Chevrolet Hatches Sedãs

Vectra Elegance (2005 a 2011): motor, equipamentos e detalhes

A terceira geração do Vectra no Brasil, que chegou ao mercado em 2005, tinha uma versão intermediária chamada Vectra Elegance.

O modelo, que teve uma passagem curta em nosso país ainda é lembrado como um sedan elegante e de linhas sóbrias.


Vectra Elegance (2005 a 2011): motor, equipamentos e detalhes

Vectra Elegance: 2005 a 2009

A terceira geração do Chevrolet Vectra foi apresentado ao público em outubro de 2005 e foi apelidada de Novo Vectra.

Além do Vectra Elegance, tínhamos nesta época uma versão topo de linha chamada Vectra Elite.

Com linhas inspiradas no recente Opel Astra H, o nosso Vectra era basicamente um Astra sedan com o logo dourado da Chevrolet.

Mas para poder afastar um pouco da alcunha europeia a GM nacional investiu pesado no modelo que tinha um design bem elegante e sisudo.

Vectra Elegance (2005 a 2011): motor, equipamentos e detalhes

O exterior do Vectra Elegance vinha com belas rodas de aro 16 de 6 raios, repetidor de seta na lateral da carroceria e frisos laterais na cor da carroceria.

Também contava com ar condicionado digital, com saídas direcionadas para o banco traseiro – item inédito na versão – além de itens de conforto como direção hidráulica, trio elétrico e opcional, a transmissão automática de quatro velocidades.

Vectra Elegance (2005 a 2011): motor, equipamentos e detalhes

O Vectra Elegance era construído na mesma plataforma da Chevrolet Zafira e tinha alguns elementos da plataforma do Astra, isso proporcionou ao modelo um entre eixos de 2,70 metros e um bom espaço interno, principalmente para os ocupantes do banco traseiro que se beneficiavam da plataforma maior.

Com mais de 4,60 metros de comprimento o Vectra Elegance conseguiu tirar o reinado absoluto de modelos de mais prestígio como o Toyota Corolla e Honda Civic.

Vectra Elegance (2005 a 2011): motor, equipamentos e detalhes

No quesito motorização, o Vectra Elegance vinha equipado com o já conhecido motor da família I, os 2.0 litros de 8 válvulas e flexível com 121 cavalos na gasolina e 128 cavalos quando abastecido com álcool.

O torque do Vectra Elegance era de 19,6 kgfm quando abastecido com álcool e 18,3 kgfm quando abastecido com gasolina a 2600 rpm.

O câmbio da versão Elegance era o manual de 5 velocidades ou automático de 4 velocidades.

Vectra Elegance (2005 a 2011): motor, equipamentos e detalhes

No interior, as linhas gerais do painel do Vectra Elegance seguiam a mesma identidade do Opel Astra H, com linhas retas, sóbrias e elegantes.

O painel era bicolor com a parte de cima em preto dividido por uma barra cinza claro. Ao centro ficava a “central multimídia” de 2005, que era basicamente composta por uma disqueteira para 6 discos, controles do ar condicionado e do sistema de som e do rádio.

O painel de instrumentos do Vectra Elegance era bem completo e contava com uma iluminação amarelada com boa visualização.

Os bancos eram forrados de tecido, mas também era possível encontrar a opção de couro. O espaço para os ocupantes do banco traseiro era bem generoso graças aos 2,70 metros de entre eixos herdados da Chevrolet Zafira.

O modelo ainda dispunha de ar digital e computador de bordo – itens interessantes que hoje são padrão para qualquer modelo de qualquer categoria.

Vectra Elegance: 2009 a 2011

O Vectra de terceira geração ganha um facelift que o deixa mais parecido com o Opel Astra H, com a troca dos para choques dianteiros e novos faróis que ficaram levemente maiores e contavam agora com novas lentes do tipo BlueVision, que segundo a GM garantiam uma iluminação cerca de 50% melhor que as lâmpadas convencionais.

Novas rodas eram inseridas no Vectra Elegance, que agora contava também com outras opções de cores, como por exemplo um tom de verde escuro.

Vectra Elegance (2005 a 2011): motor, equipamentos e detalhes

O Vectra Elegance ganhou a mesma motorização do Vectra Elite – a 2.0 litros com 140 cavalos com álcool e 133 cavalos quando abastecido com gasolina e torque de 19,68 kgfm para o álcool e 18,86 kgfm para gasolina.

Internamente o modelo recebeu melhorias no acabamento e novas tonalidades de cor para o interior.

A motorização 2.4 litros de 16 válvulas que equipava o Vectra Elite desde 2005 foi descontinuada por conta de suas altas taxas de consumo de combustível, fazendo com que todas as versões do modelo tivessem o mesmo motor 2.0.

Vectra Elegance (2005 a 2011): motor, equipamentos e detalhes

Outro destaque para o Vectra Elegance ficava por conta da troca de logotipos, sai de cena o logo da Chevrolet dentro do aro redondo e vazado e entra a gravata dourada sustentada por uma barra da cor da carroceria, outra alteração estética fica por conta da saída do repetidor de seta da lateral do modelo que agora foram para os espelhos retrovisores.

Um detalhe curioso é que as rodas do Vectra Elegance mesmo sendo de 16 polegadas tem apenas 4 furos, enquanto que as do Elite tem 5 furos.

Vectra Elegance (2005 a 2011): motor, equipamentos e detalhes

A linha Vectra teve seu fim decretado em 2011 com direito a uma linha especial chamada Vectra Collection, que foi limitada a 2000 unidades numeradas e comercializadas na cor metálica Verde Lotus, com direito a bancos de couro com a inscrição da versão.

Ele também tinha adesivos alusivos a versão nas laterais e manual do proprietário com acabamento em couro.

O modelo deu lugar ao global Cruze que é vendido atualmente e está em sua segunda geração.

Além do Vectra Elegance: Elite e Expression

As demais versões do modelo mais querido da Chevrolet eram as seguintes:

Elite – que trazia de inicio um motor 2.4 litros 16 válvulas e 146 cavalos com gasolina e 150 cavalos com álcool e câmbio automático de 4 velocidades e mais luxos como opção de teto solar e rodas de 17 polegadas.

Vectra Elegance (2005 a 2011): motor, equipamentos e detalhes Vectra Elegance (2005 a 2011): motor, equipamentos e detalhes

E Expression, que vinha com o tradicional motor 2.0 litros 8 válvulas flexível com 121 cavalos na gasolina e 128 cavalos quando abastecido com álcool.

Com menos luxo que o Vectra Elegance e o Vectra Elite, a versão Expression vinha com calotas de aro 15 e não tinha ar condicionado digital por exemplo, e vinha com câmbio de 5 velocidades.

O acabamento era mais simples que o Vectra Elegance por exemplo e o modelo era mais destinado a frotistas e empresas que precisavam de um sedan espaçoso e barato.

Vectra Elegance (2005 a 2011): motor, equipamentos e detalhes

Fora essas versões o Vectra ainda teve uma versão hatchback que por aqui ficou conhecida como Vectra GT e Vectra GTX. O hatch não era chamado de Vectra Elegance ou Vectra Elite, tinha suas versões próprias.

O modelo nada mais era que a versão hatchback com os logos trocados do Opel Astra hatchback, o único senão ficava por conta da falta do modelo de duas portas para o Vectra, e uma versão mais apimentada como no caso do Opel Astra OPC.

As versões hatchback usavam o mesmo conjunto mecânico dos sedans e opções de câmbio também eram as mesmas.

Vectra Elegance (2005 a 2011): motor, equipamentos e detalhes Vectra Elegance (2005 a 2011): motor, equipamentos e detalhes

Sem dúvida quem hoje tem um Vectra Elegance em bom estado aprecia muito o modelo.

Ficha Técnica – Vectra Elegance 2.0 2006

MOTOR
Dianteiro, transversal, quatro cilindros em linha, oito válvulas, 1.998 cm3 de cilindrada, que gera 121 cv a 5.200 rpm (gasolina) e 127,6 cv a 5.200 rpm (álcool) e torque máximo de 18,3 kgfm a 2.600 rpm (gasolina) e de 19,6 kgfm a 2.400 rpm (álcool)
TRANSMISSÃO
Câmbio man de 5 marchas; tração dianteira
SUSPENSÃO
DianteiraIndependente, do tipo McPherson, com braço de controle ligado ao subchassi e barra de torção ligada à haste tensora
TraseiraSemi-independente, com viga de torção soldada com dois braços fundidos de controle
RODAS / PNEUS
6,5J x 16 pol (em liga leve) / 205/55 R 16
DIREÇÃO
Do tipo pinhão e cremalheira, com assistência hidráulica
FREIOS
Discos ventilados na dianteira e sólidos na traseira, com sistema ABS
TANQUE DE COMBUSTÍVEL
52 litros
CAPACIDADE DO PORTA-MALAS
526 litros
PESO
1.275 kg
PRINCIPAIS EQUIPAMENTOS DE SÉRIE
Sistema de alarme com controle remoto; alarme sonoro de faróis acesos e chave na ignição; chapa de proteção para cárter e motor; terceira luz de freio; cinto traseiro de três pontos para o passageiro do meio; destravamento automático das portas em caso de acidente; faróis de neblina; regulagem elétrica de altura dos faróis; trava de portas e vidros, alarme e vidros com acionamento elétrico; sistema de alerta de velocidade; travamento automático das portas acima de 15 km/h; rodas de liga leve; ar-condicionado eletrônico digital; coluna de direção regulável em altura e profundidade; controle automático de velocidade; banco do motorista com regulagem de altura e lombar; rodas aro 16; bancos traseiros rebatíveis; luzes de leitura dianteira e
traseiras; pára-sol com iluminação; volante com detalhes cromados e porta-óculos.
OPCIONAIS

Air bags frontais e laterais para motorista e passageiro; freios ABS com EBD; CD Player com comandos no volante; sensor de chuva; controle automático de velocidade; freios ABS; rádio com controle no volante; transmissão automática e pintura metálica.

POTÊNCIA
(CV) 121 (GAS.) E 127,6 (álc.) 147 136 130
Dimensões (AxB)
(m) (*) 4,62×1,73 4,44×1,70 x 4,53×1,71 4,43×1,69
(CxDxE)(m) *) 1,46×2,70×1,96 1,45×2,62×1,90 1,48×2,60×1,91 1,44×2,62×1,99
Porta-malas
(litros) 526 490 437 402
Velocidade máxima 196 (gas.)
(km/h) (**) e 198 (álc.) 207 190 195
Aceleração de 0 a 10,5 (gas.)
100 km/h (**) e 10 (álc.) 9,8 12,4 11,1
Consumo cidade 10,1 (gas.)
(km/l) (**) e 7,1 (álc.) 11,2 11,1 11,1
Consumo estrada 15,1 (gas.)
(km/l) (**) e 10,7 (álc.) 16,2 16,9 18,1
(**) Dados fornecidos pelos fabricantes

