*Destaque Peugeot

Versões especiais de carros da Peugeot

peugeot-308-408-roland-garros-1 Versões especiais de carros da Peugeot

Entre as fabricantes que costumam oferecer versões especiais para alavancar as vendas dos seus veículos no mercado brasileiro, a Peugeot aparece como uma das principais. A fabricante francesa, que começou a fabricar seus modelos por aqui em abril de 2001 na planta de Porto Real (RJ), oferece séries e edições especiais para praticamente toda a sua linha de automóveis e utilitários há um bom tempo.



Você conhece ou ao menos lembra das principais versões especiais ofertadas pela Peugeot? Selecionamos as principais delas nesta lista. Confira abaixo:

10 Anos

peugeot-308-408-roland-garros-1 Versões especiais de carros da Peugeot

A primeira delas é a “10 Anos”. Como o próprio nome indica, esta edição especial foi oferecida pela Peugeot para comemorar a primeira década de produção nacional da empresa francesa por aqui. Ela chegou em março de 2011 para os modelos 207 nas configurações hatch, Passion (sedã) e SW (perua), Hoggar e 307 – curiosamente, o hatch médio era produzido na Argentina.



Entretanto, eram poucos os diferenciais dos Peugeot na versão comemorativa. A família 207 contava somente com identificação da edição especial na parte traseira e nas soleiras de porta, tapetes exclusivos, ponteiras de escapamento cromada (para o 207 hatch) e recursos como direção hidráulica, ar-condicionado, trio elétrico e sistema de som com CD player e comandos no volante.

A Hoggar oferecia protetor de caçamba, identificações na traseira e nas soleiras de porta, tapetes originais, pneus de uso misto, sistema de som com CD player, faróis de neblina, volante com ajuste de altura, entre outros. Por fim, o 307 Presence Pack trazia ponteira de escape cromada, tapetes originais e identificação da série na parte traseira e nas soleiras de porta.

Crossway

peugeot-308-408-roland-garros-1 Versões especiais de carros da Peugeot

Uma das mais recentes versões especiais ofertadas pela Peugeot em nosso mercado foi a Crossway. Ela chegou para o Peugeot 2008 em outubro de 2016, com preço de R$ 84,2 mil e produção limitada a 500 unidades. Ele trazia faixas laterais na cor preta, adesivo de bússola na traseira, capa dos retrovisores cromada, rodas aro 16 com acabamento escurecido e emblema Crossway nos bancos.

A versão de base era a Griffe com motor 1.6 flex de 122 cv e câmbio automático de quatro marchas. A lista de equipamentos trazia quatro airbags, ar-condicionado de duas zonas, central multimídia com navegador GPS, teto panorâmico de vidro, luzes diurnas de LED, piloto automático e sensor de estacionamento traseiro.

O Peugeot 2008 Crossway segue sendo ofertado até hoje e custa R$ 87,2 mil.

Holiday

peugeot-308-408-roland-garros-1 Versões especiais de carros da Peugeot

[Imagem: AutoClassic Poá]

Lançado em agosto de 2005, o Peugeot 206 Holiday chegou para comemorar as cinco milhões de unidades do 206 vendidas no mundo. Baseado na versão Presence, o modelo especial tinha produção limitado a 3 mil unidades e era marcado por alguns itens visuais e de acabamento exclusivos e também uma lista de equipamentos de série mais recheada.

Entre os diferenciais, o 206 Holiday oferecia bancos em tecido exclusivo, identificação com o nome da série nas laterais do carro, rodas de liga-leve “Ouragan”, entre outros. Havia ainda direção hidráulica, vidros dianteiros e travas elétricas, rádio com CD player e controle remoto e faróis de neblina. O Peugeot podia receber ar-condicionado e airbag duplo como opcionais.

Ele era oferecido nas configurações de duas ou quatro portas, com motores 1.4 ou 1.6 flex.

InConcert

peugeot-308-408-roland-garros-1 Versões especiais de carros da Peugeot

Com preço inicial de R$ 55,5 mil, o Peugeot 208 InConcert estreou em fevereiro de 2016 com a proposta de “oferecer uma qualidade de som diferenciada”. O hatch compacto foi limitado a 500 exemplares e era dotado de sistema de som com quatro alto-falantes de 35 watts de potência, formando uma combinação com a central multimídia com tela sensível ao toque de sete polegadas.

O 208 InConcert trazia também jogo de tapetes em carpete, soleira de portas em alumínio escovado e monograma nas laterais identificando a versão, além de equipamentos como volante multifuncional em couro, teto panorâmico de vidro, sensor de estacionamento traseiro, ar-condicionado de duas zonas, direção elétrica, trio elétrico, alarme ultrassom, quatro airbags, rodas de liga-leve aro 15, LEDs diurnos, entre outros.

Limited

peugeot-308-408-roland-garros-1 Versões especiais de carros da Peugeot

A única versão especial do sedã médio Peugeot 408 que marca presença nesta lista é a Limited. Anunciada em novembro de 2012, a configuração tinha produção limitada a exatos 408 exemplares e era equipada com uma nova central multimídia. O recurso trazia navegador GPS, conexão Bluetooth, TV digital e câmera de ré, além de tela sensível ao toque.

O 408 Limited contava também com painel com a numeração exclusiva de cada unidade e itens como seis airbags, piloto automático, sensor de estacionamento, teto solar elétrico, volante e bancos em couro, sensores de luz e chuva, entre outros. O sedã trazia o motor 2.0 flex com câmbio automático, pelo preço de R$ 66 mil.

Millesim 200

peugeot-308-408-roland-garros-1 Versões especiais de carros da Peugeot

O já extinto Peugeot 307 contou também com a série especial limitada Millesim 200 para festejar os 200 anos da marca francesa. Com produção limitada a 1,5 mil carros e preço de R$ 54,5 mil, o modelo trazia itens como navegador GPS integrado ao painel, sistema de som com Bluetooth, bancos esportivos revestidos em couro e aerofólio traseiro.

A versão trazia também rodas de liga-leve de 15 polegadas e motor 1.6 flex de 113 cv com câmbio manual.

Moonlight

peugeot-308-408-roland-garros-1 Versões especiais de carros da Peugeot

Uma das versões mais bem aceitas do Peugeot 206 foi a Moonlight. A configuração chegou em 2007 para o 206 hatch e em 2008 para a perua 206 SW. Ambos os modelos tinham como diferencial o teto solar de fábrica, além da produção limitada a 4,6 mil unidades para o hatch e 1,5 mil exemplares para a perua.

Além do teto solar, os modelos traziam ponteira de escapamento cromada, rodas de liga-leve, tampa de combustível tipo aviação, antena traseira mais curta, capa dos retrovisores imitando fibra de carbono, frisos laterais, bancos com nova padronagem de tecido e sistema de som com CD player, entrada auxiliar, cabo para conexão com iPod, alto-falantes triaxiais com 45 watts, entre outros. O Peugeot 206 Moonlight custava a paritr de R$ 41,3 mil e o Peugeot 206 SW Moonlight, R$ 48,6 mil.

Premier

peugeot-308-408-roland-garros-1 Versões especiais de carros da Peugeot

Quem comprou as primeiras unidades do Peugeot 208, conseguiu ainda a primeira edição especial do carro. Para marcar o lançamento do hatch compacto, a Peugeot ofereceu o 208 com as primeiras unidades na versão Premier, com preço de R$ 55 mil, visual exclusivo, interior com acabamento mais esmerado e novos equipamentos de série. A produção foi limitada a exatas 208 unidades.

Entre os equipamentos, o Peugeot 208 Premier trazia seis airbags, sensores de luz e chuva, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, ar-condicionado de duas zonas, luzes diurnas em LED, sistema multimídia com navegador GPS e tela de sete polegadas, rodas aro 16, carroceria plotada em adesivo com aspecto fosco acetinado, bancos esportivos em couro, numeração no painel, pedaleiras em alumínio, alavanca de câmbio com detalhes cromados, teto solar panorâmico, entre outros.

