Híbridos Hatches Mercado Preços Toyota

Toyota Yaris Hybrid: como pode chegar o compacto eletrificado

Toyota Yaris Hybrid: como pode chegar o compacto eletrificado

Essa semana a Toyota revelou uma nova plataforma modular global, a GA-B, que faz parte da arquitetura TNGA para carros compactos do gigante japonês e possivelmente de suas marcas e parceiras, tais como Daihatsu e Suzuki, por exemplo.


A Toyota divulgou as imagens da plataforma, onde é facilmente notada a presença do pacote de baterias – supostamente de níquel-hidreto metálico – no lugar do tanque, indicando a hibridização da futura geração de compactos da marca, o que incluirá o próximo Yaris e possivelmente o SUV compacto (global ou regional), entre outros.

No caso do Yaris, ele é a porta de acesso da Toyota em muitas regiões, mas existe em duas variantes globais. Uma é focada na Europa e Japão, tendo sido cortada recentemente nos EUA (junto com o Prius C). A outra é mais simples e tem versão sedã, focada no Sudeste Asiático, China, Índia e Brasil.

Toyota Yaris Hybrid: como pode chegar o compacto eletrificado


Para reduzir os custos globais e unificar as plataformas, a GA-B cai como solução definitiva para isso e a eletrificação vem junto no pacote. No entanto, um Yaris Hybrid não seria algo tão inovador para a Toyota assim, visto que ela já o faz, mas de outra maneira.

Usando a plataforma B da Toyota, o Prius C não era nem de longe o liftback vendido no mercado nacional. No Japão, ele é conhecido como Aqua (foto acima do registro no INPI em 2018). Na Europa, o próprio Yaris feito na França também tem uma versão híbrida. A tecnologia usada nesses carros é a mesma do Prius e do Novo Corolla nacional, porém, com motorização e números diferentes.

Desde 2011, a Toyota faz o Aqua/Prius C, um hatch compacto de 4,00 m com os mesmos 2,55 m do Yaris vendido aqui. Sob o capô, o motor usado é um 1.5 Dual VVT-i da mesma família do 1.5 Flex nacional. Só que este tem ciclo Atkinson e entrega apenas 73 cavalos e 11,3 kgfm.

Toyota Yaris Hybrid: como pode chegar o compacto eletrificado

Ele trabalha com um conjunto de dois motores elétricos conhecidos como MG1 e MG2 (como na foto acima), posicionados dentro de uma caixa de transmissão continuamente variável, que usa engrenagens no lugar de polias e correias, funcionando como um CVT. É o mesmo sistema usado no Novo Corolla Hybrid.

Com 61 cavalos, eles entregam bons 17,2 kgfm. Dessa forma, o conjunto chamado Hybrid Sinergy Drive (HSD) fornece 100 cavalos de potência combinada, bem menos que os 123 cavalos do Corolla Hybrid Flex. Nos EUA, o Prius C chega a fazer 20,4 km/l na cidade.

Tendo já essa arquitetura híbrida pronta, a Toyota deverá apenas torna-la flexível como no caso do Corolla, elevando assim para uns 101 cavalos a força combinada com 75 ou 76 cavalos no etanol. E preço? Se fosse trazido para a realidade atual, teríamos um Yaris Hybrid nacional custando até menos de R$ 90 mil. Como?

Toyota Yaris Hybrid: como pode chegar o compacto eletrificado

O Corolla XEi custa R$ 110.990, por exemplo, enquanto o Altis Hybrid sai por R$ 124.990. Temos uma diferença de R$ 14.000. Se aplicada a mesma sobre um Hybrid XLS 1.5 AT hatch, ele custaria R$ 97.990. No entanto, deve-se levar em consideração, no caso do sedã médio, que ele pula da XEi para o Altis e ainda agrega um pacote de segurança TSS.

Então, não seria tão difícil crer em um Yaris Hybrid por até R$ 89.990 na realidade atual, ainda mais se não houver alteração de conteúdo. O Toyota Safety Sense seria um diferencial e impactaria a vida dos concorrentes, mas provavelmente seu custo faria o preço subir até o nível mencionado anteriormente.

Se a intenção é fomentar a hibridização flex, o hatch por R$ 90 mil já seria um enorme salto nesse sentido e por uma diferença de preço não tão elevada, dada a tecnologia empregada que, como vimos, está difundida na marca há muito tempo. Contudo, a elevação dos preços até sua chegada pode fazer com que alcance a temível faixa dos R$ 100 mil.

Toyota Yaris Hybrid: como pode chegar o compacto eletrificado
Nota média 4.8 de 4 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Deadlock

    Gostei da reportagem, mas, por favor, alterem o intensão para intenção.

  • Danilo

    Eu acho que seria cliente de um carro híbrido abaixo de 90 mil. Vamos ver se a Toyota oferece esse produto no nosso mercado.

    • Deadlock

      Pra mim o híbrido/elétrico faz mais sentido em carros mais baratos. Comprar um carro de 120-130 k para economizar com gasolina não faz muito sentido econômico, apenas ecológico.

      • mjprio

        Fora que eles possuem maior economia na cidade, onde o consumo tende a ser maior nos veículos convencionais

      • th!nk.t4nk

        Aí que tá. No exterior um elétrico barato faz sentido porque tem muito mercado em empresas de car-sharing. As grandes capitais do mundo estão socadas desses modelos. Mas no Brasil o foco seria uso privado, e daí perde totalmente o sentido mesmo. Talvez pra Uber, sei lá. Teria de rodar muito pra compensar (e precisaria ter pontos de recarga pela cidade).

  • Mayck Colares

    Fiquei decepcionado com a economia do híbrido no corolla comparando com o motor 2.0. A diferença é bem pequena. Enquanto o prius apesar de não gostar muito do seu desenho revela ser muito mais econômico. Talvez o problema seja por ser flex, mas se o sentido do híbrido for economia…

    • Pedro Soares Filho

      A Toyota (e outros especialistas) afirmam que o modo utilizado pelo Inmetro é inadequado para veículos híbridos. E que o instituto Mauá aferiu um consumo em torno de 20 km/l na cidade. Utilizando metodologia mais adequada.

    • Eric PB

      faz 17por litro no alcool e vc acha ruim?

  • Hugo Leonardo Dos Santos

    Mas não nessa carroceria atual, aqui deveria vir numa nova geração.
    PS: Esse Yaris X-Way com essas rodinhas parece aqueles barcos em cima de uma carretinha com rodinhas pequenas

  • Hugo Leonardo Dos Santos

    Off: saiu a foto do novo HB20S na revista auto esporte

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email