Fonte: Fabricante

Ficha Técnica – Vectra Elegance 2.0 2010

MOTOR
ModeloN20XF dianteiro, transversal, 2.0 litros, 4 cilindros em linha, 8 válvulas; flexpower
Número de válvulas por cilindro2; SOHC (comando simples no cabeçote); comando de válvulas roletado – de baixo atrito (LFVT – Low Friction Valvetrain)
Diâmetro x curso86,0 x 86,0 mm
Cilindrada1.998 cm3
Potência máxima líquida (ABNT NBR 5484/ISO 1585)133 cv (98 kW/131 HP) / 5.600 rpm (gasolina)
140 cv (103 kW/138 HP) / 5.600 rpm (álcool)
Torque máximo líquido (ABNT NBR 5484/ISO 1585)18,9 kgfm (185 Nm) / 2.600 rpm (gasolina)
19,7 kgfm (193 Nm) / 2.600 rpm (álcool)
Taxa de compressão11,5
Combustível recomendadoGasolina comum e/ou álcool hidratado
Rotação máxima do motor6.400 rpm
Sistema de alimentaçãoInjeção eletrônica multiponto sequencial Bosch (S.F.I – Sequential Multi Injection)
TRANSMISSÃO
ModeloF17-5 Plus WR; Câmbio de 5 marchas à frente sincronizadas; tração dianteira
Relação das marchas
1a marcha – 3,731
2a marcha – 1,961
3a marcha – 1,321
4a marcha – 0,951
5a marcha – 0,761
Ré – 3,311
Redução do diferencial3,94
DIREÇÃO
Tipo pinhão e cremalheira com assistência hidráulica
Redução17,0
Número de voltas (batente a batente); 3,2
Diâmetro de giro10,85 m
SUSPENSÃO
DianteiraIndependente tipo McPherson com braço de controle ligado ao sub-chassi, molas helicoidais com compensação de carga lateral, amortecedores telescópicos hidráulicos pressurizados a gás e barra de torção ligada à haste tensora
TraseiraSemi-independente, viga de torção soldada com 2 braços fundidos de controle, molas tipo barril com diâmetro variável e progressiva, amortecedores telescópicos hidráulicos pressurizados a gás
FREIOS
Sistemaauxiliar a vácuo, duplo circuito hidráulico, válvula equalizadora de frenagem
À disco nas quatro rodas com ABS (sistema eletrônico da força de frenagem) versão 8.0 com EBD (distribuição eletrônica da força de frenagem)
Dianteirosdiscos ventilados (280 mm de diâmetro x 25 mm de espessura)
Traseirosdiscos sólidos (270 mm de diâmetro x 10 mm de espessura)
RODAS E PNEUS
Rodas6,5J x 16″ em liga leve (sobressalente de aço estampado 6J x 15)
Pneus205/55 R16 (sobressalente
TANQUE DE COMBUSTÍVEL
58 litros
CAPACIDADE DO PORTA-MALAS
526 litros (com banco na posição normal)
906 litros (com banco traseiro rebatido)
DIMENSÕES EXTERNAS
Comprimento4.587 mm
Largura (carroceria)1.728 mm
Largura total (espelho a espelho)2.040 mm
Altura1.458 mm
Distância entre eixos2.703 mm
Bitola dianteira1.480 mm
Bitola traseira1.477 mm
Altura mínima do solo104 mm
DESEMPENHO
Velocidade máxima193 km/h (gasolina)
198 km/h (álcool)
Aceleração de 0 a 100 km/h10,5 s (gasolina)
10,2 s (álcool)
Aceleração de 0 a 400 m18,2 s (gasolina)
17,6 s (álcool)
Aceleração de 0 a 1.000 m32,5 s (gasolina)
31,6 s (álcool)
Retomada de 40 a 100 km/h17,2 s (gasolina) (4a marcha)
16,6 s (álcool) (4a marcha)
Retomada de 80 a 120 km/h16,6 s (gasolina) (5a marcha)
15,6 s (álcool) (5a marcha)
CONSUMO CIDADE / ESTRADA / MÉDIO (KM/L) (NBR 7024)
10,8 / 16,1 / 12,7 (gasolina)
7,6 / 11,2 / 8,9 (álcool)
CARGA ÚTIL
515 kg
PESO (EM ORDEM DE MARCHA)
1.308 kg
DISTRIBUIÇÃO DE PESO (% dianteira / traseira)61 / 39
SISTEMA ELÉTRICO
Bateria12V, 55 Ah
Alternador120 A
CONTEÚDO DA VERSÃO
SEGURANÇA
* ACIONAMENTO PELA CHAVE POR RÁDIO FREQUÊNCIA – “KEYLESS ENTRY SYSTEM” – DOS SISTEMAS
da central de travas elétricas, do alarme antifurto (quando disponível) e do fechamento automático dos vidros das portas ST
* Alarme antifurto com ultrassom ST
* Aviso de cinto de segurança do motorista destravado ST
* Aviso de portas abertas ST
* Barras de proteção contra impactos laterais nas portas ST
* Bolsas de ar infláveis (air bag) frontais para motorista e passageiro ST
* Bolsas de ar infláveis (air bag) frontais e laterais para motorista e passageiro ND
* Chapa de proteção para motor e cárter ST
* Cinto de segurança traseiro central subabdominal ND
pré-tensionador ST
* Cintos de segurança traseiro central – 3 pontos ST
* Cintos de segurança traseiros laterais retráteis – 3 pontos ST
* Destravamento automático das portas em caso de acidente – “crash sensor” ST
* Direção com sistema de proteção contra impactos (direção telescópica) ST
* Espelhos retrovisores externos com pisca incorporado ST
* Faróis com refletores de superfície complexa e lâmpadas alógenas de brilho intenso
“Blue Vision®”, lentes transparentes e lanternas indicadoras de direção integradas ao
conjunto óptico ST
* Faróis de neblina no para-choque dianteiro ST
* Ganchos para reboque – dianteiro e traseiro ST
* Luz auxiliar de freio – “brake light” LED System ST
* Luz de neblina acoplada à lanterna traseira – lado do motorista ST
* Pedais desarmáveis em caso de colisão ST
* Sistema central travas elétricas das portas, tampa traseira e tampa de acesso ao bocal
de abastecimento c/ acionamento por botão no console ou “Keyless Entry System” ST
* Sistema de alarme de ultrapassagem da velocidade pré-programada ST
* Sistema de freios anti-blocante (ABS) com freios traseiros a disco sólido e sistema de distribuição eletrônico de frenagem (função EBD) Elegance 14″ / Elite 15″ OP
* Sistema de imobilização do motor por chave eletrônica (Immobilizer System) ST
* Sistema de proteção contra descarga de bateria ST
* Trava de segurança suplementar nas portas traseiras (trava para crianças) ST
* Travamento automático das portas ao atingir 15 Km/h ST