Ele era equipado com o motor 1.6 flex.

Quicksilver

peugeot-308-408-roland-garros-1 Versões especiais de carros da Peugeot

Uma das séries mais conhecidas da Peugeot é a Quicksilver. A versão especial foi oferecida para o 206 em 2002, para o 207 em 2010 e para o 308 em 2014. O primeiro modelo, por exemplo, foi ofertado por a partir de R$ 24,3 mil e trazia rodas de liga-leve, faróis de neblina, ponteira de escape cromada, console central do painel na cor cinza carbono, detalhes de acabamento em alumínio, tapetes estilizados e bancos com tecidos especiais.

Já o Peugeot 207 Quicksilver tinha itens como rodas de liga-leve diamantadas e recursos como faróis com follow me home, trio elétrico, computador de bordo, faróis de neblina, sistema de som com comandos na coluna de direção, ar-condicionado, direção hidráulica, airbag duplo e freios ABS. Ele custava R$ 44,3 mil e foi limitado a 500 unidades.

Por fim, o Peugeot 308 Quicksilver chegou em 2014, limitado a 600 exemplares e com preço de R$ 63,2 mil unidades. O modelo era equipado com retrovisores na cor preta, logotipos Quicksilver no interior e na carroceria, volante em couro com base achatada, rodas aro 17 na cor cinza, luzes diurnas em LED, teto solar panorâmico, ar-condicionado de duas zonas, entre outros.

Roland Garros

peugeot-308-408-roland-garros-1 Versões especiais de carros da Peugeot

Outra versão especial bastante famosa da Peugeot é a Roland Garros, em alusão ao torneio de tênis francês. No Brasil, a série foi oferecida para o hatch 308 e também para o sedã 408. A mais recente leva da configuração chegou no ano passado, com 200 unidades para o Peugeot 308 Roland Garros e outras 100 para o Peugeot 408 Roland Garros. Os dois tinham preço de R$ 101,6 mil.

Entre os diferenciais, eles traziam emblemas do campeonato nas laterais e na traseira, rodas exclusivas aro 17, capa dos retrovisores cromadas, acabamento interno em couro cinza claro com costuras laranjas e tapetes customizados. O motor era o 1.6 THP de 173 cv com câmbio automático de seis marchas.

Techno

peugeot-308-408-roland-garros-1 Versões especiais de carros da Peugeot

A Peugeot ofereceu em 2003 uma versão especial chamada de Techno para o 206. O modelo contava com sensores de luz e chuva, sensor de estacionamento traseiro, vidros e travas elétricas, direção hidráulica, freio a disco nas quatro rodas nas versões com motor 1.6, computador de bordo, volante multifuncional com ajuste de altura, rodas de liga-leve, ajuste de altura dos faróis, entre outros. Ele

Urbantech

peugeot-308-408-roland-garros-1 Versões especiais de carros da Peugeot

Por último, há o Peugeot 208 Urbantech, que está disponível nas revendas por R$ 74,5 mil. Baseado na versão Griffe 1.6 automática, o modelo se diferencia pelos retrovisores com capas cromadas, rodas de liga-leve aro 17 com superfície exclusiva, volante em couro perfurado, bancos em couro e tecido e tapetes personalizados.

Há ainda seis airbags, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, sensores de luz e chuva, piloto automático, teto solar panorâmico, ar-condicionado de duas zonas, entre outros.

COMPARTILHAR:
  • Hugo Leonardo Dos Santos

    Quicksilver tinha que voltar, sempre achei esse esportivado bonito

    • Robinho

      ia escrever justamente isto…é uma das poucas series “especiais” que apoio!

  • Lucas086

    Quiksilver era sonho, sempre tive vontade de ter um .

  • pedro

    Essa 2008 Crossway colou bem com o modelo. Esses adesivos com as rodas escuras deixaram o modelos mais interessante que as demais versões. No mais eu curti o 208 Premier que tinha essa cor rubi e um azul, cores lindas e diferentes.

  • Os 308CC Roland Garros eram interessantes porque podiam vir com os faróis bixenon direcionais semelhantes ao primeiro 408. Pena que a Peugeot não ofereceu os mesmos pro 308 hatch.

