*Destaque Toyota

Versões especiais de carros da Toyota

Toyota-Hilux-SR-Challenge-2018-1 Versões especiais de carros da Toyota

Ao contrário de diversas outras marcas presentes em nosso mercado, como é o caso da Fiat, a Toyota raramente teve como prioridade as edições especiais para alavancar as vendas de seus modelos no Brasil. Durante toda a história da marca japonesa em nosso País, pouquíssimas versões especiais foram comercializadas. Ainda assim, há alguns modelos que merecem destaque. Separamos alguns deles nesta lista. Confira:



Black Pack

Toyota-Hilux-SR-Challenge-2018-1 Versões especiais de carros da Toyota

A primeira edição especial de carros da Toyota que aparece nesta lista não é bem um modelo especial. Ofertada na linha do Corolla de atual geração, a edição Black Pack não era nada mais que um pacote de equipamentos e adereços visuais para a versão GLi Upper do sedã médio. O Corolla GLi Upper Black Pack chegou ao mercado em abril de 2016 com preço inicial de R$ 83.720.

Entre os diferenciais, a edição especial do Corolla trazia maçanetas externas e soleiras de portas cromadas, frisos personalizados na cor da carroceria, bandeja no porta-malas e sensor de estacionamento traseiro. Além disso, fazendo jus ao nome, o modelo era ofertado somente com pintura da carroceria na cor Preto Eclipse.

O modelo conta com um motor 1.8 litro flex de quatro cilindros, que consegue desenvolver até 144 cavalos de potência e 18,4 kgfm de torque, acoplado a uma transmissão automática do tipo CVT (continuamente variável) que simula sete marchas.

Challenge

Toyota-Hilux-SR-Challenge-2018-1 Versões especiais de carros da Toyota

A mais recente edição especial da Toyota e que inclusive ainda está disponível no mercado brasileiro é a Challenge, disponível na gama da picape média Hilux. O modelo foi anunciado em outubro do ano passado, tendo como base a configuração SR com motor 2.8 litros turbodiesel de 177 cavalos e 45,9 kgfm, transmissão automática de seis velocidades e tração nas quatro rodas. A picape especial pode ser encontrada nas concessionárias com preço de R$ 161.990.

A Toyota Hilux SR Challenge aposta num visual mais “ousado”. Ela conta com pintura em preto nas rodas de liga-leve de 17 polegadas, grade dianteira, maçanetas das portas e estribos laterais, protetor de para-choques, faróis com máscara negra, lanternas escurecidas, molduras nas caixas de roda, santo-antônio na caçamba e adesivos exclusivos nas laterais e na tampa da caçamba.

O conjunto inclui ainda detalhes de acabamento na cor vermelha no painel e costuras exclusivas.

Dynamic

Toyota-Hilux-SR-Challenge-2018-1 Versões especiais de carros da Toyota

Outra versão especial do Toyota Corolla é a Dynamic, que também foi ofertada na atual geração do modelo pré-reestilizado. Ele chegou como uma espécie de resposta à nova geração do Chevrolet Cruze e do Honda Civic e trazia como diferencial apenas alguns equipamentos e detalhes estéticos. O Corolla Dynamic estreou em novembro de 2016 na rede de concessionárias e tinha preço de R$ 97,7 mil.

Posicionado entre as configurações XEi e Altis, a Dynamic contava com filete de LED nas proximidades dos faróis de neblina dianteiros, capa dos retrovisores e rodas de liga-leve de 16 polegadas escurecidos e o nome da versão estampado na tampa do porta-malas. Havia também painel com detalhes em couro preto e bancos seguindo o mesmo padrão e tapetes personalizados.

O carro trazia ainda sete airbags, Isofix, câmera de ré, faróis com acendimento automático, retrovisor interno eletrocrômico, piloto automático, ar-condicionado digital, direção elétrica, trio elétrico, sistema multimídia com tela sensível ao toque de 6,1 polegadas, DVD player, TV digital e Bluetooth, entre outros. O motor era o 2.0 litros flex aspirado de quatro cilindros, com até 154 cv e 20,7 kgfm, atrelado ao câmbio CVT com modo sequencial de sete marchas.

Limited Edition

Toyota-Hilux-SR-Challenge-2018-1 Versões especiais de carros da Toyota

A Toyota apresentou durante o Salão do Automóvel de São Paulo, em novembro de 2014, uma série especial para marcar o fim de linha da antiga geração da Hilux em nosso mercado. Batizada de Limited Edition, a versão tinha produção limitada a 3 mil exemplares nas cores branca e preta e foi comercializada naquela época por R$ 155.650.

