Humor Automotivo Trânsito Vídeos

VÍDEO: Parando em vagas para deficiente

Agradecimentos ao Gustavo Calegari Pialarissi pela dica.





  • inuyasha

    Eu tenho parente deficiente

    • Yuri Calmon

      Todos eram deficientes, Deficientes Mentais !!!

      • Luciana

        Deficiente mental não tem direito a parar em vagas para deficientes físicos… :D

      • Edson Fernandes

        Não desrespeite o deficiente mental…rs Esses são FOLGADOS mesmo!

  • johnnyburanelo

    Achei muito poucoooooo hahahahahhahahaha

  • Martico

    Muito bom o vídeo, mas a melhor forma de mudar essa parada e multando e rebocando o veículo.

    • ALVIN_1982

      Acho que educando dessa forma (com spray) é bem melhor…

      • JPaulo10

        Aqui é a terra do “foi-sem-querer” e “eu-não-sabia” ou “do mais esperto”.
        Só multa e guincho (após constatar que o veículo não serve a deficiente) resolve. Mas aí o guarda espera para obter uma “ajuda” antes de multar, então …

        • Edson Fernandes

          Mas o proprio cara disse: “nao tem guarda para isso?”

          Se tivesse ele teria sido multado e eu teria achado otimo.

          • ALVIN_1982

            Não se pode multar em locais privados…

            • Edson Fernandes

              Sim… o que eu quis dizer é que independente do lugar… o cara achou ruim de estacionar num lugar que não é dele. Daí ele quer os direitos dele e se encontra na situação em que ele esta errado.

              Claro que ninguem tem o direito de pichar o carro de ninguem, mas ele quis ter direito estando errado.

      • dougkmt

        Vc não viu a reação das pessoas? A maioria ficando bravo, querendo tomar providências do tipo “Isso não vai ficar assim…”. Se está prevista a infração, não tem porquê pegar leve (qual é a penalidade para este caso?).

        • ALVIN_1982

          Multa 191 reais. Pontos na carteira 7. Ver o cara/patricinha folgado(a) bravinho(a), irado(a)… Não tem preço…

          • Edson Fernandes

            Sem duvida!!!! Eu sou uma pessoa CHATA e NÃO ACEITO fazer isso. Adorei de verdade.

        • ALVIN_1982

          Nesse caso específico eles estavam em um local privado. Se eles estivessem num local público, aí sim, a história certamente seria (ou deveria ser) outra.

      • Anderson

        problema que dentro de estabelecimentos como shoppings e estacionamentos recuos que fazem parte da propriedade privada o órgão regulador não pode multar e nem rebocar os veículos, pois não estão em vias públicas e sim em propriedades privadas.

    • Netovski

      Para quem tem dinheiro, uma multa é uma punição muito mais leve do que o constrangimento em público.

      • ALVIN_1982

        Exatamente… ver a cara deles bravinhos é muito legal kkkkkkkk

    • Luciana

      Olha, vou te dizer que essa latinha de spray aí é muito mais educativa que multa.

  • Cléber_V

    HAHAHA!
    Muito boa! Tenho muito nojo de quem faz isso!
    Eu fico 15 min esperando aparecer uma vaga, mas não coloco em vaga especial…

    • megabolick

      concordo plenamente!prefiro visitar 2 ou 3 locais diferentes até encontrar vaga comum mas não estaciono em vaga especial.

  • bedotRJ

    Óbvio que sou contra esse tipo de coisa. O fato de não ter adesivo não quer dizer que o carro não seja de deficientes. O contrário, ou seja, ter adesivo (que é facilmente copiável) e não ser carro de deficientes, também pode ocorrer. O pichador pode ter cometido injustiças que, obviamente, não iriam para a compilação de imagens. E ele não é juiz para sentenciar as situações.

    Mas que a parada foi engraçada, isso tenho que admitir…. rs

    • Chronosky

      que eu saiba carros para deficientes vem de fabrica com o adesivo colado…

      • ebrotto

        Acho que o que o bedot quer dizer é que vai que vc está levando algum parente que tem restrições de mobilidade ao shopping e estaciona seu carro em uma dessas vagas, msm o carro não portando adesivo identificando a pessoa tem direito de usar a vaga.

        • bedotRJ

          Não era exatamente isso, mas essa foi uma boa questão que vc levantou. Se for um carro comum servindo a uma pessoa idosa ou deficiente, como fica? Merece ser pichado?

          • Comment

            Entendo o teu ponto de vista, mas a lei não prevê “carona”. O carro, além do selo, deve ter uma credencial, com nome e placa do carro da pessoa com o direito do benefício.

            http://www.denatran.gov.br/download/Resolucoes/RESOLUCAO_CONTRAN_304.pdf

          • dougkmt

            Bedot. Acho aceitável questionar sobre a “autoridade” do responsável pela pegadinha, sobre quem deve ter o aval de decidir se aquele carro merece ou não. Porém, não tenho certeza, mas acho que cada município / departamento de trânsito impõe uma “regra”. Meu pai, por exemplo, realizou o cadastro na prefeitura da cidade dele e anda com um cartão bem grande identificando que se trata de idoso (maior de 60 anos). Quando tem vagas de idosos, ele tem o direito de estacionar lá desde que tenha o cartaz no pará-brisa do carro. Ou seja, independente do carro, ele põe o adesivo e está lá demarcado a situação de idoso. Caso contrário, ele pode estar com o carro dele, mas sem o adesivo não tem o direito de estacionar em vagas de idosos. E obviamente ele não pode estacionar em vagas de deficientes físicos, pois não é o caso.

            Fiz uma pesquisa rápida e aqui em SP, com a CET, a regra é a mesma da que citei acima:

            O que é Cartão do Idoso?

            É uma autorização para o estacionamento de veículos na via pública, conduzidos por idosos ou que os transportem, em vagas regulamentadas pelo DSV, devidamente sinalizadas para esta finalidade.

            http://www.cetsp.com.br/consultas/zona-azul/cartao-do-idoso.aspx

            • Marcelo Henrique

              Minha avó tem 90 anos e não dirige.
              Mas o meu tio foi lá no Detran do DF e conseguiu o cartão para levá-la no hospital ou coisas do tipo e poder estacionar nos locais indicados.

          • Edson Fernandes

            Depende… vc acha que o cara não acompanhou a chegada das pessoas?

            Ou vai dizer que aquele dono de Gol era um desses? rsrr

        • Marcelo Nascimento

          Nesse caso você para no desembarque, desembarca (caso possa andar) ou passa o deficiente para a cadeira (própria ou do shopping) e depois vai procurar uma vaga. Vaga de deficiente só com adesivo.

          • bedotRJ

            Uma burocracia burra, já que é facilmente fraudável, e injusta, já que não resolve diversas situações (e se o deficiente não puder empurrar a cadeira e o carro normal de uso dele estiver, por exemplo, em conserto, como fica?). Quem se satisfaz com esse tipo de medida, decidida por algum burocrata estatólatra que não se debruçou sobre o assunto, nitidamente não está querendo ver o problema resolvido.

            • Comment

              Leis existem porque sempre existem os “espertos”…se o lado “cidadão” de cada indivíduo prevalecesse, não seria necessário ter tantas regras.

              • bedotRJ

                Leis burras existem porque existe a galera do “cumpadi washington mode”, que aprova qualquer besteira estabelecida pelo Estado, sem avaliar se a realidade daquela aplicação tende a punir a inocentes e nada fazer com os “super-espertos”.

            • viajante

              O povo aqui entende muito da lei,o que diz se a pessoa é deficiente ou não é um cartão que ela deixa visivel no para brisas do veiculo,o adesivo perante a lei nao serve pra nada

          • ebrotto

            Achei que pelo menos em vagas pra shoppings havia uma certa liberdade para esse tipo de caso que falei, vou olhar na internet pra ver se isso vale em algum lugar ou não, vlw marcelo

          • ALVIN_1982

            Infelizmente é assim mesmo. Agora a dúvida minha. Carro de Idoso tem adesivo também? não tenho conhecimento disso…

          • Tiago Cabo

            Quando você levar um deficiente, tente agir desta forma. Pare no desembarque, tire a cadeira de rodas, deixe ele sentado totalmente vulnerável lá e vá procurar uma vaga. A questão é que existem vários tipos de deficiência e na prática não dá para fazer o que você disse.

