*Destaque Fiat

Versões especiais de carros da Fiat

fiat-uno-college Versões especiais de carros da Fiat

A Fiat pode ser considerada como uma das montadoras que mais lançou versões especiais para a sua gama de modelos no mercado brasileiro. Praticamente todos os automóveis oferecidos pela fabricante italiana em nosso País contaram com pelo menos uma série ou edição especial. Atualmente a situação é um pouco menos crítica, visto que somente a Toro conta com uma versão exclusiva, no caso da Blacjack.



Separamos abaixo algumas das versões especiais ofertadas pela Fiat no Brasil. Confira:

Blackjack

fiat-uno-college Versões especiais de carros da Fiat

A primeira versão especial desta lista é a mais recente entre os modelos da Fiat. A série Blackjack é ofertada atualmente na gama da Toro e, como o próprio nome sugere, dá à picape um visual mais “misterioso” com os detalhes pintados em preto. O modelo parte de R$ 115.290 e está disponível nas cores Preto Shadow (sólido) e Preto Carbon (metálico).



A Fiat Toro Blackjack traz acabamento escurecido na grade frontal, nos logotipos da marca na capa dos retrovisores e nas rodas de liga-leve de 17 polegadas. Já o interior ostenta bancos com a inscrição Blackjack e revestimento escuro que mescla couro e tecido. Há ainda novos itens como central multimídia com GPS, câmera de ré, sensores de luz e chuva, retrovisor interno eletrocrômico, ar-condicionado de duas zonas, entre outros.

O motor é o 2.4 flex de 186 cv, com câmbio automático de nove marchas e tração 4×2.

Blue Edition

fiat-uno-college Versões especiais de carros da Fiat

A Fiat ofereceu no ano de 2015 e de 2016 a versão exclusiva Blue Edition para os modelos Uno Sporting e Palio Sporting. A intenção da marca era dar uma cara mais exclusiva aos hatches compactos “esportivados”, com alguns detalhes presentes também no interior.

Os dois modelos traziam rodas de liga-leve com nova pintura, adesivos nas cores azul e cinza na carroceria, retrovisores pintados na cor cinza e um logotipo da versão na coluna C. Por dentro, havia detalhes em azul no painel de instrumentos e bancos, além de alavanca de câmbio, maçanetas internas e aro dos alto-falantes também em azul no caso do Palio Sporting.

College

fiat-uno-college Versões especiais de carros da Fiat

Dá para dizer que a versão especial College foi uma das piores lançadas pela Fiat. Tal configuração foi disponibilizada na linha do Uno em 2013 e trazia uma combinação  bastante estranha no visual e também no acabamento interno, além de carroceria pintadas nas cores Azul Vitality ou Branco Banchisa.

Independente da tonalidade da carroceria, o Uno College trazia pintura em vermelho nos retrovisores, maçanetas e anéis da grade. Havia também rodas de liga-leve pintadas de branco, faróis e lanternas escurecidos, adesivos nas portas e barras longitudinais no teto. O interior se diferenciava por bolsos atrás dos encostos dos bancos dianteiros e detalhes de acabamento em azul e vermelho.

Extreme

fiat-uno-college Versões especiais de carros da Fiat

A versão especial Extreme foi lançada pela Fiat como uma exclusividade do monovolume Idea, da minivan Doblò, da perua Palio Weekend e também da picape Strada, todos no modelo topo de linha com Adventure. Os carros se diferenciavam por detalhes visuais exclusivos e novos equipamentos de série.

Na parte estética, os quatro modelos ostentavam rodas de 16 polegadas pintadas em cinza grafite, faróis com máscara negra, emblemas alusivos à série especial nos para-lamas, soleiras exclusivas, entre outros. Por dentro, havia tapetes com o nome da versão bordado, volante revestido em couro com comandos de áudio e sistema multimídia com tela sensível ao toque de 6,2 polegadas, navegador GPS, TV digital e câmera de ré.

Grazie

fiat-uno-college Versões especiais de carros da Fiat

Para marcar o fim de linha do velho Mille no mercado brasileiro, a Fiat preparou uma versão especial com produção limitada a 2 mil unidades do popular. Batizada de Grazie, a serie limitada vinha recheada com uma série de equipamentos de série, além de visual com detalhes característicos e acabamento interno mais “esmerado”.

Por fora, o Grazie Mille trazia carroceria na cor verde Saquarema, adesivos na traseira e nas soleiras de porta, rodas de liga-leve com acabamento escurecido, faróis e lanternas com máscara negra, ponteira de escape cromada e adesivo da versão nos para-lamas traseiros. O interior, por sua vez, contava com tapetes em carpete, forração escura no teto, plaqueta de plástico com o número da série no console central e o nome da versão no painel de instrumentos e nos bancos.

Já a lista de equipamentos incluía recursos como ar-condicionado, direção hidráulica, vidros e travas elétricas e sistema de som com USB e Bluetooth.

Itália

fiat-uno-college Versões especiais de carros da Fiat

Em 2012, a Fiat ofertou para os modelos Uno, Palio, Punto, Idea e Strada a série especial Italia, como forma de comemoração do encerramento do “Movimento Itália-Brasil” (MIB) naquela época. A edição especial foi oferecida em forma de pacote de equipamentos para os hatches e o monovolume na versão Attractive e para a picape na configuração Working.

Entre os diferenciais, os modelos Fiat Itália entregavam faróis com máscara negra, logotipo Itália posicionado nos para-lamas dianteiros e, em alguns casos, rodas exclusivas. Havia ainda uma lista de equipamentos de série mais recheada para os quatro carros. Esta versão foi estendida em 2014 para o Grand Siena e Palio Fire.

Mangalarga Marchador

fiat-uno-college Versões especiais de carros da Fiat

Oferecida na linha da Fiat Strada em 2013, a versão especial Mangalarga Marchador tinha como base as versões Trekking com cabine estendida e Adventure com cabine dupla da picape compacta. Tal configuração foi resultado de uma parceria com a Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Mangalarga Marchador (ABCCMM) e tinha como alvo os associados da entidade, criadores, cavaleiros, apreciadores da raça e o produtor rural.

O modelo se diferenciava apenas pelas rodas de liga-leve com pintura exclusiva, faróis e lanternas escurecidos, volante multifuncional em couro, sistema de som Connect e retrovisores elétricos. A lista incluía ainda o logotipo Mangalarga Marchador no para-lama traseiro, nos sobretapetes, na soleira das portas e também nos encostos dos bancos dianteiros.

Michael Schumacher

fiat-uno-college Versões especiais de carros da Fiat

O piloto de Fórmula 1 Michael Schumacher também foi motivo de versão especial da Fiat no mercado brasileiro. Aproveitando o sétimo título mundial conquistado pelo piloto em 2004, a marca lançou o Stilo Michael Schumacher. Tal configuração foi ofertada com produção limitada e pintura na cor vermelho Modena dos carros da Ferrari ou numa tonalidade amarela.

O modelo contava ainda com rodas de liga-leve de 17 polegadas com desenho especial, assinatura do piloto na tampa do porta-malas, nas laterais e no painel (onde informava também o número de série da unidade) e aerofólio traseiro. Havia ainda teto solar Sky Window, ar-condicionado dual temp e sistema de som com Bluetooth.

Sublime

fiat-uno-college Versões especiais de carros da Fiat

Embora o nome “Sublime” seja referência de papel higiênico para alguns, tal termo foi utilizado pela marca para designar uma série especial dos modelos Grand Siena, Linea e Idea em meados de 2014. Os três modelos especiais contavam com carroceria pintada em uma tonalidade de branco, lista de itens de série mais recheada e acabamento interno mais esmerado.

O exterior dos carros da série Sublime da Fiat tinha como diferencial as rodas de liga-leve com acabamento exclusivo, faróis com máscara negra ou cinza metalizado, grade frontal e retrovisores em cinza metalizado, placas de identificação da série e soleiras de porta. Já o interior contava com bancos em couro bege ou marrom, painel com acabamento bicolor, entre outros.

Wolverine

fiat-uno-college Versões especiais de carros da Fiat

Para aproveitar o lançamento do filme “Wolverine – Imortal” em julho de 2013, a Fiat resolveu lançar a série especial Bravo Wolverine. A versão exclusiva era baseada no modelo de entrada Essence 1.8 e se diferenciava visualmente por algumas personalizações e detalhes exclusivos no interior. A lista de equipamentos também era mais recheada.

Havia itens como faixas laterais imitando arranhões e também com a marca do filme, faróis com máscara negra, lanternas escurecidas, rodas de liga-leve aro 17 com desenho exclusivo e spoiler traseiro. Já o interior oferecia bancos dianteiros com o logotipo do filme, carpete com bordado Wolverine e chaveiro exclusivo.

Xingu

fiat-uno-college Versões especiais de carros da Fiat

Este nome pode soar estranho para uma identidade de um automóvel, mas ele foi utilizado para designar uma série especial para os modelos Mille Way, Uno Way e Doblò Adventure entre os anos de 2012 e 2013. Os carros traziam adesivos temáticos fazendo homenagem ao filme Xingu e novos equipamentos.

