Asiáticos Japão Populares Toyota

Toyota terá carro de baixo custo no Brasil?

toyota-tera-carro-de-baixo-custo-no-brasil Toyota terá carro de baixo custo no Brasil?







Um jornal japonês, afirma que a Toyota estaria disposta a entrar no segmento dos carros ultra-baratos, ou seja, da mesma classe do Tata Nano.

O novo carro seria desenvolvido pela Daihatsu e teria uma nova marca especialmente para ele, afim de não “misturar-se” com outras marcas do grupo Toyota, tendo um custo de cerca de US$5.000 ou pouco menos de R$11.000!

Projetado para ser comercializado à partir de 2015, ele seria fabricado na Índia e exportado para o Brasil, e claro, outros mercados emergentes.

Várias marcas asiáticas, principalmente, estudam desenvolver modelos que sejam equivalentes ao Nano, tanto em preço como em custo de manutenção e produção.

O mercado indiano necessita urgentemente substituir parte da frota de motocicletas por um veículo barato, já que a maioria dos consumidores não tem capacidade financeira para adquirir o mais barato dos carros por lá, o Maruti 800.

A Toyota nega, como irá negar até a última hora, que esteja planejando um carro nestas características. Mas, isto não seria de todo impossível, pois se a Tata investiu neste segmento é porque algum retorno ele tem.

Fonte: Revista Quatro Rodas.



  • lacerdanetto

    Mais um “plástico-móvel” vindo por aí!
    ai ai Brasil. Se lá fora vai custar cerca de 11mil, aki custa uns 23 ou mais. :espar: :OoO: :banana: :assob:

  • rivo

    oh não, outro meio de transporte de quinta em forma de carro a vir pra cá :trowup:
    tem jeito não, aqui é mercado de porcaria, monstruosidade e superfaturamento mesmo, e vamos que vamos com mille, quasimodo 207, civic a preço de ouro.

    :rayban:

  • ary

    quero ver ela fazer isso com a “qualidade” toyota

  • eduardo82

    Uma amiga minha tem um conhecido na fábrica da Toyota em Indaiatuba. Ela me disse que a Toyota planeja lançar no Brasil um carro “popular”, comparado ao que ela vende no país hoje – e que seria fabricado aqui mesmo.

    Não acredito que seria uma carcaça feito o nano…

  • Claudio

    Pelo que vi a Honda tem como menor carro o Fit se não me engano!
    Isso la fora é um popular, mas aqui ja é carro de um segmento acima, por isso se a Toyota e a Honda quiser um mercado mais popular no mercosul, vão ter que realmente produzir algo específico parecido com os nossos aqui!Será o único jeito, mesmo assim se acontecer será bom, para dar mais opções e tirar a banca, das nossas velhas e ja conhecidas montadoras!Que venham! Mini Fit e Toyotinha!rs…

  • Claudio

    Claro serão carros tipo, Sandero,Gol, Pálio,Fiesta, etc! Nada parecido como o nano!

  • Luis.J.R.

    Nossa?Todo mundo vai querer fabricar um carro, parecido com o nano?Ai meu deus, só faltava isso. :OoO:

  • JDFortuna

    Eita… 8 ou 80??? Até 40mil, dava pra fazer muito carro. Precisa ser só um até 11 mil? Há lucro nisso? Claro e deve ser encima de qualidade.
    Sinceramente, to fora. Toyota terá realmente de me surpreender nessa.

  • Robson Levy

    É imoral como essas empresas são lentas em seus planejamentos. De vez deser uma coisa pra agora será pra quase uma década.

  • LUCIANOBAHIA

    Colegas,

    Não sei se vocês pensam da mesma forma, mas, ao meu ver, o maior risco de uma Montadora fabricar um veículo barato é utilizar os componentes de baixo custo na montagem dos veículos que se encontram em segmentos superiores. O que significa, por exemplo, que o Corolla poderia apresentar uma ligeira queda na qualidade dos materiais. O que acham? É possível que isso aconteça?

  • D.Lobo

    Até 11 mil é um exagero,faz um popular específico para mercados ditos emergentes mas na faixa de uns 35 a 40 mil, aí sim já seria uma boa :blink:

  • Luiz Claudio

    (Modelo “popular” da Honda não será o City, aproveitará peças do Fit

    Luiz Claudio Diz: 4/11/08 as 17:15
    Depois é a Toyota fazendo isso. Torço que não seja uma gambiarra Made in Brazil.)

    [Comentario #117200 sera citado aqui]

    É possível. Um material de baixo custo vai produzir (muito) mais que um equivalente mais caro. Então o fabricante aos poucos pode colocar esses materiais num veículo mais caro, a começar pela versão de entrada, até lá já pode ter tirado vários equipamentos do mesmo. Aqui já foi lançando modelo que após anos já estava depenado. É lucro para eles, produz mais, ruim para nós, sai caro e qualidade abaixo do esperado.

  • rivo

    ah se este país não deixasse de ser a casa da mãe joana…
    sem problemas, vamos continuar pagando impostos abusivos, comprando carros de quinta a preço de ouro, dando lucro extra as montadoras, afinal, temos de salvar as matrizes.

    :rayban:


Send this to a friend