*Featured Matérias NA Mercado

Veja quais carros não comprar em 2019

Veja quais carros não comprar em 2019

O ano de 2019 se inicia e promete muitas novidades no mercado automotivo nacional. Porém, nem todas as ofertas são vantajosas para o consumidor, seja em termos de produto ou mesmo de preço.


Alguns ainda estão com preços bem altos, enquanto outros já estão defasados demais. Isso sem contar aqueles que já estão com um pé na cova. Existem também modelos que não tem mais futuro na região e só aguardam o fim de seu ciclo de vida.

Assim, neste artigo, vamos falar de um assunto, cujo título pode assustar, especialmente para os fabricantes de automóveis, mas que reflete a realidade: Quais carros não comprar em 2019.

Então, na lista abaixo, vamos citar alguns exemplos de modelos que não valerão a pena aplicarem o dinheiro. Mas, vamos por partes, começando pelo preço.


Muito caros

Com preços elevados, alguns modelos não valem a pena por seu valor acima da média para o que realmente valem.

VW Golf

Veja quais carros não comprar em 2019

O hatch médio, por exemplo, tem motor 1.0 TSI em sua versão de acesso, que não sai por menos de R$ 91.790. Com teto solar e rodas aro 17, passa de R$ 99 mil.

No caso da Highline, o motor 1.4 TSI de 150 cavalos é um incentivo, mas por R$ 112.190, o hatch médio nem tem rodas aro 17, que são opcionais e, junto com teto solar e o pacote premium, o colocam na faixa de R$ 130 mil.

VW up!

Veja quais carros não comprar em 2019

Criado para ser um modelo de acesso moderno, o subcompacto acabou conflitando com o popular Gol. Numa mudança inesperada, o produto foi atualizado e elevado para um nível bem acima, inclusive do Fox, em termos de preço.

Hoje ele parte de R$ 52.860 e apenas com motor 1.0 MPI, sendo mais caro até que o Polo 1.0. Com motor 1.0 TSI, os preços chegam a alcançar mais de R$ 65 mil. É um carro pequeno e feito para uso urbano, sem apelo esportivo, apesar do motor.

Honda CR-V

Veja quais carros não comprar em 2019

O SUV da marca japonesa não é um carro ruim, pelo contrário, mas seu preço de R$ 189.000 não nenhum pouco convidativo, mesmo com seu motor 1.5 Turbo de 190 cavalos e tração integral.

O mercado oferece o Tiguan R-Line 2.0 TSI com 220 cavalos, DSG e tração nas quatro. Tem um conteúdo melhor por R$ 5.000 a menos. Claro, faltou o teto solar opcional, mas este é panorâmico no VW e não simples, como no japonês.

Defasados e quase saindo de linha

Nesse grupo, não é difícil identificar modelos que já deram seu melhor e que agora esperam o momento de dizer adeus.

Chevrolet Montana

Veja quais carros não comprar em 2019

A picape leve da GM já passou da hora de dizer tchau. Ostentando uma plataforma dos anos 90 e com design que não ajuda, ela tem motor antigo e fraco para sua proposta, bem como acabamento simples demais.

Fiat Grand Siena

Veja quais carros não comprar em 2019

O sedã compacto está fazendo hora extra com a presença do Cronos no mercado, mas ainda resiste com seu velho Fire 1.0 ou 1.4. Está há seis anos no mercado e não mudou nada.

Fiat Doblò

Veja quais carros não comprar em 2019

Apesar de seus atributos em espaço, versatilidade e robustez, essa multivan congelou no tempo e é outra que está na mira para desaparecer em breve. Seu motor E.torQ 1.8 é fraco para sua proposta.

Lifan 530

Veja quais carros não comprar em 2019

Apesar do preço, a proposta do sedã compacto chinês esbarra em sua baixa qualidade e atributos. O projeto não é novo e, diferente do X80, ainda tem muitos erros. Está no portfólio da marca mais para fazer número.

Peugeot 308 e Peugeot 408

Veja quais carros não comprar em 2019

A dupla de médios da PSA já tem uma estrada longa no Brasil e a falta de uma nova geração, faz com que estes modelos fiquem em desvantagem perante os rivais, apesar do bom motor 1.6 THP e do espaço oferecido.

Toyota Etios: Com a chegada do Yaris, o Etios ficou ainda mais desatualizado do que antes. Como as vendas já mostraram que o sucessor pode ir bem, o compacto nipo-indiano de acabamento simples e visual antiquado, não deve ir muito longe.

Saindo de cena

VW SpaceFox

Veja quais carros não comprar em 2019

A perua feita na Argentina, acabou de ter a confirmação oficial de seu fim. Com preços a partir de R$ 66.190, a familiar é a última compacta da marca por aqui e se despede na versão de acesso com motor 1.6 e opção automatizada.

Fiat Palio Weekend

Veja quais carros não comprar em 2019

Boa para entusiastas e frotistas, ela já não atende mais e está muito cansada, mesmo com as atualizações. Afinal, são 20 anos de estrada. Seus motores Fire e E.torQ também não convencem. No fim de 2018, vendeu menos de 90 unidades.

Sem futuro

Ford Focus

Veja quais carros não comprar em 2019

Tanto sedã quanto hatch logo mais estarão fora de linha na Argentina. A dupla de médios da Ford não terá continuidade na região. Apesar do bom conteúdo e de alguns itens sofisticados, nunca abraçaram o motor EcoBoost, sempre com o Duratec como paliativo.

Chery QQ

Veja quais carros não comprar em 2019

Embora a CAOA até mostre uma versão elétrica do mesmo no Salão do Automóvel, o pequenino chinês está deslocado dentro da estratégia de produto da marca, que foca suas atenções nos SUVs. Como não tem vendas expressivas, deve se despedir em breve.

Mitsubishi Lancer

Veja quais carros não comprar em 2019

Não é de hoje que o sedã médio japonês está ameaçado de extinção, mesmo com atualização em Taiwan. Por aqui, vendeu 1,6 mil no ano passado, mas já com 10 anos de estrada, o modelo ficou desatualizado e não há garantia de que exista por mais tempo.

Em sua opinião, quais outros carros não comprar em 2019?

Veja quais carros não comprar em 2019
Nota média 4.2 de 21 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Lucas Ramos

    Faltou o Fiat Uno

    • JOSE DO EGITO

      faltou todos os CHINESES

      • Kang Otro ✓

        É que esses já tão na cara.

        • Kaian Reis

          Tirando a CAOA chery

          • Caulazaro

            Só porque agora está nas mãos da CAOA, a Chery virou referência de qualidade?
            Menos, né!
            Só o tempo dirá.
            Os carros chineses com 5 anos de uso, parecem que tem 20 anos ou mais.
            E muitos probleminhas.
            Depois de um CAOA Chery com 5 anos, eu revejo minha opinião.

            • Cosi fan Tutti

              Os novos modelos chineses estão muito melhores, é so vc pesquisar as marcas, e outra, a industria chinesa não se resume a CHery, Lifan e JAC, so na Argentina já tem 12 marcas chinesas atuando, no Chile são 21 marcas da China já presentes. É questão de tempo pra venderem produtos melhoers por aqui.

            • Reinaldo Guilherme Tomazi Neto

              Tenho um chinês, Lifan, de 8 anos, e está zerado, novo, sem problemas

              • Victor Hugo

                Exato, eu tenho um Chines da Chery de 8 anos também e não me da problemas, isso que o antigo dono não cuidou, mexi em tudo que tinha pra mexer, e não me da problema nenhum !!

          • Ⓜ️arcelo

            A melhor das melhores montadoras do muuuundo

        • Lucila L. Holmes

          assistir “Aquaman HD 2018” (disponível 1080p). com a melhor qualidade e toda linguagem …
          copie aqui ->> POPCORNHDMOVIE1.BLOGSPOT.COM.BR

      • Cosi fan Tutti

        Eu lembrei de vc estes dias quando eu vi a matéria sobre a troca da empresa brasileira Semp, ao invés de vender Toshiba, que está a venda em processo de falência no Japão, agora eles vão vender as tvs da TCL, A TCL é a 3ª maior fabricante de TVs do mundo, atrás apenas de Samsung e LG, aliás já vi nas lojas aqui da minha cidade, nem sabia que estavam vindo por esta empresa brasileira. Agora a Semp Toshiba é Semp TCL. Não adianta, não tem como barrar os chineses, mesmo sendo hater.

        • Vinícius

          Provavelmente ele vai parar de assistir TV daqui uns anos, depois de usar computadores, celulares, posteriormente viverá como os homens da caverna.

          • Cosi fan Tutti

            heheh boa.

        • JOSE DO EGITO

          Desculpa eu estava em um blog automotivo e me direcionaram para um blog de eletro eletronico.Essa internet do Brasil nao esta facil……

          • Cosi fan Tutti

            Não sei se sabe mas a TCL, no Brasil Semp TCL, produz telas para estes novos displays e consoles. Entao ainda esta dentro do assunto automotivo.

            • JOSE DO EGITO

              OK vc venceu batata frita…..

        • Hodney Fortuna

          A quem diga a Sony que está ficando apagada a cada dia no mercado. A Panasonic idem pois quase não vejo TVs da marca a venda em todas as lojas. Só vejo mesmo é Samsung, LG e agora TCL.

          • Cosi fan Tutti

            Sim o mercado de eletrônicos e smartphones esta sendo completamente dominado nesse nessa década por coreanos e acredito que na próxima, por chineses. O mesmo acontece com carros, coreanos avançaram e ja estão entre os 5 maiores grupos do planeta, e chineses querem uma parte nesse bolo também.

        • Milton Fabiano Camargo

          A TCL já está no mercado brasileiro há um bom tempo. Quando o grupo Itaú vendeu a Philco, ela ficou pouco tempo na mão da Gradiente (que tentava se reerguer). Sem sucesso, esta vendeu a Philco para a TCL, que na época arrendou a marca Philco para a Britânia. Desde então, diversos produtos fabricados pela TCL e Britânia são vendidos com a marca Philco.

          • Cosi fan Tutti

            Não sabia e a maioria das pessoas acho que nem tem ciência disso. Essa salada de marcas que fazem também não ajuda hehe Mas então os chineses estão entre nós um bom tempo, eu sei que a CCE foi da Lenovo, mas já venderam novamente.

    • Junoba

      Curiosamente o Uno deu uma guinada nas vendas nos últimos meses… esta emplacando em média 1200 unidades/mês, oque é excelente para um carro que vai sair de linha em breve.

      • HugoCT

        Uno não vai sair de linha não, pode até receber nova geração, mas sair de linha acho improvavel.

    • Nicolas

      Paguei R$64mil no meu Golf Tsi Comfortline 2015 zero, manual. O seguro Bradesco tem custado em média R$1500,00, R$1200 franquia, região de Campinas Sp (Pago R$2000 seguro em um Civic 2013). Após quase 4 anos da para vender por R$60 mil. Economico, Ida e volta para São Paulo, na velocidade da pista, faz a média de 18Km/h. Muito torque em baixa, nunca precisa trocar marcha na estrada (mesmo subida e descidas fortes), e poucas trocas na cidade, na sexta marcha é só pisar quero carro da um pulo. Nunca tive um carro tão bom de dirigir, anda horrores (difícil encontrar algum carro na pista que acompanha 8.5s 0-100Km/h, 212Km/h máxima, muito econômico, só R$1000/desvalorização por ano e com seguro bem baixo, Melhor compra que fiz.

      • Valdemar Matos

        Só mil reais de desvalorização + a diferença para um 0Km dão quase 60 mil reais, que é quase o valor que pagasse nele em 2015.
        A desvalorização no Brasil é muito mascarada pela inflação e nisso temos que ficar atento, custo do dinheiro por aqui é muito caro.
        Tive um civic 2009, entreguei ele ano passado, tabela fipe dele eram 34 mil, paguei 65 mil nele 0Km. Um novo equivalente, civic sport, estava 90 mil praticamente um civic okm 2009 de diferença.

      • Paulo Cavalcante Lopes

        Qual sua idade mano? 50 anos?? Pois seu seguro do golf saiu muito barato!!! Ainda mais em Campinas cheio de malandro e vagabundo! Seu carro é top, também olhei uns do mesmo modelo manual aqui em BSB mas só encontrei uns detonados! Mas essa economia de combustível e potência previamente disponível era oque eu buscava. Pesquisei seguro pro golf aqui ficou bem puxado, pla lá de R$ 4.000,00.

      • Lucho

        O GOLF é um carro sensacional. Manual então… Garimpei um 1.4 TSI aqui no DF e não achei nada que valesse a pena. Ou superfaturaram muito o preço ou estava mexido por manolos emergentes chipadores de TSi. Uma pena. Estou cogitando em buscar GO ou MG algum seminovo.

        • syfus

          fazendo demais por um carro que nao vale a pena.. Tem carro melhor de categoria acima no mesmo preço :)

          • Lucho

            Médio com motor turbo não tem. Aspirado não dá mais, apesar de eu achar o Focus excelente. Se enquadraria no meu desejo o Cruze Sport 6, mas o preço passa facilmente dos 90 mil, isso novo.

    • Augustus do Aveiro

      O uno tera nova geracao, confirmada nos planos da fiat, caoaz de lancarem ainda este ano.

    • Marie W. Auten

      Exibe ” The Mule ” todos os sub-idiomas? ! ? Lugar algum : FLIXMOVIENET.BLOGSPOT.COM

  • Abdallah

    Se fosse colocar a lista de muito caro, eu colocaria todos!

    • Arthur Lima

      Exatamente. Já que o autor se refere a carros 0Km a minha lista seria composta por todos os carros.

    • Vitão

      Pois é, mesmo com o dólar caindo os preços dos carros continuam subindo. Só aqui na Bananalândia os preços sobem, dólar sobe, preço sobe. Dólar desce, preço sobe.

    • Victor Hugo

      Se for ver bem, somos todos troxas, de pagar absurdos em carros ridiculos, nos estados unidos com o preço que pagamos em um UP aqui, eles compram uma puta mercedes sw.

  • El Gato!

    Não entendi qual o problema do Duratec no Focus. Se ainda falasse do Powershift, eu entenderia. Mas do motor?
    Os Peugeot citados eu considero excelentes carros, se você comprar pelo preço certo (negociação ampla) e se sua cidade possuir um bom pós venda da marca.
    O CRV, para mim, é o caso mais emblemático de produto mal posicionado em termos de preço no mercado nacional. Sério… quem paga isso em uma CRV??

    • D34D P00l

      Eu acho CRV o segundo, o Captur é o primeiro.

      • El Gato!

        Verdade. Mas normalmente marcas como a Renault (que estão fora das listas de mais vendidos) dão bons descontos em uma negociação presencial. Agora vai na Honda tentar baixar alguma coisa no valor… se sair com película grátis é uma dádiva dos ninjas.

        • MauroRF

          O mesmo vale para Toyota.

    • Guilherme Batista

      Falou tudo!
      O Corolla que é líder da categoria, com motor bem defasado e com desempenho pior não está na lista. Além de que é bem menos equipado.
      Focus é um carrão e se negociado com preço certo é uma excelente compra

      • carlos magno magno

        Mais o corola é um sucesso não para mim mais para uma boa parte de compradores e vende muito bem .Se a toyota tira de linha terá que fazer um carro muito bom porque se não vai perde as venda ..

      • Mauricio Antonello

        Focus não é problema, problema é o powershift

    • GreatU2

      CRV e HRV. São dois casos Bizarros.

      • FredBarros

        WRV consegue ser mais bizarro.

        • ANDRÉ LUIZ

          Loguei só pra curtir o comentário do WRV. Quando vejo um tenho o mesmo espanto desde a primeira vez que o vi

    • Oswaldo Bustani Jr

      Sempre achei que a Honda não tem muita vontade de aumentar as vendas dela aqui no br…. Recentemente fui na css procurar um Fit mecânico, simplesmente não tem, até 90 dias para entrega….

      • Valdemar Matos

        Produção pequena e tem mercado. o foco deles assim como a Toyota é lucro sobre cada carro e não lucro sobre volume como fiat/vw etc, não que estes não sejam caros mas a lucratividade por unidade dessas nipônicas é maior

    • Valdemar Matos

      Honda tem uma cota de importação bem pequena, então posicionam a CRV e o Accord no preço que querem, se não vender fazem uma “promoção”, boa parte desses carros ficam com os donos das ccs

    • radiobrasil

      Corolla e Civic tem versoes com um 2.0 até inferior ao Duratec…. essa “critica” realmente vou discordar. Não é o calcanhar de aquiles do Focus nao!

