo o mercado e descubra o resultado: baixa elasticidade-preço da demanda, “prosperidade” feroz na tabela de preços. Se é pra comparar carro zero com algum produto, esqueça o vestuário, pense na cocaína. Viciados também pagam qualquer preço que o traficante pedir.

          • Diogo

            O que mais vejo aqui no NA ” quem compra carro novo e trouxa, e melhor usado, está muito caro, só compro usado , e por aí vai…) Vamos ser sincero tudo se resume a grana, tem compra o quer e ponto, não tem faz escolhas e pondera e vê até onde o bolso aguenta. Concordo que muitos fazem loucuras carne a perder de vista, juros e mais juros deixando de lado alguns confortos, filho em escola boa e tal daí é burrice. Eu não pago juros a banco desde 2011, faço tudo dentro do orçamento sem abrir mão de conforto, logo para mim não vejo sentido em carro usado se o fator programação financeira for boa.

      • Rafael Oliveira

        Na minha humilde opnião carro usado no Brasil é tão caro quanto um zero KM. É essa maldita confusão que muita gente faz carro não é investimento. Se tem gente exigindo apenas 10% de desvalorização em um carro com 6 meses de uso, e outro pagando esse preço. Eu como vendedor de carro 0KM obviamente iria aproveitar dessa jogada e subir o preço do meu carro 0km.

        Eu compro carro por conforto e custo beneficio, dado o tamanho do meu bolso na hora da compra… Não me importaria em nada se a desvalorização fosse maior ainda 30% minimo no primeiro ano.. Teriamos carros muito melhores nas ruas…

    • Leonardo Lima

      “Carro zero”. Sempre o velho discurso do “carro zero”, como se a necessidade de todo o mercado pudesse ser definida pelo gosto/ideal deste ou daquele comprador. Carro zero pode ser mais confiável, mas não é todo mundo que aceita andar em lata de sardinha ou que está disposto a pagar fortunas por um bem inadequado ao uso que ele faz. Se é pra generalizar de maneira acrítica, também podemos inverter o sinal.

      • Pedro154

        É um direito seu pensar assim.

  • Tochio

    O que mais me surpreende nessa lista, é a beleza do Mobi !!

    • Brasil_MG

      kkkkkkkkkkkkkkk. Isso porque vc viu a frente.

      • Pedro154

        Se a Fiat desse uma espichada nos faróis e mudasse o desenho das lanternas, já seria uma ótima melhoria no visual do Mobi.

        • Brasil_MG

          Mobi e Etios só nascendo de novo amigo…

  • Silvio Vasques

    O Chery QQ mesmo nas versões intermediaria e completa (Look e ACT) consegue ser mais barata e mais completa do que a grande maioria dos outros pelados e caros…

  • Rodrigo

    Escolheria o C3 pelo preço x conjunto mecânico + itens de serie

    • Thiago K. Galiza

      Realmente o C3 está interessante

    • Brasil_MG

      Acho que esse C3 não vem com ar condicionado…

      • SDS SP

        Sempre veio.

        • Brasil_MG

          Ok obrigado

      • Rodrigo

        Ele tem sim

  • Thiago K. Galiza

    Eu ia falar do Peugeot 208, dai eu vi que já está “a partir de $52.000 Temers”
    misericórdia!!!

  • Lucas086

    C3 com certeza, no choro sai perto dos 40 conto.

    • Pedro154

      Particularmente acho que o C3 já está precisando de alterações visuais e principalmente melhorias na segurança. Desses mais próximos dos 40 mil, eu iria de Argo.

  • Joacir

    C3 uma ótima aquisição pelo valor.

    • Hugo Leonardo Dos Santos

      nossa, fui ver no site, muito bom esse valor, completinho já, vem já com rádio pioneer (melhor que não ter), ar condicionado, direção elétrica com ajuste de altura e profundidade, retrovisores elétricos, banco do motorista com ajuste de altura, chave canivete com alarme e travas elétricas, vidros elétricos dianteiros, computador de bordo, porta luvas refrigerado, etc

      • Joacir

        E na loja com choro cai para 40.000, melhor custo benefício, vai entender o Onix vender tanto, C3 com motor moderno , super econômico, mais forte que Onix , Ka e etc, brasileiro não sabe comprar carro, tem oque merece.

