_Destaque _Featured Chevrolet Lançamentos Sedãs Vídeos de detalhes

VÍDEO: Novo Chevrolet Cruze 2017 – Detalhes





  • leomix leo

    Vão falar mal, reclamar, mais prefiro ele 1000x do que o Corolla.

    • kravmaga

      Eu também.

      Motor turbo com injeção direta é uma maravilha e gostei de todos os carros que já testei com isso: C4L THP, Jetta TSI, Golf TSI, BMW X1, Audi A3, Audi Q3. Além do grade torque, o turbo permite ótima economia se dirigir com pé leve.

    • Mr. Car

      Mil vezes não sei, mas também prefiro, pelo menos no papel, sem experimentar os carros. Já entre um Cruze LTZ e um Civic topo de linha (mesmo o da geração que está indo embora), acredito que eu ficaria com o Honda.

      • Pacheco

        Entre Corolla e Civic atualmente, eu ficaria com o Civic pelos equipamentos e desconto oferecido.
        Porem o Cruze ficou bem interessante e se tivesse condições, seria uma opção tbm.

    • mauricio

      so se for um tapado que nao entende nada de carro comprar um corolla ao invés do cruze.

    • Ailton

      Hahaha… até eu que sou mais bobo.

  • PEDAORM

    Acabamento não impressiona.

  • Mr. Car

    Não chega a passar a aparência de requinte e sofisticação de um interior monocromático bege, mas este em dois tons de cinza já é muito melhor que o soturnos, sem graça, e claustrofóbicos interiores “pretinho-básico” dos infernos. De resto, gostei bastante do Cruze. Aprovado.

    • PEDAORM

      Nem faço tanta questão de cor, mas faltou forramento em algumas partes, e há um excesso de plástico rígido.

      • EuMeSmObYmYsElF

        não da pra deixar de levar em consideração de que aqui fora ele é um carro barato.. não dá pra redesenhar o interior todo só pra determinado mercado..

        • PEDAORM

          Perfeito, mesmo assim fica devendo a alguns outros médios vendidos no Brasil.

          Edir.: Salvo engano a Honda falou algo em melhorar o acabamento do Civic para o Brasil, mas acho muito improvável.

          • EuMeSmObYmYsElF

            sim, tudo depende do mercado foco do modelo.. o Corolla vendido no Brasil e os franceses, que foram pensados pra Europa, tendem à ter um padrão de acabamento superior (como materiais soft-touch mais distribuídos pela cabine) àqueles focados no mercado americano como Cruze, Focus, Corolla americano e etc…

            na Europa eles são médios como no Brasil, logo têm que apresentar um interior ao mesmo nível. nos EUA são carros baratos, muitas das vezes a porta de entrada do mundo automotivo, logo podem deixar certas coisas de lado.. mercados e mercados…

  • Maçaranduba o Porradeiro.

    Que Show…

  • Marcos Roza

    Por que será que achei, que esse interior além de moderno, me passa um ar de nostalgia de sedans americanos antigos.

    • Matthew

      Porque é um carro bem americano mesmo. O número de alertas visuais e sonoros entregam bem isso. Parece que tudo ele dispara um alarme, até pra abrir o copo. O assistente de manobra é algo muito legal, mas o número de “bips” que ele dispara pra mim é um tanto incômodo, assim como o alerta de invasão involuntária de faixa.
      O uso abusivo de molduras cromadas por todo o painel do carro também denota sua origem norte-americana. Eu particularmente não gosto desses excessos, acho cafona.

  • kravmaga

    Gostei:
    – motor turbo que parece ter um bom desempenho e ótima economia
    – direção elétrica
    – park assist na LTZ
    – design externo
    – pacote de comodidades na LTZ
    – câmera de ré

    Não gostei:
    – as teclas do volante multifuncional não parecem ser muito duráveis, pois usa aquelas mantas de borracha para as teclas em vez de teclas individuais (pelo menos é a impressão).
    – a suspensão poderia ser independente na traseira.
    – as cores claras do interior ficaram sem graça. Em preto fica melhor pelas fotos que vi.
    – O design do painel não é ruim, mas não tem muita personalidade. Lembra um pouco o painel dos Ford.
    – não há faróis de xenon em nenhuma opção
    – não há opção de teto solar
    – não tem ar dual zone (já que o projeto era novo, poderiam ter incluído)

    Resumindo, acho uma boa compra, especialmente nas versões LT e LTZ1 pelo custo-benefício. A LTZ2 está com preço alto demais e não traz coisas que há nas versões top de outros sedãs como o xenon e teto.

    • radiobrasil

      Lembro que “cogitaram” trazer o 1.4T na primeira geração do Cruze… Se tivesse vindo antes, será teria chegado a liderança? Será que brasileiro se importa tanto com o powertrain moderno?

      • kravmaga

        Naquela época talvez o choque fosse bem maior, já que não havia carros turbo mais populares, como Golf TSI e C4L THP p,ex, só carros importados mais caros e esportivos.

    • radiobrasil

      Epa, painel dos Ford peralá… O Fusion tem um painel pra la de bacana!

    • Ailton

      Xenon acho interessante, mas o teto pra mim não faz falta. Tem no meu carro e nem lembro dele.

    • Diego

      Concordo plenamente sobre as teclas do volante, não gostei nem um pouco delas (nem mesmo do volante em si eu gosto) prefiro do modelo atual. E o quadro de instrumentos realmente eu simplesmente não gostei, prefiro também o do modelo atual, muito mais bonito.

      • Pacheco

        Essas teclas tem jeito que vão estragar rapidinho.

        • RVM

          sabe aqueles controles remotos de coisa ching ling? passa a mesma sensação.

          • Pacheco

            Exato.

  • mauricio

    achei feio de mais o preço

  • Leonardo Nunes

    falta algo nesse carro, parece um hb20 completao,e essa cor do interior faz parecer carro chines…sdds gm

    • Matthew

      É o padrão dos compact-cars americanos pensados pra serem de baixo custo naquele mercado, ao contrário dos Opel que tinham um ar de requinte e sofisticação.

  • Vitão

    Essa função de estacionamento automático é mais do que chamar o condutor de “retardad*”…

    E olha que a maioria das demonstrações são feitos em vagas em que cabem 2 carros… Se a pessoa não consegue fazer uma balisa nessas vagas, não merece nem dirigir…

    No dia a dia, creio que seja apenas uma perfumaria para inglês ver, pq em sua grande maioria as vagas são apertadas e minúsculas nas grandes metrópoles…

    • Matheus Conrado

      Se o autopark só consegue entrar em vagas desse tamanho, realmente é ridículo, mas o que eu já vi de gente se enrolando em vaga que cabe uma carreta não ta no gibi,sempre tem alguém que se beneficia. Diziam algo semelhante ao sensor de re, mas hj em dia é quase obrigatório até um minúsculo chery QQ o possui.. eu agradeço muito pelo meu sedan o possuir.. Além disso dirigir está ficando fora de moda.. nossos filhos talvez até se espantem com um carro com motorista no futuro próximo…

      • Matthew

        Tenho essa mesma dúvida sobre os assistentes de manobra em vagas apertadas. Por outro lado, não gosto do carro apitando pra tudo: mudança de faixa, ré, abertura do capô e sabe-se lá mais o quê.

        • Realista.com

          Tá cheio de carros que não apita por ai.
          Gol, Pálio,……
          Não falta é opções.

          • Matthew

            Muito engraçado, morri de rir agora.

          • RVM

            kkkkkkkkkkkkkkk

        • Matheus Conrado

          Normal de chevrolet… cada coisa que vc faz ele avisa… mas vc acostuma.. na hora de sair é que é engraçado… vc desliga o carro ele apita pra tirar a chave do contato, depois pra desligar o farol,e se abrir a porta antes de desligar a ignição.. mais apito kkkkk

          • Pacheco

            A Blazer apitava só de vc entrar no carro… kkkkk

      • Vitão

        Cara, eu li uma reportagem que as montadoras estão ficando malucas, pois há uma tendência mundial de que os jovens não tem interesse em adquirir um carro…

        Pois a “moda” hj em dia é ser ecologicamente correto, em q estão utilizando mais do transporte coletivo, bicicletas, carros compartilhados, etc… Nem msm estão tirando as suas cartas de motoristas….

        Pelo visto o modelo atual de venda de carros estará com seus dias contados…

        • Pete Alves

          Já li sobre esse fenômeno ocorrendo no Japão, já há alguns anos atrás. Mas isso ainda é uma realidade extremamente distante do Brasil China ìndia e outros países em desenvolvimento, com a sua nova – e agora no caso brasileiro, desempregada e endividada – classe C, ainda descobrindo as “maravilhas” do mundo dos bens de consumo

          • Pacheco

            No Japão a coisa ta tão seria que não é só carro. Até sexo os Jovens não andam afim de fazer. Falaram que está tendo um problema enorme de casamentos e natalidade lá.

        • Matheus Conrado

          Se eu morasse em um país decente, eu com certeza teria um carro apenas para lazer(até pq é meu hobby) ou quem sabe um eletrico.. mas aqui no Brasil, o resultado de insegurança+má gestão nos transportes públicos torna obrigatório a compra de qualquer coisa que te livre do sofrimento que muitos passam…

        • RVM

          ainda bem que sou “velho”

  • BillyTheKid

    Se eu ganhasse 1 real por cada vez que ouvi “(…) tem detalhe cromado” nesse vídeo, eu me aposentaria (e talvez até compraria um desses pra mim!).

