Uno 2013: versões, motor, consumo, detalhes, preços e fotos

Uno 2013: versões, motor, consumo, detalhes, preços e fotos

O Uno 2013 foi vendido em duas gerações, sendo a primeira geração conhecida como Mille e a segunda como Novo Uno, tendo ainda duas motorizações e pelo menos 11 versões regulares. Ambos eram feitos em Betim-MG.


Eles dividiram a linha de montagem com modelos como o Fiat Grand Siena e o Fiat Doblo, por exemplo. Além de outros modelos do fabricante italiano.

O Mille não teve novidades, visto que a Fiat já se preparava para por um fim no modelo arcaico, que estava no mercado desde 1983. Já o Novo Uno teve algumas coisas importantes adicionadas nesse ano/modelo.

A primeira delas foi a ausência da versão Attractive, que saiu de linha e sem deixar sucessora. Outras incluem novas calotas, pomo de câmbio atualizado, nova cor nas saídas de ar e apoio de cabeça com regulável nos bancos dianteiros.

Na Vivace, a versão de entrada, o Uno 2013 passou a ter para-choques pintados na cor do veículo de série, visto que antes isso era um opcional. Já a versão Economy recebeu novos tecidos dos bancos.

Uno 2013 – detalhes

Uno 2013: versões, motor, consumo, detalhes, preços e fotos

Por fim, o Uno Sporting e Uno Way receberam airbag duplo e freios ABS de série, porém, somente com motor 1.4 litro. Mesmo assim, computador de bordo, volante atualizado, detalhes de customização interna e externa viraram opcionais.

As rodas passaram a ter opção de parafusos antifurto, ampliando a segurança. Essas duas versões ganharam também função de limpador automático na ré. Essas alterações deixaram o Novo Uno 2013 um pouco melhor, mas ele ainda devia.

O Mille era equipado com motor 1.0 Fire de 8 válvulas com até 66 cavalos e 9,2 kgfm a 2.500 rpm, sendo um propulsor mais que suficiente para o antigo modelo da Fiat, que tinha carroceria quadradona com duas ou quatro portas.

Ele era oferecido nas versões Economy e Way, sendo essa última com faixas decorativas, protetores adicionais e suspensão elevada. Já o Uno manteve a versão Economy, reforçada com a saída da Attractive.

Além disso, a versão Sporting tinha uma proposta bem interessante em termos visuais, mas sua performance era muito inferior a qualquer tentativa de ser esportivo. Seu motor Fire Evo 1.4 com até 88 cavalos e 12,5 kgfm era muito pouco.

Uno 2013: versões, motor, consumo, detalhes, preços e fotos

Mesmo com câmbio manual de cinco marchas, o Uno Sporting não conseguia imprimir um ritmo aceitável. Já o Uno Way era uma opção mais adequada, seguindo os passos do Miller com sua suspensão elevada e visual personalizado.

O Uno Way tinha somente quatro portas, tal como o Sporting. Na base, o Vivace com motor 1.0 ainda era a oferta mais em conta do compacto, que media 3,77 m de comprimento e 2,37 m de base. O Mille tinha 3,69 m e 2,36 m, respectivamente.

Com bom espaço, apesar do tamanho, o Mille aproveitava bem todos os cantos da carroceria quadrada, tendo também um porta-malas com 290 litros ante 280 litros do Novo Uno. Mas, o habitáculo não era muito espaçoso.

Próximo da obrigatoriedade de freios ABS com EDB, bem como airbag duplo, que seriam impostos pelo governo a partir de 1 de janeiro de 2014. A partir daí, o Mille deixou de ser produzido e o Novo Uno seguiu adiante.

Após pressão de Mobi e Argo, o Uno desapareceu do ranking dos mais vendidos e seria retirado de produção, mas no começo de 2021, o hatch teve procura expressiva. Dessa forma, a Fiat desistiu de tirá-lo e ele ficará por mais tempo.

Uno 2013: versões, motor, consumo, detalhes, preços e fotos

O Uno 2013, nos modelos Mille e Novo Uno, tinha dois estilos bem diferentes, que refletiam suas idades. O Mille tinha faróis simples com piscas e lanternas integradas, tendo grade com molduras cinzas e frisos duplos com logo da Fiat.