        • Hugo Leonardo Dos Santos

          se meu velho celta valesse um pouco mais até pensaria em um, mas tive que ir pro Kwid Zen, talvez depois do Kwid eu pegue um carro melhor

        • Jok Jok

          40? Sera?

        • Gilberto DePiento

          Mas o C3 Start só é vendido pela internet.

      • Brasil_MG

        Vc achou o ar condicionado como item de série? Olhei no site mas não achei

        • Hugo Leonardo Dos Santos

          clique em baixar ficha técnica

          • Brasil_MG

            Obrigado

  • Danilo

    kkkkkkkkkkkkkk que piada…. se fizer ate 50mil aqui na Alemanha entra Audi S3, A5, Mercedes classe C, BMW X1, M140i etc etc etc

    vaaaaiiii Brasillll

  • Duh

    44mil no March de entrada??? caraca a Nissan quer viver de Kicks por aqui msm, agr entendo pq deu uma bela caída o March.

    • Hugo Leonardo Dos Santos

      ta na promoção por R$ 38.990

  • Filipe Coelho

    Daqui a pouco, porcas cromadas entram como acessório de fábrica…
    Lamentável ver uma lista dessa, como “original”…

  • TijucaBH

    Gente, a Fiat tá louca!!
    Quem paga 43990 em um Uno que nao tem nem rádio. Sou mais um Citroen C3 1.2, ou mesmo um Ka, ou HB20.

    • Pedro154

      O Ka é um moedor de carne sem rádio e sem vidro elétrico por 44 mil.

      • Brasil_MG

        R$ 39.990. O mesmo valor do HB20 na promoção

    • Wellington Myph13

      Quem paga 43990,00 em um Uno quando tem Argo agora por 43990,00… Pode ter itens a menos, mas o Uno não vale… Mal isolamento acústico, câmbio de borracha, celular 4″ na frente do velocímetro e painel com desenho de carro de brinquedo (minha opinião).

  • eu iria de picanto se a manutenção fosse aceitável…

    • Hugo Leonardo Dos Santos

      já não tem mais a versão manual, fui na kia perguntar o valor e me disseram que a manual não tem mais e a AT tinha algumas unidades pq ano que vem já chega o novo picanto GT e pasmem, vai custar R$ 60 mil reais, isso mesmo, R$ 60 mil reais apenas na versão AT4 com o mesmo 1.0 aspirado 3 cilindros.

      • Assim não dá mais
        Estão malucos na Kia?

  • SDS SP

    Picanto está com preço bem interessante. Pelo conjunto, é uma da melhores opções.

    • Hugo Leonardo Dos Santos

      já não tem mais a versão manual, fui na kia perguntar o valor e me disseram que a manual não tem mais e a AT tinha algumas unidades pq ano que vem já chega o novo picanto GT e pasmem, vai custar R$ 60 mil reais, isso mesmo, R$ 60 mil reais apenas na versão AT4 com o mesmo 1.0 aspirado 3 cilindros.

      • SDS SP

        Aqui em SP eu ainda vi umas unidades “perdidas” 2016/2017 com câmbio manual, mas como já faz um tempo, já não deve ter mais nada.

  • Renato Nascimento

    Só aqui nesse país desgraçado, de ladrões, canalhas, pra uma porcaria de um carro 1.0 custar 50.000 mil.

  • Hugo Leonardo Dos Santos

    Já não tem mais a versão manual do Kia Picanto, fui na Kia perguntar o valor e me disseram que a manual não tem mais e a AT tinha algumas unidades pq ano que vem já chega o novo picanto GT. Pasmem, vai custar R$ 60 mil reais, isso mesmo, R$ 60 mil reais apenas na versão AT4 com o mesmo 1.0 aspirado 3 cilindros.

  • Ric53

    Não vou conseguir trocar meu carro é nunca

    • Hugo Leonardo Dos Santos

      Só consegui pq veio o Kwid Zen, senão eu também não conseguiria trocar o velho Celta.

