Ecologia Híbridos Mercado Montadoras/Fábricas Sedãs Toyota

Toyota Mirai será importado ao Brasil, mas apenas para testes visando o etanol

toyota-mirai-211 Toyota Mirai será importado ao Brasil, mas apenas para testes visando o etanol

O Toyota Mirai será importado ao Brasil, mas de acordo com o jornal Estado de São Paulo, apenas para testes. O objetivo da marca japonesa não é comercializar o híbrido movido por células de combustível utilizando o hidrogênio. Na verdade, a ideia é seguir os passos já dados pela conterrânea Nissan com a tecnologia SOFC (Solid Oxide Fuel-Cell), que permite obter energia elétrica através da combinação de álcool com oxigênio nas referidas células.



Aqui, a Nissan já roda com um protótipo desenvolvido a partir da van NV200 para avaliação da tecnologia, que permite o uso de 100% de etanol ou este com mistura de até 55% de água, o que reduz ainda mais os custos de operação do veículo. Na Toyota, o Mirai se prestará ao mesmo serviço, servindo de plataforma de testes para a substituição do hidrogênio pelo etanol. As implicações na mudança seriam enormes, não só no Brasil, mas também nos EUA.

toyota-mirai-31 Toyota Mirai será importado ao Brasil, mas apenas para testes visando o etanol

A primeira é em termos de custo, pois mesmo com o etanol “americano” obtido do milho e o nosso álcool proveniente da cana-de-açúcar, a diferença é enorme para o hidrogênio, que é muito mais caro de se obter, bem como necessita de logística e infraestrutura adequadas, que demandam muito investimento para sua manipulação segura. Já em relação ao etanol, o combustível vegetal é consumido em larga escala no país, concorrendo com a gasolina.

Já existe infraestrutura para sua produção e distribuição, sendo de baixo risco em termos de segurança e com custos bem inferiores. Com projetos como o SOFC da Nissan e um equivalente da Toyota, o Brasil pode se tornar o principal player no desenvolvimento de carros com células de combustível abastecidas com etanol ao invés de hidrogênio. Isso permitiria ao país criar um mercado local e exportar tecnologia e/ou modelos para outras regiões onde pelo menos a mistura álcool-água 45/55 poderia ser usada.

toyota-mirai-9 Toyota Mirai será importado ao Brasil, mas apenas para testes visando o etanol

Além disso, outro benefício em substituir o hidrogênio nos carros com células de combustível é a redução no custo de produção dos mesmos, já que, ao contrário de modelos como Toyota Mirai, Honda Clarity e Hyundai Tucson Fuel-Cell, esse novo tipo de carro dispensa o uso de caríssimos tanques pressurizados de fibra de carbono e outros materiais compostos para armazenamento do combustível, utilizando-se assim tanques de plástico, já utilizados largamente em carros comuns. Não só o peso seria reduzido, mas o volume também. Assim, a complexidade dos projetos seria bem menor que a atual.

[Fonte: Estadão]

 

  • Rodrigo Pasini

    Como conseguem um design horrível desses? Como?

    • FrankTesl

      Poderia até ser mais feio e anguloso, além de ser pintado de verde com bolinhas amarelas, que ainda assim eu compraria, se tivesse qualidade e uma bateria razoável para ser recarregada na tomada para cobrir distâncias curtas e tivesse célula de etanol para gerar energia para as distâncias maiores.

      • Rodrigo Pasini

        Eu não andaria nele nem de graça, se ganhasse um assim eu tentaria vendê-lo, nem que fosse pela metade do preço.

        • FrankTesl

          depois é só fazer uns xunnings aqui e ali que já dava um tapa no visual… o que vale é dirigir um carro elétrico que pode ser abastecido na tomada e em caso de viagens, com etanol no posto.

