Lançamentos Mercedes Benz Veículos Comerciais

VÍDEO: Novo caminhão Mercedes-Benz Actros é lançado no Brasil

Agradecimentos ao Rogério.





  • Zé Miranda ∴

    Mais um para empatar a estrada.
    Ferrovia, que é bom, nada né?

    • Renato Coletta

      Ferrovia??? não onde já se viu e acabar com máfia das licitações para recapear asfalto, e as contrutoras, maiores financiadoress do país (juntamente com o banco que o fica com 20% do fatutamento), onde ficam?

      E sem falar na petrobrás, quanto milhoes de barris de diesel eles venderiam a menos (se tivessemos apenas 15% de transporte com veículos como EUA Japão e Europa?

      Ia falir a estadtau que demarca noss preços sobre nosso ombros, como se gado fossemos, sem falar, dos usineiros que vendem transforma alcccol em açucar, e vende para o exterior e a gente fica a mingua das sobras….

      Carro elétrico, usina eólica???? pode esquecer, não dão lucro a sistema!!

      Mas podem fcar tranquilho, o sistema está agarntido por 500 anOs, afinal estams no BraZil, o pais da cerveja, bunda e do FUTEBOL!

      VERGONHA DE SER BRASILEIRO, NÃO PELOS POLITICOS, PELO POVO PACATO, QUE SÓ QUER SABER DE BUNDA E FUTEBOL!

    • Raimundo M.

      Caro, que estamos longe de melhorias no transporte de cargas, não questiono, mas tem país como a Austrália onde os trens são bastantes usados e nem por isso o transporte rodoviário é limitado. Lá, por sinal, permite composições até maiores que as daqui com limite de 50m de comprimento transitando dentro de algumas regiões.
      Sobre empatar as rodovias, a culpa é de todos. O governo que investe muito pouco nos diferentes modais; a população que não tem alternativa boa mas adora ter um carrinho e, infelizmente, também não é exemplo de boa condutora.
      Bitrens e rodotrens tem limite de circulação no país afim de reduzir acidentes de trânsito, mas a grande maioria é de condutores de veículos de passeio que não respeitam as regras. Outra é como todo transportador de carga busca soluções melhores, já existe configurações que permitem fugir das restrições de circulação como caminhão-trator 8×2 com semirreboque de três eixos vide abaixo. Scania e Volvo já ofertam esse tipo de caminhão e a VW acabou de apresentar um Constellation.
      http://motordream.bol.uol.com.br/upload/tm040815-03.jpg

  • G. Pierin

    Não lembra em nada o Mercedes Europeu:
    http://www.mercedes-benz.de/content/germany/mpc/mpc_germany_website/de/home_mpc/trucks_/home/long_distance/new_actros.html

    Pra mim é só uma reestilização. E apesar de já ter tido experiências com Mercedes Benz, ainda vejo a Scania e a Volvo muito mais evoluidas para caminhão estradeiro.

    • Robson

      E iveco, presta?

      • Lucas Vieira

        Claro que presta.

      • G. Pierin

        O consumo do iveco é mais alto que dos outros, mas tem bastante rodando na estrada. Eu pessoalmente nem comparo essas marcas com Volvo, por exemplo, e não apenas por questão de gosto, já conversei com um frotista e ele me explicou muito bem o porquê de algumas marcas não fazerem tanto sucesso…

        • Zetros1833

          Vai também da tradição. Scania e Volvo sempre foram tradicionais nesse segmento. Além da qualidade que é indicustível.

        • Robson

          . . . . ( já conversei com um frotista e ele me explicou ) É dessa conversa que mais gosto e costumo aprender muito com isso. Sds.

    • Leonardo César

      Realmente, apenas um facelift, modelo europeu é muito mais bonito, e os Scania e Volvo são mais econômicos também!

      • Zetros1833

        Os Mercedes melhoraram muito no consumo com a adoção dos eixos traseiros sem redução nos cubos. E passou a oferecer de série os freios a tambor no lugar dos freios a disco, o que diminui o custo de manutenção.

        • G. Pierin

          Com os freios a motor de hoje em dia, os freios tem desgaste menor. Entretanto, já ouvi falar que o freio motor da MB não é lá aquela coisa. Até mesmo os Man/VW estão mais evoluídos.

          • Zetros1833

            É que eles tinham freios a disco de série, mas fizeram uma pesquisa na região Centro-Oeste e a preferência foi pelo freio a tambor, por conta do percurso misto, poeira, lama, etc., da região. Aí a Mercedes fez a mudança.

            O freio motor simples ouvi dizer que não segura msemo. Mas, eles usam o Top Brake que é um segundo freio-motor que funciona em conjunto com o freio-motor tradicional.

            O MAN é top, modelos TGX. O Constellation 24.280 é bom tbm. Manda e demanda no segmento semipesado. Mas, no de extra-pesado os Constelaltion ainda são vistos com desconfiança. Muitos inclusive, rodam com motor Mercedes OM-457LA.

    • Lucas Mendanha

      Fica nitido nos farois simples, envoltos numa mascara, igual foi feito na reestilização do Atego..

      Resta saber se essa economia foi revertida aos frotistas..

      • Zetros1833

        Segundo a MB, o novo motor traz uma economia de 5% no consumo.

    • Zetros1833

      Foi apenas uma reestilização do Actros MP3. De novo mesmo, só o motor OM-460LA de 13 litros e 510 cv.

  • Filipe Augustus
  • Clésio Luiz

    Impressão minha ou não é a mesma cabine do europeu?

    http://blog.polifrete.com/wp-content/uploads/2015/08/Actros-Mercedes-Benz.jpeg

    • CanalhaRS

      Ia dizer o mesmo. Acho que a MB deu um golpe na terra da banana.

      • Zetros1833

        E diga-se passagem que em termos de golpe, os alemães estão ficando especializados.

    • Zetros1833

      Não é a mesma cabine não. Essa “lançada” agora é um face-lift do modelo anterior. De novo só o motor OM-460LA de 510 cv.

  • Zetros1833
  • Romulo Campos

    Mas q m.e.r.da é essa ali??
    Esse abaixo q é o novo Actros!!!

    • Zetros1833

      Só faltou chamá-lo de Actros MP4 Brasil, como a Peugeot tentou fazer com o 207 Frankenstein.

  • Guilherme Batista

    Além de trazer um facelift bem meia boca, como manda o mercado da bananalândia, a Mercedes ainda me compara o caminhão com o hino, logo nessa época que o patriotismo ta lá nas alturas



Send this to friend