Audi Europa Lançamentos SUVs

Totalmente novo, Audi Q3 2019 é oficializado na Alemanha

Totalmente novo, Audi Q3 2019 é oficializado na Alemanha

Já visto em imagens vazadas na internet, o Audi Q3 2019 foi oficialmente lançado na Alemanha. O SUV médio da marca de luxo do grupo Volkswagen chega com visual mais expressivo, tamanho maior e sofisticado superior em relação ao antigo. Trocando a plataforma PQ35 pela MQB, finalmente o modelo entrada na lista de produtos com esse tipo de modularidade fabril.


Com apresentação pública para o Salão de Paris, em setembro, o Audi Q3 2019 chega com estilo mais radical, ganhando faróis e lanternas com LEDs triplos que dão ao modelo uma identidade mais pessoal, ganhando assim mais importância dentro da gama de produtos. Bem equilibrado visualmente, o SUV também explora a esportividade com para-choques bem vincados e expressivos.

Totalmente novo, Audi Q3 2019 é oficializado na Alemanha

As colunas D reforças mantém o DNA Audi do Q3 2019, que decidiu ter linhas mais abauladas sobre os eixos, a fim de ganhar musculatura e robustez visual. A grade com frisos verticais realça seu parentesco com os demais da linha Q, que cresceu muito nos últimos anos. As rodas de liga leve mais avantajadas e estilosas também fazem parte do pacote.


Por dentro, a segunda geração do Q3 exibe um interior muito mais atraente que o antigo, que já estava bem envelhecido, especialmente no que diz respeito aos comandos do ar-condicionado dual zone. No novo modelo, estes acompanham o estilo do Q5, por exemplo, mas o painel é ainda mais atraente que o irmão maior, já à venda no mercado brasileiro, sendo importado do México.

Totalmente novo, Audi Q3 2019 é oficializado na Alemanha

Com cluster digital de 10,25 polegadas, o Audi Q3 2019 tenta fundi-lo com a multimídia MMI Plus dotada de tela de 10,1 polegadas sensível ao toque, que eliminou a necessidade de um botão de navegação no console. O sistema de entretenimento possui ainda um avançado sistema de comandos de voz para muito mais funcionalidades do veículo.

O próprio conjunto frontal agora é em dois níveis, sendo um mais sóbrio na parte superior e outro mais elaborado na parte central, criando uma moldura bem definida para instrumentação e entretenimento. O volante de três raios (com terceiro duplo de alumínio) tem aspecto esportivo e agrada. O Audi Q3 2019 tem um túnel revisado e com direito à slot para carregamento indutivo de aparelhos móveis.

Totalmente novo, Audi Q3 2019 é oficializado na Alemanha

Materiais de melhor qualidade e metais nobres foram empregados nessa nova geração, que agora mede 4,48 m de comprimento (o mesmo do Tiguan europeu), ampliando o espaço interno e também o porta-malas, que entrega 530 litros ou 1.525 litros no total. Interessante é que o banco traseiro tripartido usa a mesma solução do T-Cross europeu, ajuste longitudinal para aumentar ou diminuir o bagageiro.

Seguindo a nova nomenclatura da Audi, o Q3 2019 começa sua oferta europeia com o 35 TFSI (1.5 TFSI de 150 cavalos e 25,5 kgfm: note que a numeração não faz referência ao torque em newton-metro), 40 TFSI de 190 cavalos e 45 TFSI com 230 cavalos, ambos sendo o 2.0 TFSI EA888. Com diesel, o EA288 2.0 TDI entrega 150 ou 190 cavalos, respectivamente 35 TDI e 40 TDI.

Totalmente novo, Audi Q3 2019 é oficializado na Alemanha

A caixa de dupla embreagem S tronic tem seis marchas e há opção manual com seis velocidades, além da versão Quattro. Já no conteúdo, o Audi Q3 2019 agora vem com controle de cruzeiro adaptativo dotado de para-e-anda, assistente de faixa com correção, leitor de placas e semáforos, alerta de colisão, frenagem automática de emergência e aviso de tráfego lateral ou ponto cego. Teto solar panorâmico e estacionamento automático com visão 360 graus são opcionais.

Audi Q3 2019 – Galeria de fotos

 

Totalmente novo, Audi Q3 2019 é oficializado na Alemanha
Nota média 5 de 3 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Ricardo

    Incomodo-me mais com essas padronizações de interiores do que de exteriores.

