Toyota Urban Cruiser Hyrider surge no mercado indiano

Feito em colaboração com a Maruti-Suzuki, o Toyota Urban Cruiser Hyrider surge como alternativa da marca japonesa para o segmento de SUVs compacto do segmento B na Índia.


Projeto local, o novo produto da Toyota utiliza plataforma da Suzuki e mede 4,365 m de comprimento, 1,795 m de largura, 1,635 m de altura e 2,600 m de entre-eixos.

Como já comentado, o Hyrider chega com duas motorizações de ambas as marcas, com o Suzuki K15 sendo um quatro cilindros 1.5 aspirado com sistema Mild Hybrid ou ISG, na sigla da marca.

Usando sistema de 12V, diferente de outras marcas que usam 48V, o sistema micro-híbrido do Hyrider ajuda o SUV compacto a ter 102 cavalos e 13,7 kgfm combinadamente.

Com bateria de lítio, o Hyrider MHEV usa transmissão manual de cinco marchas ou automática de seis velocidades, tendo tração dianteira.

Já o Hyrider HEV é um híbrido comum com sistema HSD da Toyota, usando nele motor 1.5 e transmissão transaxle de motor duplo, além de bateria de lítio no lugar de níquel-hidreto metálico.

Nesse sistema, que pode chegar ao Brasil a bordo de outro novo SUV compacto que a Toyota lançará aqui, o 1.5 HSD entrega 116 cavalos e 14,3 kgfm.

Seguindo as linhas do Toyota Corolla Cross (confira aqui Corolla Cross Special Edition parte de R$ 192.690), o Urban Cruiser Hyrider ousa em acabar com a grade frontal, que se tornou uma moldura em preto brilhante e com frisos cromados.

Tendo luzes diurnas em LED duplos, enquanto o para-choque tem grade grande e faróis de LED.

Bem conservador nas linhas, o Toyota Urban Cruiser Hyrider tem colunas C parecidas com as do Corolla Cross, enquanto a traseira possui lanternas em LED estreitas, porém, ligadas por um friso cromado sobre a tampa.

Chama atenção as lanternas de neblina, luzes de ré e refletores em conjuntos verticais nas laterais da traseira, enquanto o para-choque é volumoso e dá ao SUV um visual mais robusto.

Por dentro, o painel tem duplo cockpit com display da multimídia de tubo lembrando os carros da Subaru, enquanto o cluster é digital com luzes para combustível e conta-giros.

O revestimento soft no painel é interessante, enquanto o ar condicionado é apenas automático.

Com modos de condução, o Toyota Urban Cruiser Hyrider tem ainda carregador indutivo, teto solar e bancos em couro.

Toyota Urban Cruiser Hyrider – Galeria de fotos

Autor: Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 26 anos. Há 15 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações.