Toyota vai para terceiro turno em Sorocaba e contrata 850

Toyota vai para terceiro turno em Sorocaba e contrata 850

Buscando ampliar a produção em 25% na fábrica de Sorocaba, interior de São Paulo, a Toyota vai criar um terceiro turno e para isso contratará até 850 pessoas para o processo, que permitirá às unidades operar 24 horas.


A instalação produz os modelos Yaris, Etios (somente para exportação) e Corolla Cross, sendo que os dois primeiros possuem variantes hatch e sedã.

Com a terceira jornada de trabalho, a Toyota elevará de 122 mil para 152 mil a quantidade de carros produzidos por ano nessa planta paulista. O objetivo é atender a demanda crescente no mercado nacional e também na América do Sul.

Rafael Chang, presidente da Toyota do Brasil, diz: “Trabalhamos duro para criar esse momento importante da história da Toyota no Brasil. Ele está sendo possível graças à excelente integração que fizemos com todos os públicos envolvidos nessa iniciativa – colaboradores, sindicato, fornecedores, concessionários e governo. Além disso, tenho certeza de que esses 850 empregos diretos e indiretos que serão gerados impactarão positivamente a sociedade brasileira nesse período tão delicado que todos vivemos”.

Terceira fábrica de veículos da Toyota no Brasil, a unidade de Sorocaba recebeu US$ 600 milhões em investimentos para fazer inicialmente o Etios, que deu espaço para o Yaris em uma ampliação da planta, que depois cresceu novamente para ativar a linha da plataforma TNGA do Corolla Cross.

Falando nesta, a Toyota deverá lançar um modelo abaixo do Corolla Cross com propulsão híbrida flex, assim como o atual crossover derivado do Corolla, feito em Indaiatuba, também no interior de São Paulo.

Este modelo provavelmente será uma variante de baixo custo do Yaris Cross, mas com mudanças ligeiras no estilo, sendo esperado um produto com mais espaço interno e bagageiro que o europeu, focando mais em famílias que no público jovem.

Com 17.426 unidades vendidas em agosto, a Toyota fechou em terceiro no ranking das marcas, tendo assim 10,99% de market share.

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.