  • Vitor

    Com o preço dos carros atualmente tenho uma visão um pouco diferente do assunto.
    É fato que carros que estão pra sair de linha perdem valor de mercado e até mesmo perdem interesse de alguns possíveis compradores no momento de uma possível revenda.

    Mas se a pessoa gosta de determinado modelo ou mesmo vai usar o carro pra trabalhar, entendo que pode ser uma oportunidade para se comprar um 0Km por uma valor bem abaixo do que seria cobrado normalmente.
    Desde que o comprador esteja ciente da desvalorização ou mesmo dificuldade de revenda como disse acima, pode ser um bom negócio.

    • Edson Fernandes

      Concordo e penso igual. Esssa coisa de “mico” por siar de linha, só acontece se comprar com preços cheios. Se conseguir trabalhar descontos, a pessoa acaba possuindo um carro mais novo e a depender do que tinha, revenderá o mais novo melhor. Não é só na revenda, mas tbm no uso.

      • Vitor

        Exato. Exemplo disso que citei foi o desconto dado pela VW no Golf Variant na Black Friday e descontos que volta e meia a CAOA faz em alguns carros, gealmente da Ford.
        Mas é possível em outras montadoras e modelos conseguir descontos ao menos razoáveis.

        • Felipe

          Como fizeram o HB20 a 40000 no blackfriday, pode ta mudando logo, mas não consigo achar outro hacth 1.0 completo tão competitivo, up a 52mil, etios a 50, march e ka a 46-47.
          Nunca tive hyundai, mas peguei no seguro um hb 20 a um ano atras. Pagaria os 40 de olho fechado.

          • sheldonmendes

            o que mata o hb20 é o preço do seguro….. pqp alto demais..

    • klaus

      Acho que tem um cenário melhor ainda: assim que o carro sair de linha efetivamente, esperar um tempo e buscar um seminovo (com calma) que pode vir com um desconto maior ainda (desconto de ser um seminovo como qualquer outro + desconto pelo fato do referido modelo ter saído de linha)

    • Fernando

      Concordo com A matéria. Sofri um acidente com um Pug 408 .Demorou meses pra vir as peças. Isso que ainda veio. Outro caso o rapaz da seguradora me falou que a montadora simplesmente não tinha as peças do modelo que já tinha saído de linha e portanto que não iriam enviar, e pediu ao proprietário que procurasse seus direitos. Ou seja por melhor que seja a oferta, eu hoje já não me interesso pelos modelos que venderam pouco, ou em final de carreira.

      • Tripé

        Eles fazem isso porque a maioria dos consumidores brasileiros são omissos. Isso não acontece só com comércio de peças de carro. Já tive problemas com produtos de outras espécies que o fabricante também se recusou a consertar pois não existia mais peças de reposição. Isso é mais comum do que se pensa.

    • Emanuel Martins

      Também acho. Quando o astra estava pra sair de linha, em 2011, comprei um pelo preço do agile e ainda dividir a metade em 24 vezes sem juros. Achei um bom negócio na época.

    • Danilo

      Eu concordo, mas o problema real é na hora de vender mesmo. Moro em cidade pequena e meu tio aqui ta com uma Spacefox 12/13 por 30k com 90 mil km vendendo tem 2 meses e não consegue de jeito nenhum! Cidade pequena é complicado vender carros que não estão entre os 10 do Brasil.

  • Robinho

    triste pelo Golf e pelo Focus, o restante, não compraria msm.

    • MauroRF

      Exatamente, são dois médios excelentes. Eu tive 3 Focus, foi o melhor carro que tive até hoje. Os Focus em concessionária estão com altos descontos, para quem não ligar para o fato de ele sair de linha, maravilha. Eu dei uma pesquisada rápida e dá para achar o Plus 1.6 manual por 50k (ou até menos), isso o 15/16. É uma versão completinha até e tem câmbio manual. Para quem não ligar em ter um carro manual (fugindo do PowerShift), taí uma boa opção.

      • klaus

        será uma ótima oportunidade de adquirir um bom usado como o Focus, e o câmbio manual dele é muuuito bom!

        • MauroRF

          Bom mesmo! Tive um GL 2002 1.8, um GLX 2008 1.6 tirado zero e um GLX 2012 2.0 comprado seminovo. Todos muito bons. Quem sabe mais pra frente, com o bolso permitindo, eu não tenha um usado conservado?

          • klaus

            Tive glx 2.0 2008 sedã aut. e tenho agora um hatch 1.6 manual 2014, bem melhor q o anterior. em DEZ cheguei a cogitar uma troca por causa da futura saída de linha, mas acho q não vale a pena, pelo carrão q é e pelas opções de outros modelos seminovos q temos atualmente no mesmo nível ou até um nível abaixo (quem sabe um Polo turbo daqui uns anos?)

            • Rogério Rodrigues

              Amigo, eu tenho um C4 2.0 hatch manual e penso em pegar um carro mais novo. Acha que o Focus 1.6 seria uma boa pedida? Um carro de uns 40 e poucos e oq penso. C4 longe thp tbm tá na minha lista

              • klaus

                Garimpando, sem ansiedade, um bom usado, acredito que vale a pena. O meu é ano 2013 e parece q tirei zero há alguns meses, dada a sua ótima qualidade construtiva, conforto, relação câmbio-motor, silêncio….

              • leomix leo

                Peguei antes do facelift, promoção para PCD por R$ 54k, completo, automático e o motor turbo é outro nível, sai de um Civic 2012 e vejo o tanto que a Honda e Toyota cobram por produtos inferiores.

  • Verdades sobre o mercado

    Achei desnecessário a Weekend na lista, ninguém mais compra mesmo… só para licitações mesmo.

    • Junoba

      Mês passado ( Dezembro 2018 ) a Palio Weekend emplacou apenas 62 unidades. É bem capaz de já ter deixado a linha produção e estão esperando o estoque acabar para dar o anúncio oficial…

  • Domenico Monteleone

    EU ainda prefiro um Golf 1.0 a um Jetta, Civic, Corolla, HRV ou Cruze por exemplo, principalmente pela questão do acabamento interno. Por 99 não se acha coisa melhor que o Golf em segurança, acabamento, refinamento…

    • Kang Otro ✓

      Melhor acabamento que um Civic? Difícil

      • Anti-Hater

        Pode procurar as análises. O acabamento do novo Civic está bem aquém do que do de gerações atrás. Até o Jetta que não é nenhum premium está pau a pau se não for até melhor em alguns pontos. A Honda empobreceu muito o Civic que era um carraço ao mesmo tempo que encareceu o carro.

        • Charlis

          Eu tive o Civic G8 e o G9, e quando fui conhecer o Civic X tive uma impressão bem negativa.
          O Civic G9 já caiu bastante a qualidade comparado ao G8.
          Agora o X, despencou em alguns pontos (e melhorou em outros).
          Os mais críticos ao meu ver, são as soldas das portas e o encosto traseiro costurado no banco (o Jetta novo também fez essa solução).

          Mas em contra partida, alguns pontos ficaram legais.
          O painel em si, até que manteve a qualidade.
          As colunas internas e o teto preto, para o meu gosto, ficou MUITO legal.

          E uma melhora gigantesca (que não é a pauta aqui) foi a dinâmica do carro…
          Perfeito, simplesmente, perfeito.

          []s

          • Anti-Hater

            Acho que ambos são muito bons se comparados em quase tudo. Talvez o design (mais moderno no Civic e mais conservador no Jetta) muitas vezes será o diferencial de optar por um ou por outro. A pena é como o acabamento interno despencou entre as gerações, do Civic em relação ao G8 e do Jetta em relação ao MK5. Parece que o segmento se tornou popular mas com preços cada vez mais “premium”.

            • Charlis

              Exatamente…
              Esse Jetta novo, mesmo ganhando algunas “frescurinhas” a mais, como o LED interno, que eu gostei… mas ele perdeu VARIOS pontos em relação a acabamento em comparação com a geração anterior, que eu tenho.