O modelo tinha como base a versão SRV Top e trazia rodas de liga-leve de 17 polegadas com pintura escurecida, capa de proteção no para-choque dianteiro, santo-antônio exclusivo, capota marítima, adesivos nas laterais da carroceria, capa dos retrovisores e soleiras de porta cromadas e tapetes exclusivos. A lista de equipamentos incluía ainda controles de estabilidade e tração, faróis com acendimento automático, piloto automático, bancos revestidos em couro, sistema multimídia com tela sensível ao toque de 6,1 polegadas, DVD player e navegador GPS, entre outros.

Tal configuração contava com um motor 3.0 litros turbodiesel de quatro cilindros, com 171 cavalos de potência máxima e 36,7 kgfm de torque máximo, atrelado a uma transmissão automática de cinco marchas e tração nas quatro rodas.

Ready!

Toyota-Hilux-SR-Challenge-2018-1 Versões especiais de carros da Toyota

O Toyota Etios também teve direito a uma edição especial no mercado brasileiro. A variante Ready! chegou às concessionárias simultaneamente com o Corolla Dynamic e foi utilizada para testar a receptividade do público em relação à nova cara do modelo, que pouco tempo depois acabou sendo aplicada para o restante da gama como uma espécie de face-lift de meia-vida – tal visual era ofertado também na variante topo de linha Platinum.

Além da parte frontal da carroceria com grade e para-choque redesenhados, o Etios Ready! trazia ainda pelos frisos laterais, adesivo com o nome da versão posicionado na coluna traseira e carroceria com apenas duas opções de pintura (prata e vermelho). Ele trazia ainda alguns equipamentos extras, como sensor de estacionamento traseiro, bolsa organizadora no porta-malas e suporte de bolsa e sistema multimídia com tela sensível ao toque, espelhamento da tela de smartphones e navegador GPS (herdado do Etios Platinum).

O Etios Ready! saía de fábrica com um motor 1.5 litro flex de até 107 cavalos de potência e 14,7 kgfm de torque, combinado a um câmbio automático de quatro marchas. O preço inicial do carro era de R$ 59.780.

“S”

Toyota-Hilux-SR-Challenge-2018-1 Versões especiais de carros da Toyota

Por fim, mas não menos importante, a edição especial “S” foi ofertada na gama de dois dos carros mais emblemáticos da Toyota no mercado brasileiro. A geração “Brad” do Corolla e também da perua Fielder estreou a versão “S” em novembro de 2006 com produção limitada a 1.350 unidades para o Toyota Corolla S e 450 unidades para o Toyota Fielder S. Ambos tinham como base a versão de acabamento XEi e inclusive serviram como automóvel oficial de apoio do GP Brasil de Fórmula 1 2006.

No visual, o Toyota Corolla S e a Toyota Fielder S contavam com spoilers nos para-choques, saias laterais, faróis com máscara negra, luzes frontais auxiliares e pintura na cor cinza na capa dos retrovisores, maçanetas, régua do suporte de placa traseiro e bagageiro (no caso da perua). Havia ainda novas rodas de liga-leve de 15 polegadas e o nome da versão estampado na tampa do porta-malas.

Já o interior contava com detalhes de acabamento internos na cor prata, revestimento em couro, painel de instrumentos com novo grafismo e sistema de som com MP3 player. O motor era o 1.8 16V de 136 cv e 17,5 kgfm, com transmissão manual ou automática.

O Corolla S era comercializado por a partir de R$ 65.123, enquanto a Fielder S partia de R$ 70.459.

COMPARTILHAR:
  • André

    Todas ridículas e sem sentido.

    • Robinho

      kkkk, pensei a mesma coisa.

  • Lucas

    Pagar 10 mil a mais que a versão “normal” por causa de alguns adesivos ou saias laterais é doentio.

  • ChalMust

    Hilux versão TOMBALUX, a mais procurada!
    Corolla versão Vovorolla, a mais desejada (sem ESP, please)!
    Etios Ready, o cão demoniado de feio, me dê mamae, eu tenho frisos laterais!

    • Mambo Ted

      Carros da Toyota são robustos . Tecnologia ultrapassada , conforto mediano , acabamento e arremates toscos . Cobram no mínimo 35 % a mais do que deveriam .
      Apenas no Brasil que o comprador de Toyota vê status nesse produto .
      Seria uma boa compra por preco bem menor . Quem paga merece .