Havia adesivos exclusivos nas laterais e na tampa do porta-malas, enquanto o Doblò Adventure Xingu trazia ainda bancos dianteiros com o nome da versão bordado nos encostos. O último modelo oferecia também brindes como mochila, lanterna, caderno e amuleto.

COMPARTILHAR:
  • Cleidson

    Que eu me lembre tem o Siena MTV, Palio 500 anos, Palio 25 anos…

    • Fanjos

      Essa do Palio 25 anos que ainda era com a segunda versão do Palio era a melhorzinha, vinha com bancos de veludo, um acabamento melhor e Rodas de liga leve bem bonitas.

      • Edson Fernandes

        Acabamento de veludo numa linda cor azul!!!

    • André Francisco

      Teve tb a 30 anos, na linha comemorativa a fundação da montadora no Brasil …

    • CharlesAle

      Teve fiorino MTV também..

    • Julio Andraski

      Faltam vários outros: Uno Mille BRIO 1991, Uno Mille SX YOUNG 1997, Fiorino Pick-up MTV (não lembro o ano… foi anos 90), Oggi PIERRE BALMAIN (1984, se não me engano), 147 500.000 (começo dos anos 80).

      • Edson Fernandes

        Oggi teve as versões esportivas tbm…. 147 Rallye, Uno R, Uno Turbo, Tipo Sedicivalvole, Tempra turbo, Uno Electronic, entre outros…rs

        • Julio Andraski

          Estas versões eram legais, mas eram versões comuns, de tiragem maior. As que eu citei for séries especiais, de produção limitada.

          • Edson Fernandes

            Poxa…. mas as que citei não foram séries exatamente de grandes vendagens…rs

    • Oliveira

      os “Estrada Real” tbm..

  • Fanjos

    Lembro dessa do Bravo Wolverine, mesmo eu gostando dos filmes de heróis e tal deu uma vergonha alheia da pourra esse carro, aquela marca de garras nos bancos era tosco demais, seria um carro para se dar ao filho de 10 anos se com essa idade ele pudesse dirigir.
    Aliás, versão “especial” da Fiat já sabe né : Plásticos e muuuuuitos adesivos.

    • Alessandro

      Não diria isso. O Palio 500 Anos da Fiat tinha um acabamento muito melhorado!

  • Walter Augusto

    E lá fora as 5000 versões do Fiat 500….

    • Maycon Farias

      Mas as versões especiais do 500 lá fora realmente são especiais e cada um com itens e acessórios bastante exclusivos. Não são de adesivos como as daqui. A 500 Riva em homenagem a barcos tem acabamento exclusivo por dentro e por fora por exemplo. Uma joia.

    • EDU

      Diesel . Riva. Sessentesime . 595 tributo ferrari. Todas com otimos acabamentos , recheados de equipamentos .

  • Maycon Farias

    Tirando a Blackjack as outras versões especiais vulgo Adesivais merecem o Troféu Framboesa de Ouro pelos próximos 300 anos.

  • RRodrigo Souza

    colocar apenas alguns adesivos e mudar a cor de objetos internos é facil de mais kkk o uno por exemplo aquele modelo vivace tem varias opções de cores kkk

  • Hoffmann

    Esse Uno College é a maior bizarrice já feita pela Fiat. O interior com peças coloridas em azul e vermelho parece que veio de um carrinho de brinquedo e a “mochila” atrás dos bancos dianteiros, nossa, era uma aberração.

    • Maycon Farias

      Realmente, parece um carnaval.

    • Piston head

      Era uma aberração então combina perfeitamente com o Uno!!

    • Edson Fernandes

      E pensar que eu vi dois em SP! Nem acreditei.

  • André Francisco

    Além da Itália, o Punto teve tb a serie SP…

    • Luciano RC

      Mas esses pacotes eram bons… tinha bons equipamentos para modelos fechados.

  • afonso200

    a pior deles , aquele College, que coisa mais sem graça aquelas cores

  • Essa do Stilo MS é curiosa, ela foi limitada em 2000 unidades e usava o motor 1,8 16v com 122 cv, me lembro bem dela quando pequeno e ia na concessionária com meu pai para as revisões do nosso Palio só para ver o Stilo e entrar no mesmo. A primeira unidade do MS foi a leilão, se não me falha a memória, para a Unesco com a assinatura do Michael Schumacher e do Rubens Barrichello. Porém, depois surgiu a versão Sporting, que ao em vez de usar esse motor, usava o 1,8 8v com 111/114 cv Flex. Na Europa o MS era Turbo e teve várias versões de modo a tentar levantar as vendas dele, uma Xbox Edition e a Prodrive com modificações de especialistas, mas infelizmente não foi suficiente para elevar as vendas dele

  • Rogério R.
    • CharlesAle

      Fiat Oggi CSS…

      • Rogério R.

