*Destaque Listas Top 10 Mercado Preços

Top 20: os carros que menos desvalorizam em um ano no Brasil

carros-menos-desvalorizam-brasil Top 20: os carros que menos desvalorizam em um ano no Brasil

Muitos consumidores acabam deixando de considerar alguns pontos importantes, como uma lista de equipamentos mais recheada e uma motorização mais moderna, para focar em outros alvos, como a desvalorização mais baixa, no momento da compra de um carro 0 km. O Toyota Corolla, que inclusive se posiciona como o sedã médio que menos desvaloriza no mercado brasileiro, é um dos bons exemplos disso.



Todavia, o que nem todos sabem é que dá sim para unir o útil ao agradável, levando para casa um carro que é referência no segmento (ou pelo menos um dos melhores entre os representantes da categoria) e que desvaloriza bem pouco.

Pelo menos é isso que aponta a terceira edição da premiação Selo Maior Valor de Revenda 2016, da agência AutoInforme, que foi realizada recentemente. O estudo considerou 132 carros de diversas marcas (Audi, Chery, Chevrolet, Citroën, Fiat, Ford, Honda, Hyundai, JAC, Jeep, Kia Motors, Land Rover, Lifan, Mercedes-Benz, Mini, Mitsubishi, Nissan, Peugeot, Renault, Subaru, Suzuki, Toyota, Volkswagen e Volvo) em 17 categorias, com preços praticados em agosto de 2015 e o preço do mesmo carro (portanto com um ano de uso) doze meses depois.

Confira abaixo uma lista dos 20 carros que menos desvalorizam no mercado brasileiro:

1) Honda HR-V – 4,5%

carros-menos-desvalorizam-brasil Top 20: os carros que menos desvalorizam em um ano no Brasil

O Honda HR-V é o crossover mais vendido do mercado nacional e também o carro que entrega menor desvalorização após um ano de uso. De acordo com o estudo, o modelo da montadora japonesa apresenta uma desvalorização de 4,5%. Traduzindo: a versão topo de linha EX-L, que tem preço sugerido de R$ 101,4 mil, poderá ser revendida daqui um ano por aproximadamente R$ 96 mil.

2) Jeep Renegade – 6,4%

carros-menos-desvalorizam-brasil Top 20: os carros que menos desvalorizam em um ano no Brasil

O segundo carro que menos desvaloriza é outro crossover compacto e também o segundo mais vendido do segmento. O Jeep Renegade tem uma desvalorização média de 6,4% após um ano de uso. Como exemplo, a versão de entrada Sport com câmbio manual, que tem preço sugerido de R$ 79.490, poderá ser revendida no ano seguinte por algo em torno de R$ 74 mil.

3) Chevrolet Onix – 8,3%

carros-menos-desvalorizam-brasil Top 20: os carros que menos desvalorizam em um ano no Brasil

A Chevrolet costuma destacar em seus anúncios que o Onix é o carro da categoria com a menor desvalorização. E não é para menos: o hatch compacto, que inclusive se posiciona como o automóvel mais vendido neste ano no mercado brasileiro, apresenta desvalorização de 8,3% em um ano. Ou seja, caso você leve para casa o modelo na versão LTZ 1.4 AT, que custa R$ 59.990, você poderá revende-lo no ano seguinte por cerca de R$ 55 mil.

4) Land Rover Discovery Sport – 9,3%

carros-menos-desvalorizam-brasil Top 20: os carros que menos desvalorizam em um ano no Brasil

Eis mais um utilitário-esportivo a compor esta lista. O Land Rover Discovery Sport, modelo mais em conta da linha da montadora no Brasil, tem preço inicial de R$ 217.696 na versão SE com motor 2.0 Si4 Turbo e esta mesma configuração pode ser revendida um ano depois por algo em torno de R$ 197 mil, devido à sua desvalorização média de 9,3 por cento em um ano.

5) Volkswagen up! – 9,4%

carros-menos-desvalorizam-brasil Top 20: os carros que menos desvalorizam em um ano no Brasil

Carro mais barato da linha da Volkswagen, o subcompacto up! é o quinto automóvel que menos desvaloriza no Brasil. O modelo apresenta uma desvalorização de 9,4% em um ano: a variante move up!, que usa o motor 1.0 TSI de 105 cv, tem preço de R$ 49.585 e pode ser vendida um ano depois por cerca de R$ 44,5 mil.