    GM deveria mudar o nome de “Cruze LTZ” pra “Cruze Chrome” e colocar pintura cromada de uma vez!

    • Matthew

      Sim! Horrível esse excesso de molduras cromadas pra todos os lados, inclusive no volante e no acionamento dos vidros elétricos, completamente desnecessário e cafona. Mas é bem típico de carro americano, além de alerta visual e sonoro pra tudo. Saudades dos GM de origem Opel.

      • predadordemarea .

        Achei show de bola!
        Feio é acabamento em borracha preta igual aos carros populares daqui.

      • T1000

        já eu gosto muito dos cromados, tanto internos quanto externos.

    • vidgal

      Eu também tenho HORROR de cromados em carros…principalmente no interior.

    • Jackson

      De acordo, é tanto cromado para isso, para aquilo que o apresentador poderia ser mais técnico e menos “cromado”

      • Edinaldo_Tapica

        Acho esse cara que faz os vídeos pro NA, fraquissimo de conhecimento. Já falei isso outrora, quando Eber fazia era MUITO superior. Este cidadão atual parece que tem TOC, entra dá umas aceleradinhas, diz que a direção hidráulica é boa… E por aí vai. Absolutamente nada que agregue conhecimento, e digo mais Eber, se quiser que eu cubra melhor lançamentos aqui no Nordeste é só falar!

        • dCarvalho

          Mas isso aqui é um site de notícias, filho! Se quer mais conhecimento sobre veículos procure um blog de engenharia mecânica ou algo do tipo.

          • Edinaldo_Tapica

            Qualquer leitura traz conhecimento neto… Tem muita coisa aqui no NA que traz conhecimento, você esta desmerecendo o blog… Em tempo, nesse estilo de vídeo, assisti no YouTube um de um canal que convida o Bob Sharp pra suas impresso. O carro era um JAC. Na boa, outra coisa… Outra explicação, outra categoria! Pra você defender este cidadão que faz este trabalho seboso, ou é ele quem me escreve ou deve ser algum familiar… Só pode!

            • Jackson

              Também assisto o canal do Bob e acho muito bom.

          • Jackson

            Tchê eu costumo acessar outros sites como alemão, argentino, espanhol, indiano, inglês, italiano, português e uruguaio. Eles quando apresentam falam do estilo do carro mas também apresentam detalhes técnicos. O lançamento do Etios em um site argentino apresentaram ele tinha proteções internas nos para-lamas, lanterna traseira com um detalhe aerodinâmico para sua limpeza e outros detalhes. Quando a apresentação não é em vídeo o texto é bem mais informativo que “cromado”. Hoje lendo a matéria no NA sobre a opinião do dono da Amarok eu achei interessante ele falar que limpador de para-brisa tem quatro velocidades intermitentes ou ver a foto do assento traseiro que pode ser rebatido, criando um espaço para carregar objetos na vertical. Logo não me atenho a informações de somente um site, busco conhecimento em outros também.

        • predadordemarea .

          Eu já gostei da avaliação dele, inclusive, está acima da média de outros avaliadores por aí.

  • Hugo Henrique Silva Lange

    sobre o carro.. vai vender bem… ficou digamos, agradavel. sobre o video… a estrutura dele nao ta legal Eber… apesar de 1080p, ta ruim a imagem, talvez na hora da renderização o bit ficou baixo. bem como o som q esta meio que duplicado? uso mais de um microfone? são so dicas que notei, e caso queira, com ctz posso ajudar, bem como muitos aqui.

    Voltando ao carro. apesar de diferente, tem um “Q” de onix nessa dianteira… sei la. rs

    • O vídeo foi feito em um lugar muito escuro então tivemos que clarear a imagem usando um efeito do programa de edição. Ter deixado o escuro original seria pior.

      • Hugo Henrique Silva Lange

        entendi. Ainda assim ficou explicativo o video! obg pela resposta.

  • juliolive7

    Boa informação apresentada no video.
    Por que o NA não volta a fazer videos com testes mostrando o desempenho do Carro?

  • Allan Victor Kaiser da Silva

    Off Topic
    NA, parece que a SW4 deu uma aumentada nos preços lá no site, dei uma olhada agora pouco

    • Fanjos

      Isso ae confirmem por gentileza

  • Wald Queiroz

    Acho legal quando o pessoal comenta: Motor não presta, falta isso e aquilo… Corolla não presta pelos motivos tais! Civic é uma carroça pq isso e aquilo! Kia e Hyundai são Xing Ling! O Ford

    ele…. (eis que o grande comentarista é interrompido pelo pai) […] Meu filho, me ajuda a empurrar o Mille aqui que a Bateria arriou de novo! […] Eis que de repente surge a réplica: […] Pai quer ir na minha bicicleta novamente não? Está só com o pneu traseiro baixo, é só usar a bombinha que dá certo!

    • Matthew

      O fato do cara não ter renda suficiente pra comprar só carrão não o impede de apresentar suas opiniões e críticas. Afinal isso aqui é um fórum aberto ao público em geral e até onde eu sei pra participar dele não precisa apresentar o imposto de renda ou fazer algum exame de qualificação técnica.
      Aliás, os próprios profissionais de comunicação que se dedicam ao mundo automobilístico não costumam ter carros muito bons. Normalmente têm uns carrinhos mais antigos especiais, como o Renato Bellotte que andava de Peugeot 206 Monnlight com quase 10 anos de uso. Acho que ninguém deixaria de acompanhar o canal dele só porque anda num carro modesto, e portanto não tem “moral” pra pôr defeito nos carros por ele avaliados.

      • Realista.com

        Concordo em partes.
        Tem caras que anda de carro velho mas não é invejoso e elogia o carro além de apontar defeito, mas tem uns que pelos comentários não tem grana pra comprar e ficam desdenhando o carro.
        Isso é inveja.
        Você percebe isso pois o Cruze em um monte de tecnologia embarcada, é superior a muitos carros inclusive em desempenho e consumo.
        Tem 30 virtudes , mas os caras só veem os 3 ou 4 defeito que, inclusive, todo carro tem.
        Eu não tenho grana e nem carro, mas vou ficar botando defeito num carrão desses?

        • Matthew

          Bom sei lá, não dá pra generalizar também. Justamente por ser um fórum aberto é que tem de tudo um pouco. E até onde me consta a maioria da população brasileira só anda de carro compacto. Faça essa experiência: vá à um estacionamento de shopping center ou de supermercado e conta quantos carros são compactos, médios e grande. No shopping mais “elitizado” da cidade onde eu moro dá 80 % de carros compactos.
          Se eu fosse esperar ter um carro decente pra poder acompanhar o mundo automotivo tava na roça.
          O meu comentário acima sobre o excesso de alertas sonoros e o seu desdém na resposta falando que carros como Palio e Gol não têm isso já demonstra intolerância para com a opinião alheia. É óbvio que eu estava comparando com outros carros de mesma categoria que não têm tantos apitos assim, típico de carros projetados nos EUA. Os de origem européia não costumam ter aviso pra tudo, só isso. Não significa que eu esteja desqualificando o carro ou falando que nada nele presta.

          • Realista.com

            Foi mal colega.
            Errei mesmo.
            Agora o que eu senti falta, mesmo sabendo que não vou comprar e nem tenho condições para isso e do teto solar.
            Se tivesse teto ficaria inclusive mais bonito.

            • Matthew

              Sem crise. Talvez todos os carros hoje tenham esses apitos em função das novas tecnologias. Mas como auto-entusiasta, não gosto muito da ideia de ter tanta eletrônica assim interferindo na condução do veículo. Assim como há pessoas que preferem o encanto dos carros carburados. Por mais saudosismo que possa haver, o avanço da tecnologia nos automóveis é inexorável e visa ao público consumidor leigo, não aos entusiastas chatonildos que encontram defeito em tudo. Mesma história do câmbio automático, que os puristas dizem ser muito pior
              na experiência de guiar.
              Um amigo meu, por exemplo, que usava o carro da mãe dele, um Honda Fit 2007 que a embreagem estava um lixo. Mesmo eu tinha dificuldade pra dirigir aquele carro com a embreagem baixa, dura e patinando. Pra ele então que não dava a mínima pra carro era um pesadelo. Recentemente ela trocou por um outro Fit zero km só que automático. Pra ele foi a melhor coisa que podia ter acontecido na vida dele. Portanto, por mais que os entendidos digam que o CVT seja um câmbio chato, que faz o carro parecer uma geladeira, arrancada lenta, pra ele que não entende nada do assunto tá mais do que ótimo.

        • Gerson Luiz

          Excelente comentário, eu gosto de GM tenho GM mas pela empresa dirigo muitos carros de muitas marcas, mas não fico entrando em reportagens de outras marcas malhando.