    • Fabão Rocky

      N cheguei a achar horrível, mas q é estranho ele é. Design futurista, parece até inspirado em “De Volta p/ o Futuro”

    • T1000
  • FrankTesl

    Queria ver os cartel de usineiros da U.N.I.C.A. investirem dinheiro pesado nessa tecnologia ao invés de fazer lobby tacanho junto às autoridades contra o progresso da motorização elétrica.
    No final das contas, a motorização do carro seria elétrica (o Brasil tem excelentes indústrias de motores elétricos, como a WEG, que já tem projetos de motores, inclusive já exibidos no salão do carro elétrico, mas que estão engavetados) e a célula que gera eletricidade seria abastecida com etanol produzido pelos usineiros.
    Mas eles preferem colocar dinheiro em outras “frentes” ao invés de investir junto com as montadoras, universidades e empresas nacionais em uma maneira de criar nova utilidade para seu produto.

    • Deadlock

      Na verdade a Nissan já anunciou o motor elétrico com o uso de etanol, e outras substâncias, como fonte de eletricidade. A Toyota está pesquisado todas as opções para elétricos.

      • Luis Burro

        Mas esta parece ser a alternativa mais ecológica ou mesclada com a solar pra recarregar as baterias.
        Só q eu acho q as montadoras gastam muito tempo entre o desenvolver e produzir.
        Já faz 20 anos q o prius foi lançado e só a toyota e a honda q investem nestas tecnologias praticamente,só duas montadoras.

        • Deadlock

          É, a Toyota e a Honda investem nas células de combustível (H2 comprimido). Acho que a Hyundai também tem um modelo.

  • V12 for life

    Se tivéssemos uma política seria e inteligente, as discussões e projetos começariam agora para ficarem prontos no final dos testes deixando assim o país em destaque, mas como todos sabemos, a tecnologia será desenvolvida aqui e ira servir primeiro a outros mercados.

    • Luis Burro

      Vc se refere à esta política como órgão representativo do Estado ou como uma ação costumeira?

  • Alvaro

    Lembra historinha do chapeuzinho vermelho… “Vovó, e porque essa boca tão grande?” hahahaha

  • vicegag

    “o Brasil pode se tornar o principal player no desenvolvimento de carros com células de combustível abastecidas com etanol ao invés de hidrogênio”
    O Brasil dá uma boa ajuda no desenvolvimento, mas na hora de poder usar, mesmo tendo toda a infraestrutura, ….fica de fora. :(

    • Draga

      Etios Fuel Cell foi F. hehehe

  • Paulino Lino

    Eu fico até com medo de comentar e dizer que é corajoso quem compra um carro desses! Corajoso e de muita personalidade. #horrivel

  • Whering Alberto

    “Mirai como este carro é horrível”.

  • Microamp

    A Toyota precisa contratar um time de psicólogos para verificar o que anda acontecendo com os designers da empresa. Eu achava o Prius feio…

  • Luis Burro

    Credo!Tá certo tentar fazer um design futurista como uma sacada mental,mas fico em duvida se todos estes recortes são realmente necessários e funcionais.E no meu ver é isto q deixa o esquisito.

    • Acho que as entradas de ar exageradas da frente se explicam pelo fato do processo químico exigir oxigênio para que haja a reação com o hidrogênio. Por isso a captação de ar é importante. Mas a traseira achei desnecessariamente estranha. Mas é apenas uma opinião.

  • Louis

    Eu acho bonito o Mirai.

  • Celso

    Desde que vi o o teste do Tesla Roadster, a mais de 10 anos, digo que as células não de combustível não se justificam frente aos veículos elétricos, mas esta tecnologia de obtenção de hidrogênio a partir do álcool pode virar o jogo a favor das células de combustível e do proálcool também.

  • afonso200

    qual a vanteagem

  • Horrível, mas o Prius ainda é pior.

  • Pablo MR

    Parece um Transformer, já transformado…

  • Ⓜ️arcelo

    essa notícia é totalmente irrelevante pois todas montadoras trazem modelos não vendidos no nosso mercado

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend