Fiat Hatches Matérias NA

Uno 2010: preços, versões, detalhes, consumo, motor e equipamentos

Uno 2010: preços, versões, detalhes, consumo, motor e equipamentos

“Novo tudo”. Foi assim que a Fiat descreveu o Uno 2010 há uma década, quando depois de muitos anos de presença da revolucionária primeira geração do compacto italiano, agora vinha o futuro.


O hatch compacto da Fiat agora tinha uma segundo geração bem estilosa, que trouxe ao mercado a perspectiva de uma proposta de personalização jamais vista, mas que acabou esbarrando em uma prática da própria montadora.

Desenvolvido no Brasil, porém, com assistência da Itália, o Novo Uno 2010 apareceu com uma adaptação da plataforma do Fiat Palio e outros melhoramentos locais, mas com estilo inspirado no Fiat Panda.

Com a temática estética de “quadrado redondo”, o Uno 2010 trouxe um visual bem elaborado para um carro popular, introduzindo detalhes no estilo que chamaram a atenção.

Como sempre, a Fiat sabia fazer uma campanha de marketing bem elaborada para o projeto do Uno 2010, que acabou sendo uma das mais elogiadas. O hatch voltou à personalização, com mais de 1.600 opções na catálogo enorme.

O cliente podia simplesmente entrar no site ou ir ao revendedor, escolher de cores discretas às mais chamativas, além de faixas e acessórios estéticos diversos, criando virtualmente seu próprio Fiat Uno.

Isso chamou a atenção do mercado para algo fora do comum, contudo, a própria Fiat esbarrou num problema clássico, a relação entre montadora e revendedores.

Como se sabe, os concessionários são obrigados a faturar determinados lotes mensalmente e precisam “bater a cota” todo mês para manter-se no azul. Dessa forma, a Fiat enviada lotes com unidades do Novo Uno 2010 em configuração padrão.

Muitas das opções escolhidas pelo cliente não podiam ser instaladas na loja, visto que um dos argumentos era de que o comprador podia modificar seu carro antes de entrar na linha de montagem.

Assim, as revendas passaram a desestimular os clientes a encomendarem o Uno, apresentando tempos de espera enormes. Então, “incentivavam” os compradores a pegarem seus carros no estoque, aquele que a Fiat havia “empurrado” nelas.

Apesar do fracasso da personalização, consequente dessa prática, o Uno 2010 se deu bem em sua estreia, pois trazia novidades e deixavam o Palio bem mais velho do que já era.

Fabricado em Betim, unicamente, o Fiat Uno 2010 de segunda geração era um carro maior, porém, não tão espaço quanto o antigo, que continuava em produção, mas com o nome mudado para Mille.

Como tinha mais “recheio” em acabamento para ser um carro confortável e atual, o novo modelo tinha assim um habitáculo perceptivelmente reduzido, inclusive no porta-malas, que tinha 280 litros contra 290 do Mille.

De qualquer forma, tinha um conforto superior, com suspensão McPherson na frente e eixo de torção atrás. Tendo uma carroceria mais rígida e segura, o popular da marca italiana era mais apreciável.

Também trouxe um acabamento superior, tendo elementos estéticos aos milhares com o símbolo do Novo Uno, mesmo nas partes menos visíveis do compacto.

Com grandes faróis e uma cara simpática, não tinha como o produto ser rejeitado pelo mercado. Sob o capô, o conhecido motor Fire (1.0 e 1.4) ganhou uma evolução para ficar mais potente e econômico.

Com versões Vivace 1.0, Attractive 1.4, Way (com as duas opções de motor) e a Sporting, que chegou poucos meses depois, o Uno 2010 chegou apenas com carroceria de 4 portas, mas receberia apenas 2 no ano seguinte, mas sem vingar.

Uno 2010 – detalhes

Uno 2010: preços, versões, detalhes, consumo, motor e equipamentos

O Uno 2010 é um carro popular, mas sobretudo, emocional. Com um bom italiano, embora agora naturalizado brasileiro, o hatch de acesso da Fiat tinha linhas que inspiravam as pessoas e saía do lugar comum com sua personalidade.

A marca queria ousar e, para isso, trouxe um estilo “quadrado redondo” que praticamente tornava o Uno um carro único em seu portfólio, não tendo relação visual com nenhum outro.