      • rodrigo

        3 toyota na lista das picapes mais vendidas no mundo em 2016, 2017 a hilux tambem entrou no top 10, perdendo apenas para as king size americanas, corolla nem se fala, faz quantos anos que ele domina o ranking de veiculo mais vendido no mundo? QUE MUNDO DOENTE

        As 10 picapes mais vendidas do mundo em 2016:

        1) Ford F Series: 986.773 unidades

        2) Chevrolet Silverado: 651.291 unidades

        3) RAM Pick-up: 573.402 unidades

        4) Toyota Hilux: 533.429 unidades

        5) GMC Sierra: 289.145 unidades

        6) Ford Ranger: 222.533 unidades

        7) Isuzu D-Max: 221.377 unidades

        8) Toyota Tacoma: 213.245 unidades

        9) Chevrolet Colorado: 132.483 unidades

        10)Toyota Tundra: 128.083 unidades

        • Jorge Castro

          Mas la fora vc nao ve essa diferença de preço q tem aqui , e sao ofertados em pe de igualdade em equipamentos. O pro do corola e pagar mais e levar menos antes de me chamar de anti eu tenho um q provavelmente sera o ultimo .

          • rodrigo

            Cara, eu tbm tive hilux ate 6 meses atras. Vendi e fui pra S10 por causa da potencia, era muito fraca e a s10 é um canhao. Agora depois de 23.000km eu vejo como a S10 é uma porcaria, entao cuidado na hora de escolher outro carro pois a propaganda é feita pra vender mesmo. Tudo da hilux é melhor que da S10 (ATE EM ESTABILIDADE SE DUVIDA), unica coisa que perde é motor e nao compensa se preocupar apenas com isso. Comprei uma carroça com 13 poneis a mais

            • Ricardo

              Quem compra pickup não deveria se preocupar com desempenho, mas como estamos no Brasil, querem pickups velozes, resistentes, econômicas, confortáveis, com manutenção barata, etc.

              • rodrigo

                A questao é que eu possuo apenas 1 picape, uso tanto pra trabalhar quanto pra viajar. Por isso me preocupo tanto com desempenho quanto segurança e tudo o que voce citou. E como o grande assunto é preço, é ridiculo pagar 190k em uma picape e ter desempenho de gol 1.6 durante as viagens. Porem, a S10 tem um desempenho muito bom mas do resto é tudo razoavel.

                • Ricardo

                  Adoro quando em Rodovias chega alguma pickup atrás, principalmente Hilux, querendo passar por cima, piso e o cara não consegue acompanhar um carro 1.6. Haha

              • pedro

                Desculpa, mas isso não é algo do Brasil, pelo contrário, lá fora isso é mais considerado, é só olhar o mercado americanos e a super picapes, com motores super potentes, a F-150 usa o mesmo V8 do Mustang, por exemplo. Amarok passou a usar o V6 e foi primeiro no exterior.

                • Ricardo

                  Lá, naturalmente as pickups já andam bem, essas mais potentes ainda são para um público mais específico ainda e não custam fortunas com as meias bocas do Brasil.

              • yurieu

                O sr. falou tudo correto, só que é o contrário. brasileiro não gosta de potência.

              • João Teixeira

                Ricardo concordo plenamente contigo. Eu me pergunto se as pessoas já tiveram aula de Física na vida…carros altos são instaveis devido a gravidade,aerodinamica. Não por acaso as ferraris são grudadas no chão e carros altos como kombis, towners, picapes tombam. Picapes tem que ter potência pra puxar o peso que levam e não para serem velozes.

                • Ricardo

                  Deveriam ser limitadas a 140 km/h.

            • Lucas

              Eu tenho uma SW4 13 e tive uma Trailblazer 14, ambas a diesel e ao mesmo tempo, e compartilho da sua opinião até certo ponto, já que realmente a HIlux parece ser mais bem montada internamente. Porém temos que levar em consideração que custa, pelo menos no meu caso, 35 mil reais a mais, mesmo sendo um ano mais velha.
              O IPVA custa mais caro, seguro é 50% maior e o único ponto em que a picape japonesa se sobressai é em qualidade de montagem interna, ou seja, tem menos ruídos de acabamento. Será que vale a pena? Considerando que a Blazer anda MUITO mais, é mais espaçosa, mais segura, estável e igualmente robusta, acho que a compra mais racional seria a caminhonete da GM mesmo, devido à gritante diferença de preços praticados, mesmo parecendo um chocalho com apenas 37 mil km rodados.