6) Ford Ka – 9,9%

carros-menos-desvalorizam-brasil Top 20: os carros que menos desvalorizam em um ano no Brasil

O segundo hatch compacto que menos desvaloriza é o Ford Ka. O automóvel na versão de entrada SE com motor 1.0 litro de três cilindros tem preço sugerido de R$ 43.290 e pode ser revendido um ano depois por algo em torno de R$ 39 mil, devido a sua desvalorização média de 9,9% em um ano de uso.

7) Suzuki Jimny – 10%

carros-menos-desvalorizam-brasil Top 20: os carros que menos desvalorizam em um ano no Brasil

Jipinho off-road da linha da japonesa Suzuki no mercado brasileiro, o Jimny tem desvalorização de 10% após um ano, segundo dados divulgados pelo estudo. O modelo nacional custa a partir de R$ 65.990 na versão de entrada 4All com transmissão manual e motor 1.3 litro. Depois de um ano, o proprietário poderá revende-lo por cerca de R$ 59 mil.

8) Honda CR-V – 10,1%

carros-menos-desvalorizam-brasil Top 20: os carros que menos desvalorizam em um ano no Brasil

Outro modelo da Honda a aparecer nesta lista é o CR-V, atual crossover topo de linha da marca japonesa. O automóvel está disponível em nosso mercado em versão única de acabamento, a EX-L com motor 2.0 litros, câmbio automático e tração 4×4, que custa R$ 148 mil e pode ser revendido após um ano de uso por aproximadamente R$ 133 mil.

9) Volkswagen Fox – 10,3%

carros-menos-desvalorizam-brasil Top 20: os carros que menos desvalorizam em um ano no Brasil

Além do subcompacto up!, a Volkswagen aparece neste ranking com o hatch compacto Fox, que apresenta uma desvalorização de 10,3% após um ano de uso. Portanto, caso você adquira a versão Comfortline com motor 1.6 litro e câmbio manual, por R$ 53.394, é provável que consiga revende-lo um ano depois por aproximadamente R$ 47 mil.

10) Honda City – 10,4%

carros-menos-desvalorizam-brasil Top 20: os carros que menos desvalorizam em um ano no Brasil

O Honda City, sedã compacto da linha da fabricante japonesa no mercado brasileiro, é o décimo carro que menos desvaloriza no País. O modelo proporciona uma desvalorização média de 10,4 por cento após um ano de uso. Portanto, é provável que a versão EX-L com câmbio automático tipo CVT, a mais cara da linha por R$ 81,4 mil, possa ser revendida um ano depois por algo em torno de R$ 72 mil.

11) Honda Fit – 10,5%

carros-menos-desvalorizam-brasil Top 20: os carros que menos desvalorizam em um ano no Brasil

Logo em seguida aparece o Fit, atual carro de entrada da linha da Honda no mercado brasileiro. O monovolume tem desvalorização média de 10,5% em um ano, o que significa que você provavelmente irá revender daqui um ano seu modelo de entrada DX com câmbio manual (adquirido neste ano pelo preço de R$ 57,7 mil) por algo em torno de R$ 51 mil.

12) Fiat Strada – 10,5%

carros-menos-desvalorizam-brasil Top 20: os carros que menos desvalorizam em um ano no Brasil

A picape compacta que menos desvaloriza no mercado nacional é a Fiat Strada, que inclusive se posiciona em 12ª colocação neste ranking. O modelo apresenta uma desvalorização de 10,5% após um ano de uso. Portanto, a versão topo de linha Adventure com motor 1.8 litro e cabine dupla, que é oferecida atualmente por R$ 73,1 mil, pode ser revendida um ano depois por algo em torno de R$ 65 mil.

13) Troller T4 – 10,5%

carros-menos-desvalorizam-brasil Top 20: os carros que menos desvalorizam em um ano no Brasil

Outro jipinho off-road que aparece nesta lista é o Troller T4, também produzido em solo nacional. O carro, que inclusive é o único modelo da marca oferecido em nosso mercado, tem desvalorização de 10,5 por cento após um ano de uso. Ou seja, a versão de entrada que custa R$

14) Fiat Palio – 10,6%

carros-menos-desvalorizam-brasil Top 20: os carros que menos desvalorizam em um ano no Brasil

O primeiro carro de passeio da Fiat a ocupar esta lista é o Palio, que se posiciona em 14º lugar com sua desvalorização de 10,6 por cento após um ano de uso. O hatch compacto tem preço inicial de R$ 43.050, correspondente à versão Attractive com motor 1.0 litro flex, podendo ser revendido um ano depois por algo em torno de R$ 38 mil.