      • Wald Queiroz

        Toda a questão é que são críticas generalizadas. As vezes quando uma pessoa critica gosto de clicar no perfil da pessoa e ver os comentários de outras postagens e muitos, na maioria esmagadora das vezes, criticam todos os modelos de veículos como se nenhum estivesse a sua altura. O que quis dizer com o meu comentário é que nenhum carro parece satisfazer aquele que nada tem para comprar. Não há carro hoje que venha com defeito, que tenha embutido em seu espólio o melhor conjunto mecânico, de conforto de segurança e não venha a pecar em um detalhe por mais simples que pareça ser. Só não acho que isso seja motivo para condenar um veículo por completo pois se um defeito condena, já li notícias de Ferrari chamando alguns proprietários de seus veículos novos de volta por risco de incêndio. Quanto ao Renato Bellotte, mesmo tendo um carro simplório, o fato de ser especialista o permite testar os carros e falar de uma experiência que ele tem de verdade, quando ele fala de um veículo, o faz por conhecer por testar e não pelo disse me disse ele estuda o veículo, ele procura falhas. Por mim um cara dessa podia andar de Busão mas sempre levará consigo, em alguns casos, mais conhecimento que alguns proprietários de longa data. Eu por exemplo, tenho recursos para comprar bons carros, mas não o faço, tem um carro simples e comprei um carro simples para minha esposa. E apesar de ter carros a vários anos e de ter amizade com muitos mecânicos aprendi que determinados modelos de carros de uma marca pode apresentar um defeito, que outra parcela destes mesmos modelos jamais apresentarão. Já tive uma Frontier que existia um Recall para ela e nunca fui fazer, e jamais vi esse carro apresentar problema no equipamento a ser consertado, sendo vendido com mais de 250.000 km e substituída por uma Hilux. Talvez me excedi no ponto onde retratei que […] o comentarista que critica nada tem! haja vista, que a Idiotice não tem cor, raça, religião ou status financeiro (confesso que nesse ponto pequei consideravelmente). Mas todo o carro tem seu valor, um defeito não é motivo para condenação desarrazoada, o fato de determinado item não existir no carro não tira outros méritos que possua, inclusive esse era o carro que pretendia comprar para andar aqui na cidade, mas com os buracos que surgem todos os dias como se estivessem dando cria, ficaria triste em maltratar essa belezura. Vou ter que ir de 4×4 mesmo.

  • Bruno Silva

    Ficou bom, embora eu ache que existe espaço para versões mais baratas, talvez até com motor menor, na faixa dos 70-75mil reais. Só assim teria como chegar perto das vendas do Corolla. Partindo de 90mil, sem chance.

  • Matheus Amorim

    Rapaz, apesar de toda a tecnologia embarcada, o Corolla continua passando uma sensação de requinte maior que o novo Cruze, que peca no excesso de plásticos, o acabamento ao redor da multimídia não é bonito e esse emborrachado no volante, se for igual ao painel dos Polos, irá descascar. E o argumento de “ah o Corolla custa o mesmo e não tem controles de estabilidade e tração!!”. Concordo com o argumento, mas o Corolla reestilizado vem aí trazendo isso (e ele será o mais justo para comparar com os novos médios), além de que a versão GLi do Corolla é hoje a mais acessível para o mundo dos médios. A Chevrolet deveria ter mantido uma versão mais barata com o motor 1.8.
    Não entendo a lógica da GM nesse universo de motores, gastam para fazer um motor, lançam o 1.8 Ecotec e mantém ele por 5 anos, com o Sonic mal passaram 2 anos com o 1.6 Ecotec. Deveriam passar o 1.8 do antigo Cruze e colocar na Spin e no Cobalt.

    • predadordemarea .

      Requinte com esse painel de carro dos anos 80?

    • Matthew

      O Ecotec 1.8 existia na Europa há décadas, embora tenha sido vendido aqui por apenas 5 anos, e além do mais ele era importado da Hungria. Ou seja, não é que ela torrou milhões pra desenvolver um motor e utilizou-o por meia década. É o que tinha na época. Achei louvável o fato do motor 1.4 Turbo estar disponível para toda a gama, mas o pessoal sempre acaba reclamando. Tivesse ela lançado as versões de entrada com o Ecotec 1.8 e deixado o 1,4 litros Turbo apenas para a versão top de linha, iam reclamar também falando que seria necessário desembolsar 20 mil a mais pra ter acesso ao motor mais potente.
      o Corolla GLi é ridículo pra um carro médio e provavelmente deixará de existir agora que o Etios sedã ganhou opção de câmbio AT. Essa versão só existe pra frotistas e portadores de necessidades especiais, no qual o teto é de 70 mil reais para que haja o benefício tributário. Pra pessoa física com certeza o GLi deve ter uma participação muito pequena nas vendas totais. A GM não deve ter a mínima pretensão de tornar o Cruze um carro popular, quiçá de liderar o segmento, motivo pelo qual não faz sentido lançar uma versão pé de boi com o motor 1.8 Ecotec.

    • Gustavo73

      Nenhum dos motores citados por você tem só esse tempo de vida.

  • predadordemarea .

    Esse LED piscando nos faróis ficou muito show de bola.

    • Gustavo73

      Só aparece piscando no vídeo. Ao vivo não é assim

      • predadordemarea .