Vectra Elegance

Avatar

Kleber Silva

  • Phantasma

    Sonhei muito com esse Monzão de terno, baita carro.

    • Wendel Cerutti

      Ainda sonho com o GT X , apesar de ter um Astra .

  • Louis

    Mesmo nessa época, eu preferia a dupla Civic / Corolla, com seus motores em alumínio com variador de fases, muito mais econômicos.

    • th!nk.t4nk

      O Civic principalmente era a referência em tecnologia, com aquele painel, motor, visual. Pra mim o Civic fez nos anos 2000 o mesmo papel que o Vectra fez nos anos 90.

    • MarcioMaster

      Tive um vectra elegance 2006 automatico, rodei quase 200 mil KM, sem nenhum problema, otimo carro. Troquei por um new civic, que bebia bem mais, tinha um rendimento de motor diferente, mas nada melhor, a suspensão traseira incomodou bastante, a estabilidade era bem enganosa, as pastilhas de freio não duraram nada e foi meu ultimo honda, ao qual só durou 45 mil KM.

      • vitimsl

        Quando tivemos um 2006 manual em casa, meu sogro teve um New Civic flex manual. Andei bastante no Civic na época e, sinceramente, gostava mais do Vectra.

        • MarcioMaster

          Sim, eu andei com o vectra manual tempos depois e ele era bem melhor que o automatico.

      • Janduir

        Concordo, Civic é duro e seu consumo não é muito melhor que o Vectra. O pessoal poe no reto, zera o pc de bordo e fala “Olha como meu carro é econômico”. Dessa forma, até Omega 4.1 na descida em cut off gastava pouco…

        • MarcioMaster

          Bem por ai.

      • Ariano Neves

        Para você ver como são as coisas, meu sogro comprou um completo (menos o cambio) assim que lançou em 2006, o carro foi premiado, nunca vi tanto problema, deixava ele na rua com frequência, tanto que ele tinha um corolla 1999 que a noite preferia sair com medo do vectra deixar ele na mão, fora isso a chevrolet na epoca começou a oferecer mais de 1 ano de garantia para concorrer com a toyota e a cada 5mil ele tinha que levar o carro na CCS que metia a facada! O carro deu problema de motor, cambio, suspensão, vidro que deixava de funcionar, quando do nada baixava um pneu!! Eu sei que muita gente nunca teve problemas com esse carro e outras tem o azar de pegar o premiado! ele passou 2 anos, comprou depois um kia magentis que nunca deixou ele na mão. Resumo da ópera, ele não quer ver qualquer carro da GM nem de perto! ficou traumatizado!!