            • Marcelo Nascimento

              Eu também não concordo com isso, mas é a norma estabelecida… Sem adesivo, sem direito à vaga. Cabe a nós (população) brigarmos para alterá-la.

            • Luciana

              Não só isso. Há inúmeros deficientes físicos que dirigem! Se o cara não tem a perna esquerda, por exemplo, ele pode dirigir um carro automático, mas a locomoção dele ainda assim será extremamente penosa.

        • Rone

          Neste caso pode para na porta do shopping para desembarque do “deficiente”, e depois vai procurar uma vaga comum para estacionar, na sequencia volta para as compras. Vaga de deficiente é para deficiente e não para acompanhante de deficiente.

      • bedotRJ

        Não sei se vem, mas isso não importa. O adesivo pode ter sido roubado ou pode ser falsificado. A questão é outra: um pichador pode ser o juiz da situação e aplicar uma “sentença” nos supostos transgressores, mesmo quando é impossível ter certeza se estão cometendo um erro? Se vc estiver com sua avó e parar em vaga de idoso em um shopping para não obrigá-la a andar tanto, quero ver se vai achar graça encontrar seu carro pichado por ter voltado prá apanhar alguma coisa na exata hora em que começaram a te observar.

        • Angelo Paim

          Relaxa brother! Nenhum deles era deficiente, tirando a dona do Fusion! Essa tinha um grave problema na coluna!
          Mas, falando sério. Esta é uma boa forma de educar.

          • Comment

            Mesmo ela tendo problema na coluna, só tem direito de uso da vaga se o veículo estiver identificado.

          • bedotRJ

            Tudo bem, eu disse que o vídeo é engraçado. Só acho que esse tipo de comportamento não pode ser estimulado, mesmo na base da zoeira. Nem o pichador nem o programa que ele dirige têm legitimidade prá julgar os eventuais transgressores e aplicar a “sentença”.

          • Edson Fernandes

            Ela tinha mesmo ou vcs estão zoando? Não entendi.

        • Chronosky

          Estar com um idoso no carro não te dá o direito de estacionar ali inclusive já vi shoppings com uma placa indicando que somente veículos identificados como de deficiente podem estacionar em tais vagas.

          • bedotRJ

            Pois é. Aí vc tem que largar o idoso / deficiente sem condições de locomoção na calçada do shopping enquanto vai procurar uma vaga lá na casa do chapéu. Lei burra (e aplaudida) é como superfaturamento em obras públicas: especialidade típica de brasileiro.

            • Allysson Santos

              Qual sua sugestão para regular as vagas especiais então? Tem vários comentários seus classificando a “lei-burra”, qual seria a sua sugestão?

              Dispensar o uso dos adesivos e credenciamento (vaga especial tem q credenciar na prefeitura e ganhar uma placa de autorização que deixam no painel, não é só o adesivo no vidro) e deixa a moral das pessoas regular?

              Como seria sua ideia para garantir esse direito de nossos idosos e deficientes?

              • bedotRJ

                Tornar compulsória a utilização de adesivos e documentos no painel que, em si, não servem prá nada. Criar outra forma de identificação de carros de deficientes (exemplo: placa c/ fundo ou fonte em cor própria). Desonerar shoppings, parques, hipermercados e quaisquer estabelecimentos que explorem estacionamentos em troca da criação de áreas de vallet parking exclusivas para idosos e deficientes. A identificação seria pela pessoa, não pelo carro, desvinculando o idoso / deficiente de um carro específico. A fiscalização ficaria a cargo dos estabelecimentos e não do poder público, que só agiria mediante solicitação dos particulares. Estimular campanhas de conscientização. Em último caso, utilizar o mecanismo de bloqueio de roda (naturalmente mediante desonerações), vinculando o desbloqueio à identificação do idoso / deficiente que dirige ou é passageiro do carro estacionado na vaga especial.