Anos depois, apenas a Nova Fiorino foi fiel ao original, com o Mobi se inspirando levemente no irmão mais velho. Tendo uma frente expressiva, o Uno 2010 tinha faróis grandes e levemente amendoados, com lentes simples e piscas integrados.

O capô era curto e não havia grade, apenas uma parte preta (Vivace) ou na cor do carro (Attractive) com três elementos quadrados do lado esquerdo do veículo. Estes podiam ser personalizados com cores contrastantes.

Já o para-choque tinha um formato envolvente e suave, com boca grande e barra com suporte de placa, além de grelha centrada e molduras para os faróis de neblina.

Com teto quase reto, o Uno 2010 não era um carro alto e estranhamente tinha uma linha de cintura bem baixa, mas sem uma área envidraçada digna de nota. Isso era o efeito de sua proposta de estilo, sendo bem quadradinho.

As saias de rodas eram abauladas, as maçanetas embutidas e os retrovisores pronunciados. Nas portas, as maçanetas e os retrovisores podiam vir na cor do carro, dependendo da versão.

Apresentando colunas retas, especialmente com a junção vertical nas portas dianteiras, que chamavam atenção, o Novo Uno 2010 valorizava a robustez com colunas C largas.

Na traseira, as lanternas iam junto da vigia, deixando um conjunto limpo e amplo abaixo. Podia ter limpador e lavador, além de desembaçador, do vidro traseiro.

O para-choque envolvente tinha dois refletores e a placa, podendo ser pintado na cor do carro, na versão Vivace. As rodas eram aro 13, 14 ou 15 polegadas, esta última no Uno Sporting.

Já os pneus variam conforme a aplica. No Vivace, por exemplo, eram basicamente 165/70 R13, enquanto a Attractive tinha 175/65 R14. Na Sporting, o conjunto media 185/60 R15.

O Uno 2010 tinha ainda a opção Way, que podia ser adquirida com motor 1.0 ou 1.4. Em ambas, o visual era o mesmo. A frente era toda preta e os 3 elementos tinham cores contrastantes.

Os faróis tinham máscara negra, tendo ainda o Uno Way, faróis de neblina e protetor inferior em cor cinza. Com suspensão elevada, tendo vão livre de 183 ou 190 mm, respectivamente 1.0 e 1.4, o aventureiro tinha mais detalhes.

As saias de rodas recebiam protetores plásticos pretos, que também iam personalizados nas portas com a inscrição Way. O modelo tinha também retrovisores na cor do carro, mas com pescoço preto, além de barras personalizadas no teto.

Havia ainda antena do rádio pronunciada, bem como lanternas escurecidas na traseira, onde o para-choque também era preto e com protetor inferior em cinza. O Uno Way tinha maçanetas pretas e rodas de liga leve aro 14 exclusivas.

Os pneus eram de uso misto, sendo 175/65 R14 no 1.0 e 175/70 R14 no 1.4. Já o Uno Sporting tinha uma cara totalmente diferente. Focado na esportividade, o hatch popular só tinha aparência, pois o desempenho era sofrível.

Com faróis escurecidos, tinha opção de cores fortes e que expressavam desempenho. A frente era toda na cor do carro, com faróis de neblina e spoiler na base do para-choque.

As rodas de liga leve aro 15 polegadas eram exclusivas, tendo estas pneus 185/60 R15, que acrescentavam uma pegada levemente melhor ao dirigir. Todos os detalhes eram na cor do carro e havia faixas decorativas nas laterais.

Além da antena no teto e das lanternas escurecidas, o Uno Sporting tinha defletor de ar discreto e em preto, no alto da tampa do bagageiro.

Ela ainda tinha faixa decorativa, enquanto o para-choque tinha aplique central preto como na Attractive. Havia spoiler integrado na cor do carro e escape de ponteira dupla. Nas laterais também haviam saias decorativas.

Com colunas B pretas, o Uno Sporting tinha molduras finas nas saias de rodas. Apesar do apelo esportivo, faltava motor. Já por dentro, essa versão tinha visual diferenciado.

Dentro do Uno 2010, o ambiente era interessante, com painel dotado de difusores de ar circulares, além de apliques personalizáveis próximo do cluster, que podiam ser escolhidos no configurador.