  • Eduardo T. Küll

    Nunca gostei muito da versão atual, com visual gordinho, “fofinho”. Este novo tem jeito mais másculo, parrudo, meio jeito de sapo: não tão longo, largo, se não realmente mais baixo, as grandes rodas contribuem para esta impressão. Tem chance de ser feito/montado aqui? E o motor 1.5? Vai ser feito aqui? Quando?

    • Eduardo Brito

      Então falaram que ele vai ser importado para poder fabricar o A1 localmente.

  • Bruno Silva

    Muito mais bonito que o anterior (que eu já achava bonito), só estou acostumando ainda com o farol.

    PS: NA, vai ter alguma nota ou matéria sobre a morte de Sérgio Marchionne, ex-CEO da FCA?

  • Wilson Junior

    O mercado automotivo brasileiro está tão defasado que é capaz de lançarem na Índia e depois no brésil……

  • Duh

    Visual bem duvidoso.

  • Ric53

    O mercado europeu tem tantos lançamentos que eu até fico tonto!
    Não precisa ser como aqui que é “8” mas assim já é “80” demais! haha

  • Chris

    Bebeu da mesma água dos Infiniti? Lembrei logo do QX70.

  • Sobrinho

    Meu vendedor disse que a previsão de lançamento no Brasil será em agosto de 2019.

    • Edinaldo_Tapica

      Como se cria um vendedor?

      • Sobrinho

        “Dá um Google”!

  • CanalhaRS

    Tirando esse novo padrão de grade da marca, está bem bonito.

  • Jeff_28

    muito bonito. Essa cor Azul Polestar Volvo ficou bem legal

    • th!nk.t4nk

      Volvo? Esse azul é tradicional da Audi. Ficou bem famoso com o A3 no lançamento, há uma penca de anos.

    • DevXav

      Volvo.. #sqn Hahahaha
      Essa cor é quase uma assinatura da absolutamente perfeita Audi RS6..

      :facepalm:

      • Jeff_28

        hehe acho que o da RS6 é mais escuro… mas enfim, me lembrou o volvo polestar e ponto

  • Marcus Vinicius

    Futuro Nacional !

  • celso

    Melhor que o atual.
    Ainda prefiro os Volvo.

    • th!nk.t4nk

      Já andou nos 2? Compartilha a experiência aí :)

  • EMJ

    Como um recém ex-proprietário de um Q3 fico feliz com essa renovação! A atual geração apesar de já bem cansada é um excelente carro, na mao, ótimo acabamento, consumo de popular com desempenho acima da média no caso do 1.4 (no modo S com a excepcional caixa stronic até dava um toque de esportividade).

    Uma pena vai ser o preço dessa nova geração. Partindo da premissa que o X1, GLA e XC40 nas versoes basicas já custam em torno dos 175 mil, não imagino o novo Q3 abaixo disso. Logo, o atual posicionamento de preços entre 140 e 180 mil devem ficar a cargo do futuro Q2. Creio que o novo Q3 vai ficar com preços entre 175 e 235 mil (encostando no Q5 basico).

    • cepereira2006

      Se for assim não precisa nem trazer.

  • Cláudio Modesto

    O abismo só aumenta.

  • artxin

    Quase perfeito, poderiam adaptar a lateral do A1, o espaço da terceira janela é desnecessário já que um dos fatores de quem compra um carro desse preço é o tamanho, não creio que gostariam de um Q3 de 7 lugares (apenas uma hipótese).

  • Rodrigo

    PQP certeza que vai ser meu futuro carro (espero que não aqui no BR). Se já achava o Q3 anterior atraente, esse então.
    Só não entendi qual é dessa nova nomenclatura. Esses números são o que? Kilonewton? Tá virando bagunça…

    • Sobrinho

      Referem-se à potência em kW:
      30 = 110-130 cv (81-91 kW)
      35 = 150-163 cv (110-120 kW)
      40 = 170-204 cv (125-150 kW)
      45 = 230-250 cv (169-185 kW)
      50 = 285-312 cv (210-230 kW)
      55 = 333-373 cv (245-275 kW)
      60 = 435-460 cv (320-340 kW)
      70 = 544+ cv (400+ kW)