Já o para-choque tinha acabamento cinza na parte superior e na cor do carro, na inferior. Os retrovisores eram pretos e não havia maçanetas na versão duas portas, mas com quatro entradas, elas eram pretas e volumosas.

Na traseira, as lanternas tinham lentes de dupla tonalidade e a tampa do bagageiro tinha vigia com limpador e lavador, assim como desembaçador. Os vidros eram claros e o para-brisa não era degradê, tendo limpador único.

Dentro, o acabamento era extremamente simples, com painel retilíneo, tendo cluster bem rústico, com velocímetro de fundo branco, nível de combustível, temperatura da água colorida e econômetro.

Difusores de ar quadrados, ar-condicionado com comandos simples, volante sem ajuste de altura e sistema de som 1din com CD player, MP3 e USB. O painel tinha ainda porta-objetos na parte superior e porta-luvas pequeno.

Os bancos tinham tecido simples e sistema de articulação para basculamento de modo a dar acesso ao banco traseiro na versão duas portas. Nas portas traseiras, só existiam vidros manuais, enquanto os dianteiros podiam ser elétricos.

Uno 2013: versões, motor, consumo, detalhes, preços e fotos

O Mille podia ter travamento elétrico também, bem como direção hidráulica. Atrás, o banco era inteiriço e rebatível, ampliando o espaço do porta-malas, que tinha 290 litros.

No cofre do motor ficava o estepe simples, com pneus 145/80 R13, enquanto por fora, os pneus eram 165/70 R13 com rodas de aço com calotas. Na versão Way, os para-choques totalmente em cinza e saias de rodas protegidas por molduras.

As rodas de aço tinham aro 14 polegadas com calotas específicas e pneus 175/70 R14. A suspensão era elevada e havia faixas decorativas nas laterais. O Mille Way só era oferecido com quatro portas.

Já o Novo Uno 2013 tinha frente sem grade, com três elementos estéticos e com faróis grandes, dotados de lentes simples e piscas, bem como lanternas. O para-choque tinha moldura cinza com suporte de placa e grade.

Molduras laterais podiam ter faróis de neblina. Já as saias de rodas abauladas na versão Vivace ou Economy, não tinham molduras especiais, estas vistas apenas nas versões Sporting e Way.

Uno 2013: versões, motor, consumo, detalhes, preços e fotos

Atrás, as lanternas arredondadas nas colunas C eram claras nas versões Vivace e Economy, mas escurecidas na Sporting. Os faróis eram escurecidos nesta versão. O para-choque sustentava a placa e com moldura cinza com refletores.

No Uno Sporting, esses detalhes eram pretos, inclusive com frisos nas saias de rodas. Ele tinha escape duplo cromado e defletor de ar no teto, bem como rodas esportivas aro 15 polegadas com pneus 185/60 R15.

Spoilers eram presentes também nos para-choques e saias laterais, retrovisores em dois tons e interior com bancos personalizados. Nas versões Vivace e Economy, tinham acabamento mais simples e padronagens específicas.

O painel do Novo Uno 2013 tinha difusores de ar circulares e volante de três raios, mas sem comandos. Este tinha ajuste de altura e assistência hidráulica, tendo ainda o painel um cluster com display digital para o nível de combustível.

Havia ainda computador de bordo, bem como velocímetro, conta-giros e marcador de temperatura da água. O rádio era 1din com CD player, Bluetooth e USB, tendo ainda comandos de ar-condicionado e alavanca de desenho exclusivo.

O Uno 2013 tinha acabamento com logotipia de lançamento em todas as partes plásticas, tendo ainda banco traseiro inteiriço ou bipartido, bem como console no teto com espelho convexo e porta-documentos, além de luzes de leitura.

Uno 2013: versões, motor, consumo, detalhes, preços e fotos

Com espaço reduzido, o modelo tem porta-malas com 280 litros e assoalho irregular com tecido. As portas tinham ainda vidros elétricos nas dianteiras e os traseiros em botões no painel.

Na versão Way, o Uno tem para-choques na cor cinza com molduras abauladas nas saias de rodas, assim como protetores na base das portas. Com suspensão elevada, o modelo tinha barras longitudinais no teto e rodas de aço com calotas.

Por dentro, o Uno Way tinha apenas padronagem diferenciada, não se destacando por outras coisas. O modelo tinha opção de rodas de liga leve aro 14 polegadas e pneus de uso misto.

Havia ainda console de teto com espelho convexo e porta-documentos, luzes de leitura, abertura interna do bocal do tanque e porta-malas, computador de bordo, porta-copos, retrovisores externos com controle elétrico, entre outros.

Uno 2013 – versões

  • Fiat Uno Mille 1.0 2 portas
  • Fiat Uno Mille 1.0 2 portas
  • Fiat Uno Mille Way 1.0 2 portas
  • Fiat Uno Mille Way 1.0 4 portas
  • Fiat Uno Vivace 1.0 Evo Flex 2 portas
  • Fiat Uno Vivace 1.0 Evo Flex 4 portas
  • Fiat Uno Economy 1.4 Evo Flex 2 portas
  • Fiat Uno Economy 1.4 Evo Flex 4 portas
  • Fiat Uno Way 1.0 Evo Flex 4 portas
  • Fiat Uno Way 1.4 Evo Flex 4 portas
  • Fiat Uno Sporting 1.4 Evo Flex 4 portas

Uno 2013: versões, motor, consumo, detalhes, preços e fotos

Equipamentos

Fiat Uno Mille 1.0 2 portas – Motor 1.0 e câmbio manual, mais direção mecânica, ventilador, vidros claros, cobertura no porta-malas, vidros manuais, travas manuais, rodas de aço aro 13 polegadas com calotas, pneus 165/70 R13, retrovisores externos com controle interno, para-choques na cor do carro, retrovisores e maçanetas de cor cinza, entre outros.

Opcionais: Ar-condicionado, direção hidráulica, vidros dianteiros elétricos, travamento central elétrico, preparação para som, rádio com CD/MP3/USB, entre outros.

Fiat Uno Mille 1.0 4 portas – Itens de série e opcionais, mais portas traseiras com vidros manuais.

Fiat Uno Mille Way 1.0 2 portas – Itens acima, mais suspensão elevada, protetores nas saias de rodas e faixas decorativas.

Fiat Uno Mille Way 1.0 4 portas – Itens de série e opcionais, mais portas traseiras com vidros manuais.

Fiat Uno Vivace 1.0 Evo Flex 2 portas – Motor 1.0 e câmbio manual de cinco marchas, mais direção hidráulica, vidros dianteiros elétricos, travamento central elétrico, retrovisores externos com controle interno, rodas de aço aro 14 polegadas, pneus 175/65 R14, para-choques na cor do carro, retrovisores na cor do carro, maçanetas cinzas, espelho interno dia e noite, vidros traseiros manuais, vidros verdes, para-brisa degradê, bancos em tecido, coluna de direção ajustável, entre outros.

Opcionais: Ar-condicionado, preparação para som com quatro alto-falantes, airbag duplo, freios ABS, console no teto, lavador e limpador do vidro traseiro, desembaçador traseiro, entre outros.

Fiat Uno Vivace 1.0 Evo Flex 4 portas – Itens de série e opcionais, mais portas traseiras com vidros manuais.

Fiat Uno Economy 1.4 Evo Flex 2 portas -Itens do Vivace, mais motor 1.4, ar-condicionado, sistema de som com rádio CD player, USB e auxiliar, lavador e limpador do vidro traseiro, desembaçador traseiro e calotas integrais exclusivas.

Opcionais: Airbag duplo, freios ABS, rodas de liga leve, sensor de estacionamento, console no teto, alarme, entre outros.

Fiat Uno Economy 1.4 Evo Flex 4 portas – Itens de série e opcionais, mais motor 1.4 litro.

Fiat Uno Way 1.0 Evo Flex 4 portas – Itens do Economy, mais airbag duplo, freios ABS, para-choques cinzas, saias de rodas abauladas, pneus 175/70 R14 de uso misto, calotas especiais, barras longitudinais no teto, padronagem específica, entre outros.