        A câmera está fazendo o papel dos meus olhos.
        Claro que pisca!
        Tem outro vídeo que é ainda mais nítido esse fato.
        O vídeo foi feito na apresentação do Cruze na índia.
        Na apresentação do Cruze na Argentina mostra que pisca também.

        • Gustavo73

          A câmera capta coisas que seus olhos não vêem. Já viu filmagem de uma tv CRT(a velha de tubo)? Ao vivo parece tudo normal mas no vídeo fica cheio de trajas pretas. Algo parecido acontece com os leds, veja que assim que ele liga o carro os LEDs acendem e ficam piscando.logo depois ele aponta a câmera ligeiramente para baixo e os leds fica acessos, quando ele bolta a câmera para a posição anterior voktam a piscar. Isso depende das cada da câmera e dos ajustes dela.

        • Cláudio Moisés

          Como o Gustavo73 falou, esse efeito é só em vídeo! Não existe essa de o LED ficar piscando ao vivo! É o mesmo efeito quando se filma a imagem de algumas TV’s por exemplo, que ficam passando várias tarjas horizontais!

        • T1000

          dependendo do valor de exposição da câmera (+/- luz), taxa de quadros e taxa de oscilação dos leds, pode dar este efeito.
          Em estádios, você percebe muito quando usam cameras com maior taxa de quadros, para filmar em camara lenta. Entra em ressonancia com a frequência da iluminação do estádio, e vc tem a impressão que a imagem fica oscilando.

  • Jhonatan Vieira

    Esse design externo parece uma fusão do Onix com o Civic atual

  • afonso200

    falta teto e xenon

  • Pete Alves

    Esse Cruze é bonito, mas de estilo genérico. Vamos esperar para verificar nos testes de desempenho e consumo quais outros atributos tem para tentar abalar as vendas do Corolla e a sua falsa áurea de carro Premium no Brasil

  • Diego

    Como dono de um cruze modelo atual, eu tenho que ser bem sincero, não fiquei ‘apaixonado’ por ele, existem muitos pontos neste novo cruze que eu simplesmente não gostei: primeiro deles é o desenho externo, os únicos ângulos que eu gostei dele foram a frente dele vista de cima e o fundo, fora isso, pra mim sinceramente perdeu completamente a personalidade do atual, o atual toda vez que vejo o meu eu fico realmente admirando porque o acho lindo de todos os ângulos, o volante eu simplesmente não gostei desde a primeira vez que o vi na versão chinês, o do atual pra mim é muito mais bonito, comandos do volante agora são emborrachados – não gostei, os do atual além de serem mais bonitos dão a impressão de maior qualidade, não gostei do fato das portas do usb e auxiliar (e a tomada de 12v) agora ficam à mostra no painel com uma portinha, em minha visão ficaram parecendo as entradas de um gol e hb20, não gostei mesmo, no atual a entrada usb/auxiliar é discreta e fácil acesso abaixo do descanso de braço central e a tomada 12v fica em um lugar que não chama atenção atrás da manopla, não gostei nem um pouco do novo quadro de instrumentos, ficou um design muito sem graça principalmente o marcador de temperatura e combustível, lembra demais os do gol, e novamente, o da geração atual pra mim é muito mais bonito, sem falar da iluminação do mesmo que eu também não gostei e prefiro o azul claro do atual. Enfim, eu digo que não fiquei ‘apaixonado’ por ele porque o cruze da geração atual da primeira vez que o vi externamente e internamente, foi amor a primeira vista, já este cruze está muito sem graça, tiraram vários elementos que pra mim fazem do cruze um carro sensacional, existem tantos detalhes de design fantásticos em outros carros da chevrolet (principalmente o malibu chinês) que eles poderiam ter utilizado, mas resolveram copiar o civic… Quem sabe eu ‘aprenda’ a gostar dele um dia.