              E como você disse, o preço foi lá em cima.
              De fato, está ficando MUITO difícil comprar carro no BR.

              []s

          • Pedro I

            O acabamento do Golf é infinitamente melhor do que o do Civic, Não tem nem comparação. O do Golf Highline é digno de carro Premium, o do Civic Touring é só ok.

            P.S: tenho um Civic Touring e tive um Golf Highline.

        • Incitatus

          Só que não. Eu tenho um touring, quando vi as fotos até me encantei com jetta. Fui ver o carro na original de são bernardo e acabou o encanto.

          • Anti-Hater

            Então sua opinião é influenciada pelo carro que possui. Estou atrás de comprar um dos dois há meses e já comparei diversos pontos, Civic 10 desde o lançamento e Jetta desde o Salão do Automóvel, quando entrei nele a primeira vez. Nem o Civic é tudo isso (pelo contrário, é bem comunzão comparado ao G8) nem o Jetta é tão ruim assim (o teto por exemplo tem um acabamento incrível que faz o teto do Civic parecer de carro popular). Se analisar sem ser fã de um ou de outro, vai ver que na real a qualidade de acabamento de todos os carros desse segmento despencou a cada geração.

          • fsjal

            acabamento do jetta é meia boca mesmo. já era no anterior

      • Gran RS 78

        O Golf tem um acabamento muito melhor que o Civic, pode ter certeza disso.

        • Incitatus

          Não mesmo.

          • fsjal

            Não confunda o acabamento do Jetta com o do Golf. O do Golf é bem melhor que do Jetta também.

          • Gran RS 78

            Faça o teste vc mesmo. Eu estou falando da qualidade dos materiais, e não da beleza interna, que no caso do Civic, é mais bonito e chamativo que o interior do Golf, mas está abaixo da qualidade dos materiais do modelo da VW.

          • Pedro I

            O acabamento do Golf é infinitamente melhor do que o do Civic. Não tem nem comparação. O do Golf Highline é digno de carro Premium, o do Civic Touring é só ok.

            P.S: tenho um Civic Touring e tive um Golf Highline.

      • Charlis

        Tranquilamente o acabamento do Golf é superior sim.

        Agora aprenda a separar qualidade de acabamento, qualidade de construção e qualidade dos materiais, com o desenho em si.

        Muita gente julga apenas pelo desenho.
        Por foto, é obvio que o Civic parece uma nave por dentro, e o Golf parece um Gol.
        Mas entre nos dois, veja os materiais, encaixes e afins.
        O Golf que vinha do México tinha até o porta luvas revestido com veludo (coisa de BMW, Audi e MB), eu não sei se o nacional manteve isso.

        Muito diferente do Polo por exemplo, que este sim tem um interior absurdamente simples, plastico barato por todos os lados.

        []s

        • Rodrigo

          O Golf nacional (a partir de 2017, os anteriores acho que tinham) perdeu o porta-malas aveludado e a tranca por chave. Do Comfortline ao GTI.
          E nesse modelo 2018 (facelift) perdeu o revestimento acapertado no local do estepe.
          São coisas que aparentemente ninguém perceberia se não fosse dono de algum modelo anterior. Parece que a VW faz questão em não reter seus clientes do modelo.

          • Davi Millan

            A VW também tirou a regulagem de altura dos facho dos faróis na versão 2018.
            Talvez a mexicana (Variant) ainda tenha.

            • Rodrigo

              Não tirou. A regulagem agora é feita numa configuração da multimídia.

        • Davi Millan

          O Golf mexicano também perdeu o porta luvas revestido com veludo. Eu tenho uma Variant 2017 e não tem mais.

          • Charlis

            Estranho, eu tive um Golf da firma na familia, Mexicano, Comfortline, que tinha.

            []s

            • Gabriel Quintino

              Tenho um Golf Mexicano 15/15 e ainda tem carpete no porta luvas.
              No Nacional que não tem mais…

        • Gran RS 78

          Exatamente. No Golf, até embaixo dos para-lamas são acarpetados, coisa que nem em alguns modelos premium possuem isso.

      • Clayton Martins

        O acabamento do civic é um dos piores do segmento. Não tem como comparar com o do hatch alemão.

      • Lucas

        Com toda a certeza. Acabamento não é só qualidade nos materiais, mas também nos encaixes.

      • Mr. Pennybags

        Bem melhor!

      • Davi Millan

        O Golf tem um acabamento muiiiiiito melhor que o do Civic.

        • Pedro I

          Muito melhor.

      • fsjal

        O acabamento do Civic é horroroso. Meu irmão veio de um Golf Variant pra um Civic Touring. Não tem nem comparação.
        O Golf tem o porta objetos da porta todo revestido em carpete.
        O Civic tem os encostos de cabeça traseiro fixos e o revestimento do couro nessa região todo enrugado, meio que sobrando. Sem falar na emenda da solda aparente na lata da porta (do lado de dentro), a qualidade dos botões, a (péssima) qualidade da câmera de ré.

        Não dá nem pra começar a comparar acabamento de carro alemão com japonês. O Civic é muito bom de guiar, muito bem acertado, mas o interior dele tá MUITO aquém do que é cobrado.

      • Pedro I

        O acabamento do Golf é infinitamente melhor do que o do Civic.

        P.S: tenho um Civic Touring e tive um Golf Highline.

    • Charlis

      O problema maior do Golf é o preço.
      Este 1.0 TSI que você está citando, é facilmente encontrado por 88 mil reais em SP, com teto solar.
      Neste preço, até é aceitável, mas lembrando que tem o Cruze 1.4T por este preço, ou até menos.
      Mas, a diferença de performance já faz uma diferença considerável.

      Agora o Golf 1.4 Highline está na casa dos 108 mil reais.
      Simplesmente, mais caro que o Jetta Comfortline que acabou de ser lançado, que já tem bonus, e já em encontrado por 100 mil reais.

      Eu até concordo que o Golf tem o acabamento superior ao Jetta, mas o Jetta acabou de ser lançado, tem pelo menos 5 anos de vida.
      E o Golf novo, vai ser lançado em breve na Europa.

      []s

      • Incitatus

        Não esqueça de somar o preço do seguro. Os descontos não contam pras seguradoras. Para um highline prepare-se para assinar um cheque de 6 paus.

        • Dherik

          Preço do seguro do Golf não varia mais que o dos outros carros médios na mesma faixa de preço. Fiz a cotação de um Golf, Focus e Peugeot 308. Só o Focus era um pouco mais barato, mas todos ficavam por volta de 4000 reais para meu perfil.

        • Nicolas

          Tenho um Tsi Confortline 2015, paguei R$1500 nos últimos 3 anos de seguro, Bradesco, Campinas SP. Tem muito mito, era caro a geração onde as peças encaixavam no Gol. A chave do Golf é uma das únicas que não se consegue clonar, índice de roubo é muito baixo.

        • Charlis

          Eu pagava 1400 reais no Golf Comfortline 1.4 2015.

          []s

    • Gran RS 78

      Prefiro muito mais um Cruze sport6 1.4 turbo, que anda mais e custa menos que ele.

      • Mr. Pennybags

        Anda mais? De lado não conta! Rs

        • Gran RS 78

          De lado, de frente, de trás.

        • Mr Rafael

          É óbvio que o cruze anda mais que o golf 1.0 …

  • rodrigosr

    Discordo de Golf e Up. Critério muito relativo…
    Focus está na lista errada. Devia estar com as peruas.
    Faltou aí o WRV, Duster, Uno e March..

    • tiago

      Com o Golf eu tbm discordo, agora o Up não dá mais, deveria ser mais acessível. Isso falando em preço de tabela, pq na concessionaria tem negociação.

      • MauroRF

        O lance é que todos esses modelos acima (ou quase todos) têm negociação.

        • Felipe

          Pois é, isso que muda muito o cenário dessas materias, eu comprei um up tsi em abril, consegui a 52mil. Acho caro pelo carro, mas o que eu presava ela desempenho e consumo. Então não tem como negar que não tem concorrente pra isso. E de quebra tive uma grata supresa no seguro, pagava 2,1 mil em um fluence 2014 e agora pago 1400 em um up tsi 2018.

