Elétricos Finanças Governamental/Legal Híbridos Mercado Toyota

Toyota Prius deve baixar R$ 126 mil para R$ 118 mil – redução de IPI

Toyota Prius deve baixar R$ 126 mil para R$ 118 mil - redução de IPI

Toyota Prius mais barato. O Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior confirmou a redução de IPI para carros elétricos e híbridos no Brasil. De acordo com Marcos Jorge, que ocupa a pasta interinamente, a publicação da medida provisória ocorrerá entre o final de janeiro e começo de fevereiro, beneficiando diretamente os carros que possuem tais tecnologia. Ambos terão o mesmo percentual de alíquota do imposto, que será de 7%. Atualmente, os elétricos recolhem 25%.


Com isso, haverá um importante impacto nos preços de carros com essas tecnologias, incentivando inclusive a chegada de novos produtos no mercado automotivo nacional. Confirmado em evento que comemorou os 60 anos da Toyota no Brasil, a redução terá um efeito direto no valor do híbrido Prius, que atualmente é vendido por R$ 126.600. A montadora promete uma redução para a casa de R$ 118 mil, de acordo com o jornal Folha de São Paulo.

Como o híbrido já recolhe 13% de IPI por conta de seu motor 1.8 de 99 cv, a redução no preço será praticamente a mesma da diferença de imposto. Ou seja, menos 6%. A marca japonesa apenas aguarda a publicação no Diário Oficial da União para fazer a redução, que deve gerar um corte em torno de R$ 8 mil. Se a BMW seguir os mesmos passos, o elétrico i3 pode cair de R$ 160 mil para perto de R$ 130 mil, um valor realmente muito mais competitivo, ao ponto de se aproximar do híbrido japonês, por exemplo.

Toyota Prius deve baixar R$ 126 mil para R$ 118 mil - redução de IPI


No caso deste último, a Toyota ainda confirmou que o Prius terá de fato uma versão flex. O modelo já está sendo testado para receber a tecnologia do combustível vegetal, mas isso não deve gerar uma nova redução de IPI, visto que os carros populares com motor movido por álcool pagam no mínimo 7% de IPI, que provavelmente continuará a ser o limite imposto pelo governo. A marca acredita que a união de híbrido e flex é o futuro para o Brasil. Porém, marcas como Chevrolet e Nissan já preparam a chegada de carros totalmente elétricos, tais como Bolt e Leaf, enquanto a VW confirmou a chegada do e-Golf e do plug-in Golf GTE.

Mas a oferta poderia ser ainda maior, especialmente em híbridos. A Toyota registrou no INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial) o desenho de patente do Prius C. Este modelo, apesar do nome, não é e nem utiliza a plataforma TNGA do Prius vendido aqui regularmente. Trata-se de uma variante do hatch Yaris, que no Japão recebeu o nome Aqua.

Toyota Prius deve baixar R$ 126 mil para R$ 118 mil - redução de IPI

Com 4,00 m de comprimento e 2,55 m de entre-eixos, o Toyota Prius C utiliza a mesma tecnologia do Prius, que é o sistema Hybrid Sinergy Drive, mas com motor 1.5 Dual VVT-i de ciclo Atkinson, entregando 73 cv. Além dele, há um motor elétrico de 60 cv, totalizando de forma combinada 99 cv. Ele utiliza baterias de hidreto de níquel-metálico de apenas 0,9 kWh. Com isso, ele faz 20,4 km/litro na cidade e 18,2 km/litro na estrada, segundo o padrão americano EPA.

Nos EUA, o Prius C custa US$ 20.630, pouco menos que o Prius, que parte de US$ 23.475. Aqui, provavelmente custaria perto de R$ 100 mil com essa redução de IPI. Como proposta de híbrido, até valeria, mas o pequeno tamanho e o alto preço, dificilmente encontraria compradores. O registro no INPI também não significa um futuro lançamento, sendo a patente registrada para proteção de direitos, como ocorre em todo o mundo.

[Fonte: Folha/O Tempo]

 

Toyota Prius deve baixar R$ 126 mil para R$ 118 mil – redução de IPI
Este texto lhe foi útil??

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email