15) Toyota Etios – 10,6%

carros-menos-desvalorizam-brasil Top 20: os carros que menos desvalorizam em um ano no Brasil

O Toyota Etios é o 15º carro com menor índice de desvalorização no mercado brasileiro. O hatch compacto desvaloriza 10,6% após um ano de uso. Portanto, a versão intermediária XS com motor 1.5 litro e transmissão manual, que tem preço de R$ 50.470, poderá ser revendida daqui um ano por aproximadamente R$ 45 mil.

16) Fiat Uno – 10,7%

carros-menos-desvalorizam-brasil Top 20: os carros que menos desvalorizam em um ano no Brasil

Atualizado recentemente, o Fiat Uno apresenta uma desvalorização média de 10,7 por cento após um ano de uso. Ou seja, a versão de entrada Attractive com motor 1.0 litro flex de três cilindros, que tem preço inicial de R$ 41.840 na tabela, pode ser revendida um ano depois por algo em torno de R$ 37 mil.

17) Fiat Punto – 10,9%

carros-menos-desvalorizam-brasil Top 20: os carros que menos desvalorizam em um ano no Brasil

O Punto é outro carro da Fiat a aparecer nesta lista. O hatch compacto tem desvalorização de 10,9% após um ano de uso, sendo o 17º carro que menos desvaloriza no mercado brasileiro. Como exemplo, a versão intermediária Essence com motor 1.6 litro flex e câmbio manual, que custa a partir de R$ 59.410, pode ser revendida um ano depois por cerca de R$ 52 mil.

18) Nissan March – 11%

carros-menos-desvalorizam-brasil Top 20: os carros que menos desvalorizam em um ano no Brasil

Carro mais barato da Nissan disponível no Brasil, o Nissan March é o 18º automóvel com menor percentual de desvalorização no mercado nacional. O modelo perde 11% após um ano de uso. Portanto, a versão SV com motor 1.0 litro e transmissão manual, que hoje é oferecida na rede de concessionárias por R$ 45.190, poderá ser oferecida no mercado de usados um ano depois por aproximadamente R$ 40 mil.

19) Volvo XC60 – 11%

carros-menos-desvalorizam-brasil Top 20: os carros que menos desvalorizam em um ano no Brasil

Outro carro que apresenta desvalorização de 11% no mercado nacional é o Volvo XC60, que pertence à categoria de SUVs médios. O modelo da montadora sueca na versão de entrada T5 Kinetic com motor 2.0 litros turbo tem preço inicial de R$ 177,9 mil e pode ser revendido após um ano por algo em torno de R$ 158 mil.

20) Hyundai HB20 – 11,3%

carros-menos-desvalorizam-brasil Top 20: os carros que menos desvalorizam em um ano no Brasil

Uma das referências do segmento de hatches compactos no mercado nacional, o Hyundai HB20 é o 20º carro que menos desvaloriza no mercado brasileiro. Há uma queda de 11,3% no preço pago pelo veículo após um ano de uso. Ou seja, a versão Comfort Plus com motor 1.0 litro flex e câmbio manual, que hoje custa R$ 44.855, pode ser revendida daqui um ano por cerca de R$ 39 mil.

* Todos os exemplos de preços foram calculados com os percentuais apresentados pelo estudo deste ano, podendo variar até 2017.