          Muita coisa é ralativa na compra, mas eu nunca compro um carro sem antes ver o seguro, na epoca que compramos o fluence em abril de 2013, o seguro ficou cotado em 1800, sendo que civic, corolla e jetta eram dos 3-4mil. Então na minha lógica alem de custarem quase 20mil a mais que o fluence que peguei um desconto de bloco e foi arrematado zero por 51mil, na hora da venda a fipe era 10mil a menos que os outros. Entendo que deixei de perder 10mil quando revendi fora a economia em seguro, outros fatores que levam a compra pra mim ambos eram muito bonitos, confortaveis e razoaveis em consumo, meu desempate foi seguro, preço de compra e de revenda.

          • MauroRF

            Exatamente, e o seu caso é o que eu disse: negociando, valem a pena alguns desses modelos. Como o up que comprou está te atendendo bem, isso é o que importa.

      • daneloi

        O Up! Tem uma excelente margem de negociação. Tem Move tsi 18/19 0KM saindo por 48.990

        • Gran RS 78

          Nesse preço não é TSI e sim 1.0 mpi.

    • Incitatus

      O critério é preço para o golf, não se discute qualidade. Se somar a diferença para o cruze sport mais o seguro, não justifica.

  • D34D P00l

    Faltou a categoria Emergente, nela principalmente o Captur.

    • O Captur aumenta suas vendas a cada dia, especialmente pelos bons descontos. E venhamos, embora o acabamento não seja um primor, o design externo convence!

      • MauroRF

        No meu prédio tem 2 Capturs já, e seus proprietários estão adorando o carro. Um deles comprou um 1.6, viaja bastante e disse que é ótimo na estrada. Vou perguntar o consumo quando ele voltar de viagem.

        • Ernesto

          Fala aí Mauro, tudo bem? Conseguiu ver com o seu vizinho a questão do consumo da Captur 1.6?

          • MauroRF

            Fala, Ernesto! Então, encontrei com ele rapidamente, porque ele está de férias e nem para no prédio (nem eu, estou na casa do meu sogro no interior de SP, rsrsrs). Coincidiu que fiquei uns dois dias no prédio, ele veio para pegar não sei o que e já saiu de viagem, mas aproveitei para perguntar rapidinho: diz ele que faz 10 a 11 no álcool, com ar ligado e andando sempre entre 110 e 120 km/h, ou seja, seguindo os limites das estradas do interior de SP, para onde ele viaja. Com gasolina, entre 14 e 15 km/l. Esqueci de perguntar o consumo em cidade. Vou deixar para perguntar quando ele voltar. Como o cara trabalha em Sampa e mora em Santo André (o prédio onde moramos), vou perguntar quanto ele faz seguindo esse trajeto, em qual combustível e se pega pouco ou muito trânsito nesse trajeto. Eu sei que ele anda com o ar ligado 100% do tempo. Anote aí meu e-mail: frmauro34@hotmail.com. Abração!

      • Mauricio Ferrari

        Era só a Renault lançar uma atualização agora no início de ano, que a Captur deslancharia em vendas.
        Tirar o tanquinho da partida a frio, oferecer regulagem de altura e distância no volante, oferecer direção elétrica, oferecer uma nova central multimídia atualizada e com GPS embutido (a atual já é interessante, oferece pareamento e tal), e o câmbio CVT para o 2.0.
        Com essas alterações, mantendo os preços, ela já faria bonito.
        Agora, se além disso, ela revitalizasse o painel, dando uma sofisticada no design e materiais, mesmo que nesse caso subisse um pouco (um pouco) os preços, acho que ela até daria trabalho.

        Ela tem qualidades interessantes para o segmento; porta malas maior, espaço adequado, e a maior altura livre do solo, além de boa suspensão e a beleza, que é subjetiva, mas a maioria gosta.
        Quando chega uma bitom, aquela cor cobre (vermelha) com teto preto, ou uma branca, chama bastante atenção.

        • RodrigoABC

          Concordo, a Captur tem bons argumentos para vender bem.

          Só discordo sobre o tanque de partida a frio, não é nenhum demérito tê-lo.

          • Ducar Carros

            Para um carro 0km com o preço que cobra, é um demérito sim!

          • Mauricio Ferrari

            Não é demérito, mas o sistema de pré-aquecimento dos bicos é melhor. Meu carro atual tem o tanquinho, e vou falar. Preferia não ter. Aquela gasolina lá fica lá envelhecendo a maior parte do tempo, penso que numa batida é um problema a mais, etc. Mas acho que 95% dos compradores nem se liga nisso de tanquinho ou aquecimento.

            • RodrigoABC

              O sistema de aquecimento dos bicos puxa mais da bateria na primeira partida (quer queira quer não, qualquer componente que requer aquecimento consome muita energia), além de ter componentes mais caros. Já o tanque tem a desvantagem da gasolina ficar lá por muito tempo. Como no país temos os mais variados climas, aqui mesmo no nordeste ambos os sitemas são inúteis, no caso prefiro o tanque pois sei que terei componentes mais baratos (bicos, puxa menos bateria, etc).

              Como disse, dependendo do caso, não é demérito nenhum. É uma escolha da montadora, e nem ligo pra isso, não me faz diferença mesmo kkkkkkkkkkk

              Ambos possuem vantagens e desvantagens, basta você conhecer sua realidade para saber qual o mais adequado pra você.

              • Mauricio Ferrari

                Não sabia isso a respeito do aquecimento dos bicos, e dos componentes mais caros. Valeu pela informação

        • A direção já é eletrohidráulica e tem regulagem de altura (só falta de profundidade). O motor 2.0 está defasado e deve ir embora logo (nem tem como adaptar CVT). Mesmo a versão mais moderna da Nissan, já está desatualizada. É possível comprar o GPS Tom Tom na concessionária para o MediaNav, por mais 500 reais.

          O maior pecado dele é o interior, bonito, porém com plásticos de péssima aparência. Um soft touch nas partes visíveis ou de contato resolveria.

          • Mauricio Ferrari

            Direção eletrohidráulica – eu sabia, mas é inegável que a elétrica pura é mais simples e mais eficiente; Regulagem de altura – eu sabia, mas a falta da profundidade prejudica o carro nas avaliações; Motor 2.0 – com certeza tem como adaptar o CVT, mas provavelmente não valeria a pena justamente por ser defasado, então tomara que logo a Renault corrija isso; Do GPS eu não sabia, interessante, pena que as avaliações nem citam isso, e acabam também tendenciosamente rebaixando o carro. Valeu pela troca de idéias, obrigado

            Também gosto do interior, e concordo com você que talvez é o que mais prejudica o carro em vendas. Outra correção pra Renault fazer logo, tomara.

  • Yuri Lima

    Se a Palio Adventure custasse até 69mil seria imbatível, pois de concorrentes só teria hatch compacto aventureiro, como Onix Activ e Ka Freestyle, que têm porta malas pequenos e menor vão livre do solo.
    Esse preço esbarrando em SUV’s compactos e mais modernos como Renegade/Captur/Ecosport não ajuda.

  • Brasileiro

    Falar que 308 e 408 estão defasados, estão de brincadeira, só pode!
    Focus deveria estar na lista “saindo de cena”, motor Duratec é um dos mais modernos, se tratando de aspirados.

    • Rogério Rodrigues

      Mas está sim. 308 e um 307 com roupa nova. Ele não é o mesmo da eurupa. Utilizaram o chassi do 307 no Brasil, que é um modelo de 2001, ou seja tá defasado!

      • Brasileiro

        Fui ironico…

  • Andre Cupertino

    Kd a linha C3, Aircross e C4 Lounge?

    • Josimar Tavares

      Eles não estão saindo de linha (e nem saíram) e não são tão caros quanto a concorrência, além de oferecerem opcionais e diferenciado, (motor turbo do C4L, teto panorâmico e conjunto econômico do C3 por exemplo) ou seja, tem seu custo benefício. O problema da Citroen (e a Peugeot ) todos estão carecas de saber, e passa muito também pelo senso comum do brasileiro, a “Fama” que essas marcas receberam. E se fossem tão ruins assim, não se vendia mais na Argentina que tem um mercado semelhante ao nosso, mas cerca de 4 vezes menor.

  • Alexandre Maciel

    Bem, tenho um Golf e infelizmente concordo com a matéria. Só vale a pena comprar com bons descontos.

