EUA Mercado Pickups Toyota

Toyota planeja picape com plataforma TNGA nos EUA

toyota-tacoma-2016-4 Toyota planeja picape com plataforma TNGA nos EUA

Além da Volkswagen, a Toyota também estaria planejando uma nova picape para o mercado americano, baseada em plataforma monobloco que, no caso, será a próxima geração da TNGA, que atualmente sustenta diversos modelos da marca japonesa. Como se sabe, a empresa dispõe de dois modelos de picapes nos EUA, sendo a Tacoma o modelo médio e a Tundra, que é a full-size.



A declaração veio de Jim Lentz, CEO da Toyota nos EUA. A marca é consciente de que não conseguirá vender o mesmo volume de Ford, General Motors e Chrysler, mas ainda assim a dupla tem um bom emplacamento no mercado americano, sendo que só a Tacoma vendeu mais de 116 mil unidades no ano passado.

Mesmo com as duas, a Toyota quer mais e planeja uma picape que é descrita como tendo 1/4 de tonelada ou uma tonelada. Isso significa um modelo menor que a Tacoma, que é média, mas tem um porte pouco maior que a Hilux. Nesse caso, o projeto se torna muito interessante não só no panorama dos EUA, mas também em termos globais.

Pela descrição, a picape pode surgir como equivalente Toyota da Fiat Toro. No ambiente americano, Lentz acredita que no futuro picapes e crossovers serão cada vez mais populares nos EUA e menciona que não existe qualquer projeto de sedã inovador para os próximos anos, indicando que a marca pretende também focar mais suas atenções nos dois segmentos que mais emplacam.



toyota-tacoma-2016-4 Toyota planeja picape com plataforma TNGA nos EUA

Ainda é cedo para saber como se dará a comercialização dessa picape TNGA, porém, como já mencionado, um projeto dessa envergadura pode ter desdobramentos em outros países, em especial na América do Sul, onde a Fiat Toro provou que um novo nicho pode ser bem explorado e surpreender em vendas. Como apenas o Brasil produzirá a TNGA, então as chances dessa futura picape ser feita por aqui são grandes. A mecânica também não é conhecida, mas como a marca foca em híbridos, provavelmente terá essa opção.

Depois da Fiat Toro, começaram a surgir projetos para potenciais rivais do modelo, partindo da Volkswagen, GM e Hyundai, por exemplo. Nos EUA, a Hyundai está desenvolvendo a Santa Cruz, uma picape com proposta mais próxima de um crossover, como é o caso da Toro. Ao mesmo tempo, enquanto a Toyota parte para um terceiro modelo, a Fiat Chrysler prepara uma picape média, que deve apostar em chassi de longarinas e será igualmente vendida no mercado americano.

[Fonte: Wards Auto]

 

COMPARTILHAR:
  • Diego Lip

    Saudades de quando hatchs, sedãs, peruas, monovolumes eram desejados pelo povo. Picapes e SUV’s são modelos que nunca me chamaram atenção.

    • Aires Jone

      Hatch…😍

  • sigma7777777

    Seria uma picape baseada na nova Rav4 que será apresentada no fim deste mês no salão de NY? O tempo dirá..

  • Fernando Bento Chaves Santana

    Corolão picape. Pensa num modelo que vai verder “pouco” aqui no Br..

    A FCA acertou com a Toro, mas ficará pra tras se não levar o modelo para outros mercados.

    • Raimundo A.

      O Toro é exportado para alguns mercados vizinhos, mas perante concorrência que atua em vários continentes, está muito distante. A questão é se tais mercados teriam a mesma aceitação que o Toro teve aqui, pois aqui picape é usada bastante como veículo de passeio. Na Europa, por exemplo, elas são usadas para trabalho e assim não são vistas aos montes e no mercado americano, onde dinheiro parece não ser problema, podem pagar por veículos grandes, com luxo e também são usados para trabalho devido a adversidade do clima.

      Como já falaram, o Toro não serviria para alguns mercados exceto se desenvolverem as vantagens de ter uma picape menor, só que isso é caro e pode não ter retorno esperado. Assim, ou cria-se um produto similar a concorrência ou pela grandiosidade do mercado, mesmo vendendo muito menos que líderes, é suficiente para ter um produto lucrativo, o que parece ser o caminho da Hyundai (que há bastante tempo tem prometido tal produto) e agora seriam VW e Toyota, o trio usando arquitetura monobloco por reduzir custos com linhas de produção existentes que faz diversas veículos em plataformas flexíveis.