Os carros com menor desvalorização em 17 categorias

Confira abaixo os carros com menor percentual de desvalorização por categoria:

Volkswagen Up (Categoria de Entrada – Depreciação de 9,4%)
Chevrolet Onix (Hatch Compacto – 8,3%)
Volkswagen Golf (Hatch Médio – 13,2%)
Fiat 500 (Hatch Premium – 13,4%)
Honda Fit (Minivan/Monovolume – 10,5%)
Volkswagen Golf Variant (Perua – 13,1%)
Fiat Strada (Picape Pequena – 10,5%)
Toyota Hilux (Picape Média – 13,9%)
Hyundai HB20S (Sedã Entrada – 11,6%)
Honda City (Sedã Compacto – 10,4%)
Toyota Corolla (Sedã Médio – 11,7%)
Mercedes-Benz CLA (Sedã Grande – 13,6%)
Land Rover Discovery Sport (SUV Compacto – 9,3%)
Volvo XC60 (SUV Médio – 11,0%)
Land Rover Discovery (SUV Grande – 12,4%)
Mitsubishi ASX (Crossover – 13,4%)

5.0

COMPARTILHAR:
  • Lucas Fernando

    Nunca. A desvalorização real é bem maior que as apresentadas em todos os modelos. (Região metropolitana de Campinas e SP capital).

    • Comparativamente com várias regiões do país, SP capital e Campinas tem preços de carros usados bem mais baixos. Em MG por exemplo, muitas pessoas compram carros em SP, já fiz isso várias vezes. SP capital tem muita competitividade na hora de vender um carro usado e isso leva a preços mais baixos no geral. Apenas uma vez foi vantajoso comprar no RJ, mas as outras 7 ou 8 vezes comprei em SP ou Campinas.

      • BrPb

        Eu tenho experiência no mercado automotivo e digo por experiência: as pessoas não sabem escolher e comprar carro.

        Isso de valer mais a pena vender carro em um Estado e comprar em outro, acontece muito no Brasil. Com mais atenção e informação, dá pra perder menos dinheiro com carro.

        Tem pessoas que adoram comentar criticando quem compra carro já pensando na revenda. Ora, tem que pensar em tudo. Carro particular não gera lucro, mas fazendo algumas escolhas certas, o saldo negativo pode ser bem menor.

      • Leo

        Os carros usados daqui do DF costumam ter boa procura por outros estados porque a umidade é baixa em boa parte do ano e as condições de rodagem exigem pouco dos automóveis – poucas ladeiras, engarrafamentos moderados, asfalto razoável a bom.

  • Luis LC

    Pra mim, aquele que menos desvaloriza é aquele que fica comigo por 10 anos sem maiores problemas

  • Evandro

    esse estudo me parece mto dos furados, vender um Jimmy a 59 mil chega a ser cômico….

  • RyanSX

    Se fosse por essa lógica o Ford Ka SE que comprei agora por 37,990 daqui um ano estaria valendo mais do que paguei a vista agora. Na prática o que acontece em suas categorias é isso mesmo, ainda mais com os “queridinhos” do público, como Onix, HB20 e Ka.

    • Leandro Balmant

      Se você der uma olhada nos sites de venda de carros, poderá olhar pessoas vendendo o Onix LS 2012/2013 por preço em torno do que pagou na época da compra, uns R$ 30.000, por exemplo.

      • invalid_pilot

        Ponto é que de 2012 até 2016 os preços subiram de forma maluca, os 30 mil de 2012 se aplicados no lixo da poupança seriam hoje pelo menos uns 38 mil reais, logo apesar de não perder em valor absoluto o dinheiro não tem o mesmo poder de compra de 4 anos atrás.

      • Alessandro

        Não é raro achar fiat Uno (dos quadrados) a preço de zero km da época com mais de 10 anos de uso hahaha

  • XandeeM

    Essa lista pra mim é meio furada,certos modelos são encontrados bem mais baratos principalmente pela dificuldade na revenda.

    • Leandro Balmant

      Imagino que a lista foi baseada pelo valor que consta na tabela, e não pelos preços “promocionais”.

    • T1000

      se o carro estiver surrado, lógico que vai ter dificuldade na revenda e desvalorização.

  • expoJapãoAcelLondrina

    Honda,Toyota,Nissan e Suzuki

  • Mr. Car

    Ok. Agora falem da desvalorização na vida real, he, he!

  • Fernando S.

    Nenhum carro desvaloriza menos que 20% assim q sai do pátio da concessionária. NENHUM.

    • Paulo M

      Uma única vez eu comprei um carro zero e tive que vender em menos de um ano. Concordo com você, perdi muito mais que 20%. O carro na época havia custado R$ 44.000,00 e o máximo que consegui foi R$ 26.000,00. Hoje compro zero e uso até o osso. Esse papinho de trocar logo para não perder dinheiro não me convence mais. O colega que comentou lá em baixo ficar dez anos com o mesmo carro também tem meu apoio.