  • Cláudio Moisés

    Minha opinião é a seguinte, a Chevrolet conseguiu desenvolver um excelente produto, mas parece não querer vendê-lo! Conseguiu, enfim, dar um excelente conjunto mecânico e altamente tecnológico, aliado à excelente segurança, mas deslizou em bobagens que podem fazer muita diferença! Eu estou aguardando o novo Civic para me decidir pela versão top de um ou
    de outro, e apesar de a Chevrolet já ter dado as cartas com esse novo Cruze, vale ressaltar que estou me esforçando ao máximo para não descartá-lo! Tudo dependerá do preço do Civic Touring. Mas, algumas bobagens desse novo Cruze estão me decepcionando: ausência de teto
    solar, ausência de repetidores nos retrovisores (como a Chevrolet resiste em não dispor desses dois itens em praticamente toda sua linha!), start-stop obrigatório sem opção de desligamento desse recurso,plástico duro no painel das portas (odiava isso no meu antigo Focus, dá um aspecto de pobreza incrível, ainda mais em um carro de mais de 100mil reais – imperdoável!), suspensão por eixo de torção, luz de ré apenas de um lado, cinto de segurança dianteiro sem ajuste de altura, ausência de ar de duas zonas, lanternas muito simples sem um mísero LED (ainda apelando pelas lâmpadas “olho de boi” que ainda ficam bem visíveis!), alavanca de freio de mão ladra de espaço e console central bastante empobrecido em relação à versão americana, roda escurecida de gosto duvidoso (deveriam dar pelo menos a opção de escolher outro modelo), enfim… como se vê a lista de deslizes para meu gosto está muito grande e tudo agora dependerá do preço do Civic Touring e as possíveis capadas deste também (apesar de a Honda Brasil tá prometendo um acabamento até melhor do que o já bem trabalhado acabamento americano), mas se fugir muito desse preço da LTZ-2, descartarei também o Civic! Não que eu já tenha descartado o Cruze, mas que tá difícil engolir tantos deslizes bobos, tanta ausência de itens, (alguns deles encontrados até num Fiat Mobi da vida) isso tá! Que pena Chevrolet, parece que tanto esforço em melhorar bastante um carro fez você esquecer o básico! E como eu sempre digo, pequenos detalhes podem fazer enorme diferença!

    • Danilo Fernandes

      Cara, se você vencer o estigma do 0km acha uma quantidade absurda de carros infinitamente superiores custando os mesmos 100 mil reais desse Cruze. Não vale a pena.

  • Danilo Fernandes

    Mecanica e tecnologicamente esse Cruze ficou show de bola, mas cometeu pecados graves no estilo e conforto. Plástico em excesso, Interior monocromático, sem leds e por aí vai. Tinha bagagem para ameaçar os japoneses e mal vai conseguir roubar o terceiro lugar do Sentra. Deu mole hein dona GM?

  • Bruno Lima

    Eu também estou pesquisando muito para trocar num sedan médio, mas pagar R$100 dilmas (ou temers) num carro que tem esse acabamento de plastico duro no painel e nas portas, ninguém merece. O exterior deu de pau no interior. Essa interface da central multimidia também é horrível parace chinês.

    Tou pensando em partir para uma BWM ou Mercedes usadas.

  • Ricardo

    “…apesar de a marca ter optado por plástico duro…” – tirei isso de outro sítio que avaliou o Cruze. Bola fora GM. Muito fora. Pagar 90 mil num carro com painel de plástico é dureza.

    • Cláudio Moisés

      O pior é ainda pagar R$107.450,00! Pois até a versão top tabém é assim! Absurdo mesmo! E o pior é ouvir gente dizendo que nem liga pra isso!

  • Excelente carro, mas não vou pagar 100k nele não.

  • Come On!!

    Caro em! Pode até ser um carro bem completo na versão LTZ, mas o preço ta bem salgado igual a todos os outros do segmento.

  • Joildo Dias

    Espera mais desses Cruze, principalmente na parte interna, dona cheve tinha que vir com esse painel e forro de portas toda nesse couro inferior do painel, pagar quase 100k na versão LTZ1 é muito dindin, mas achei o carro externamente lindo, acho que vai brigar forte pela 3 posição de mercado, pois 1 e 2 lugar vai ficar para o novo Civic e Corolla……

  • Pietro

    O sistema de carregamento por indução existe em mais marcas, como na Nokia/Microsoft faz alguns anos…

  • Renan

    Não é do meu gosto, mas fico bastante feliz em ver um Chevrolet no Brasil tão completo ou mais que muitos outros em preços e categorias diferentes e acima dele. Ainda acredito que farão versões bem depenadas pra baixar o preço, como já aconteceu no passado, vide “vectra expression” e outros.

  • Renato

    O Novo Cruze melhorou sua aparência, peso e motorização, mas o valor cobrado por ele é abusivo!

    Esse valor é para quem está no topo, líder de um segmento, e não quem quer chegar lá, que é o caso dele!

    Para ser cobrado esse valor, teria que ter uma confiabilidade grande, como Toyota e Honda conquistaram ao longo desses anos, e mesmo a Gm fabricando a décadas os carros no Brasil e com seu maior número de Concessionárias, não alcançou esse nível de confiabilidade!

    E não podemos mais culpar só os impostos, visto que esse veículo é feito na Argentina, e tem-se acordos de baixos ou até isenções de impostos para veículos fabricados por lá!

    É preciso verificar os valores das revisões e o tempo das mesmas, antes de tomar a decisão da compra.