Opcionais: Rodas de liga leve, sensor de estacionamento, console no teto, alarme, entre outros.

Fiat Uno Way 1.4 Evo Flex 4 portas – Itens de série e opcionais, mais motor 1.4 litro.

Fiat Uno Sporting 1.4 Evo Flex 4 portas – Itens do Economy, mais escape duplo cromado, airbag duplo, freios ABS, faixas decorativas, defletor de ar traseiro, rodas esportivas aro 15 polegadas, pneus 185/60 R15, faróis de neblina, bancos com padronagem exclusivas, detalhes exteriores pretos, entre outros.

Uno 2013: versões, motor, consumo, detalhes, preços e fotos

Preços

  • Fiat Uno Mille 1.0 2 portas – R$ 21.360
  • Fiat Uno Mille 1.0 4 portas – R$ 23.050
  • Fiat Uno Mille Way 1.0 2 portas – R$ 21.840
  • Fiat Uno Mille Way 1.0 4 portas – R$ 23.560
  • Fiat Uno Vivace 1.0 Evo Flex 2 portas – R$ 24.260
  • Fiat Uno Vivace 1.0 Evo Flex 4 portas – R$ 25.930
  • Fiat Uno Economy 1.4 Evo Flex 2 portas – R$ 26.460
  • Fiat Uno Economy 1.4 Evo Flex 4 portas – R$ 28.180
  • Fiat Uno Way 1.0 Evo Flex 4 portas – R$ 26.890
  • Fiat Uno Way 1.4 Evo Flex 4 portas – R$ 31.870
  • Fiat Uno Sporting 1.4 Evo Flex 4 portas – R$ 33.340

Uno 2013 – motor

O Uno 2013 usou apenas uma família de motores de origem Fiat, a linha Fire. Desenvolvida na Itália em 1985, essa gama de motores compactos da marca italiana ficou conhecida também como Termoli, sendo feita em Termini Imerese, Sicília.

O propulsor tinha bloco em ferro fundido com cabeçote de alumínio com duas válvulas por cilindro, acionadas por comando único sem variação, tendo ainda fluxo cruzado e alimentação por injeção eletrônica multiponto.

Com taxa de compressão alta, o Fully Integrated Robotized Engine é conhecido pelo torque em baixa rotação e baixo consumo de lubrificante, sendo um motor ainda usado na Europa, em sua versão 1.2 16V e também 1.4 16V MultiAir.

Desembarcado no Brasil em 1999, o Fire teve versões 0.8, 0.9, 1.0, 1.1, 1.2, 1.3 e 1.4 litro, tendo de 34 até 190 cavalos, este último no Abarth 695. Aqui, ele assumiu o lugar dos motores Fiasa, que eram feitos em Betim-MG.

No Uno Mille, o Fire 1.0 tinha uma programação diferente, mais fraca, rendendo somente 65 cavalos na gasolina e 66 cavalos no etanol, ambos a 6.000 rpm. Já o torque era de 9,1 kgfm no primeiro e 9,2 kgfm no segundo, a 2.500 rpm.

Essa característica é interessante, visto que somente o motor EA111 1.6 VHT da Volkswagen girava nessa rotação com torque máximo.

O pequeno da Fiat tinha ainda transmissão manual de cinco marchas, o conhecido câmbio C513, que ainda usava trambulador com varão de acionamento. Já o Novo Uno era mais moderno e usava cabos de aço para as mudanças.

No hatch lançado em 2010, a transmissão manual era a mesma do Mille, mudando-se o escalonamento das marchas e o acionamento. Já na motorização, o Novo Uno 2013 tinha mais potência e duas opções de propulsor Fire.

O primeiro era o Fire 1.0 8V, o mesmo do Mille, porém, com calibragem diferente, entregando assim 73 cavalos na gasolina e 75 cavalos no álcool, ambos a 6.250 rpm.

Esse propulsor entregava 9,5 kgfm na gasolina e 9,9 kgfm no etanol, ambos a 3.500 rpm. O Novo Uno ainda não havia recebido a transmissão automatizada Dualogic, que permitiria mudanças manuais no volante ou na alavanca.