Já a instrumentação analógica tinha um mostrador circular grande com o velocímetro e display do computador de bordo, além de outro meia-lua para o conta-giros. O nível de combustível e temperatura da água iam no display mencionado.

O volante era simples de três raios e sem comandos, podendo ser revestido em couro com costuras vermelhas no Uno Sporting, que também tinha cluster com aro em mesmo tom e o marcador de temperatura da água era analógico.

Junto ao ar condicionado manual, haviam dois botões para os vidros elétricos das portas dianteiras, já que as traseiras eram manuais. As portas tinham desenho moderno e minúsculos elementos texturizados alusivos ao produto.

A padronagem dos bancos mudava conforme a versão, sendo bem simples na Vivace, um pouco mais elaborada na Attractive e mais premium na Way e Sporting, ambas com costuras duplas aparentes e bordados respectivos.

No Sporting, as portas tinham puxadores na cor laranja. O banco traseiro era inteiriço e vinha com 3 apoios de cabeça, mas com cinto central de 2 pontos apenas. A padronagem era a mesma dos bancos da frente.

Os retrovisores tinham ajustes manuais e a coluna de direção podia ser ajustada apenas em altura. O Uno 2010 tinha opcionalmente um sistema de áudio simples (1din) com Bluetooth, CD player e MP3.

Havia bons porta-copos e alavanca de câmbio anatômica, que podia ser revestida em couro, dependendo da versão. O porta-luvas era bom, enquanto o espaço interno apenas razoável para sua categoria, tal como o bagageiro de 280 litros.

Para abri-lo, havia uma alavanca no assoalho junto com outra para a portinhola do bocal de abastecimento que, em caso de quebra deste dispositivo, havia uma cordinha no porta-malas que permitia acessa-lo.

Uno 2010 – versões

Uno 2010: preços, versões, detalhes, consumo, motor e equipamentos

  • Fiat Uno Vivace 1.0
  • Fiat Uno Attractive 1.4
  • Fiat Uno Way 1.0
  • Fiat Uno Way 1.4
  • Fiat Uno Sporting 1.4

Equipamentos

Uno 2010: preços, versões, detalhes, consumo, motor e equipamentos

Fiat Uno Vivace 1.0 – Motor 1.0 Fire Evo, mais câmbio manual de cinco marchas, acrescentando relógio digital, rodas de aço aro 13 com calotas integrais, fonte de 12V, ganchos para retenção de carga, bolsa porta-objetos nas portas dianteiras, espelho de cortesia do lado do passageiro, brake-light, apoios para cabeça traseiros, entre outros.

Opcionais: direção hidráulica, ar-condicionado, airbags para motorista e passageiro, console no teto, cintos de segurança dianteiros com pré-tensionador, vidros elétricos dianteiros, freios ABS com EBD, para-brisa térmico, porta-óculos, cintos de segurança dianteiros com regulagem de altura, rodas em liga-leve aro 14 polegadas, travas elétricas, faróis de neblina, para-brisa degradê, vidro traseiro térmico temporizado com limpador e lavador, banco do motorista com regulagem de altura, terceiro apóia cabeça no banco traseiro e volante com regulagem de altura, rádio Connect com CD/MP3/USB/Bluetooth e comando interno de abertura do porta-malas e da tampa do combustível.

Fiat Uno Attractive 1.4 – Itens do Vivace 1.0, mais motor Fire Evo 1.4, além comando interno de abertura do porta-malas e da tampa do combustível, volante com regulagem de altura, cintos de segurança dianteiros com regulagem de altura e laterais traseiros retráteis de três pontos, apoia-pé, conta-giros, console central com porta-copos, porta-óculos, retrovisores externos com comando interno mecânico, alças de segurança traseiras, console de teto, vidro traseiro térmico temporizado, espelho de cortesia do lado do motorista, revestimento preto das colunas das portas, soleiras dianteiras e traseiras,frisos laterais nas portas, limpador e lavador do vidro traseiro e para-choques, maçanetas das portas e espelhos retrovisores na cor da carroceria.

Opcionais: rodas em liga-leve, ar-condicionado, direção hidráulica, airbag duplo, cintos de segurança dianteiros com pré-tensionador, freios ABS com EDB, faróis de neblina, para-brisa térmico, para-brisa degradê, rádio Connect com CD/MP3/USB/Bluetooth, vidros elétricos dianteiros, travas elétricas e banco do motorista com regulagem de altura.

Fiat Uno Way 1.0 – Itens do Vivace 1.0, mais suspensão elevada, barra longitudinal no teto, faróis com máscara negra, lanternas traseiras fumê, revestimento preto nas colunas das portas, conta-giros, elementos estéticos na grade dianteira, porta-luvas iluminado, frisos laterais das portas com inscrição Way, bancos em tecidos de revestimento exclusivo, detalhes estéticos nos para-choques dianteiro e traseiro, bem como molduras nas caixas de roda.

Opcionais: rádio Connect com CD/MP3/USB/Bluetooth, direção hidráulica, faróis de neblina, ar-condicionado, airbag duplo, volante com regulagem de altura, console no teto, banco do motorista com regulagem de altura, cintos de segurança dianteiros com pré-tensionador, vidros elétricos dianteiros, comando interno de abertura do porta-malas e da tampa do combustível, freios ABS com EBD, para-brisa térmico, porta-óculos, rodas em liga-leve aro 14 polegadas, travas elétricas, para-brisa degradê, vidro traseiro térmico temporizado com limpador e lavador, cintos de segurança dianteiros com regulagem de altura, terceiro apoio de cabeça no banco traseiro.

Fiat Uno Way 1.4 – Itens do Way 1.0, mais motor Fire Evo 1.4, além de volante com regulagem de altura, alças de segurança traseiras, cintos de segurança dianteiros com regulagem de altura e laterias traseiros retráteis, apoia-pé, console de teto, console central com porta-copos, limpador e lavador do vidro traseiro com intermitência, porta-óculos, retrovisores externos com comando interno mecânico, pneus de uso misto, espelho de cortesia do lado do motorista, soleiras dianteiras e traseiras, comando interno de abertura do porta-malas e da tampa de combustível e vidro traseiro térmico temporizado.

Opcionais: ar-condicionado, direção hidráulica, faróis de neblina, rodas em liga-leve, airbag duplo, vidros elétricos dianteiros, banco do motorista com regulagem de altura, cintos de segurança dianteiros com pré-tensionador, freios ABS com EDB, travas elétricas, para-brisa térmico, para-brisa degradê e rádio Connect com CD/MP3/USB/Bluetooth.

Fiat Uno Sporting 1.4 – Itens do Attractive, mais rodas aro 15 polegadas com pneus 185/60 R15, visual externo personalizado com faixas decorativas, defletor de ar no teto, faróis e lanternas escurecidos, escape duplo cromado, spoilers nos para-choques e laterais, interior com detalhes personalizados, para-brisa térmico, temperatura da água analógica, bancos personalizados, volante em couro, alavanca de câmbio em couro e suspensão esportiva.

Opcionais: rádio Connect com CD/MP3/USB/Bluetooth, ar-condicionado, direção hidráulica, rodas em liga-leve aro 15 polegadas, banco do motorista com regulagem de altura, cintos de segurança dianteiros com pré-tensionador, faróis de neblina, airbag duplo, freios ABS com EDB, vidros elétricos dianteiros e travas elétricas.

Preços

Uno 2010: preços, versões, detalhes, consumo, motor e equipamentos

  • Fiat Uno Vivace 1.0 – R$ 28.140
  • Fiat Uno Attractive 1.4 – R$ 31.670
  • Fiat Uno Way 1.0 – R$ 29.320
  • Fiat Uno Way 1.4 – R$ 32.480
  • Fiat Uno Sporting 1.4 – R$ 33.970

Uno 2010 – motor

Uno 2010: preços, versões, detalhes, consumo, motor e equipamentos

O Uno 2010 foi equipado com motores Fire, atualizados para o padrão Evo, tendo então o 1.0 com 73/75 cavalos a 6.250 rpm e 9,5/9,9 kgfm a 3.850 rpm, com gasolina e álcool.

No caso do 1.4, o motor de quatro cilindros entregava 85/88 cavalos a 5.750 rpm e 12,4/12,5 kgfm a 3.500 rpm, respectivamente com gasolina e etanol.

Desde os anos 90, o Uno não tinha um motor acima de 1.0 litro, exceto no Uno Furgão, que usava o mesmo Fire 1.3 de até 71 cavalos da Fiat Fiorino. O Uno 2010 tinha apenas câmbio manual de cinco marchas.

Desempenho

Uno 2010: preços, versões, detalhes, consumo, motor e equipamentos

  • Fiat Uno Vivace 1.0 – 13,8 segundos e 153 km/h
  • Fiat Uno Attractive 1.4 – 10,8 segundos e 172 km/h
  • Fiat Uno Way 1.0 – 15,8 segundos e 151 km/h
  • Fiat Uno Way 1.4 – 11,5 segundos e 167 km/h
  • Fiat Uno Sporting 1.0 – 11,2 segundos e 172 km/h

Consumo

Uno 2010: preços, versões, detalhes, consumo, motor e equipamentos

  • Fiat Uno Vivace 1.0 – 8,3/9,4 km/l e 12,3/14,5 km/l
  • Fiat Uno Attractive 1.4 – 7,1/8,2 km/l e 10,7/13,2 km/l
  • Fiat Uno Way 1.0 – 6,6/7,8 km/l e 10,1/12,0 km/l
  • Fiat Uno Way 1.4 – 7,1/8,7 km/l e 10,3/12,6 km/l
  • Fiat Uno Sporting 1.0 – 7,6/9,0 km/l e 11,2/13,6 km/l

Uno 2010 – manutenção e revisão

Uno 2010: preços, versões, detalhes, consumo, motor e equipamentos

Revisão10.000 km20.000 km30.000 km40.000 km50.000 kmTotal
1.0 Fire EvoR$ 212,00R$ 464,00R$ 680,00R$ 624,00R$ 432,00R$ 2.412,00
1.4 Fire EvoR$ 224,00R$ 472,00R$ 708,00R$ 632,00R$ 444,00R$ 2.480,00

Uno 2010 – ficha técnica

Uno 2010: preços, versões, detalhes, consumo, motor e equipamentos

Motor1.0 Fire Evo1.4 Fire Evo
Tipo
Número de cilindros4 em linha4 em linha
Cilindrada em cm39991242
Válvulas88
Taxa de compressão12,1:111:1
Injeção eletrônicaIndireta FlexIndireta Flex
Potência máxima73/75 cv a 6.250 rpm (gasolina/etanol)85/88 a 5.750 rpm (gasolina/etanol)
Torque máximo9,5/9,9 kgfm a 3.850 rpm (gasolina/etanol)12,4/12,5 kgfm a 3.500 rpm (gasolina/etanol)
Transmissão
TipoManual de 5 marchasManual de 5 marchas
Tração
TipoDianteiraDianteira
Direção
TipoMecânica ou HidráulicaMecânica ou Hidráulica
Freios
TipoDiscos dianteiros e tambores traseirosDiscos dianteiros e tambores traseiros
Suspensão
DianteiraMcPhersonMcPherson
TraseiraEixo de torçãoEixo de torção
Rodas e Pneus
RodasAço ou Liga leve, aro 13 ou 14 polegadasAço ou Liga leve, aro 14 ou 15 polegadas
Pneus165/70 R13 ou 175/65 R14175/65 R14, 175/70 R14 ou 185/60 R15
Dimensões
Comprimento (mm)3.7703.770
Largura (mm)1.636, 1.656 (Way)1.636, 1.670 (Sporting), 1.656 (Way)
Altura (mm)1.480, 1.548 (Way)1.480, 1.490 (Sporting), 1.555 (Way)
Entre eixos (mm)2.3762.376
Capacidades
Porta-malas (L)280280
Tanque de combustível (L)4848
Carga (Kg)400400
Peso em ordem de marcha (Kg)895, 920 (Way)925, 940 (Way), 955 (Sporting)
Coeficiente aerodinâmico (cx)0,350,35

Uno 2010 – fotos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Fernando Piston

    Esse novo Uno é um engodo comparado ao antecessor. bebe mais, anda menos, mais frágil, mais barulhento e mais problemático.

  • Rick Wakeman

    O design desse uno foi (e ainda é) revolucionário. Lanternas até o teto, a frente não simétrica, detalhes exclusivos (até hj, acho que não tem carro com lanternas traseiras até o teto).