  • Erivelton Freitas

    Acho que não dará certo! Toyota é mais forte no USA em segmentos como SUVs médios e sedãs médios. Ela não tem ‘força’ entre as pick-ups! Infelizmente, vai ter que aguentar que na terra do Tio Sam, é a Ford que dita as regras no segmento mais vendido, então… É baixar a cabeça e se acostumar!

    • Ernesto

      Por que não dará certo? Veja os números de venda de picapes 2017 nos EUA:
      Picapes Grandes:
      Ford F-Series 896,764
      Chevrolet Silverado 585,864
      Ram 500,723
      GMC Sierra 217,943
      Toyota Tundra 116,285
      Nissan Titan 52,924

      Picapes Médias
      Toyota Tacoma 198,124
      Chevrolet Colorado 112,996
      Nissan Frontier 74,360
      Honda Ridgeline 34,749
      GMC Canyon 32,106
      Repare que nas médias, a Toyota vende muito bem. Se fosse tão fraca assim como você diz, jamais ela dominaria um seguimento, que é a das médias.

      • Erivelton Freitas

        Ainda assim, somando as vendas das duas pick-ups, não chega nem na proporção das 500.000 unidades vendidas sozinhas pela RAM. A RAM ainda vende, quase 200.000 pick-us a mais. A Ford, vende somente com a F-Séries, 3x mais do que a somatória da Tundra e da Tocama. Infelizmente, temos que Reconhecer que a Toyota ainda é fraca no segmento de pick-ups, e que os americanos decidiram que Pick-up boa é a pick-up americana e não japonesa!

        Se a Toyota substituir uma das suas pick-ups ou lançar uma nova geração de uma delas com a nova plataforma, vai vender na mesma média da atualidade, sem incomodar em nada o Top 5.

        • Ernesto

          Ainda assim, longe de dizer que ela é fraca no seguimento.
          “Os americanos decidiram que Pick-up boa é pick-up americana e não japonesa”. Aff…realmente um comentário que mostra claramente que você é hater da Toyota (além, claro, de outros comentários que você já fez). Se fosse assim como você diz, ela não venderia nada no seguimento full-size e muito menos lideraria no seguimento mid-size.

          • Erivelton Freitas

            Colega, palavras mentem, mas números falam a verdade! Acredite naquilo que bem entender… Os números sempre dirão a verdade!

            • Ernesto

              Justamente, colega. Nos números percebe-se a evolução de vendas das pick ups da Toyota e não o que você diz.

              • Erivelton Freitas

                Eu ando um pouco sem paciência ultimamente para alguns tipos de discussão, então eu vou ser bem direito… Eu sei que a Interpretação de Texto é um problema grave na Educação desse país, que tem início na 4ª Série. Talvez se o governo tivesse investido mais no Ensino Fundamental e não tanto no Ensino Superior, as coisas fossem diferentes, mas vamos lá…

                Toyota Tundra (116,285) + Toyota Tacoma (198,124) = 314,408 pick-ups Toyota vendidas no USA

                RAM (do grupo Fiat-Chrysler) vendeu SOZINHA 500,723.

                RAM (500,723) – Tundra + Tacoma (314,408) = 186,315 de diferença.

                A RAM, 3ª colocada no Ranking – que não é a líder e muito menos a vice-líder, é a terceira colocada. – vendeu 186,315 Pick-ups a mais do que a SOMATÓRIA das vendas de Pick-Ups da Toyota em duas categorias distintas.

                Sendo assim, mesmo tendo dois modelos de pick-ups sendo vendidos no USA, a Toyota ainda fica quase 200.000 unidades atrás da 3ª colocada no Ranking de vendas de Pick-Ups, mesmo tendo os seus dois modelos somados.

                Entendeu, depois de todo esse desenho, que a Toyota é uma ninguém no segmento de Pick-ups no mercado americano, ou terei que desenhar também a comparação com Silverado e F-Séries?

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email

receber-noticias Notícias por email