Troller: propostas aceitas nos EUA – venda anunciada em breve

Troller: propostas aceitas nos EUA - venda anunciada em breve

A Troller está na reta final para ser vendida finalmente. A montadora cearense aguarda a negociação entre a Ford e potenciais compradores para seguir por uma nova trilha, que a pode levar para outros destinos.


Segundo o site Diário do Nordeste, dois interessados (até pouco tempo eram quatro) estão na páreo para compra da Troller, sendo que os principais pontos relacionados com a venda alcançaram consenso entre as partes e as propostas já estão em Dearborn, Michigan.

Será na matriz americana que a Ford deverá decidir qual dos dois interessados levará a marca brasileira, referência no segmento off road. Estes investidores não seriam do setor automotivo, mas um deles seria do interior de São Paulo.

A expectativa é que, na proposta, o vencedor da disputa ainda utilize a tecnologia da Ford por algum tempo, de modo a manter a produção e o T4 atual no mercado, dado que não haverá tempo para um desenvolvimento de produto.

Troller: propostas aceitas nos EUA - venda anunciada em breve

A Ford manterá a produção da Troller até 31 de dezembro, o que é um tempo muito curto para desenvolver um novo carro. Contudo, o T4 poderia ter motor e câmbio trocados numa aceleração eventual do processo.

No Brasil, Cummins e MWM produzem motores diesel eficientes e potentes para atender uma Troller novamente nacional. O segundo fabricante foi o segundo fornecedor da marca até a venda da marca para a Ford.

Ainda assim, no histórico da Ford, as marcas vendidas tiveram fornecimento garantido pela FoMoCo, nome que a americana usa como fornecedora. Nesse caso, o motor diesel Duratorq 3.2 de cinco cilindros seria mantido.

Contudo, o processo duraria pouco mais de um ano, visto que a Ford acelera o processo de mudança da Ranger na Argentina e o motor diesel EcoBlue 2.0 será usado em lugar do atual.

Na fase atual, já se espera um breve anúncio da venda da Troller por parte da Ford e, naturalmente, o que o novo comprador pretende para o futuro da marca, que pode até produzir veículos elétricos, segundo propostas.

[Fonte: Diário do Nordeste]

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações.