Hatches Lançamentos Peugeot Vídeos de detalhes

VÍDEO: Novo Peugeot 308 2016 – Detalhes





  • rpriamo

    Vai começar a choradeira em 3..

    2….

    1!

    • C.A.

      Faço as honras: Quero o europeu importado, mesmo que seja apenas uma dezena de unidades, por 100K.

      • motstand01

        Quem tem motivos pra chorar é a Peugeot, que vai vender menos ainda hahaha. Preço de carro 2016, conjunto de carro 2010. Podem falar o que quiser, esse carro não chega aos pés de Focus e Golf, até mesmo o Golf depenado que vem por aí. Não vai achar muitos compradores não…

        • Pedro Henrique

          E nem faz sentido,né?! para que trazer o Europeu se também não vai vender?! ”dos prejuízos o menor”…

          • motstand01

            Eu acho que só havia duas opções: ou trazia o 308 novo de verdade e colocava no preço de Focus e Golf – puxando pro Golf e suas versões super-caras – ou reestilizava o velho e compensava no preço. O que a Peugeot escolheu? Vender o 308 velho por preço de Focus e Golf.

            De todas as decisões possíveis, tomaram a mais infeliz. Pois todos sabemos que, mesmo que o 308 tenha alguns itens a mais, quase ninguém vai comprá-lo tendo Golf e Focus na mesma faixa. Essa é a questão. Não acho que vender o novo 308 no Brasil agora seria possível. Mas vender o velho 308 1.6 por 70 barões é forçar demais a barra.

            • C.A.

              Você disse lá em cima que era o mesmo carro desde 2010 e isso não é verdade: O 308 foi lançado em 2007 e só chegou em 2010 em terras tupiniquins, em sua primeira reestilização. Ou seja… esse aí é o remendo do remendo.

              • motstand01

                Não não não… Você interpretou errado amigo. O que eu quis dizer é que o 308 tem preço de carro 2016, de carro moderno e em dia com a Europa, mas na verdade seu conjunto é obsoleto. Foi isso que eu quis dizer. O preço não condiz com o carro que é.

                Eu sei que o 308 foi lançado em 2007 na Europa. E que na verdade só chegou aqui em 2012, 5 anos de atraso. Foi apenas modo de dizer, perdão se não ficou claro.

    • Lucas

      Kkkkkkkkkkk verdade, galera chora mais que nenem sem mamadeira. Falando do carro, gostei da versão Allure, acabamento correto, visual ficou bonito com esses faróis atualizados, vai concorrer com Bravo Essence, outro carro muito bom a preço de Compacto premium.

    • Blessa

      Choradeira não é revolta mesmo dos consumidores que são obrigados a conviver com tudo aquilo que o primeiro mundo jamais aceitaria.

      • C.A.

        Logo aparece alguém falando do 206 Plus (nosso 207) que era vendido na Europa. Só uma coisa: Apesar da defasagem do 308, ele não é vendido como opção mais em conta, como no caso de seu meio parente europeu (ou pior, lá a Peugeot não vende gato por lebre, chamando 206 reestilizado de ”novo” 207).

    • Matthew

      O carro em si até acho interessante. Não piro pelo fato do carro ser uma solução doméstica pro nosso mercado. Mas o pós-venda e a manutenção da Peugeot são complicados.

  • Fontrolha

    Novo 308 heheheheh….VELHO 308 com novos faróis….

    • Darlon Anacleto

      A mídia em geral trata ele como 308 2016. Até agora, felizmente, não vi eles tratarem como “novo 308”. A Peugeot quer reservar isso pro novo, o europeu.

      • Fontrolha

        Leia o título do post…não, peraí, eu colo aqui pra vc: ”
        VÍDEO: Novo Peugeot 308 2016 – Detalhes”

        • Darlon Anacleto

          Não precisa agir feito um trolha. Eu falei a mídia em geral, se eles colocaram ou não, problema deles. Depois, durante o vídeo ele não trata como novo, apenas 308 2016. É cada um aqui… vai estabelecer diálogo como?

          • Fontrolha

            hehehehehhe…trolha não, fon trolha…
            Eu nao disse que a Peugeot chama ele de Novo 308, nem a mídia em geral..me referia só ao titulo do post. Relaxa aí doidão…

            • Darlon Anacleto

              O que é o ‘fon’?

          • ….

  • Fernando Coelho

    Como proprietário do 308 2013 posso ver no vídeo que ele ganhou alguns itens interessantes tanto de segurança, como de conveniência, mas sofreu bastante com a retirada de peças construtivas. No interior ele perdeu as saídas de ar para os bancos de trás, muito importante em cidades escaldantes como a que vivo, perdeu também a segunda entrada 12v, onde no novo é a entrada auxiliar e perdeu o computador de bordo na versão manual. Na parte de fora perdeu defletores de ar na parte de baixo, que melhora a estabilidade e teve a suspensão levemente levantada. No interior, a multimídia ficou muito baixa e creio que, com o parabrisas bastante inclinado do modelo combinado com a persiana do teto aberta, irá dar problemas de leitura da tela. No modelo anterior todas as leituras ficam a altura dos olhos, minimizando os risco de desvios de olhar. No exterior, o fato de perder o desenho harmônico que ele tinha e a perda de oportunidade de melhorar o desenho do parachoques traseiro, que continua tosco, foi a parte que mais percebi. Parece que o carro empobreceu em acabamento externo. Resta saber se o acabamento interno irá continuar uma batedeira em ruas e estradas esburacadas por conta do pouco trabalho da suspensão. P.S.: Ele perdeu a opção puramente esportiva que tinha, que era a 2.0 manual, já que a 1.6 é manca e o câmbio automático, mesmo que de 6 marchas, não confere uma atitude esportiva ao modelo 2.0. O THP nunca teve a opção manual e creio que seria uma versão interessante para receber um MT6.

    • Blessa

      No terceiro mundo é assim mesmo, os carros mais novos sempre perdem algo para baratear os custos, o Golf que diga isso dos primeiros alemães que chegaram aqui até os dias de hoje ele só foi depenado, primeiro o mexicano que já começou a ser depenado e agora o brasileiro que foi capado mesmo, tiveram a cara de pau de trocar o câmbio e a suspensão traseira por peças da década de 90, e ainda tem blog e revistas que falam que o Golf brasileiro vai ser melhor que o importado Afffffffffffffffffff.

      • rpriamo

        #ChoroLivre

        • C.A.

          Com licença, com que propósito você está fazendo esses comentários?

          • rpriamo

            Tem um video ali em cima de um Peugeot, em seguida vem o comentário de um proprietário, ai vem um choro sobre o “Terceiro Mundo” e o “Golf Brasileiro” só falto reclama do valor do Real.

            • C.A.

              Onde você quer chegar? Digo… Sua vida pode ser perfeita ou você pode não gostar de demonstrar seu sofrimento pessoal, mas muitos estão insatisfeitos pela oferta de produtos (e pelo andar da economia também). O que há de errado nisso?

              • rpriamo

                Por que chorar da economia no video do 308?

                • C.A.

                  Mas quem inseriu esse tópico foi você. Por que não pode se reclamar do carro no vídeo do mesmo?

                  • rpriamo

                    Ele reclamo do Golf.

                    • Sergiosolo

                      Choradeira?? o carro ficou ótimo, claro que o modelo europeu é melhor e tal…mas esse preço essa é uma ótima opção.
                      Suspensão deu a regulada que precisava
                      Multimídia sempre achei aquela tela sobre o painel cafona, pequena e chama muito atenção parado no semáforo. (quem esta fora)
                      Motor cambio otimos, novos, corrigidos…
                      Choradeira comigo?, não tenho coragem nem condições de pagar mais que 80k num carro. Golf, Focus 90 100k…nada vou de Frankestein 308thp da perdida no mercado peugeot. Motor, cambio controle de tração estabilidade, tela multimidia etc etc etc…por 80k Sem dúvidas uma excelente opção!

                    • C.A.

                      No contexto nacional sim. O problema é se analisarmos melhor, chegaremos que o carro é a reestilização da reestilização de um carro lançado em 2007 e que está custando para nós 70K na versão de entrada. O 308 para mim, está muito mais para competir com o Bravo do que com o Golf (quem deveria fazer isso é o modelo europeu, mesmo que venha importado só na Top). Acho que reclamar por reclamar não está com nada, mas quando há fundamento, deveríamos ao menos parar para pensar no assunto…

                    • Matthew

                      Justamente, no “contexto nacional”. Todo mundo já tá careca de saber que nos EUA tem carro 6 cilindros pelo preço de um hatch compacto no Brasil. Embora a observação seja correta, não acrescenta nada à discussão. Temos de lidar com aquilo que nós é acessível. Somos terceiro mundo, subdesenvolvidos etc. Nunca teremos um mercado automobilístico como o Europeu. México, Argentina são parecidos com a gente. Países como a Índia e alguns asiáticos têm uma situação ainda pior que a nossa, com o lineup limitado a carros compactos e projetos locais.

                    • Gomes

                      Mas a própria peugeot divulgou que quer vender 300 ou 350 carros por mês, logo, a marca não fala nada em competir com Focus ou Golf, as pessoas que leem as matérias e tiram conclusões precipitadas. Pelo que eles mesmos disseram, querem mais eh brigar com Bravo e talvez com i30, no quesito volume.

    • AlemãoMoreira

      Fernando, não creio que o carro tenha perdido o computador de bordo como você comentou, deve ter migrado para a tela da central multimídia.

      • Fernando Coelho

        Pode ter ido sim para a multimídia, mas deixou de ser uma função essencial. Nos modelos automáticos o CB está no centro do velocímetro. No manual esta função ficava na parte de cima do painel, que virou porta trecos. Ou seja, como função essencial do carro, no 1.6 manual não há mais.

        • Gomes

          Fernando, minha esposa tem um 1.6 manual e as funções do computador de bordo nao ficam no centro do painel como vc diz, fica no visor do rádio, acima dos difusores de ar, onde nesse eh o porta trecos. O desse novo está na multimídia.

          • Fernando Coelho

            Sim, é o mesmo lugar onde fica no Allure 2.0 manual. O que falo é que no novo 1.6 é uma função da central multimídia e não do carro. Já nos 2.0 e THP, que são automáticos, esta função é básica do carro, ficando no centro do velocímetro. Para o único modelo que remanesceu manual, o “carro” perdeu o CB, ficando só na multimídia, enquanto os modelos automáticos esta função é redundante, tanto do carro como da multimídia.

    • Franco

      Também lamentei a perda da saída de ar traseira, que é bastante eficiente. A luz diurna ficou sem graça, assim como a antiga telinha do CB que virou porta trecos. Agora, tem dó… tirar um apoio de braço…..

      • Fernando Coelho

        Tirar um apoio de braço é economia porca! No meu carro os dois são muito usados! Agora a frente toda do carro ficou muito genérica, com peças facilmente encontradas em outros carros, perdeu personalidade. Já a traseira do carro ficou deselegante com a perda da lente toda vermelha das lanternas. Eles poderiam ter colocado este novo conjunto de leds, mas mantendo a lente anterior, que escondia a luz de direção, ré e neblina.

    • Wagner Lopes

      Temos um 307 1.6 aqui em casa com 80.000 km e concordo com tudo que você falou menos que é manco. Não é um esportivo mas, pelo peso, puxa muito bem e ainda bebe relativamente pouco. Ou você ouviu falar ou dirigiu um com motor bichado. Esse motor é liso desde 1000 até 6500 rpm. Gosta de giro. Mas manco em hipótese alguma.

      • Fernando Coelho

        Saí do Mégane 1.6, que era um capetinha econômico, e minha intenção era um 308 1.6, mas quando fiz o teste me desapontei muito, achei-o com um arranque fraco parecendo 1.0 e muito ruidoso dentro. Optei pelo 2.0, que arranca bem, mesmo sendo suave, e é bem silencioso. O meu único arrependimento é o alto consumo urbano. Vivo andando com o pé levíssimo e mesmo assim o bolso sangra na gasolina!

        • Wagner Lopes

          É um 16V sem variador de fase então tem que subir o giro pra puxar bem. Tenho um 407 2.0 com a “famosa” caixa AL4 já com 67.000 km e consigo 12 na estrada com ar ligado sem dificuldade. Já na cidade o peso e o conversor de torque não ajudam a economizar. De toda forma dá uma conferida no seu filtro de ar, velas e principalmente a sonda lâmbda que, quando com problemas, aumenta bem o consumo e reduz o desempenho. Abraços!

          • Fernando Coelho

            Wagner, obrigado pelas dicas. O carro ainda está em garantia e sendo mantido por revisões na CSS. O 2.0 do 308 já tem o dual VVT e com caixa manual o consumo em estrada vai a 13km/l. O problema de consumo vem na cidade, onde o anda e para deixa o carro muito gastão (entre 6,5 e 7,5 km/l). O problema é a velocidade média de onde moro que não passa de 25 km/h!

            • Romulo’

              Eu tenho um 308 Allure também.
              E tenho rodado com alcool, até que está compensando em BH. Minha velocidade média é de 21km/H

              • Fernando Coelho

                E o consumo?

                • Romulo’

                  Até então 5,8km/L vamos ver até o final.

                  • Fernando Coelho

                    Nunca abasteci com álcool, até porque não vale a pena no preço. Mas farei este teste no próximo tanque e ver como fica o consumo.

                    • Romulo’

                      Também não usava. Mas nos dois últimos abastecimentos, o alcool estava a R$2,49, resolvi testar.

                    • Fernando Coelho

                      Aqui custa de R$ 2,69 a 2,99. Não vale a pena pelo preço. Mas vou testar para ver se há muita diferença de consumo.

        • rvmattos

          pow…. o meu ta fazendo em media 11km/l em ssa…67mil km ja. rindo a toa. meu i30 anterior nao passava de 9km/l

          • Fernando Coelho

            Então está bom! No RJ, tudo parado, faz no máximo 7,5 km/l. Se rodar fora da hora de pico faz 10 km/l.

    • Gomes

      O computador de bordo da versão manual está na multimídia, só conferir no vídeo que dá pra ver. Versão 2.0 manual não acabou agora, se não me engano foi no ano passado.

      • Fred

        as versões são allure 1.6 mecânico de 5 marchas, allure 2.0 automático de 6 marchas e griffe 1.6 thp com novo câmbio EAT6 de 6 marchas. E o computador de bordo não esta na multimidia não. Ele continua no painel principalr entre os mostradores de velocidade e contagiros.

    • RyanSX

      O meu até agora está tranquilo e não bate acabamento, mas concordo com você que o carro perdeu muitos itens embora tenha ganhado outros. Até mesmo os leds de duas fazes e faróis com projetores não se tem mais. Aquela telinha escamoteável era bem melhor que está no painel no console central e o acabamento em cinza fosco também acho bem melhor, pois tenho uma agonia com este black piano, qualquer coisa que passa ali ja marca o painel. É igual as TVs em black piano, com o tempo ele fica cheia de riscos, mesmo tomando cuidado.

      Não mostrou no vídeo se o porta luvas perdeu o ar condicionado também e a iluminação. No porta malas perdeu o acabamento em tecido do apoio do bagagito (ou tampão como queiram). No motor parece que não se tem Aditivo ou diminuíram ainda mais a porcentagem do mesmo. Depois de alguns meses ele começa a ficar meio escuro, mas vamos ver.

      • Fernando Coelho

        Ryan, fizeram algumas economias porcas. Ao meu ver o carro parece mais “pobre” do que ele era. Perdeu elegância. Em relação ao acabamento, o meu também não bate com freqüência, mas basta passar por ruas esburacadas que ele se mostra barulhento. Diferente do outro carro aqui de casa, um Civic 1.8, que tem o acabamento bem silencioso, mesmo em paralelepípedo. No meu só há um problema crônico de barulho na parte interna do porta-mapas da porta dianteira direita que nunca foi solucionado na CSS. Com este problema de acabamento, até ao ouvir música alta faz vibrar a peça e enche o saco.

        • Romulo’

          Dizem que as novas buchas, adotadas no 408 reduzem drasticamente as batidas da suspensão. É uma das coisas que vou pedir para trocarem na revisão.

          • Fernando Coelho

            Eu já me acostumei com a tocada dura feito um coco do carro, até gosto por conta da estabilidade. Assim que puder vou levar o carro em algum especialista em ruídos para dar uma geral no acabamento e ver quais barulhos podem ser reduzidos.

            • henrique

              Ande no novo antes de falar… vai mudar sua opinião.

    • rvmattos

      tenho um allure 2.0 manual e é um dos carros mais gostosos de dirigir que ja tive. Tem todos os problemas da peugeot que todos dizem, mas a motorização + cambio deixam o carro uma delicia.

      acho ruim a susp, dura demais, tipica de super esportivos… podia ser diferente. Mas pelos 59k que paguei a época, quando i30 era 83 (vim de um i30 antes) foi uma boa opçao.

      tenho a multimidia instalada por fora no mesmo formato que fizeram. Realmente, no sol, ninguem vê nada.

      assim como voçê acho que no geral ficou mais pobre.

      • Fernando Coelho

        O problema da instalação da multimídia na parte de baixo (no double din) é a inclinação que há no centro do painel, que fica virado para cima. Combinando o ângulo do parabrisas (muito inclinado) e a persiana aberta, a invasão de luz na cabine é alta, o que passa a sensação de amplitude que o carro tem. No modelo anterior a tela ficava acima da saída de ar em posição reta. Para mim houve uma mancada da engenharia de produção em ter mudado a ergonomia do anterior em favorecimento aos novos acessórios. Deveriam ter pensado novos acessórios sobre a antiga ergonomia. Em relação a tocada do carro, realmente ele é um esportivo verdadeiro! O meu está com pneus esportivos Michelin Pilot Sport, que endureceram ainda mais o carro, porém melhoraram ainda mais o comportamento dinâmico e estabilidade, em contrapartida reduzindo um pouco o atrito, por ser de composto duro. Já testei o limite de curvas perigosas e ele foi além das minhas expectativas na estabilidade, parece andar sobre trilhos. Suspensão de carro é igual a “cobertor de pobre”, se a estabilidade e o comportamento dinâmico do carro são privilegiados, o conforto de rodagem vai para o espaço e vice-e-versa!

        • henrique

          Te garanto que não reflete…

  • Tosoobservando

    Alguem tem essa coragem?

    • Atley jackson

      No THP vou fácil hein.

  • Rodrigo

    A pronúncia do GRIFFE tá um barato! =))
    Independente disso, fui em uma css Peugeot onde tinha lado a lado o 308 “velho” e o “novo”.
    Melhorou um pouco, mas não tanto para impressionar.

  • Zeca Piroto

    Rapaz… Várias peças compartilhadas com o Citroen C3, várias mesmo! principalmente de acabamento… Essa luz âmbar, me mata, se a Peugeot tivesse trocado essa iluminação por led Branco, já dava outra cara ao painel… mas é isso, volto a dizer… esse 308,5 já nasceu encalhado…não vai vender nada kkk

  • Leonardo Teixeira

    Chave a mesma do 307? Cade aquela chave linda do 308 antigo?

    • Pedro Henrique

      Acredito que era essa mesma chave, cara…

      • Leonardo Teixeira

        Falo dessa chave aqui

        • Gomes

          Essa chave eh do 208/2008, a do 308 não mudou

          • Leonardo Teixeira

            Ah sim, um colega de profissão tem um 308 2013 com essa chave, associei logo pois não sabia que tinha mudado, que bom que esclareceram

        • Pedro Henrique

          Ah sim, de fato, como disse o colega abaixo, essa é a chave do 208/2008.

    • Fernando Coelho

      A chave não mudou, pelo menos em relação ao meu 308.

  • oscar.fr

    Não é barato, mas é extremamente bem equipado. Acho que pode valer a compra sim, dependendo do que o cliente busca. Eu consideraria a compra deste 308 se buscasse um médio, assim como Focus e talvez Cruze. O Golf é certamente um grande carro, mas não me agrada visualmente e isso é um quesito importante para mim.

  • Fagner Nass

    Espera aí…Tiraram o farol projetor do 308? E chamam de novo modelo? Pelo amor! kkkkk

    • Gomes

      Projetor era no 307 amigão, o 308 nunca teve, que tem eh o 408 (não sei se vai ter no facelift)

    • Fred

      Conheça antes de falar…vc coloca oq tiraram mas nem comentou que incluiram 6 air bags, drl em leds, teto panoramico, sensor de chuva e acendimento automático dos faróis, piloto automático, kit multimidia com mirror screem, alarme, ar condicionado bi-zone…tudo de série desde a primeira versão que é a allure 1.6 por 69k….então podemos concluir que não é novo, mas o 308 2016 é o hatch médio com o melhor custo beneficio.

  • henrique

    Vim ontem do curso de lançamento a rede do 308 e a Peugeot é bem clara em sua declaração que ” o 308 se trata de um facelift ” e não de um novo modelo.
    Garanto a vcs que tanto o 308 como o 408 me surpreenderam pelo conteúdo e pela evolução mecânica que tiveram, principalmente na suspensão.
    Andamos em vários concorrentes do 408 e me assustei com alguns líderes de mercado que não vou comentar o nome aqui…
    O fato de desvalorizar está diretamente ligado ao volume de vendas, todo carro que tem baixo volume de vendas desvaloriza mais ( Focus sedan, spacefox, Linea, Lancer, Asx, Tracker, Rav4, Camry, Passat, Voyage, CR-V, Accord … ) toda marca tem um carro que perde bastante na revenda e todas as marcas de baixo volume caem mais ( BMW, Mercedes, Citroen, Peugeot, Subaru, Volvo, Mitsubishi, … ) então vamos parar de bater boca e comparar com Focus, Golf, Hb20, Onix, Fox…. Galera são marcas diferentes pra gostos e clientes diferentes… Perdemos mais valor na revenda SIM ! só que em contra partida oferecemos ótimos carros, acabamento, equipamentos de segurança e tecnologia….. Chega de mimimi… comprem o carro que gostam e parem de torrar a paciência de quem gosta da marca A ou B ….
    Desvaloriza mais, só que paga mais barato por MUIIIIIITO mais ….
    Carro não é imóvel, não é investimento, perde valor e pronto, então comprem o que atende sua necessidade e não só pensando na revenda, pois até la muita coisa pode rolar e vc perdeu tempo de usufruir do que gosta.

    • Lucas

      Concordo, os que desvalorizam menos, são mais caros e menos equipados. Gosto da Peugeot, o 208 considero o melhor compacto “premium”, o 2008 fui na festa de lançamento, apesar de surfar entre perua e suv, carro muito bom, bem acabado, e esse 308 repete isso, carro bem equipado, por preço menor que a concorrência.

    • RicardoP

      Concordo com você, por isso não compro o 308 pois não atende às minhas necessidades!

      • henrique

        Perfeito, eu também, pois preciso de caçamba…
        Cada um com sua necessidade, agora a galera fica querendo brigar, impor… maior bate-boca … aí vc vai ver o cara nem carro tem kkkk

  • Dirceu Garcia de Oliveira Juni

    Reclamações a parte, eu gostei muito desse carro. Os descontos prováveis que serão oferecidos pelos concessionários podem torna-lo uma compra muito sensata.

  • Vinicius

    Sei lá, não vejo graça nesse teto panorâmico. Teto solar é bem mais útil.

  • C.A.

    Eu critiquei o último vídeo feito pelo rapaz, mas dessa vez eu preciso elogiá-lo: O tempo foi bem melhor aproveitado neste vídeo!

  • Vattt

    Essas rodas na minha 207 SW!!! Perfeitas.

  • Romulo’

    mimimi não é 308 Europeu
    mimimi deveria custar 10k a menos

    A Peugeot tá só seguindo a “onda” dos consumidores brasileiros.
    Adianta nada trazer o novo, se os consumidores daqui já gritam aos 4 ventos “ah Peugeot não compensa” bla bla bla. A maioria nunca andou em um. E quando tem a oportunidade de comprar um veículo do segmento, vai de cara pro Focus ou pro Golf.

    Todos os carros da Banânia tem um sobrepreço gigante.
    Se um Fox 1.6 custa R$58.000 por que raios um 308 vai custar menos?
    Tem que ter uma mudança drástica no comportamento dos consumidores brasileiros. Até lá… teremos carros 1.0 a R$40.000, sedans médios a R$ 100.000,00 e tudo vai ser “normal”

    • henrique

      Perfeito !
      Isso mesmo…

  • Marcio Andriani

    A base é de 2001, a reestilização é de 2011, o acabamento do mesmo ano, o cambio aisin de 6 marchas é de 2010 o projeto e tem sido atualizado, o volante é o mesmo de sempre, o Motor Thp 1.6, agora atualizado e flex, é o mesmo de 2007 reformulado agora para ser flex…..e mesmo assim é um carro melhor que o de 90% dos escritores da internet, e pode chorar anda na frente do teu golf 1.4 tsi e também do teu focus 2.0 powershift……só não anda na frente do Up tsi, afinal esse anda mais que Ferrari…..

    • henrique

      kkkkkkkk boa…
      Galera reclama sem andar e sem conhecer…
      Por isso Brasil ta na merda…
      Galera até acredita no Lula e na Dilma kkkkk
      Vê se “brasileiro” raciocina bem kkkkk
      Obs: sem generalizar

      • Fred

        Nossa Henrique vc ta muito nervoso…calma ai….e agora tbém to na jogada….kkkk

        • henrique

          pq ? kkkkk
          vc vota no PT ?
          kkkkk

    • RicardoP

      Vou chorar porque meu Golf faz de 0-100 em 0,3 segundos a menos que esse 308 bizarre edition mas é melhor em tudo do que ele, mas seguro, econômico e bonito. Acorda mané.

      • Fred

        kkkkkkkkk. De onde vc tirou essas informações a respeito de mais economico, mais seguro, bonito e bla bla bla. Uma que gosto é pessoal então não generaliza, agora comparar seu 1.4T com o premiado 1.6THP só pode estar de brincadeira. Com relação a segurança, itens de série vc devia se informar melhor, e com relação ao câmbio DSG nesse motor 1.4T da VW, aumenta o som pq só assim para aturar a barulheira toda.

        • henrique

          Parece que tem um monte de panelas no porta-malas kkkk

      • Marcio Andriani

        Primeiro que Golf não é carro pra desfilar, por 100.000 tem infinidade de carros mais bonitos e nobres, e seu desenho é insosso. Depois que benga é benga, baixa a bola o bobao e vem tomar a sua kkkkkkkkk

  • VINICIUS LIMA SANTOS

    Quando foi lançado – já atrasado – ainda era uma boa opção. Essa ‘reestilização’ é ridícula, pois a nova geração mudou tanto ou mais do que a VW com o Golfssauro pro atual no Brasil

    • Renato Dias

      O lançamento em 2012 foi atrasado sim. Mas, o modelo daqui era, na época, visualmente mais moderno que o 308 francês, que ainda parecia bastante com o 307. Já tinha uma nova frente e o emblema sem o fundo preto, da forma que se tornaria padrão.
      Agora, dessa vez a Peugeot atrasou tudo mesmo. Não dá mais pra engolir esse interior e volante de mais de 1 década.

      • henrique

        Realmente o visual do volante é antigo pq hoje estamos na modinha dos botões, só que vá andar no carro e depois ande em seus concorrentes e repare na dinâmica do carro, acabamento e materiais.
        Mudei minha opinião depois de andar e comparar, pois tinha a mesma visão sua.
        A diferença mais gritante que vi foi entre o 408 e o Corolla… sem comparar números de venda por favor, estou falando de carro e minhas percepções.

        • Renato Dias

          Conheço muito bem este volante e seus comandos satélites. Tive 206 e 207 com este volante e acredito que ainda seja melhor que muitos.
          Porém, depois que você sente a pegada e posição do volante do 208/2008, fica se perguntando por que todos não são iguais.

      • Fred

        Engolir é muito relativo, se vc analisar a faixa de 70k, qual hatch do segmento M1 oferece ar dual zone, 6 air bags, kit multimidia com espelhamento p/ android e ios, drl em led, motor flexstart, teto panorâmico, rodas 17, alarme, sensor traseiro de estacionamento, piloto automático, lanternas em led e por ai vai. O carro é muito bem equipado pelo preço que é oferecido, muito mais que qualquer concorrente. Com relação ao visual tbém não fica atrás de nenhum hatch concorrente como I30, Golf, Focus, Bravo e Cruze.

        • Renato Dias

          Não estou falando do que o carro oferece. O 208 oferece quase tudo isso por 10k a menos. E tem um interior visualmente Top.
          Estou colocando sobre a parte estética do interior do carro, que não muda quase nada desde o 307.
          As mudanças hoje ocorrem numa velocidade absurda. É complicado aceitar um carro com interior cansado, embora goste muito dele como um todo.

          • Fred

            Pelo preço atual sugerido pela peugeot p o 308 2016 realmente o i-cockpit não é possível, pois não é só questão do painél mas tbém de eletrônica, mas mesmo achando que o painél do 308 2016 não seja nem um pouco feio ou obsoleto perto da concorrência, concordo que poderia ter havido algumas mudanças, mas ai tem questões com fornecedores e a conversa vai longe.

  • Eduardo Barreto

    Esse carro (esse modelo e até o 2014) precisa é de uma câmbio decente! O AT dele dá a impressão que quem tá dirigindo não sabe dirigir, o câmbio passa as marchas em tempo errado, engasga e até morre… e na boa, esse teto panorâmico só serve pra esquentar o carro, vira uma estufa. O motor é bom, mas o câmbio é muito ruim. O europeu eu não gostei do design, ficou muito espichado, parece quase um SW, mas queria ver era o desempenho do carro.

    • Fred

      Mas de qual câmbio vc está falando, se for do atual AT6 do motor 2.0 nada disso acontece, pelo contrário o câmbio é muito bom e foi melhorado ainda mais nesse modelo do 308 2016, ele foi todo recalibrado para melhorar perfomance, conforto e zelar pela economia, tendo até uma função ECO que melhora em até 7% o consumo. Agora o motor THP tem um novo câmbio que é o EAT6 que ficou um espetáculo total, inclusive com uma redução de vibração no neutro. Se vc se refiriu ao câmbio automático de 4 marchas ai blz, mas esse p o 308 já é pagina virada.

      • Yo soy Yo

        O meu é com o AT6 de 2014 e não é nada eficiente. Ele mesmo que engasga e mais incomoda. Já falei na css se isso não é problema mesmo, ou se não há alguma atualização do câmbio, mas nada. Andando de boa meu carro marca 11/12km/l, realmente pra um 2.0 tá até legal, mas as travadas e engasgadas incomodam.

  • Eduardo Cardoso

    Olha a traseira! E muita cara de pau!



Send this to friend