        • MarcioMaster

          Entendo, mas como voçe citou e sabemos o carro é muito resistente, acredito sinceramente que até mais que a dupla japonesa, mas no seu caso o carro faz parte daquela leva de produção em massa que não deu certo. rsss

    • Paulo Lustosa

      Civic nessa época já era o New Civic, e o flex do New Civic de econômico não tinha nada

  • Marcelo Amorim

    Anos atrás saí de um Corolla XEi AT Brad pra um Vectra desses Elegance cambio mecanico,era mais espaçoso,mais macio,mas bebia mais que o Corolla AT,desfiz dele após misteriosamente um dia aos 41 mil km voltando pra casa,o carro comecou a fazer um ruído de rodagem metálico e agudo,os engates foram ficando duros,no dia seguinte levei pra oficina e pasmem,o óleo do cambio simplesmente sumiu,nao tinha sinal de vazamento algum,danificou umas engrenagens,troquei a caixa por outra e vendi o carro,na época ja sabia que o Cruze tava pra chegar e nao quis perder tanta grana.

  • jfontes

    Um bom carro. O problema é que envelheceu demais. Em 2011 já estava super defasado.

  • Possuo um Vectra Expression 2009 há três anos. Pessoalmente gosto muito desse carro.

    • Janduir

      Tenho um Elite 2011. Viajei no ano passado de SP pra Fortaleza. Uma delícia. Consumo etanol na faixa de 8.5 na estrada. Sempre que dirijo um outro carro de algum parente e volto pro Vectra sinto que vai demorar a trocar. O meu ainda tem gnv 5 geração e cilindro de 25 metros… consumo 10km/m cidade (SP) e mais de 16 na estrada. Comprei com 30.000km e depois de 3 anos está com 80. Apenas o radiador precisei trocar, pois começou a vazar… De resto só preventiva (e muito barata por sinal)

  • REDDINGTON

    Vectra me agradou só a segunda geração. Acho essa muito truncada, muito sóbrio, apesar de ser bonito.

  • Razzo

    Razão da decadência da GM no Brasil.

    • Wendel Cerutti

      Como assim ????

      • Razzo

        Foi este atrasado Astra Sedan que fez a GM perder a liderança no segmento de sedans médios.

        • Janduir

          Com Civic e Corolla, dificilmente retornaria a liderança…

        • Wendel Cerutti

          O novidadeiro Civic .

  • Raphael Pereira

    O Vectra que melhor envelheceu foi o B, principalmente depois do facelift de 2000

    • th!nk.t4nk

      Pra mim é o sedã compacto de desenho mais competente que já passou pelo país (seguido do Civic MK8).

      • oscar.fr

        Eu diria Vectra B e Peugeot 406. Inclusive, os dois se assemelham em proporções e desenho.

  • vitimsl

    Andei muito em um elegance 2006 e em um elegance 2011, ambos mecânicos. Carros muito bons, robustos e confortáveis. Até o consumo não é tão ruim, principalmente na estrada. Já os automáticos não indico pra ninguém.

    • Janduir

      Porque não? O consumo do AT não é muito pior que o Corolla. Na média em SP faz 7,5km/ l gasolina. Corolla faz por volta de 8 nas mesmas condições… (digo isso pois tenho parente com Corolla e pc de bordo)

      • vitimsl

        Em relação aos automáticos não posso opinar sobre consumo, pois não cheguei a fazer média. O problema mesmo é o desempenho… O Vectra manual anda muito bem, agora os 2.0 automáticos são bem mancos na minha opinião. Já andei em Corolla 1.8 automático. Não é um foguete, mas anda bem melhor que o Vectra automático 2.0.

        • Janduir

          Entendi, realmente nesse ponto o Corolla tem mais força e torque. Diferente dos Civics 1.8 que são bem mancos em baixa…

  • Paulino Lino

    Sempre foi um baita carro! Principalmente o manual.