      • Ric53

        Foda isso.. Você pegou um carro bacana mas com certeza não era o que você queria

        • Hugo Leonardo Dos Santos

          Não

  • Wagner Lopes

    50K em carro (a maioria é carroça) 1.0 aspirado….piada. Brasileiro, acorda! Chega de ser enganado…

  • Pedro Ferreira

    O TOP 20 tem 23 carros. Alguém andou faltando as aulas de matemática.

  • Alexandre

    Procurando o AT da lista…😓😒

  • Evandro

    Me chega a soar estranho o tanto que o NA idolatra o Polo, tudo quanto é matéria comparativa, seja do que for, a primeira foto estampada é do Polo…..

  • Wellington Myph13

    up! precisava evoluir a versão Take pra uma Move simplificada, usando o novo cluster.
    Rodas de aço 14″, sem faróis de neblina, sem retrovisor elétrico e sem sensor de estacionamento por 42.990,00
    A Move precisava ganhar vidro elétrico nas portas traseiras e voltar a ter o SAVE no porta malas e partir de 45.990,00 MPI e 49.990,00 a TSI… Assim ele tem mais chance de emplacar melhor.
    Hoje ele não emplaca mal pra um carro caro e visto como minúsculo (lembrando que é maior que um Uno que tem 40cm a mais, e muito maior que o Mobi lixo que o povo tanto gosta de comparar…)

    • Basil Sandhurst

      O Up! infelizmente é um ótimo carro perdido entre o limbo de ser um popular de entrada e um compacto bem transado e configurado.
      Abs

  • Jok Jok

    E o Up cade vez mais longe da minha garagem.

  • Anderson Lopes
  • Jose Silva

    Em pensar que em 2003 paguei R$30.000 em um Marea 2.4 HLX Automatic com alguns descontos e fiquei com o carro 8 anos e me arrependo amargamente de ter vendido com apenas 160.000km rodados. Que saudade viu. Hoje R$30.000 não compra nada, está certo que R$30.000 em 2003 era mais difícil, mas era eternamente muito mais fácil comprar um carro de R$30.000 super forte e automático completo do que pagar R$100.000 em um carro 2.0 de hoje “inferior”!

  • Alisson Bona

    Top 20 com 23… Interessante

  • Bruno Eduardo

    50 mil, não se vê nenhum carro que podemos falar: “Poxa, esse vale os 50 mil”. Nem mesmo os abaixo desse preço. Carros básicos e muitos com motor 1.0, triste! Só vende porquê os brasileiros pagam.

    • PedroGolzinho

      Pois é amigo… eu até tenho condições de comprar um desses carros da lista, mas tem várias opções atrativas no mercado de usados nessa faixa até os 50 mil. O problema é que é preciso pesquisar muito ou pode acabar pegando um carro mesmo com baixa km que foi maltratado pelo dono :/

  • Ricardo

    Preço do Uno é uma piada!

  • Nicolas_RS

    Tudo porcaria, é mais negocio comprar um carro usado.

    • Diogo

      Se o carro novo é porcaria, o usado (semi-velho) que era novo é o que???? Vamos ser sincero, no geral, tem dinheiro compra novo não tem vai de semi-velho, simples assim. Se quiser discutir se é caro ou barato (Brasil) beleza mas carro por carro não há comparação

      • Nicolas_RS

        Vou dar um exemplo:
        1) Palio Fire 2016 0KM, sem ar condicionado, motor manco, sem estilo, entre inúmeros defeitos…
        2) Astra 2005 Usado, COM ar condicionado, potente, estilo, entre inúmeros pontos positivos…
        Os carros no Brasil são justamente pq tem quem compre.

        • Diogo

          Entende o seu raciocínio, o que crítico e a generalização da maioria com relação a está história de carro usado, como disse se o dinheiro não dá para comprar novo vai no usado com os itens que deseja, no meu caso não tenho esse dilema carro sem ar, motor fraco, direção etc…Troco de 3 em 3 anos sem preocupação com mecânico de confiança carro bom e etc…..