Uno 2013: versões, motor, consumo, detalhes, preços e fotos

Desempenho

  • Fiat Uno Mille 1.0 manual – 14,2 segundos e 156 km/h
  • Fiat Uno 1.0 manual – 13,8 segundos e 153 km/h
  • Fiat Uno 1.4 manual – 11,2 segundos e 172 km/h

Consumo

  • Fiat Uno Mille 1.0 manual – 8,8/9,9 km/l e 12,4/14,6 km/l
  • Fiat Uno 1.0 manual – 8,2/10,4 km/l e 11,8/15,0 km/l
  • Fiat Uno 1.4 manual – 7,6/9,0 km/l e 11,2/13,6 km/l

Uno 2013 – manutenção e revisão

A rede Fiat tem plano de manutenção para o Uno 2013 em suas duas gerações, sendo as revisões feitas a cada 10.000 km ou 12 meses, tendo os preços dos serviços a serem consultados nas concessionárias.

Nas revisões, a revenda troca óleo do motor, filtro de ar do motor, filtro de óleo, velas, correia em V, correia dentada, filtro de combustível, filtro de ar da cabine (Novo Uno), fluido de freio, líquido de refrigeração, entre outros.

Além disso, faz serviços de substituição de itens de desgaste natural, tais como molas, amortecedores, feixe de molas (Mille), pneus, rolamentos, pivôs de direção, buchas de balança, batentes das torres, pastilhas de freio e discos de freio.

Também coxins de motor e câmbio, lonas de freio traseiras e buchas da barra estabilizadora. Funilaria, pintura, higienização, limpeza sanitária, instalação de acessórios, recall e outros serviços são prestados também.

O serviço de pós-venda inclui ainda verificação de vários itens básicos do veículo, de modo a identificar possíveis defeitos e problemas, recomendando o serviço, tendo entre eles parte elétrica, suspensão, direção, freios e sistemas eletrônicos.

Uno 2013 – ficha técnica

Motor1.0 Mille1.4 Uno1.4 Uno
Tipo
Número de cilindros4 em linha4 em linha4 em linha
Cilindrada em cm39999991368
Válvulas888
Taxa de compressão11,65:112,15:112,35:1
Injeção eletrônicaIndiretaIndiretaIndireta
Potência máxima65/66 cv a 6.000 rpm (gasolina/etanol)73/75 cv a 6.250 rpm (gasolina/etanol)85/88 cv a 5.750 rpm (gasolina/etanol)
Torque máximo9,1/9,2 kgfm a 2.500 rpm (gasolina/etanol)9,5/9,9 kgfm a 3.850 rpm (gasolina/etanol)12,4/12,5 kgfm a 3.500 rpm (gasolina/etanol)
Transmissão
TipoManual de 5 marchasManual de 5 marchasManual de 5 marchas
Tração
TipoDianteiraDianteiraDianteira
Direção
TipoMecânicaHidráulicaHidráulica
Freios
TipoDiscos dianteiros e tambores traseirosDiscos dianteiros e tambores traseirosDiscos dianteiros e tambores traseiros
Suspensão
DianteiraMcPhersonMcPhersonMcPherson
TraseiraMcPhersonEixo de torçãoEixo de torção
Rodas e Pneus
RodasAço aro 13 polegadasAço ou liga leve aro 14 polegadasAço ou liga leve aro 14 ou 15 polegadas
Pneus165/70 R13175/65 R14175/65 R14 ou 185/60 R15
Dimensões
Comprimento (mm)3.6923.7703.770
Largura (mm)1.5481.6361.636
Altura (mm)1.4451.4801.480
Entre eixos (mm)2.3612.3762.376
Capacidades
Porta-malas (L)290280280
Tanque de combustível (L)504848
Carga (Kg)420400400
Peso em ordem de marcha (Kg)810909955
Coeficiente aerodinâmico (cx)0,360,350,35

Uno 2013 – fotos

https://www.youtube.com/watch?v=PHNxVMyqkZk

Ricardo de Oliveira
Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.