    Sobre alguns detalhes específicos (Principalmente tratando-se de um veículo que chega a custar 107,5 mil !!!):

    – Painel com acabamento em plástico duro, em vez do material macio presente no Vectra*;

    – Para Brisa não parece ser Degradê;

    – Sustentação do Capô aberto feito por haste, e não por amortecedor, como no Vectra*;

    – Haste do Porta malas estilo pescoço de Ganso, em vez dos Pantográficos (Existente no Vectra*);

    – Faltou Ar Condicionado de duas Zonas;

    -Faltou a troca sequencial das marchas através das borboletas no volante;

    – Air Bag para o Joelho;

    – Teto Solar;

    – Duto de Ar para os ocupantes traseiros;

    – Porta malas menor que o do último Vectra* (que tinha 526 litros);

    – Pinos nas portas (tinha sido retirado no Vectra e voltou no Cruze);

    *Obs: Comparativo feito com o Vectra, pois trata-se do mesmo fabricante.

    O quadro de instrumentos analógicos, e sua cor lembra um pouco do antigo Ford Del Rey. Acho que poderiam ter feito algo melhor nesse aspecto. Ponto positivo foi a tela digital ao centro do painel de instrumentos.

    • vidgal

      Você esqueceu e dizer que faltou um mecanismo para poder desativar o start/stop…!!!!!

      • Renato

        Bom saber desse detalhe Vidgal.
        No mínimo espera-se que tenham feito um sistema de ar condicionado que funcione, ou supra um pouco esse tempo do motor desligado na função Star Stop, para não esquentar o habitaculo do carro nesse período (como em outros modelos de veículo com essa função), ainda mais se tratando de um país tropical.
        Isso porque estamos falando de uma montadora que já está no Brasil desde 1925, isso é, a 91 anos, e eu achava que ela já tinha aprendido a não cometer erros como esse, entre outros

  • Hebert Saul de Souza

    versão TOP 107 mil… Hum… Bmw 320i 2014,, várias por esse valor.. bom mas vamos falar de zero ! gostei do carro, inclusive ja vi pessoalmente, couro com plastico em muitos locais, legal a parte semi autonoma de conduzir, carregamento via indução para celulares, estacionar sozinho.. mas 107 mil… Jetta TSI 211 cv seria muito melhor pedida… jetta 1.4 turbo, a 74.000,00 em muito locais.. Hum sei la…tbm gosto do corolla

  • vidgal

    A grande mancada da GM nesse carro, é não poder desligar o START/STOP através de botão ou outro mecanismo…QUE FURADA!!!!!!

  • Vagnerclp

    Ele falou do tom marron do plástico da porta, mas eu vi cinza. Acho que sou daltônico. No geral, gostei do carro, o único senão é o plástico duro do painel e das portas num carro de 107 mil temers (que poderá talvez voltar a ser dilmas).

  • Wolfpack

    Esse novo cruze tem muito do desenho atual de Civic, Elantra e Cerato, logo nasce ultrapassado.

  • Wolfpack

    O que falta neste carro:
    – desenho inédito, seu desenho é muito conservador igual aos dos civc atual, elantra e cerato;
    – produção nacional;
    – freio de estacionamento elétrico;
    – teto solar;
    – paddle shift;
    – ar condicionado dual zone;
    – acabamento diferenciado do ônix;
    – suspensão traseira multilink;
    – saidas de ar condicionado para os bancos traseiros;
    – menos plastico e mais soft touch;
    – comando dos espelhos retrovisores melhor posicionados.
    – preço pois se puxarem o preço o cnsumidor pula de categoria para as marcas premium.

    • vidgal

      Você esqueceu…
      Acabamento interno dos encaixes das peças mal acabado!!!Isso é comentário da imprensa especializada.
      O START/STOP ”NÃO” pode ser desativado por meio de botão como é em todos fabricantes e deveria ser no Cruze. Mancada da GM.
      A escolha das tonalidades de cores(tricolor) do acabamento interno é de ”MATAR”(só salva o LT de entrada) parece carro Chinês, Coreano dos anos 80.

  • arzanette

    117 mil e não tem um repetidor de setas no retrovisor ?

  • Wolfpack

    Não adianta a GM gastar tudo que tem em propaganda, esse projeto chinês/coreano produzido na Argentina terá o mesmo sucesso que a versão anterior.

  • FFSB

    Muito legal o carrinho. Não achei muito bonito, quando visto de perfil e, sobretudo, no conjunto óptico traseiro. O painel, ao meu ver, é a pior parte: sem inspiração no desenho, e com cores e materiais pobres.

    Mas… O nível de equipamentos e a mecânica são muito interessantes, na versão LTZ completa. Pena que o preço… Ai, ai, ai. Lugar comum reclamar disso por aqui, não é? Pois bem: reclamo assim mesmo! Que absurdo de caro pagar R$ 108 mil neste carro…



Send this to friend