    Só que era mais apertado que o uno anterior. Eu tive dois milles, e um novo uno, Vivace. Embora o novo uno seja mais moderno, não tinha o espaço do mille, o banco era mais baixo, vidros menores. Ou seja, o design foi revolucionário, mas o carro em si achei pior do que o Mille.

    A Fiat atualizou o novo uno, mudou a frente, melhorou o acabamento, Hill holder, câmbio automatizado sem alavanca (outra novidade) mas o carro não agrada mais. Pequeno por dentro e caro. Antes da Fiat lançar o Mobi, o uno já vinha caindo nas vendas. Infelizmente, a Fiat não atualizou o Uno. Deveria lançar uma versão nova,com mais espaço interno, pra brigar com Joy e ka. A vêrsao atual não tem atrativo nenhum pra PF, em função do custo benefício.

    • Fernando Piston

      O AirCross possui o mesmo tipo de lanterna.

      • Rick Wakeman

        Bem lembrado. Antes tinha a Marea weekend, Focus…

  • TijucaBH

    Pensa em um carro ruim, agora multiplica por 2. Pronto, esse é o Novo Uno 1.0 do início dessa geração. O motor batia pino até parado! Acabamento era pior do que os carros chineses daquela época. Infiltração de poeira e de agua por todo lado, limitadores de porta estalavam como uma metralhadora, borrachas das portas só ficavam presas no lugar usando cola. Tinha também barulho de correia na partida à frio, motor vibrava em marcha lenta pior que Toyota Bandeirante e por aí vai. Tentei achar uma qualidade é a unica que encontrei foi a suspensão. Nao que fosse algo excepcional, mas cumpria sua função sem dar dor de cabeça.

  • Rafael L

    Eu tenho um e amo

  • George Gurgel

    em 2010 R$ 30.000,00
    em 2020 R$ 45.000,00
    em 2030 R$ 65.000,00

  • Adauto Vieira Dias Júnior

    Tive 1 mille, 1 nova geração Way e atualmente um vivace . Minha opinião , o carro é um pelo menos ! Pelo menos não anda a pé . Pq o carro em si tem mais defeitos q qualidades . Sinceramente . Eu gosto da Fiat , mas esse uno G2, é broxante . Bb igual 1.6, ar mal gela , saídas de ar quebra com tudo, o pisca alerta do nada quebra , as borrachas da portas ! Kkkkkkkk vou nem comentar . Mas como eu disse, pelo menos a pessoa não anda a pé . Além de a manutenção ser barata , entre aspas . Pq já foi do tempo de carro popular tem manutenção barata . Kkkkk. Vão desculpando os erros ortográficos.

    • Rick Wakeman

      Eu tb penso assim. Já tive Civic (usado), Stepway, Uno, Palio, Versa, etc….hoje tenho um Mobi. Paguei 35 mil. Não tenho dívidas. Tenho carro e fico com dinheiro pra viajar, gastar em outras coisas que a vida proporciona… Não preciso pegar ônibus. O carro me leva a qq lugar. É econômico. Desvaloriza pouco. Como é novo, mecânico eu nem passo perto! Claro que não é confortável quanto um Civic, mas quando tenho que fazer revisão, pagar seguro, IPVA, ou revender, penso na economia que o Mobi me proporciona em relação a outros carros mais caros, aí fico satisfeito com o carro.

      • Adauto Vieira Dias Júnior

        Pois é, penso da mesma forma, hj tenho o meu quitado e em dias com IPVA e seguro. a despesa q tenho é so com gasolina e manutenção. Por mais q ele seja esse pelo menos é quem tá me dando o maior apoio nesse tempo. penso em troca-lo, mas só depois q essa pandemia ficar mais de boa como se diz. srsrsrsrsrs mas o uno por mais q seja ruim, é um carro guerreiro. pau para toda obra.

    • Assuero Queiroz

      Tive um Way 1.0 e um Vivace 1.0. Concordo com tudo o que você falou.
      E ainda acrescento os limitadores de porta que faziam um barulho irritante fazendo a vizinhança toda saber que você chegou.
      Acabamento frágil; câmbio péssimo; motor fraco…
      Não vejo sentido nesse carro.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por 15 anos. Saiba mais.

Notícias por email