    • th!nk.t4nk

      Pior que na verdade a nomenclatura pouco se aplica, na prática. É praticamente um código interno. A maioria das pessoas na Europa opta pelos carro premium sem logotipos (na hora de configurar você escolhe se quer tê-los ou nao), e se refere ao modelo mais pelo motor em si. Acho praticamente impossível você achar alguém que diga “ah tenho um A6 45”. O cara diz que é o V6 de tantos kW (ou PS) e deu. Mesmo os BMW e Mercedes, aqui na Alemanha o povo nao fica dizendo “ah é uma 320” ou “um C220”. O mais comum é se referirem à série em si + motor (até porque os motores de cada versao mudam com frequencia). Curiosamente, no Brasil e nos EUA é o contrário, o povo se refere aos modelos pelo código todo (devido à menor quantidade de versoes nesses mercados).

      • Rodrigo

        Obrigado pela explicação. Vc saberia dizer por que na Europa (especialmente Alemanha e Reino Unido) deixaram de usar o cv (cavalo vapor) e passaram a usar o bhp (breaking horse power) e o ps?
        É tudo igual ou há diferença?

        • th!nk.t4nk

          Cara, na UE toda eles usam o maldito kW (75 kW = 100 cv, 150 kW = 200 cv). Como no UK e em alguns outros fora da UE continuam usando HP/PS, muitos fabricantes no resto da Europa fornecem esses valores entre parêntesis também. Já CV e BHP eu sinceramente nunca vi por aqui, creio que mataram de vez. O NA podia fazer uma matéria sobre isso, seria legal.

          • Rodrigo

            Bom, quanto a questão do kW eu tenho um palpite: com o incremento da oferta de elétricos e híbridos por aí fica mais fácil padronizar para comparar com veículos movidos por combustíveis fósseis, já que é mais simples converter hp ou ps para kW. Outra solução seria o Joule mas creio que criaria ainda mais confusão na cabeça de um leigo.
            O curioso é que na maioria das avaliações que assisto via YouTube de canais britânicos e alemães eles insistem no bhp e ps. Ainda mais eles que são adicionados em cumprir normas e padrões.

            • jonases

              Joule não é unidade de potência.

              • Rodrigo

                Joule:
                Um joule compreende a quantidade de energia correspondente a aplicação de uma força de um newton durante um percurso de um metro. Ou seja, é a energia que acelera uma massa de 1 kg a 1 m/s² num espaço de 1 m.[1] Essa mesma quantidade poderia ser dita como um newton metro. No entanto, e para se evitar confusões, reservamos o newton metro como unidade de medida de binário (ou torque).

                Além disso, o joule é equivalente a um coulomb volt (C·V), ou o trabalho necessário para se mover a carga elétrica de um coulomb através de uma diferença de potencial de um volt. Pode ainda ser definido como o trabalho produzido com a potência de um watt durante um segundo; ou um watt segundo (compare quilowatt-hora), com W·s. Assim, um quilowatt-hora corresponde a 3.600.000 joules ou 4 megajoules.

                Para carros elétricos existe equivalência.

                • jonases

                  Vc continua enganado, eu tava tentando ajudar e vc me cola esse textão?
                  Claro que existe equivalência, potência é trabalho (joule) por tempo.
                  Mas não se mede desempelho com unidade de trabalho: dá pra levar mil anos pra acelerar de zero a cem, o trabalho foi executado , mas foi uma porcaria.
                  Por isso são usadas unidades de potência, que levam em consideração o tempo em que que o trabalho foi realizado: W, HP ou PS. Não se substitui elas por Joules. Seria como querer medir velocidade só com metros, sem os segundos.

  • Lindo, mas tenho medo de imaginar o preço que ele vai chegar por aqui…

  • Razzo

    Este painel tem um quê de Polo.

    • DevXav

      Você quis dizer: O painel do Polo tem um quê desse aí.

      Já tá mais que batido que o grupo VW reaproveita partes de projetos pra várias linhas, desde botões, interruptores de farol a designs e displays… Seu conhecimento tá muito “Razzo” no assunto, champz… hehehehe

  • Guedes

    o que seria coluna D?

  • Jefferson

    Esse carro merecia uma transmissão de 7 ou 8 marchas.

    • th!nk.t4nk

      Entao, aqui na Europa ele usava o DSG7 nas versoes superiores (acho estranho se abolirem essa opçao agora). Mas concordo precisam se mexer pra apresentar uma opçao de câmbio de 8 ou 9 marchas, com certeza ajudaria um bocado no desempenho.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email