      • Fernando S.

        Eu sigo essa cartilha. Meu primeiro zero fiquei oito anos. O atual está completando 3 anos de uso e está em ótimo estado, se nada anormal ocorrer vou com ele até o final de 2020

      • Alessandro

        Que carro é esse que você comprou por 44 e vendeu antes de 1 ano por 26? hauhauhauhua!

    • Compre um Corolla XEi por exemplo, pagando os 94.000 ou 95.000 de tabela (se bem que na verdade vc sempre paga bem menos que isso na concessionária) e venda 2 meses depois. Será que você não consegue mais do que 76.000? É claro que sim. Um carro assim hoje está sendo vendido por 85.000 aproximadamente.

      • Railson Corrêa

        Aqui no Tocantins, é +/- 20% em qualquer carro. Não tem milagre!

      • invalid_pilot

        Corolla é um modelo fora da curva e Hipervalorizado no mercado, é a famosa grife Toyota que brasileiro acha ser indestrutível. Tenta fazer o mesmo com um modelo mais popular ou “francês” pra ver como é a realidade.

        • Lucas Duarte Martins

          Mas é por isso que o francês não está na lista…
          Ali são os que MENOS desvalorizam. E o que se falou é verdade. Tu tira 85.000 de um corolla se quiser.

        • Tentar fazer com francês é tentar fazer com os carros usados mais desvalorizados do mercado. Eles são ainda mais fora da curva do que o Corolla.

          Dentre os populares, Onix, HB20, Ka, todos você vai conseguir vender perdendo menos de 20%. Obviamente você não perde 9.000 ao vender um Onix de 45.000 depois de dois meses de ter comprado ele novo.

          Nem com o Onix nem com qualquer popular de marcas tradicionais.

          • invalid_pilot

            Nos populares tem o problema dos opcionais, que não contam pra FIPE e com isso desvaloriza na revenda.

            Fato é, quem compra carro pensando em revender está sendo pouco inteligente e jamais compraria um Corolla em detrimento a um Cruze por exemplo, apenas pelo fato do Corolla desvalorizar menos – é ilusão isso

        • Absurdo

          Verdade, encontrei um C4 novo, acho que 2014/2015 por R$ 52.000,00, algo assim, e não era a versão básica. Sobre o Corolla usado (até 3 anos de uso), este sim é um carro que eu não compraria, o pessoal não desvaloriza de jeito nenhum.

          • invalid_pilot

            Já vi Corolla mais surrado que bumbo de escola de samba em fevereiro sendo vendido a preço maior que a FIPE… Povo gosta de se iludir que Corolla é indestrutível e etc, não adianta.

            Pessoalmente gosto de alguns bons “micos de mercado”

      • Fernando S.

        Vai com esse Corolla na concessionária da própria Toyota um ano depois pra ver. No máximo te oferecerão 80, isso se tiver 20 mil rodados e em perfeito estado

        • Thales Sobral

          Na concessionária? Aí é pedir pra perder dinheiro mesmo. Muita negociação é feita entre pessoas físicas, aí dá pra conseguir um preço um pouco melhor.

        • Mas como já falei em comentário mais acima: lucro da concessionária na venda de um carro que vc entrega lá não pode ser considerado como desvalorização.

    • Lucas g.

      Rapaz, não sei se foi p aumento de preço mas compramos o prisma 2014/2015 por 37mil e a concessionaria ofereceu 33 mil pelo mesmo em dois anos de uso!!!

  • Junoba

    Brasileiro é hipócrita quando diz que preocupa com desvalorização. Temos combustíveis caros e de baixa qualidade, juros de financiamento mais altos do mundo, impostos para manter um veículo um absurdo… Enfim, o automóvel é investimento passivo, você somente vai perder muito dinheiro. Estou pegando raiva do mercado automotivo brasileiro por causa disso, custos extremamente altos.

    • Ricardo

      Eu já peguei raiva faz tempo!

    • invalid_pilot

      E sempre tem os que querem levar vantagem na hora de vender ou comprar. Por isso sou a favor de usar o carro ate ele desmanchar por inteiro… E depois comprar outro e usar ate o fim.