                Adesivo que pode ser falsificado? Papelzinho no painel idem? Filho / amigo utilizando carro de deficiente devidamente adesivado e estacionando nas vagas especiais na boa? Obrigar o idoso / deficiente a só usar o seu próprio carro? Impedir que acompanhantes de idosos / deficientes utilizem as vagas. Tudo isso está acontecendo com essa legislação porca atual. Se vc está satisfeito com ela, só lamento.

                • Allysson Santos

                  Não é questão de estar satisfeito, é questão de saber o que é possível com nosso estrutura ridícula.

                  A credencial, pelo menos em minha cidade, não é um “papelzinho qualquer”, é uma placa de plástico com holograma e código de conferencia, no caso quem fiscaliza é a guarda municipal e ela pode consultar no banco de dados para saber se a credencial eh legitima. Caso seja falsificada, aquele que a utilizou pode incorrer em falsificação de documento público. Apesar que eu nao imagino um cara que va falsificar algo nao tao simples pela pressa de usar vaga especial, geralmente quem para nelas sem ter o direito é simplesmente um apressado sem educação, não um usurpador pré-determinado a isso.

                  A lei não é perfeita, infelizmente não temos a estrutura para realizar uma fiscalização adequada, sua sugestões seriam ótimas, porém necessitariam de mais fiscalização ainda para funcionarem, uma vez que sempre teriam que acompanhar os ocupantes dos carros para conferir se teriam direito ou não a estacionar naquele local, o que a realidade brasileira já torna impossível.

                  Temos que ter em mente o que é ideal e o que é executável…

                  Lembre que a lei vale para todo tipo de estacionamento, seja ele shopping, supermercado, farmacia e ate via publica proximo a locais de grande concentração de pessoas. Nem todos tem estrutura para fiscalizar ou criar vallets.

                • Herbet Moreira

                  Coloca a placa do veículo com cores diferentes… ou simplesmente usar letras vermelhas na placa cinza…

              • Luciana

                Vou falar a minha idéia, tá? Para a rua, a parte pública, cartão identificando *a pessoa*, não *o veículo*. Assim, tanto de carona como no volante, o deficiente / idoso teria direito. Não tem o cartão no carro, guincha. “Ah, mas aí o saradão pega o cartão do vovô e bota no carro!”. Verdade, mas pelo menos não tiramos o direito do vovô carona utilizar sua vaga.
                Em espaços privados: vigilância. Viu pela câmera que saiu da vaga de deficiente um saradão, da vaga de idoso uma criatura na flor da idade? Mande a segurança atrás, faça o cara tirar o carro.

        • MMM

          Bedot, o adesivo é para mostrar aos outros motoristas q vc é deficiente.
          Para estacionar em vagas especiais vc precisa de um cartao emitido pela prefeitura, que deve deixar em cima do painel. O titular pode carregar esse cartao para qqr carro.

        • Luciana

          Não pode. Por isso eu digo que é importantíssimo ver o condutor deixando o veículo. Se ele tivesse feito no meu carro na época que eu parei em vagas para deficientes, teria quebrado a cara; teria visto chegar uma pessoa caminhando com muletas, colocando as mesmas do lado do passageiro, dando a volta no carro feito um saci para assim então sentar no banco do motorista.*

          *sim, eu poderia ir com muletas até o banco do motorista e colocá-las no banco do passageiro por dentro, mas e o medo de arranhar o painel? Já chega o arranhão no porta objetos inferior da porta que eu fiz sem querer com o robofoot….

      • Comment

        Não vem não.

    • Yago G.

      Hum… Acho que temos alguém que adora uma vaga extra… Gosto desse tipo de pegadinha, infelizmente ainda vivemos com pessoas que precisam aprender na marra.

      • bedotRJ

        É isso mesmo que vc inferiu do meu comentário?

    • Comment

      Se não tem o adesivo, não tem o direito de estacionar.

      • bedotRJ

        Então quem conseguir fabricar um adesivo falsificado em casa tá liberado, certo?

        • Comment

          No inicio sim, por isto que depois criaram um outro documento que precisa estar em local visível no carro.

          http://www.denatran.gov.br/download/Resolucoes/RESOLUCAO_CONTRAN_304.pdf

        • pedroo

          isso aí é problema da polícia fiscalizar, a mesm coisa vale para carteira de motorista falsificada, etc etc etc. mas como no brasil nao temos o habito de prezar por fiscais e agentes da lei, acaba que esse pessoal sai impune.

    • Luciana

      Verdade, por isso é importante ver o condutor colocando o carro na vaga. Ano passado quebrei o pé esquerdo, com isso pude continuar dirigindo com o pé quebrado. Durante esse tempo, utilizei as vagas para deficientes físicos, mesmo não tendo o selo no carro. Até tentei tirar o selo, mas eles não estão preparados para concedê-los em caso de deficiência temporária.

  • Dragoniten

    Devia ser permanente…

  • Bonareno

    Parabéns para a namorada do cara que alerto para não parar lá!

  • Lenon Slater

    Caraca muito bom ! E agora, vai chorá ? =DDD

  • Chronosky

    devia ter feito com tinta automotiva mesmo… esse povinho não merece ter um carro…

    • Eduardo Gregório

      Tinta automotiva ele também estaria errado. Acho que a maneira como ele fez foi a mais educativa possível.

    • Luciana

      Sei, ele paga uma infração de trânsito com um crime…

      • Chronosky

        esse povinho continua merecendo não ter carro mesmo sendo vitima de um crime

        • Luciana

          O mundo que voce deseja representa a volta da barbárie. Não gostaria de viver nele.

          • Chronosky

            barbárie pra mim é o ser humano fazer oque quiser onde quiser e achar que está por cima dos outros, o problema não é nem a questão da infração e sim da falta de ética. Se eu for em um shopping e não tiver uma vaga normal para estacionar eu espero ou vou embora mesmo que tenha 500 vagas de deficiente disponíveis… Pra mim abusar da falta de fiscalização a inação alheia é um crime muito maior do que sujar o carro de alguém com tinta. continuo com meu pensamento uma pessoa que tem coragem de fazer isso não merece ter carro e muito menos respeito…

            • Luciana

              Cara, voce está misturando as coisas. Voce acha feio, eu acho feio, acho inclusive de um mau-caratismo ímpar, mas não é crime. Para ser crime, tem de estar previsto em lei. O que eles fazem é infração de trânsito. A pena é multa e ponto na carteira. Pixar o carro de alguém é sim crime. Não é aceitável em uma sociedade civilizada responder a uma infração de trânsito com um crime, ou voce também endossa os machões que cobrem o outro motorista de porrada por causa de uma fechada?

  • Carioca

    O brasileiro tem essa cultura de sempre querer se dar bem… de ser o mais esperto.

    Quem regulamenta tal direito é o Decreto-lei 5296/2004. Ele define a deficiência, os pré-requisitos para obtenção do benefício e as penalidades.

    O art. 25 diz:

    Art. 25. Nos estacionamentos externos ou internos das edificações de uso público ou de uso coletivo, ou naqueles localizados nas vias públicas, serão reservados, pelo menos, dois por cento do total de vagas para veículos que transportem pessoa portadora de deficiência física ou visual definidas neste Decreto, sendo assegurada, no mínimo, uma vaga, em locais próximos à entrada principal ou ao elevador, de fácil acesso à circulação de pedestres, com especificações técnicas de desenho e traçado conforme o estabelecido nas normas técnicas de acessibilidade da ABNT.

    § 1o Os veículos estacionados nas vagas reservadas deverão portar identificação a ser colocada em local de ampla visibilidade, confeccionado e fornecido pelos órgãos de trânsito, que disciplinarão sobre suas características e condições de uso, observando o disposto na Lei no 7.405, de 1985.

    Fonte: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2004/decreto/d5296.htm

  • Comment

    Cara…top demais a pegadinha. Acho que em muitas situações um dano no carro (e o que nem foi neste caso) vai educar o cara mais do que se ele fosse multado. Tem cara que se acha esperto: estaciona no local de veículos escolares, em vagas de motos, em paradas de ônibus…Muito bom.

  • Fabio

    VEM PRA BRASILIA POR FAVOR!!!

    • GPE

      Sério que tu tá achando ruim em Brasília? Aí o pessoal respeita mais que a maioria das outras cidades. Experimenta ir pra o Rio, Recife ou João Pessoa.

  • Tiago Batalha

    Aqui no RJ, carro de uso de deficiente físico tem que tem cartão de identificação no interior do carro, e tem que estar visível no vidro da frente, é indiferente ter ou não o adesivo de deficiente.

    Se o deficiente precisa utilizar outro carro eventualmente, ele pode levar o cartão para outro carro. Mas usando com bom senso, em casos eventuais.

    Acho que a multa deveria ser mais pesada, algo que realmente tivesse um peso maior no bolso/ e que incomode o infrator, algo próximo de 900/ mil reais. E tirar 10 pontos na carteira de motorista, porque se o cara faz isso 2 vezes, ele já fica sem carteira para dirigir.

  • SDS SP

    Nossos políticos são apenas reflexo do povo! Brasileiro já nasce corrupto, infelizmente…

  • Luu Silva

    O cara acha que só porque paga o estacionamento, tem direito de parar em qualquer lugar !!! Tem um shopping aqui em sp que eles prendem a roda do carro… o cidadão não vai pra nenhum lugar! Kkk vai ter que fazer igual ao Homer kkkkk

    • Eduardo Gregório

      Observei bem isso também. “Eu paguei, isso aqui não vai ficar assim não”. Se achando o dono da razão…

      • Edson Fernandes

        Pior né…. “Cade o guarda para pegar isso?” E então… o “reclamante” na vaga de deficiente…

  • Ricardo

    E ainda ficaram revoltadinhos! Hahahaha

  • andre luiz

    hahaha melhor hora quando a paty liga pro papai rsrsrs tipico de menina mimada.

  • GPE

    Excelente sacada. Pode ter certeza que os deficientes mentais vão pensar de forma diferente após essa “regulagem”.

  • Nícolas

    Pichar um escrito como: “eu parei em vaga de deficiente” seria sensacional também já que a pessoa teria que carregar o atestado de ignorância, egoísmo e podridão até em casa. Isso daria um tempinho para a pessoa refletir ou pelo menos sentir vergonha.

    Uma pena que no vídeo a grande maioria se comportou como se fosse um nobre senhor de terras que estava pagando o estacionamento e não iria tolerar tal absurdo (o comportamento da motorista do Fusion mostra bem). Sério, esse pensamento escroto de estou pagando então tenho razão me irrita demais já que as pessoas só usam para tentar tirar vantagem: já vi muita gente usando esse argumento quando estava errada e, quando realmente é lesada por uma empresa, ficando quietinha.

  • Alexandre Maciel

    Muito bom o vídeo… hahaha… melhor do que esse só o CQC que acorrentou uma cadeira de rodas nos carros… uhauhahuahua…

  • !Marcelo Surf!

    Neste casos são DEFICIENTES MENTAIS!

    O engraçado é que os caras ainda querem ter razão. Não dá mesmo para discutir com ignorantes.

    • Edson Fernandes

      Não são não. Se fossem, não fariam isso.

      Nesse caso eu chamo é de FOLGADOS mesmo.

      • !Marcelo Surf!

        o famoso FORGADO

  • viajante

    O povo aqui entende muito da lei,o que diz se a pessoa é deficiente ou não é um cartão que ela deixa visivel no para brisas do veiculo,o adesivo perante a lei nao serve pra nada,leia a resolução 304 do contran que talvez vcs entenderão http://www.denatran.gov.br/download/Resolucoes/RESOLUCAO_CONTRAN_304.pdf

  • bryan_1993

    a morena do fusion é gostosa demais em….

  • Sanderson Fromohls

    Achei muito bom. Spray sai bem fácil com Wd40. A vergonha dos idiotas que tiveram o carro pichado não.

