Toyota Aygo X é a nova proposta de entrada na Europa

Enquanto muitas marcas estabelecidas na Europa já se preparam para encerrar com os subcompactos urbanos, outras reforçam que ainda é possível vendê-los em meio à eletrificação forçada no continente. Este é o caso do Toyota Aygo X.


Sem a PSA, que é uma das que desistiram de produtos como Citroën C1 e Peugeot 108, a Toyota aposta no Aygo X como uma alternativa de visual apelativo e preço comedido, ainda que esteja longe de ser um Dacia.

Terceira geração do Aygo, que teve sempre os irmãos franceses, o Aygo X andará sozinho no segmento dos subcompactos com a plataforma modular GA-B da Toyota Global New Architecture (TNGA), a mesma do Yaris francês e do Yaris Cross.

Andrea Carlucci, vice-presidente de produto e marketing, Toyota Motor Europe, diz: “o segmento A é muito importante para nós.

Não só trouxe muitos novos clientes para a Toyota. Também cumpre a nossa missão de fornecer a todos a solução de mobilidade certa”.

Com 3,700 m de comprimento, 1,745 m de largura, 1,510 m de altura e 2,430 m de entre-eixos, 90 mm maior que o anterior, o Toyota Aygo X tem 231 litros no bagageiro e mais espaço interno.

Tendo visual expressivo, chama atenção pelos novos faróis de LED com luzes diurnas bem envolventes, enquanto a grade inferior embute ainda os faróis de neblina.

Na carroceria nova, apliques pretos se destacam nas saias de rodas, base das portas e coluna C, elevando-se até o teto. Isso, sem dúvida, marca bem o visual do Toyota Aygo X.

Isso sem contar que ele recobre teto e toda a traseira, exceto uma parte do para-choque. Já as lanternas em LED estilosas e pronunciadas, ajudam a quebrar com o preto do acabamento traseiro.

A Toyota deu uma virada de mesa no interior, com painel trazendo elementos arredondados nos difusores de ar e, em especial, no centro do conjunto, onde fica a multimídia Smart Connect com Android Auto e Apple CarPlay.

Já o cluster tem velocímetro analógico no topo do conjunto, com display inferior digital e indicadores de temperatura da água e nível de combustível nas extremidades.

As portas também possuem formas arredondadas. O sistema de som JBL tem 300 watts. Ele tem quatro pacotes de cores e customização: Cardamom, Chilli, Ginger e Juniper.

Com alerta de colisão com frenagem automática, o Aygo X tem controle de cruzeiro adaptativo, leitor de faixa e alerta de ponto cego, bem como múltiplos airbags.

Equipado com rodas aros 17 ou 18 polegadas, o pequeno tem motor 1KR-FE de 1 litro e 3 cilindros, entregando 72 cavalos e 9,5 kgfm, com transmissão Super CVT, que tem engrenagem de saída e correias/polias nas demais.

Há também opção manual, mas o S-CVT é 0,1 segundo mais rápido, indo de 0 a 100 km/h em 15,5 segundos, mas indo até 151 km/h contra 158 km/h do manual. O consumo médio é de 21,7 km/l.

Toyota Aygo X 2022 – Galeria de fotos

 

 

Autor:

Deixe um comentário