    • Thales Sobral

      Investimento passivo é poupança, CDB… Carro é tocar fogo em dinheiro mesmo. A gente junta uma grana e compra pra ter as facilidades que o carro oferece, mas paga (caro) por isso.

      • Junoba

        Poupança e CDB são investimentos ativos.

    • T1000

      eu já fui em leilão e o pessoal se matava para arrematar fox, voyage e gol mais caro que FIPE!
      tem que ser muito otário.
      brasileiro não tem salvação.

      • Junoba

        Sério isso !? Se fosse pra pagar metade da tabela Fipe talvez eu levaria o carro, já que essa é vantagem do leilão, agora, pagar acima da tabela tem que estar fora do controle de si mesmo.

  • Fábio

    Acho que faltou nessa lista Palio Fire e Celta

    • leomix leo

      Acho que não entraram pq já saíram de linha.

  • 1945_DE

    Tá bom. Tenta entregar qualquer um deles na CSS da própria marca depois de um ano, para ver se eles não vão desvalorizar pelo menos 20%

    • Mas esse seu exemplo come a desvalorização e mais o lucro da loja, não se aplica. Apenas venda particular é que contempla apenas a desvalorização.

      • Thales Sobral

        O pessoal quer ganhar dinheiro em cima do usado na concessionária, aí fica difícil mesmo. Aí tá pagando o lucro da loja, tá pagando pela pressa em vender o carro… rsrsrs

  • tjbuenf

    Os líderes nesse ranking simplesmente tem a baixa desvalorização atrelada ao excessivo aumento de preço do respectivo 0 km.

  • meneghelli1972

    Nossa, estou desatualizado o City já está na casa dos 80mil? Vou continuar de usado mesmo por bom tempo, sem chance de ter carro novo é como dar carne para os tubarões.

    • Cyro

      Não só o City…
      Fit exl já custa 80k

    • Gran RS 78

      Na tabela custa isso, mas nas concessionárias ou lojas multimarcas vc consegue um bom desconto.

  • Paulo M

    Desvalorização em um ano tomando como referência o valor que foi pago no ano anterior ou em relação ao mesmo modelo zero a preço do dia?

    • Eduardo Gregório

      Belíssimo ponto.
      Alguns dos que “menos desvalorizaram” foram os que tiveram aumento mais expressivo.

      HR-V se não me engano começou a ser vendido por 79000. Hoje está 90k o zero básico e uns 75k(chute) o usado.
      Friamente perdeu 4k, mas se quiser comprar o mesmo carro terá que desembolsar 15k.

  • Fanjos

    O Cruze que comprei por 62 mil, vendi exatos 3 anos depois por 52 mil, ou seja uns 17% de desvalorizar que da menos de 6% ao ano.
    Mas isso não quer dizer que ganhei dinheiro, pq fora a desvalorização de 17 % em 3 anos o modelo novo teve valorização de 50% nesse período e para comprar o novo tenho que dar praticamente o dobro do valor do resíduo do modelo anterior, no período de 3 anos meus salário mau recuperou 18%, ou seja em relação a 3 anos estou muito mais pobre, o que deve ser a realidade da imensa maioria nos dias atuais.
    Tudo ficou mais caro e nos passamos a ganhar menos, agora estou vendo o próximo carro e todos que interessam custam acima de 90 mil, que é um valor que ainda estou tentando aceitar mentalmente mas está difícil, antes com 90 mil eu tinha dois carros um de bom nível e um básico, mas agora com essa grana mal da para ter somente o de bom nível e muito em breve (se continuarem me alimentando com aumentos),mau vai dar para o básico do básico (Up a 100 mil eu acredito!)

    Então é mais um Duro golpe na classe média banânica

    • ViniciusVS

      Calma Fanjos, em breve terá UP por 100 mil com pequena entrada + 120 parcelas sem juros…

      Cruze ainda está barato por 90k, quando chegar em 120k ai sim será como o prometido ( dobrando a meta)

      • Fanjos

        #partiudobrarameta

      • DevXav

        Isso aí vai rolar fácil mesmo..
        Nessa Black Fraude eu fui à concessionária da VW aqui da minha cidade, tinha um Speed Up! à venda já por 55.990k.