  • Janderson von Neumann

    Tive 4 Vectras, amo esse carro, comprei o primeiro em 2001, um CD 2.2 16 V manual, branco ,completo menos teto e banco de couro, excelente carro ,o melhor que tive até hoje ,depois troquei por outro CD, mesma motorização, branco também, mas agora automático e full top, todos os opcionais que podia ter ,incluindo os bancos de couro cinza,disqueteira, etc…quebrava pescoços na rua de tão lindo ,esse carro nunca me deu problema ,aliás, nenhum deles, só fiz manutenção básica mesmo como filtros e troca de óleo , nada mais …,quando do lançamento do Vectra C na época fiquei um pouco desapontado,achava o modelo B superior, e sim, era verdade,mas não tanto assim, em 2008 sem vender o B comprei um Elegance 0 km, completão, pacote pdw, que tinha computador de bordo, freios abs ,etc…lindo carro ,peguei na cor cinza bluet, um grafite azulado, uma das cores mais lindas que a GM fez até hoje ,combinava muito com o interior cinza claro de veludo, minha única reclamação dele, pois tinha que cuidar muito pra não sujar, adorei o carro ,bom torque, econômico ,estável, macio, super silencioso, um porta malas enorme, muito grande, espaçoso por dentro, até mais que muitos carros de hoje, principalmente no banco traseiro, gostei tanto que pensei, vou comprar mais um é vou ficar com 3, loucura falavam uns, vai ter que comprar um posto de gasolina falavam os invejosos, o que não era verdade ,pois o consumo sempre foi bom, manutenção quase zero ,atendimento na rede Chevrolet impecável.
    Com rumores de que ele sairia de linha e chegaria o Cruze que não gostei e até hoje não gosto, fui lá e comprei um Elite lindo, com teto, rodas diamantadas, top, já com o face lift, minha única queixa foi que descarregava bateria fácil, solucionado depois, uma folga no chicote , além disso ele é um pouco lento, não muito, mas custa a embalar,depois anda bem ,chega tranquilo nos 200 kmh…logo após lançaram o Cruze pensei em trocar um deles pelo novo lançamento, mas fui conhecer o carro e não gostei mesmo do Cruze, logo eu fã da GM a vida toda.. .
    Em 2015 dei uma reviravolta, vendi dois Vectras, comprei um Focus sedan Titanium zero, e em 2016 vendi o Elite com apenas 18 mil kms para um colecionador e comprei um Fusion Titanium novo, início desse ano soube que o cara que vendi o Elite estava se mudando para fora do Brasil e estava vendendo toda a coleção dele , a saudade bateu quando vi o Elite lindo e zerado ainda, até com cheirinho de novo, igual ao dia que vendi ele ,queria um carro para uso diário, deixar o Focus e o Fusion guardadinhos , fiz uma proposta e comprei o Elite de volta ,tô muito feliz com ele, bebe um pouco sim na cidade, mas nada absurdo, o carro é muito bom mesmo ,não deve nada aos mais modernos, até hoje continua com um belo desenho, suas linhas são agradáveis, é um carro completo, não é caro, não tem manutenção absurda,etc…
    Troquei os pneus originais dele ainda, os Pirelli P7 por Michelin, ficou mais macio ainda, coloquei câmera de ré, multimidia ,insulfilm… Acessórios de carro moderno, e ficou bem atual o Vectrão, acho que é o mais novo do Brasil, tô com 27 mil kms agora e só alegrias…
    Pra que quer um carro estiloso, grande ,espaçoso, baixa manutenção ,atual ainda, é um carro barato que vale a pena ,só tem que garimpar, pois tem muito Vectra surrado por aí ,e depois o pessoal compra e coloca as culpas no carro , um Vectra bem cuidado, original e com manutenção em dia é só alegria.

    • Janduir

      Tenho um Elite 2011 a 3 anos. Realmente o carro é muito agradável de dirigir e com uma manutenção de Corsa. O consumo resolvi com kit gnv injetado e cilindro de 25 metros (retirei do meu carro anterior). Consumo cidade 10km/m e mais de 16 na estrada.