  • RKK

    Protesto quanto ao Up!, principalmente o TSI.

    • Cássio

      A matéria fala em relação ao preço, Não em relação ao motor, jovem.

      • RKK

        Jovem, o Up! TSI vale cada centavo dado à ele.

        • Cássio

          Subentendo que agora sim você entendeu a matéria.
          E é como eu digo: carro é sempre uma escolha emocional, por mais racional que as pessoas queiram defender.
          Quem gosta de VW defende seus carros a todo custo, quem gosta de Fiat idem, Honda idem.

          • RKK

            Você é que não entendeu: quando disse que o Up! TSI vale cada centavo, não me referi ao lado emocional, mas sim técnico.

            • Cássio

              Cara, a matéria fala do preço, não da mecânica… pela mecânica sim, vale a pena, mas pelo preço, não.

    • Rodrigo

      Comprei no ano passado um Golf 1.0 TSI completo, com todos opcionais mais pintura metálica por 85 mil. Hoje, pesquisando e negociando bem, consegue-me um 2018 pelo mesmo preço, com câmbio automático porém sem couro e ar digital.
      Como dono posso dizer que o carro não me decepcionou nem por um instante. Se hoje eu fosse trocá-lo certamente não escolheria o modelo novo, por duas razões: o câmbio AT deu uma bela amansada no motor, a falta de couro e ar digital são os tipos de mimos que não deixaria passar (ainda mais pelo preço). Também notei que o consumo dele com esse câmbio ficou uns 20% pior. Estou convencido que vou ficar com esse Golf por mais uns 4 anos, pelo menos. O ruim do Golf é que depois de ter um fica muito difícil mudar para outro no mesmo patamar, pois simplesmente não tem equivalente a altura. O que mais se aproxima é o Focus, mas já está subindo o telhado também. Cruze? De boa, tem um ótimo motor e só, acabamento nem meu antigo Corsa 2008 era tão mal feito.
      E pelo andar da carruagem o futuro MK8 no Brasil, se vier, vai ser só GTI e GTE.

  • klaus

    a melhor matéria de 2019

  • Donald Acap Acap

    Dono de um 408 thp e não troco por um corolla

  • CarloAndreiDiniz

    Tem é que quebrar algumas montadoras falir uma meia dúzia de fábricas demitir uns 100 mil pessoas talvez o governa pare de querer mais de 50 por cento de imposto em cima dessas carroças. Mas a descupa isso nunca vão abrir mão de receita em favor do desenvolvimento do país por que esse não é o objetivo de nenhum desses governos, me admiro o brasileiro aceitar essas coisas, esses caras lá em cima tinha que ter medo de andar na rua.

    • Edson Fernandes

      Mas isso que vc deseja é um conjunto de problemas dentro dessa area. E é um assnto bem complexo. É triste ver pessoas sem emprego, mas certamente a culpa dos preços não estão ligadas ao numero de funcionários. (talvez na Ford sim, mas é outra historia)

      O brasi tem uma indefinicação governamental e politica enorme. E isso prejudica negocios. As empresas praticam lucros maiores para apagar qualquer risco de negocio no nosso mercado. Claro que essa é uma das pontas do problema, há mto mais.

      • daneloi

        Comentário lúcido. Parabéns

        • MauroRF

          Isso mesmo. Quanto maior o risco, maior o “prêmio” e/ou juros. O Brasil é um país de risco, portanto, os caras precisam lucrar mais para compensar esse risco. Além disso, não temos escala de produção. Só reparar que, lá pros idos de 2011, 2012, quando o mercado bombava, os preços subiam menos, por causa da escala maior.

      • Cosi fan Tutti

        Somente a proposta do novo governo de desonerar um pouco os impostos, com as reformas, e também diminuir as taxas de importação dos atuais 30% pra 20%, já ouvi até 15%, vai dar uma melhorada absurda no mercado.

        • Edson Fernandes

          Para as empresas vai, duvido mto que para o consumidor mude algo.

  • Luconces

    Por achar que não fazem falta no mercado:

    – Toyota Etios
    – Honda WRV
    – Fiat Mobi
    – VW Fox
    – Suzuki S-Cross

    • Edson Fernandes

      Na verdade para o mercado, eles se destacam:
      – Fiat Mobi
      – Etios
      – Fox

      Eles tem médias de ficarem por mtas vezes entrre os 10 mais vendidos. Retira-los agora, qualquer um deles, é dar um tiro no pé da fabricante que fatura bem com as vendas destes. Já o Suzuki, se a estrategia do motor turbo fosse desde as versões de entrada… eu acho que ele faria uma comoção de mercado na epoca de seu lançamento.

      • Luconces

        Eu sei que vende bem mas nesse caso é puramente escolha pessoal mesmo kkk

    • Retrato do Papai

      eu trocaria o fox pelo gol nessa lista aí… o fox é muito mais carro e ainda é mais barato

      • Luconces

        Fox eu descarto tranquilamente. O Gol também!

  • Edson Fernandes

    Eu consideraria:
    – Focus
    Esse com um BOM desconto, eu teria. O mesmo desconto aplicado no Ecosport por R$85500, se custasse isso no Titanium plus do Focus, eu teria um.

    – 308/408
    Esse com um preço com desconto é bom também. Porque qdo olhamos com o preço que esses custam, justifica apesar da desafagem no meio de outros médios, eles se destacam qdo falamos de compactos. Pode colocar Polo e Virtus na jogada, eles são mais carros.

    – Grand Siena
    Ok, eu também não gosto da idéia de existir um sedan desatualizado conviver com o atual (o Cronos é a atualização direta do Grand Siena), mas o fato é que os carros estão bem caros. E o Grand siena 1.0 fire, custa preço de compactos 1.0 de entrada (pois tem desconto).

    Ele poderia conviver se a Fiat pudesse fazer uma das duas coisas:
    – Colocar o motor firefly 1.0 nele ou
    – Apenas ofertar o motor fire 1.4 com o preço da versão 1.0

    Esse carro voltaria a ter atrativo para sua escolha. Ele tem o básico desejado e quem precisa de porta malas, poderia ser uma boa escolha por preço.

    Dá pena de ver o posicionamento de mercado para alguns produtos. Em especial up e Golf. Eu teria um Golf com um preço mais atraente e com motor 1.4.

    • MauroRF

      Você arriscaria um Titanium Plus mesmo com o câmbio PS? Eu acho que arriscaria se o preço fosse muito convidativo. Aliás, talvez (ainda não sei) a gente compre um terreno no interior e, nesse caso, pode ser que eu precise passar a Eco pra frente. Nada certo ainda. Nesse cenário (eu e esposa já conversamos), partiríamos muito provavelmente para um Focus 1.6 Mk3 (pode ser até a versão S 1.6, mas com preferência pelo SE 1.6, e manual).

      • Tygra

        O câmbio PS é um dos melhores câmbios do mercado. Os problemas do passando não existem mais, a má fama foi devido a esses problemas e a demora da Ford em substituir os cambios defeituosos. Porém, desde agosto de 2016 nenhum cambio novo apresentou mais problemas. O meu por exemplo está com 90 mil km rodando como novo. Ele é infinitamente superior aos cambios AT convencionais, não trocaria o câmbio PS por nenhuma transmissão AT6 ou CVT do mercado.

        • MauroRF

          Sério? Isso quer dizer que qualquer Ford com PS desde agosto de 2016 dá para confiar? Porque, falando francamente, tem muito Focus Titanium por aí por preços bem convidativos. Eu tenho uma EcoSport Titanium 2018, excelente carro, excelente dirigibilidade, muito completa, bem segura, e já tive Focus e teria vontade de ter um. Penso em ter um Focus, mais pra frente, pegando usado por um preço convidativo. O Titanium se enquadraria nisso.

          • RodrigoABC

            Sim, em 2016 começou a vir o câmbio na versão correta. No caso final de 2016. São bem mais confiáveis que os anteriores. Claro, nas mãos de donos porcos, ninguém sobrevive.

            • MauroRF

              Ou seja, para reduzir o risco de problemas, melhor pegar um 17/17 pra frente. Não sabia disso. Eu tive um Fiesta 14/15 PS que me deu problemas duas vezes, na segunda vez, trocaram a embreagem, e o passei pra frente. Uma pena, era o Titanium, bem completo e econômico. Era fácil fazer 15 km/l com ele na estrada e ar ligado.