        Creio que esse seja o mais raro da Fiat, pois até hoje só vi um e no tempo que o Oggi ainda era fabricado.

        • Edson Fernandes

          Eu vi faz uns 3 anos atrás. Era preto com placa cinza mesmo.

          Nem acreditei de ter visto dado o tempo e raridade desse carro andando nas ruas.

          E estava inteirinho…

    • Julio Andraski

      Havia o Uno CS Export também.
      Já a Elba era apenas chamada Elba Top. Não tinha o CSL, apesar de ser derivada da mesma.

      • Rogério R.

        Eu lembro que no logo era só Elba Top, mas é que as revistas automotivas da época a chamavam de CSL Top, daí eu tbém acabei pegando essa mania. rs

  • REDDINGTON

    O Stilo Schumacher vermelho era muito lindo.

    • Luciano RC

      Foi o sonho de consumo geral.

    • Edson Fernandes

      O amarelo tbm…rs

      • REDDINGTON

        Sim!!!

      • Ernesto

        Tenho uma história curiosa sobre o Stilo Schumacher. Um colega meu tinha na época, amarelo. E por causa do carro dele ele foi salvo pela polícia de um sequestro. Um helicóptero da polícia sobrevoou uma favela onde ele estava sendo mantido e o carro dele estava lá também. Por causa do carro na favela (nem chama atenção um Stilo amarelo dentro da favela, né? Rsrsrs), a polícia foi lá averiguar e achou o meu colega. Apesar dele ter sido salvo por causa do carro, o carro também foi a causa do sequestro. Aí ele vendeu rapidinho e nem quis saber mais de carro chamativo.

  • Eduardo Brito

    Dentre essas versões, a Schumacher era a melhor.

    • Luciano RC

      Fez o Stilo ser um carro muito desejado. Vendeu bem.

  • Luís Paulo

    Meu Deus esse Uno College é a coisa mais horrenda que já vi!
    Será que algum louco teve coragem de comprar essa porcaria?

    • Esquilo Tranquilo

      Teve sim, já vim alguns 2 na rua kk

  • Diego Livi

    Quando vai sair a séria “Lula 12 anos”?

    • Ernesto

      Tomara que em breve!

  • fabricioaguirre

    Ainda tenho esperança de ver um Argo Rali…

  • Lucas086

    Teve uns ai que só tinha no catalogo, mas stilo shumacher vendeu bem, siena sublime então, teve epoca que saia mais que o essence, punto italia em 2012 era serie mas em 2014 virou versão e o mille grazie já vi anunciado mais caro do quê quando zero km kkkkkkkk

    • Edson Fernandes

      É que esse periodo do Sublime, surgiu num tempo em que as fabricantes estavam com o interior só preto. Ele fez muito sucesso mesmo.

      Assim como a VW com o Voyage que teve versão com o interior parecido com o da fiat em alguns pontos mais claro.

      • Lucas086

        Voyage Evidence, vendeu bem também.

  • Francisco Helio

    Toro Black ficou show e o motor esta a altura (pra quem não liga pro consumo).
    Compraria sim!

  • Dimitri Diegoli

    Tinha a Dobló Estrada Real também.

    • João Carlos

      Doblo teve várias séries especiais, que por algum tempo substituiam as adventure: Estrada Real, Try On, Extreme, Xingu, etc.
      A Estrada real era a melhor, com um bagageiro thule no teto, fazia o carro ficar com quase três metros de altura…

      • El Gato Negro

        Pelo menos o Thule é útil…

  • TijucaBH

    Algumas acertaram bem como Sublime, 500 anos, 5 estrelas, Schumacher e mangalarga. Já college, Wolverine e blue edition viraram fiasco. Uma observação em relação à serie Italia: eu estava simulando uma strada com alguns opcionais e montando os opcionais à parte, ficava uns 400 reais mais barato que o kit italia, unica diferença era que no kit Itália vinha com farois máscara negra. Nao acho que pra um carro de trabalho vale 400 reais por um detalhe preto no farol… Normalmente as séries especiais costumam ter um custo benefício melhor do que as versões que serviram como base, mas essa série Itália mostra que temos que ficar atentos,

    • Edson Fernandes

      Eu moro em SP, nunca vi um Blue edition.