          • Nicolas_RS

            É por pessoas como você que os carros são caros, carro não é roupa para ficar trocando de 3 em 3 anos, e pior 99% de quem faz isso não tem dinheiro sobrando e parcela no minimo em x36, e fica comprando Onix, Uno, Palio dentre outros, mas sempre escuto como resposta “O Dinheiro é meu” e ai todo mundo paga o pato.

            • Diogo

              Vamos ser sincero tudo se resume a grana, tem compra o quer e ponto, não tem faz escolhas e pondera e vê até onde o bolso aguenta. Concordo que muitos fazem loucuras carne a perder de vista, juros e mais juros deixando de lado alguns confortos, filho em escola boa e tal daí é burrice. Eu não pago juros a banco desde 2011, faço tudo dentro do orçamento sem abrir mão de conforto, logo para mim não vejo sentido em carro usado se o fator programação financeira for boa.

        • Evandro

          Esqueceu de citar a dor de cabeça proveniente de um carro 2005 para um 2016 que provavelmente irá dar….

          • Nicolas_RS

            Com certeza não está sabendo do que fala, pois tenho dois conhecidos, um comprou um Astra 2002 por 12 mil reais, outro tem uma Hilux de 1999, ambos estão felizes e com carros melhores e mais baratos que um carro “popular” de hoje, O Kwid e Argo acabaram de ser lançados e já foi anunciado recall, problema de carro é uma coisa muito “Aleatória”, depende de marca, cuidado com o primeiro dono, por onde anda.
            Tenho certeza que as chaces de dar problema em um FIAT 0km é muito maior que um Astra de 2005 por exemplo.

            • Evandro

              Ah pelo amor de Deus né, a chance de um fiat 0km ou qualquer carro 0km é infinitamente menor que a de um carro com quase 13 anos de uso!!! De que planeta vc é? Sem contar que um 0km tem a garantia, coisa que a do carro de 13 anos atrás já se acabou a muito tempo, e sem contar que nesses 13 anos, “muita água já se passou por baixo dessa ponte”, é impossível saber o que ocorreu.

              • Nicolas_RS

                Procura ai na internet o dono que comprou uma Toro foi pra praia o carrou morreu, depois de 30 dias na CSS foi tirar satisfação levou um soco na cara, no canal HT tem varias videos mostrando o quanto as CSS da FIAT é um L.I.X.O.

                Para isso que existe revisão, antes de comprar um carro usado é obrigação fazer no MINIMO uma básica.

                • Evandro

                  Viu vc está misturando um caso e generalizando, se for assim entra no youtube e veja alguns casos da “patrulha do consumidor” com o celso russomano e me fala o que é comprar usado. Não há problema algum em comprar carro usado, o problema é sair gritando pelos 7 cantos que um carro usado é melhor que um zero. Só compram carros usados quem vê uma oportunidade imperdível, quem não tem todo o dinheiro para comprar um novo ou quando aparece um carro usado mais completo por um preço de um popular como é o caso que vc citou, porém, não é por ser melhor que o outro, e sim por ser uma escolha financeira talvez mais acertada, justamente por isso que o usado é mais barato, o nome mesmo diz que usado é usado oras, se usado fosse melhor que novo custaria mais caro que comprar um zero!

                  • Nicolas_RS

                    Repetindo, carro usado é bom, mas tem que fazer um revisão básica, 99% dos casos da “Patrulha do Consumir” são pessoas leigas que compra em lojas extremamente duvidosas, que fazem gambiarras.
                    Esse é o seu pensamento de alienado, tem um canal no Youtube que o cara é dono de uma CSS e diz “Quanto menos dinheiro uma pessoa tem, mais ela quer um carro caro e 0km, e quanto mais dinheiro muita das vezes pega um carro inferior, pois sabe que carro não é investimento”, e é o que eu vejo no dia a dia, o meu apt custa 250 mil na outra quadra tem um condomínio fechado que as casas custa a partir de 1,8 milhão e a faixa de preços dos carros são os mesmos.
                    Hoje tu paga em um carro 0km 40 mil reais sem ar condicionado, sem motor, feio que doi.
                    Em um carro usado paga 30 mil com ar condicionado, motor, estiloso como o Corolla.
                    Com raríssimas exceções, só um acéfalo para comprar um carro 0km.