  • Eduardo T. Küll

    Vamos combinar que versões especiais são:

    a) meios de tentar turbinar vendas com preços que, em tese, embutem alguma vantagem, seja em acabamentos, seja em equipamentos. E verdade seja dita, muitas vezes, tal vantagem inexiste. Exemplo recente, Compass Night Eagle;
    b) criar alguma movimentação em uma linha sem qualquer novidade, atualização real.

    • c) desovar equipamentos parados em estoque, como por exemplo um Monza Hi-Tech, um GLS com painel digital, ou um Omega Diamond, um GLS com motor 3.0 do CD. Em ambos, os equipamentos em questão sumiram da linha depois das respectivas versões especiais.

  • Felipe Alves

    Essas versões são mais caras no lançamento, mas depois, saem de linha e desvalorizam mais ainda o carro que já sofre de uma desvalorização atroz…. Não acho que valham a pena.

  • Fernando W

    Nem irei opinar muito, pois sou ”fanboy” da PEUGEOT. Acho tudo lindo*.

    • Erivelton Freitas

      A Peugeot deveria mudar o slogan para ‘Design é Tudo’, porque realmente… Tudo da Peugeot é muito lindo!

      • Fernando W

        Concordo plenamente! Hehehe…

    • Robinho

      eu não sou fanboy da Peugeot, mas tirando alguns poucos casos, os carros dela realmente são lindos.

  • Daniel Astrauskas

    Tinha um 308 QuickSilver, chamava muita atenção , principalmente de “manolos”, fora por ser uma edição especial o seguro era mais caro!
    Comprei usado,e na hora de vender foi super rápido e perdi pouco dinheiro, ate me assustei por se tratar de um peugeot

  • El Gato Negro

    Nossa!!! Esses dias vi um 2008 todo cagado no Xuning passando pela rua. Pensei: “nossa, que m**** que o cara fez com um carro zero km…”
    Era a tal Crossway que está na matéria acima. Pqp.

  • Erivelton Freitas

    Que saudades de ler alguma coisa sobre a Peugeot aqui… hehehe. Muito bons, e o QuickSilver eu me lembro que via com frequência quando era mais novo. Eu achava bem diferente por ter a impressão de ser mais escuro que os demais!

  • Faheina

    Não lembrava desse premier muito menos vi um.

  • Ricardo Blume

    O que ferra estas versões especiais são: o preço maior do seguro e na hora de ter que comprar alguma parte “especial”, seja qual for o motivo, paga-se mais e, muitas vezes, demora a chegar.

  • marcosCAR

    Gostava muito da Quicksilver… E a Hoggar? A Peugeot não soube vender ela…

  • zekinha71

    O primeiro Quicksilver que sai era muito bonito, o logo era uma plaquinha, depois nas versões seguintes foram diminuindo as coisas, o nome era só adesivo.
    Se lançarem uma versão agora vai ter só o adesivo com nome e olhe lá.

  • Vattt

    Para os Peugeots 206/207 a versão Techno se perpetuou até os últimos dias de vida desse carro (não como série especial) mas com o aprimoramento do seu sistema elétrico e susbistituição dos cabos elétricos por um sistema unificado e muito mais resistente.

    • Unknown

      Se isso for realmente verdade, prova que a parte elétrica é um defeito “crônico” dos carros da Peugeot vendidos aqui no Brasil…

  • Catucadao

    vi uma foto de um 206 azul é lindo belo carro

  • Fabiano Navas

    Esqueceram de citar o 106 Quicksilver! O pequenino também ganhou série especial, exclusivamente na cor Prata e 2 portas, em 2001. Tinha como diferenciais o revestimento interno dos bancos, as saias laterais, parachoques dianteiros e traseiros, vidros e travas elétricas de série. Seu único opcional era o ar condicionado. Curiosamente, não dispunha de direção hidráulica nem de rodas de liga-leve (não raro ver com as rodas esportivas do 206 instaladas).

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email

receber-noticias Notícias por email