  • NaoFaloComBandeirantes

    O Stilo Schumacher era bem legal na época. Aquelas rodas marcaram época.
    Uno College é um vômito.
    Sobre o Grazie Mille, não cheguei a acompanhar. Não lembro dela. Mas gostei do nome: digno para marcar a despedida de um modelo que foi importante na historia da marca.

    • Edson Fernandes

      Não foi tãaooooooooo interessante assim.

      A Fiat no Mille só simplesmente colocou todos os itens opcionais no mille, pintou as rodas de grafite e vendeu mais caro que ele colocado isso como opcional num mille comum.

      E era cogitado utilizarem o painel do Siena EL para diferenciar o Mille de despedida que a Fiat não fez e nem sequer comemorar um carro desucesso no mercado.

      A Fiat deveria ter feito alguma comemoração a respeito para inclusive “apresentar” (na verdade re-apresentar) o sucesso Uno para ele. Seria bom para ficar na memoria das pessoas que existia “um novo uno”.

  • Luccas Villela

    Eu acho o College bem descontraído, foge da mesmice tosca dos carros nacionais.

    • El Gato Negro

      Perguntar não ofende: está sendo irônico, né amigo?

  • El Gato Negro

    Cara, dei mais risada dessa matéria do que em vídeo de stand-up no Youtube! Sensacional!!!

    O único que ficou visualmente bacana e tem “contexto automotivo” é o Stilo Schumacher. O resto é brinde de caixa de cereal.

  • Lucas

    O Lipe chega no fim de fevereiro!

  • Luciano RC

    Stilo Michael Schumacher foi um marco… o carro foi o sonho de muitos.

    • Edson Fernandes

      Durante muitos anos foi objeto de desejo meu. Quando finalmente tive condições, perdi o desejo…rs

      • Luciano RC

        Minha irmã era louca em comprar um. O problema era o motor 1.8 16V. Acredito que se tivesse o 2.4 20V, teria sido mais esportivo.
        Foi ele que fez todo mundo se apaixonar pelo teto solar que abria inteiro e ter carro vermelho ou amarelo.

        • Marcelo Henrique

          O problema é que o Abarth tinha um valor absurdo.
          Em 2008, um completo chegava na casa dos 120 mil reais, imagina um Abarth com a assinatura do Schumacher.
          A Fiat fez a decisão certa de usar o mesmo motor da Meriva 16v e dar uma reprogramação mais esportiva e oferecer as versões mais simples com o teto solar Sky Window.

          Ironicamente, foi o carro da Fiat com mais visual alemão já feito e ao mesmo tempo ficou perfeito.

          • Luciano RC

            Foi o melhor Hatch que ela já ofereceu. O Bravo nunca conseguiu ter a qualidade e prestigio do Stilo. Nem o Bravo Sporting consegue a esportividade desse Stilo.

        • Edson Fernandes

          Até tinha o Abbarth… mas custava praticamente o mesmo que um Audi A3 2.0 turbo.

          • Luciano RC

            Na vdd ele era até mais caro. Tinha uma época que com o Preço do Abarth 2.4 dava pra comprar dois Stilo de entrada.

            • Edson Fernandes

              Então, mas o Abbarth topo de linha com opcionais eram bem mais recheado que o proprio Audi A3.

              • Luciano RC

                Sim, ele vinha muito bem equipado na versão Top. Mas era tanto opcional que dava pra comprar outro carro.
                Hoje acha esses modelos por menos de 30 mil reais e a maioria deles destruidos.

                • Edson Fernandes

                  Nem adianta… brasileiro cuida muito mal desses carros.

                  O Stilo Abbarth para quem cuida, vende bem até hoje. Mas a procura é baixa porque esse carro é muito chato para melhorias (muita eletronica embarcada). E eu mesmo, só conheci um Abbarth (e infelizmente prata) que era completo de tudo.

                  • Luciano RC

                    Carros complicado de achar em bom estado:
                    Stilo Abarth 2.4, Audi A3 1.8 Turbo 180cv, Golf VR6, Civic Si e Calibra 16V.

                    • Edson Fernandes

                      Quer ver um raro? Stilo Blackmotion 2.4 20v. Esse se vc achar é mosca branca.

                      Outro bem raro ainda quenão esportivo… C5 THP (vieram poucos para ca).

                    • Luciano RC

                      Ambos são mosca branca mesmo

  • Marcelo Henrique

    Uno Turbo i.e.
    Foi o mais louco das versões especiais.

    • mjprio

      E como andava!!!! Os 1.5 R e 1.6R ja faziam graça porque eram leves!!!!imagina o turbo e seus 114CV do motor 1.4

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email

receber-noticias Notícias por email