                    • Evandro

                      Acéfalo? Vc está viajando né? Tá igual aquele cara que comprou uma Ferrari remendada e depois ficou fazendo firula na internet…. Desde quando o pessoal faz manutenção em carro mais antigo? Claro que alguns fazem, mas vc pega um carro de 15k, com uns par de km rodados já, leva em um lugar pra dar um trato em uma suspensão que seja, o cara já te pede 4k pelo serviço e o dono do carro não tem como pagar, salvo exceções. Carro nunca foi investimento, nem novo nem usado, carro é para te dar prazer, conforto e comodidade, eu mesmo, só compro carro 0, e não é pq sou rico ou pobre, pra mim, eu prefiro um carro que eu saiba o que aconteceu desde o primeiro momento até o dia que eu vender ele, tenho a garantia, e tenho ao meu ver muito menos dor de cabeça, qdo vou vender, geralmente nem perco tanto, e olha que não vendo para particular, entrego sempre na css pra não ter encheção de saco de nego me batendo na porta. Pra mim o que eu perco com isso é mto menos se relacionado aos fatores incerteza, dúvida, problemas e visitas a N lugares pra deixar tudo em ordem….

                    • Nicolas_RS

                      Você não entendeu a parte da revisão básica né ? Olha ai nova, FIAT faz outro recall em menos de 1 mês. Nessa brincadeira de carro 0km e CSS perde facilmente 10 mil reais.
                      Faz o seguinte, abre o WebMotors e procura quanto que custa um carro 0km e o que ele tem, depois procura um usado de uns 5 anos.

                    • Evandro

                      Meu amigo, recall eu vou e dx o carro na css e depois de 1 hr está resolvido, não tem problema algum, é agendado, não chega a parar o carro…. E é lógico, um carro com 5 anos é mais barato, já foi usado, já contem marcas, já pode ter sido avariado ou reparado de algo muito sério, essa sua idéia de que carro usado é melhor do que novo é muito louca, pode ser na parte financeira a um primeiro momento, mas depende de muitos fatores “se” para ser vantagem mesmo, se não der dor de cabeça, se o dono fez manutenção, se nunca bateu, se andava em vias boas, muito “se” pro meu ponto de vista, a única coisa que com o passar dos anos é melhor é vinho, não carro…..

      • Evandro

        Falou tudo!

  • PedroGolzinho

    Na prática vários desses carros são vendidos com descontos, como é o caso do Onix/Prisma, Ka, HB20 e March que eu me lembro agora. Os que eu considero uma boa aquisição são o C3, Etios e Polo.

  • Diego

    Jogar dinheiro no lixo comprar qualquer carro 0km no Brasil, poucos se tocaram disso com os novos valores, aqueles que não tem o cartão de crédito como escudo e não gastam o 13º pagando parte do IPVA absurdo, seguro….
    Não comprar é a receita para diminuir os preços e funciona, o UP! nesta versão TAKE custa na tabela 43690 Reais, nas concessionárias estão ofertando por 37,990, todos encalhados devido a concorrência, Argo idem, está sendo ofertado por 42,990 ante 46800 Reais da tabela.
    Algo que muitos não se tocaram com os reajustes nestes 5 anos é o valor dos tributos que hoje é cobrado, absurdamente oneroso para a realidade da população brasileira, hj posso dizer que não sinto mais desejo de ter carros, apenas acompanho notícias, mesmo pagando a vista a grana que vai pelo ralo é algo que devemos repensar, basta fazer os cálculos, brincando perde-se no mínimo uns 15 mil Reais com um veículo 0km.

  • Daniel

    Ficaria entre C3, Etios e Picanto. Mas levaria provavelmente o citroën.

  • Leonardo Nunes

    sério essa lista é de chorar.

  • Preferi pagar 50mil em um Sandero RS com 6mil rodados apenas, claro que é apenas um carro pra andar FDS e mais entreterimento, mas é a versão mais top dos Sanderos em equipamento de série, nem se compara com o 1.0 do artigo.

    Apesar de conhecer os beneficios de comprar carro 0km, sempre preferi seminovos

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email

receber-noticias Notícias por email