        Não pago nem pensar, e olha que no meu caso eu considero ele um dos poucos carros que anda valendo a pena comprar por aqui, mas nesse preço, se depender de mim mofa lá..

        Detalhe que o vendedor ainda esnoba, falando que tem fila de espera..
        Fiquei calado mas pensei “beleza, que sua fila de espera compre então porque eu estou fora dela” hehehehe

    • BrPb

      Juro que não me lembro qual foi a marca e o carro (me deu um branco), mas acredito que foi a Chevrolet com Onix e Prisma. Na parte de ofertas do site, tinha os modelos com taxa zero. Detalhe: tinha que ser com 90% de entrada e o restante em até 30. Eu fiquei sem acreditar.

      Sobre o que você citou, as pessoas estão achando que o carro usado delas valorizou. Sim, valorizou um pouco, mas esqueceu de pensar na inflação e que agora o zero tá um absurdo de caro. No final das contas, se não houve aumento na renda, vai ter que pegar uma versão ou carro inferior.

      • Fanjos

        Exatamente, é que nem sobre a valorização dos imóveis, a maioria da galera com apenas 1 imóvel achando legal a “valorização” sendo que se vender o imóvel vai comprar outro do mesmo nível ou até pior, e a “vantagem” é pagar mais IPTU

      • Alessandro

        Verdade, tenho um Fiesta Titanium 2015 que comprei em Fev/2015. Com minha renda atual e contando com o valor de revenda do meu carro, eu cairia um degrau já pensando no Fiat X6H 1.3 (que espero vir em um patamar de valor equivalente ao meu Fiesta Titanium da época).
        Eu pensava em pular para um Hatch Médio, mas a minha renda não acompanhou a inflação e a evolução dos preços dos carros…

    • carloscomp

      Jovem, vendeu pq?

      O meu está completando 2 anos em dez/16 e não penso em trocar.

      Abraços

      • Fanjos

        A mulher está torrando dizendo que quer um automático o meu era mecânico =/

        • radioactive

          o jeito é trocar por um 0km e ficar com ele “o resto da vida” hehe

        • Retrato do Papai

          se quisesse manter o MT, podia ter feito uma pegadinha com a dona Maria… deixava o cruze na casa de um amigo, chegava em casa com um fétios AT alugado dizendo “acabei de comprar”, ela espantada diria “que desgraça é essa?!”, você retrucava “com essa crise, é o que tem”… hoje ela estaria extremamente feliz com um cruze MT

          • Fanjos

            Kkkkkkk
            seria um susto que ela não esqueceria para o resto da vida, pq não pensei nisso antes xD

    • radioactive

      a classe média desse país já tá andando de hb20 faz um tempo viu. a era de carro médio “acessível” acabou faz uns 3 ou 4 anos. e se você olhar quanto vendiam golf, brava e escort em 2000 e olhar os sucessores agora, você vê o apocalipse que aconteceu nesse país nos últimos 15 anos… hoje malemá o pessoal compra um onix. ainda bem que consegui manter meu poder de compra nesse tempo, e sou uma grande exceção

      • rogeriuslima

        Acho que não é isso não, olha os números de vendas de HRV, Renegade, Kicks e por aí vai pra perceber que simplesmente a preferencia do consumidor mudou.

    • Excelente reflexão. Não adianta nada desvalorizar pouco e vender por um preço razoável (comparado ao que pagou dele quando novo), se 3 anos depois você precisa do dobro do valor do 0km da época para pegar um modelo novo.

    • rogeriuslima

      Rapaz nem me fala, estou na categoria dos sedans medios mas já estou cogitando migrar para os SUV’s de boutique porque o meu limite é 80 mil (e olha que é muito dinheiro) e com esse valor só sedan médio de entrada hoje em dia.
      Não consegui acompanhar essa escalada de preços e francamente acho incrivel acharem normal pagar 100 mil num medio, só me restou descer uma categoria pra pegar um veículo bem equipado ou pegar um usado mesmo.

      • Ernesto

        Há pouco tempo aqui em SP tinha Jetta 1.4 TSi automático por 75K. E acho que tinha 4 air bags. Outros equipamentos eu não me lembro.