  • Mathrec

    Sensacional

  • Tiago Cabo

    Meu pai é cadeirante e eu não ando com adesivo para deficiente no meu carro, já que não é sempre que ele anda comigo. Nunca desrespeitei o uso da vaga de deficiente, pois sei da importância dela. Se em uma situação dessas o cara fizesse isso, eu iria ficar muito puto.

    • MMM

      Deficientes fisicos precisam ter o cartao emitido pela prefeitura para poder usar vaga especial. A mesma lei q determina a existencia dessas vagas, determina o uso do cartao. Vc nao precisa andar com adesivo no carro mas quando seu pai sair com vc ele precisa carregar o cartao.

      • Tiago Cabo

        Valeu pela dica, mas infelizmente, as prefeituras têm dificuldade de entender que uma pessoa idosa de 94 anos não precisa apresentar deficiência para ter que andar de cadeira de rodas. Eles não sabem que a cadeira de rodas não é só pra quem não tem o movimento das penas, mas para qualquer pessoa que não se locomove por longas distâncias. Fora isso, eles acham que um idoso que consegue andar curtas distâncias está sentado na cadeira de rodas porque quer. Meu pai faria tudo para poder voltar a andar como a 10 anos atrás.

  • Magnosama

    huiashoashuoasuihasiuhasouihasoiuhasu

    muito boa.
    na boa, tenho nojo dessas pessoas que estacionam em vagas reservadas,
    tem de ser muito cretino.

  • FerSaccon

    Ê Maringá véio de guerra! Shopping Catuaí… Realmente a melhor ‘pegadinha’ seria ficar ali no shopping denunciando a infração, filmando o carro sendo guinchado e a reação das pessoas ao retornarem ao local. Mas parabéns pela pegadinha, já que ele disse que a tinta sai com água.

  • Keila Helaine

    Sou deficiente e vou tentar esclarecer alguns pontos.
    O adesivo (que é altamente copiável) não tem mais validade. Serve simplesmente para facilitar a identificação do veículo. O que vale mesmo é uma credencial que deve ser colocada no painel do veículo junto ao para-brisa. Esta credencial (Deficiente ou Idoso) é emitida pela prefeitura ou delegacia de trânsito da cidade de domicílio. A mesma vale para todo o território nacional.
    Como a credencial é emitida em nome da pessoa com necessidade especial e não para o carro, possibilita que alguém que tenha deficiência e não dirija, seja levado por outra pessoa e utilize as vagas normalmente. Vale ressaltar aqui, que a credencial é para a pessoa com deficiência, e deve ser utilizada somente se a mesma estiver fazendo uso do veículo.
    No vídeo em questão, podemos ver que todos os veículos eram de pessoas sem deficiência com passageiros idem. Portanto, foi mais que válida a iniciativa. Espero que tenham aprendido a lição.
    Outra coisa: carro para deficiente não sai de fábrica com o adesivo. Normalmente, o adesivo é colocado pela oficina onde se manda adaptar o veículo.
    Vejam um exemplo de credencial: http://1.bp.blogspot.com/-hac7TnuMveY/UvVOkRwWOSI/AAAAAAAAEV0/_cuC_de-Wq4/s1600/20140207_181303.jpg

    Espero ter ajudado.

  • Luciana

    Olha, eu tive a oportunidade de sentir isso na pele. Grávida de 8 meses, com os pés inchados pela pré-eclâmpsia, tive de atravessar um estacionamento de shopping por conta de um espertão saradão que parou na vaga para gestantes. Eu quis bater no camarada, meu marido não deixou. Desde então, eu sou aquela chata que quando vê um mané parando em vagas não autorizadas, vai lá tirar satisfação. Vou mudar de tática, vou comprar uma latinha dessas de tinta e vou deixar no carro.

  • Senio Vieira de Lima

    deveria ter chamado a policia pra multar, ai iriamos ver a fúria destes babacas quando além de ter o carro pichado ainda tivessem que pagar a multa, lógico que a polícia não iria atrás nem há crime neste protesto pois não há dano contra o “atacado”, 100% educativo, fez bem em não usar tinta comum.



Send this to friend