              • Uislei

                16/16 já vieram com a versão “F” do Powershift. Esta versão, se não me falha a memória, é a atualização que “resolveram” o problema.
                No meu caso, consigo passar dos 15 km/l sem problemas tbm.

          • Tygra

            Isso, os câmbios fabricados após agosto de 2016 não apresentam mais problemas. Um Focus 17/17 é certeza de muita alegria, só não compro um agora porque investi na aquisição de uma casa.

            • MauroRF

              Os câmbios mudaram para Eco, Fiesta e Focus ou apenas para o Focus (no caso, só o 2.0)?

              • Tygra

                Para toda a linha. Lembrando que quando a Ford solucionou o problema do câmbio já tinha decidido substituir o câmbio do Ecosport no seu facelift, por isso o Ecosport está vindo com câmbio AT convencional.

          • NYC_Man

            Conheço quem levou carro em 2018 comprado em 2015 já fora de garantia e a Caoa trocou tudo.
            Custo bem baixo na minha opinião.
            Acho que foi R$ 3500,00.

        • Uislei

          O meu está com 45 mil km e 2 anos e 9 meses. Sem problemas, por enquanto.
          EcoSport PS 1.6. 2016.

          • MauroRF

            A garantia do seu câmbio foi estendida? Bom saber que não deu nenhum problema e que seu carro é econômico.

        • Pedro I

          Focus PowerShit virou mico invendável no mercado de usados. Desvalorização monstruosa.

      • Edson Fernandes

        Arriscaria sim. No meu convivio profissional, 5 pessaoas tem o Focus entre os anos de 2015 a 2017 e já passaram por recall nos 2015 e 2016 e não tiveram mais problemas.

        A unica coisa que comentam para quem já teve carros automaticos, é que o powershift segura mais o carro em qualquer condição (como se assemelha a carros com embreagem pq afinal, ele possui, eles acham ruim) é citado como algo ruim.

        E qdo eu expliquei que tinha o controle automatico de velocidade…. pelo menos 2 deles mudaram na hora de opinião, pq afinal, quem controla é o “carro” a velocidade….

        A comparação direta com meu Fluence é: O Focus é sim mais apertado, porém mais equipado e nem preciso dizer da estabilidade.

        MAs o motor com seus 178cv tem um folego a mais que o consegue manter em até alguns trechos de aclives acentuados em sexta sem aumento de rotação. No caso do Fluence vc sente ele subindo de giro para manter a velocidade. Comparando diretamente, é como se o Fluence precisasse reduzir uma marcha enquanto o Focus mantém a sexta.

        Agora, mesmo que isso seja bom, ao menos na mão desses donos, o consumo não é melhor que o Fluence, fica sempre similar. (pois eu tenho rodado na mesma região que eles rodam, que é no entorno de Campinas).

    • MauroRF

      Edson, tem várias Eco Titanium 17/18, umas até pouco rodadas, por 75 a 78 mil “taoqueis” anunciadas. Eu ainda acho que daria para, numa negociação, reduzir um pouco esses preços. Outro dia, eu passei em frente à Viamar da Pereira Barreto, em São Bernardo, e vi uma vermelha exposta na frente com o valor de 74990 no vidro. Se não estiver muito rodada, considero um excelente negócio.

      • Edson Fernandes

        Interessante. Mas daí vc entra no mundo de usados do Focus titanium plus e encontra 2016/2017 e 2017 por R$65000. Pulou atualmente para 2018, vai pra faixa de 80000.

  • Hélio

    nossa, estou pasmo com essa pickup com cara de agile ainda ser vendida…

  • Alvarenga

    Faltou Fiesta e Fusion da Ford, Devem seguir mesmo caminho do Focus.

  • Dherik

    Parece que o 308 não é oferecido mais em algumas concessionárias. Fica a dica para uma notícia sobre isto.

    • Zé Mundico

      Não é questão de ser oferecido ou não em concessionárias.
      A própria Peugeot não oferece mais o carro no site já tem uns 6 mêses.

      • Dherik

        Como assim? No site tem preço (89.990) e tudo ainda.

      • Vinicius Vasques

        Isso é verdade. No meio do ano passado estava olhando um Polo TSI e no processo lembrei que 308 e 408 tinham modelos de entrada por preços parecidos. A noticia que tive na Peugeot (em BH) foi que as vendas estavam suspensas por causa da alta do dólar. Na conversa, a negociação padrão era de um desconto de 13% para PJ (o 408 sairia por 60k) que na minha opinião é preço mais que justo para o que o carro entrega.

  • Paulino Lino

    Achei a lista bem interessante e coerente. Principalmente por causa da Palio Plasticoventure Aberração e Monstrana!

  • Zé Mundico

    Eu já tive um Peugeot 408 e não teria problema em ter outro. Só tive que me desfazer porque precisava de um carro maior.

    • FREDRED

      Maior?! Comprou um ônibus? kkkk

      • Zé Mundico

        Peguei uma Outlander.

        • Geruzzus Filho

          Então, comprou um ônibus. rsrs…

        • NYC_Man

          Diesel ou gasolina?
          Está gostando?

  • Mambo Ted

    Carro ruim é carro inseguro. Falar que é caro é redundância no Brasil. Up, golf, crv possuem bons itens de segurança, 408 , 308 e focus tb.
    Cada um procura o que é mais adequado para sua utilidade e bolso.
    Poderiam fazer matérias dos automóveis mais seguros, mas com test na Europa e nos Estados Unidos e relatar se o veículo que há no Brasil é igual ao dos test …
    comprar algo que só desvaloriza é mau negócio. Tem os piores que além da desvalorização a insegurança, falta de qualidade de projeto e materiais.

  • dsralves .

    O Golf 2018 tem generosos descontos na rede VW, em torno de 12 mil reais. Ainda assim, vou esperar o T-Cross pra trocar o meu.

  • Valdek Waslan

    Peugeot 308 e Peugeot 408???
    Ãh?
    Como assim?
    Não comprar? Pque não comprar?
    Não entendi.

    • Dherik

      Usa projeto antigo (mesma plataforma do Peugeot 307) e logo vão sair de circulação aqui no Brasil (segundo consta, parece que não é oferecido mais em algumas concessionárias). Entre outros pontos: carro muito pesado, ruim de mercado, algumas decisões ergonômicas ruins por causa da idade do carro, etc.

    • Alaor

      Também não entendi. Nem precisava recomendar não comprar, as pessoas já não compram naturalmente rs

    • Valdek Waslan

      Olha… eu discordo…
      O 408 é um belo sedã. Tem um bom motor e um interior interessante.
      O mesmo vale para o 308. Um hatch com um motor turbo e que anda muito bem.
      Eu acho que você recomendar ou indicar a não aquisição de um carro é algo muito estranho tendo em vista o bom volume de carros usados que são comercializados.
      Particularmente, eu não gosto muito de carro francês, mas acho o 408 e o 308 boas opções.

  • Rogério R.

    Lista bem realista. É só compará-la com o ranking de vendas.

  • Clayton Martins

    Fazer uma lista de carros acima do que valem e não relacionar nenhum Toyota é um pecado.

  • Rafael

    Se o Focus tivesse um AT6, daria uma boa sobrevida de pelo menos uns 5 anos nessas mesmas versões

    • Michel

      Uma pena né, carro maravilhoso tirando o PS.

  • RicLuthor

    Esqueceram do Corolla que é caro e mudará de geração?

    Esqueceram de Gol, Voyage, Onix e Prisma, em especial nas versões mais caras? Todos serão atualizados em breve.

    Faltaram muitos carros nessa lista!

  • Marcus Vinicius

    O CR-V agora vem dos EUA e não mais do méxico como o atual Tiguan daí a desvantagem , e com a próxima geração do gol e o up deve algum dia voltar a ser o carro de entrada da marca

  • Zé Mundico

    Deve ter voltado apenas sob encomenda. A Peugeot desistiu do 308 faz tempo.

  • Tosca16

    QQ foi prometido facelift ainda sem data confirmada, poderia esperar chegar esse facelift pra depois investir no carrinho.