  • Tommy

    Era uma excelente opção a Corolla e Civic, mas é um Astra, não engulo até hoje essa patuscada da GMB substituir um médio-grande(Vectra B)por um médio esticado (Astra), mantendo a geração antiga do Astra e o nome de Vectra no novo, mas com preço de médio-grande na Elite, que concorria com Accord 2.0 e Fusion(na visão da GM)

    Fora ser um carro muito mais simples que o Vectra B(que tinha controle de tração, motor 2.2..)acabamento quase todo de plástico. Quando foi lançado o Astrão ele vinha com toca-fitas(!!!), mostrando como a GM(não só aqui)tava perdidona, e quando tomou vergonha na cara e trouxe o Malibu erraram em trazer importado dos EUA, numa versão cara e manca, quando poderiam fabricar aqui, levando o legado do Vectra de verdade.

    • Alvaro

      Pois é, sucessivos erros minaram esse carro. Um painel bonito inspirado no europeu mas cheio de plástico como comentou e remendado já que aproveitava quase tudo Meriva e Zafira; Motorização 2.0/2.4 torcudo mas muuuuito beberrão.

  • Christian Balzano

    Esse carro vendeu bastante no lançamento, até a chegada do New Civic meses depois. O Vectra perdeu mercado vertiginosamente pra dupla nipônica. Época de glória foi na segunda geração, a versão CD era linda. Não existia nada igual, todos queriam um Vectra.

  • William Kirinus

    Temos um Elegance 2010, adquirido Zero km. Nenhum grande problema em quase 152 mil km rodados. Basicamente apenas trocar óleo e abastecer para andar. Quando necessita de algum reparo, as peças não são caras e a manutenção não é complicada.

    • Matthew

      O que acho mais legal no Elegance são os bancos revestidos em veludo.

      • Rodrigo Santos

        Item que nao se vê mais nos carros atuais.

  • Fabão Rocky

    A GM sempre fez carros bons. O único carro q manchou a GM foi o Agile.

    • Paulo Lustosa

      Agile além de nascer defasado tinha as primeiras unidades que sempre dava pane elétrica, uma vergonha total na época.

  • Fabio Marquez

    A chamada da matéria deveria ser diferente na minha opinião, já que Vectra na versão Elegance existia antes da terceira geração, ela surgiu em 2004, no ultimo ano de produção do modelo de segunda geração.

  • Andrew B.

    Lembro que em 2010,saiu uma matéria no NA, que falava dos preços dos carros.
    “Que tal pagar R$ 55.000 em um carro com calotas?” Vectra Expression.

    • Dod

      55k em um Vectra com calotas mas era infinitamente mais carro que um Onix LT 1.4 manual, que custa hoje os mesmos 55 mil…R$55.350 no pacote básico, para ser mais exato…e que até a linha 2018 vinha com calotas.

      • Fernando Oliveira

        O detalhe é que estes R$55.000,00 em 2010, hoje corrigidos pelo IGP-M equivalem a R$95.000,00. Embora, AINDA consideremos pagar 95 mil Temers por Onix LT 1.4, algo absurdo, logo logo será bem normal, pelo andar da economia no Brasil…

    • TchauQueridos

      Mal sabiam que o mercado automotivo brasileiro iria nos surpreender ainda mais!!!
      Que tal pagar 55 mil num popular 1.0 !?

  • oscar.fr

    Eu não gostava do desenho desse carro à época, mas com o tempo ele até que nem envelheceu tão mal. Agora, o painel me passa uma sensação de fragilidade até hoje.

  • Mauro Banqueiro

    Motores americanos e seu alto consumo de combustível

    • Arker

      Acredite ou não, mas tenho um Monza 2.0 EFi SL 1993 e consigo média acima de 9KM/L de gasolina, a melhor foi 9,53KM/L ando sozinho todos os dias trabalho x faculdade, uns 45 KMs diários pneus bem calibrados toda semana, e modo beem civilizado.

  • Eloiz Silva Corretor Lojacorr

    Tive um Elegance 2009, um ótimo carro, pena que foi muito mal trabalhado pela GM,

  • Esquilo Tranquilo

    10,8 / 16,1 / 12,7 (gasolina) – Nem lascando

    6,5 / 13 / 12 (gasolina) – Fazia isso no meu GT-X, nunca passou de 7 na cidade com gasolina.

  • Ediomar

    Saiu em 2005 Vectra Elegante com motor 8 e 16v,eram muito bonitos e bem completos,são bem raros de se ver pois saiu somente um ano antes da 3 geração.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email