        • rogeriuslima

          Mas essa versão do Jetta deve ser a Trendline e essa é muito pelada, fora que eu já descartei o Jetta por causa dos custos de manutenção dele muito fora da curva pra categoria, só a cesta de peças dele é mais de 15 mil.
          Mas dando uma olhada no webmotors, estou vendo algumas ofertas de Focus SE Plus e Cruze LT na casa dos 83 mil, quando virar o ano essas unidades 2016/2017 devem baixar pros 80.

  • Robinho

    Na vida real a historia não é bem assim…

    • Zé Mundico

      Na verdade é muito pior.

  • Alessandro Rodrigues

    Tem alguma lista com os mais desvalorizados?

    • Zé Mundico

      Essa lista começa com francês e acaba com chinês.
      Até rimou, viu só?

      • Alessandro Rodrigues

        Acho que a primeira posição tem coreano na briga…

      • Stéfano

        6 americanos (3FCA/2GM/1Ford)
        3 chineses (2Chery/1JAC)
        3 franceses (3Citroen)
        3 alemães (2BMW/1VW)
        3 japoneses (1Nissan/1Mitsubishi/1Suzuki)
        2 coreanos (2Hyundai)
        Cxupa essa manga

    • Vai ser publicada ainda hoje.

      • Alessandro Rodrigues

        Obrigado!

  • Lucas Duarte Martins

    CLA sedã grande é sacanagem.
    Gostei da lista, alguns carros ali eu não esperava. Fiquei feliz pelo Volvo.

    E cadê o Gol?

  • danlaradd .

    Desvalorização vírgula, isso só para quem vai comprar usado em lojas. Tenho um Punto essense 1.6 2014/15 com teto e couro, roda de liga e tudo mais que a fiat disponibiliza de opcional, fui tentar trocar, me ofereceram 30 mil! dois anos de uso, desvalorização de mais de 50% frfente ao mesmo modelo hoje, que pouco mudou, mas aumentou muito de preço! Iria trocar por um Renegade, agora decidi ficar com ele por mais 3 anos e lá na frente trocar por um carro melhor,

    • Desvalorização é venda de particular para particular. Entregar em loja é desvalorização + lucro do comerciante. Não se aplica.

      • mauricio

        particular mesmo

    • Alessandro

      Esse é o mal de muitos paulistas, entregam o carro na concessionária e depois reclama da desvalorização…

      • invalid_pilot

        Paulista burro, pq se tiver paciencia vende particular muito facilmente…

  • GPE

    Essa do XC60 é que não da p engolir mesmo

  • Elizangela Oliveira

    “Land Rover Discovery Sport (SUV Compacto – 9,3%)” Compacto? E tem na WM por 180.000 2015 o modelo citado. É pra inglês ver. O Volvo por 140 e 149.000. E isso é o valor pedido, a negociação pode baixar mais.

  • mauricio

    punto desvaloriza 40 a 45% no decorrer de 3 anos.

  • Stéfano

    Cadê o Vovorolla?

    • Ernesto

      É só você ler a matéria por completo que você acha.
      Dos sedãs médios, é o de menor desvalorização.

  • Na boa: o cidadão que comprar um HR-V com um ano de uso a 96 mil reais tem que ganhar duas orelhas enormes de brinde na compra. Se isso for verdade, não é possível que exista ao menos uma pessoa que se sujeite a levar um carro com um ano de uso para casa em lugar de tirar mais uns 5 mil do bolso e levar um zero km, ainda mais numa faixa dessas de gasto. Completamente fora da realidade essa pesquisa aí.

    • Ernesto

      Acho que o que você comentou vale para o Renegade também.

  • rogeriuslima

    Não sei se está correta essa lista mas me pergunto se realmente tem alguem que vai querer economizar cerca de 5 mil e levar um usado pra casa ao invés de um zero (pegando os 2 primeiros como exemplo). Se for financiar então pior ainda, juros pra carro zero é bem menor.

  • Estou De Olho

    Acho tudo muito relativo… Land Rover perdeu 9.3% (mais de 20 mil reais ao vento, isso no melhor dos casos)… Fiat Uno perdeu 10.7% (4800 reais)… E as marcas diferentes de Toyota, Honda, Kia, Hyundai dao otimos descontos com varios acessorios incluidos, mas no final das contas quem ganha msm eh a marca que cobrou mais caro, sempre. Isso vale para qualquer tipo de produto. PENSEM NISSO.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email