  • sigma7777777

    Faltou a lista dos que poderão mudar em 2019, como o Corolla e Civic com facelift, e provavelmente Sentra, que já foi flagrado muito camuflado em testes. Neste caso é melhor não comprar agora, pois os atuais modelos poderão se desvalorizar bastante. Quem aguardar até o fim do ano poderá pegar um pagando menos.

  • Reginaldo de Jesus

    Essa decisao da FIAT de colocar um sedan de entrada quase do tamanho do Cronos e achar que vai dar certo (e deu rsrsrs) e incrível. Entre um e outro, desculpe, prefiro o GS. Muita gente vai chiar mas e minha opinião. Para mim e o mais bonito tambem. Apesar de vender menos que o Cronos

  • Hernan Carlos Granda

    qual é o probelma com que um carro perto de estar fora de linha? se voce consegue um bom precio por um carro como Focus o 308/408 tal como acontece na Argentina onde custam a mesma coisa o menos que um argo /cronos o polo/virtus nao vejo o problema de comprarlos

  • carlos magno magno

    O sedã compacto está fazendo hora extra com a presença do Cronos no mercado, mas ainda resiste com seu velho Fire 1.0 ou 1.4. Está há seis anos no mercado e não mudou nada..Peguei esse comentário la em cima e copiei aqui um trecho .Essas reportagem esta incorreta O grande siena 1.0 tem pouca mais de um ano .Não detalhar essa reportagem e fica devendo como um bom reporte.Não é só defendendo o meu grande siena .Mais existi o grande siena 1.6 que saio de linha também a pouco mais de um ano .Fora que o 1.4 tinha duas versões ..

  • Hudson Wehdorn

    Esqueceram do Logan e Sandero.

  • Igor Guimasi

    “Nenhum pouco”????? Não li isso…

  • Charles Duarte

    Os “Sem futuro”
    ficou engraçado :)

  • O Golf, CR-V, Focus e até o Lancer são bons carros. O problema maior são os preços abusivos cobrados por eles. O restante da lista, eu tenho raiva só de ver nas ruas. Algumas pessoas compram por necessidade de ter um meio de transporte, e outras porque são bobas mesmo. Observando o mercado exterior, eu tenho vergonha do mercado brasileiro.

  • Danilo

    dessa lista, ainda que se tivesse que comprar um o unico que presta é o Golf. E caro, mas ele é um carro de qualidade, motor moderno e atemporal. Ele excede bem o valor se comparado com Cruze. Mas creio que nas css voce consiga bom negocio. Vai ser mais caro que o cruze, mas mesmo assim acho que devido a sua construção mais moderna vale a pena. (pra quem pode)
    Agora Montana, Palio Weekend, Spacefox, 308/408…. precisa ser muito burro pra comprar um trem desses.

  • Rubens

    Em relação aos Subaru aqui vendidos, entraria nesta lista ?

  • zekinha71

    Só lembro que ainda existe o GS quando vejo essas listas, nem taxista que mais esse carro.
    Quando se passa na porta de uma ccs Fiat parece que é uma loja de usados, tirando a Toro, o Palião e o Sienão só tem carro velho.

  • GreatU2

    WRV, HRV e CRV (esse já tá lá). Totalmente desposicionados. Todos estão posicionados no segmento superior.
    WRV no caso nem deveria existir pra falar a verdade. É um insulto, e deveria pagar mais IPVA de tão feio que é.

  • Fabio Costa

    Citroen AIRCROSS e C3

    • Faheina

      Muito bem lembrada essa duplinha

  • Guilherme Martins

    Concordo com modelos a saírem de linha…
    Não porque tá caro… quem sabe se paga… e o dono do dinheiro!

  • Guh MDNS

    Acho lamentável os preços praticados no up! !!!
    Um excelente carro, que ja é descriminado pela falta de beleza, mas mesmo assim a VW insiste em posiciona-lo em uma faixa de preço surreal pra um carrinho de 3,60m…
    Seria um forte candidato a “meus segundo carro”, se custasse o que realmente vale.

  • Romulo Rostand

    O título é ridículo. Escolha de carro é algo subjetivo. A mim ninguém diz qual carro comprar ou não comprar.

  • Igor

    Por que não incluir o VE Fox? Excelente custo benefício, menos de 50 mil num carro com motor acima de 1.0 e recheado de serie mas o projeto é antigo. Como a SpaceFox, em alguns anos deve sair de linha.

  • J_Eduardo

    Discordo desta análise simplória para todos o modelos. Considerando que existem perfis distintos de consumidores, podemos supor por exemplo que mesmo o chinês da Lifan pode ser uma opção relevante de acordo com o valor pago e outras tantas variaveis. Cito um exemplo: Na lista não entram modelos Citroen, aqui no Rio as corretoras e as próprias oficinas de seguradoras não recomendam modelos da marca, óleo seguro caro e falta de pecas. Nenhum dos modelos está saindo de linhas, mas as vendas do aircross são pífias, o valor de mercado dele é igual ao de uma Ecosport com dois anos a Mais. Pode ser que em outros estados não seja assim.

  • Mauricio

    Realmente a Ford nunca deu o valor de destaque que o Focus merecia. Não ter disponibilizado os motores Ecoboost foi um tremendo erro.

  • Jefferson Fernandes

    Esqueceram de mencionar a Jussárica RAV4 da Toyota.

    Quem desembolsar quase 200.000 num carro daquele tem que tomar uma surra de pau.

    • NYC_Man

      kkkkkkkk
      Tenho um grande amigo que comprou.
      De fato fiquei feliz pela aquisição.
      Mas no fundo pensei, poderia ter pego um carro mais legal.
      Mas tem gosto para tudo.

  • Hodney Fortuna

    Ainda bem que o Nissan March não surgiu aí pois estou querendo comprar um este ano, e com motor 1.6. O carrinho é show no desempenho!

  • Giovani Teixeira

    O problema do CR-V é que o brasileiro se acostumou a comprar SUV compacto pelo preço de médio. Então o médio de verdade sai caro.

  • Giovani Teixeira

    Essa é a hora de aproveitar descontos. Por exemplo, na “Black Friday”, algumas concessionárias VW estavam vendendo Spacefox por R$49.990.

  • J.M Duarte

    Atualiza a lista com a Tracker

  • Isaac Ferreira Santo

    Incrivel como o PALIO WEEKEND parece ser um carro do começo dos anos 2000. Tem um aspecto muito defasado

  • Ricardo

    Com exceção dos muito caros, os outros são ideais para comprar depois de desvalorizarem.

  • marcosCAR

    Todos poderiam vender bem se fossem mais baratos.
    Por exemplo:
    Weekend 59.000
    Doblô 79.000
    QQ 25.000
    Lancer 60.000
    Focus 78.000
    SpaceFox 58.000
    Lifan 530 42.000
    e bons descontos com juro zero para os franceses.

  • XNA

    Reportagem muito falha.
    Prisma atual, Cobalt, Sentra, Cruze ,Uno, 208, C4 Lounge, C3, Aircross, Fit, City, Cerato e muitos outros são um péssimo negócio , não pelos carros em si, mas porque mudarão ou serão extintos em nosso mercado , em breve.
    Em 2020 teremos uma nova geração de quase tudo.
    Talvez somente a dupla Virtus/Polo ,C4 Cactus e os KA reestilizados não mudem ,pois acabaram de ser lançados .
    O Arizzo5 é uma boa aposta.

  • Mesmo sabendo que o modelo sairá de linha até 2020, ano passado abraçamos um Fox Xtreme. Não pensei na desvalorização, até porque carro bom continua sendo bom de mercado nos usados. Antes tínhamos um Palio ELX 2010 e vendemos em menos de 48h. Na época da compra, o Fox saiu por R$ 54.990. Não tinha 1.4/1.6 completo que fosse equivalente em equipamentos.

  • Renato Freire

    Gente, lamenrto profundamente e saida do focus do mercado nacional. Tive dois, todos de cambio manual um hacth e um sedã. MARAVILHOSOS e não teria medo de comprar HOJE o powershift se não fosse pela descontinuidade do produto em nosso mercado. UM CARRÃO!!!!! Não dá pra comprar um zero de quase 90 0000 sabendo que vai sair de linha, aí já é loucura. Vamos ter que considerar o desconto q tem q ser bem generoso!!!!!!

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email