              Hoje em dia uma SW4 chega a custar 50 mil a mais, uma loucura total. A HIlux SRX custa 193 mil, enquanto dá pra comprar S10 LTZ por 150!

              • rodrigo

                Muito bom o relato, nesses pontos a sw4 fica incompravel mesmo.

            • yurieu

              Também… olha o veículo que você foi comparar… S10… Essa bomba vai sair de linha em breve com o fim da GM australia.

              • Lucas

                S10 não sai de linha no Brasil de jeito nenhum.

                • yurieu

                  Somente se existir uma nova holden Colorado global.

                  • Lucas

                    Que vai continuar a ser comercializada no Brasil como S10.

        • Lucas

          Lá fora os carros da Toyota custam, muitas vezes, até menos que os concorrentes. Aí sim, valendo a compra, já que não são veículos ruins.
          Um Corolla nos EUA custa 18 mil dólares; o mesmo que Cruze e Jetta… Uma Tundra sai a 31 mil dólares, enquanto a Ram 2500 vale 32 mil e a Silverado até 5 mil a mais.

          Entendeu a diferença? NADA justifica um Toyota custar até 50 mil a mais que um concorrente direto (no caso de SW4 x Trailblazer. por exemplo) aqui no Brasil, e ainda vender muito.

        • Mambo Ted

          Por um preço normal é uma compra racional . São automóveis robustos , são para serviço pesados , dificilmente dao manutenção . Para quem usa no trabalho rural é bom , mas para passeio é fria . Carros para serviço pesado precisam ser robustos e baratos . No Brasil cobram uma diferença absurda que não vale a pena .

        • yurieu

          Pode haver uma zona de guerra ou um país comunista, mas lá estará o Corolla, Hilux, Land Cruiser, seja carregando terroristas, políticos ou cidadãos comuns…

          • mjprio

            A Land cruiser eu usei na ONU la no Líbano. Robusta feito um blindado. Mas.se vc.sentar na terceira fileira o pula pula do eixo traseiro detona uns 3 discos da sua coluna

            • yurieu

              Depende do ano do veículo, mas apesar de o Suburbam ser o primeiro SUV de todos os tempos, o Land Cruiser é o pináculo da durabilidade e resistência em qualquer lugar do universo.

              • mjprio

                Acredito que elas eram 2015 ano que eu fiquei la. Afinal eram novinhas em folha

  • Hipocrisia da silva

    Só engana o pacato cidadão brasileiro…

  • Robinho

    Poderia ter o Corolla Cross…ate porque a suspensão dele já esta preparada para isso (ao menos na altura do solo)…kkkk

    • Pedro154

      Esses Corollas novos estão muito altos mesmo kkkkk

      • Lucas086

        Mais alto que os ditos suvs kkkkkkkk

  • afonso200

    a fielder na epoca custava como se fosse hoje uns 160mil reais…. interessante ela ter entao o MP3 coisa que nenhum corolla bradpitt tinha

  • haventreportersjaps

    legal

  • Pedro154

    O Corolla/Fielder S até que eram legais. Deviam ter virado uma versão fixa, mas com um motor mais forte que o então 1.8 de 136cv. Nos EUA chegou a existir uns Corollas XRS com uma versão mais potente do mesmo 1.8. Na geração seguinte, passaram a vender com motor 2.4. Mas enfim, Corolla aqui tem aquele público extremamente conservador, talvez seja por isso que a Toyota nunca se interessou e provavelmente nunca irá se interessar por um Corolla esportivo no BR… uma pena.

    • Na época disseram que a Fielder S fez bem mais sucesso que o esperado e esgotou rapidamente. Durante muito tempo, a Fielder foi meu sonho de consumo.

      • mjprio

        Conheço quem ja trocou o motor de uma Fielder por um mais novo so pra ficar com o carro. Os donos amam o carro!

  • sigma7777777

    Corolla Zico.

  • Luis Burro

    Nossa,q economia no visual hein?As da Hillux praticamente é um adesivo.

  • Rodrigo

    Comprou? Pronto, agora pode pastar tranquilo que o carro não quebra.

  • Luis Burro

    Este Black pack podia se chamar Uber tbm.

  • Versão “S” só porque tem uns spoilers e aerofólio, “limited edition” porque tem uns adesivos bregas, e por aí vai. Coisa de brasileiro mesmo que gosta de ser enganado e pagar mais caro [ainda] por isso.

  • yurieu

    Título errado: Versões especiais de carros da Toyota

    Título correto: Versões especiais caras da Toyota.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email

receber-noticias Notícias por email