Elétricos EUA Sedãs Tesla Test Drive Vídeos

VÍDEO: Sensação dos passageiros diante da súbita aceleração do Tesla Model S P85D

Agradecimentos ao Eliezer Souza pela dica.





  • vicmarconi

    Haveria uma filmagem de fora? Queria ter noção dessa aceleração.

    • Andrew B.
      • Edson Fernandes

        Duvida…. o cara “acelerou forte” até o fim (e a Lambo foi embora) ou o cara deixou de acelerar?

        • Douglas

          Acredito que até a Lamborghini passar, o Tesla tava de pé embaixo.
          O elétrico tem um torque monstruoso desde 0 RPM, por isso sai na frente.

          • João Cagnoni

            Pra mim não é só isso. O Tesla não tem só um motorzinho diferente, o projeto do carro inteiro é diferente. O lauch control nos carros à combustão deveriam largar desta forma por estarem no giro de torque máximo, só não sei por que não fazem. Deve ser mérito do controle de tração ou alguma tecnologia diferenciada.

        • Andrew B.

          Bem,Tesla pode até sair na frente,mas Super Trofeo perder final,é estranho!

        • Eduardo Jara

          O Tesla só chega até 220 km/h mais ou menos. Foi oque a marca divulgou.

  • BillyTheKid

    Pra que investir em híbridos, quando é possível investir em elétricos assim? Essa é a primeira geração do Model S, imagina as próximas… Ansioso pelo Model 3, hatch com um custo menor e quem sabe um dia acessível por aqui.

    • Filipe Machado

      Elétricos tem autonomia pequena e baterias caras

      • vicmarconi

        Eu não entendo nada de bateria de carros, mas são semelhantes as baterias que usamos em qualquer outro equipamento? Ou seja, vicia, perde vida, etc?

        • Gustavo73

          Com o tempo vão pegando menos carga e diminuindo a autonomia. Se não me engano prevêem a troca na faixa dos 10 anos de vida delas. E sim são muito caras.

          • Antonio De Julio

            Fizeram testes com baterias dos Prius da primeira geração, com mais de 10 anos de uso, e ainda tinham 90% da capacidade de carga. Celulares são feitos para durar pouco, esses carros não. Apesar de usarem a mesma tecnologia de baterias, o tratamento é totalmente diferente.

            • Gustavo73

              Sim, não sei se o resultado do Prius poderia ser igual ap produto totalmente elétrico. Mas a bateria realmente vai perdendo a capacidade de reter a carga com o tempo. Mas não tenho a menor dúvida que o futuro é elétrico. Apesar de achar que ele passa com certeza pelos híbridos. Pelo menos na maioria das categorias. Não só autonomia, mas o peso e cuto são melhores nos híbridos. Pelo menos agora.

        • Filipe Machado

          Tesla usa bateria de Lítio (igual a do seu Celular e Notebook) mas para fornecer energia para um carro é necessário muito mais “potência”, fora que as próprias baterias jogam contra adicionando peso extra.

          A longo prazo, os 100% elétricos poderão atingir autonomia maior e serem acessíveis.
          Hoje em dia, mesmo nos EUA um Volt 100% elétrico e o Tesla são caros – Mesmo com incentivo de impostos da Califórnia por exemplo.

          Os Híbridos (Toyota Prius) são mais “acertados” pois dependem menos dos motores elétricos (na real o elétrico é um auxílio para trafegar em baixa velocidade)

          • Marcio Santos

            O problema principal ´é o custo das baterias, são caras e quando necessitarem de troca provavelmente custarão mais do que o carro vale usado.
            Para que os elétricos/híbridos valham a pena mesmo é preciso trocar a tecnologia das baterias.

            • BillyTheKid

              As baterias do Model S tem garantia de 8 anos e quilometragem ilimitada. E aqui tem um gráfico de alguns donos de Tesla e como a bateria perdeu capacidade depois de uma certa quilometragem: https://steinbuch.files.wordpress.com/2015/01/maxrangekopie.png

              Ou seja, ~94% da capacidade original após uns 84 mil quilômetros… Acho que não terá que trocar a bateria tão cedo assim.

          • Antonio De Julio

            Toda nova tecnologia é cara para se pagar os custos de desenvolvimento. Musk vai abrir 3 Gigafábricas de baterias para inundar o mundo com carros elétricos mais acessíveis.

      • Gabriel Ferreira

        Esse elétrico não! Ele anda até 460 km com uma carga ! Ele é o mais top dos elétricos!

        • Filipe Machado

          Tá e o preço dele ?
          Em média custa perto dos 90k Obamas… pra comparar uma BMW custa por volta de 50k Obamas (digo uma série 5)

          • Felipe Teodoro

            mas o tesla Model S ta competindo no segmento de Luxo Esportivo, por isso esse preço, eles já falaram que vão lançar um modelo mais acessível que custa 30 mil dolares, mas só que a unica fabrica deles não vai dar conta de fabricar esse modelo mais barato, e tmb não existe uma fabrica de baterias que tmb consiga fabricar na velocidade que els querem, por isso que a tesla está construindo um fabrica gigantesca de baterias, e com essa nova fabrica o valor da bateria vai diminuir em 30 %.

          • Tosoobservando

            o carro tem uma tela de 17′, nenhum outro carro tem, alem de toda tecnologia embarcada. Nao é so o fato de ser eletrico, obvio.

          • Antonio

            A ultima vez que eu vi o preço do tesla era 58k o mais basico e 63k o mais forte , uma serie 5 modelo 530 esta ums 56k , não existe uma diferença grande assim

      • BillyTheKid

        As baterias do Model S tem garantia de 8 anos e quilometragem ilimitada. Além do mais, a autonomia só é importante mesmo em viagens. O trajeto da maioria e grande parte do tempo é só casa-trabalho-casa. De qualquer forma, quando carros elétricos começarem a virar realidade aqui, certamente existirão postos de recarga rápida. Aliás, a própria Tesla já apresentou um sistema de troca de baterias feito em 90 segundos; de acordo com a empresa, 2 vezes mais rápido que encher um tanque.

        Carros elétricos tem desvantagens, mas como qualquer tecnologia, com o tempo elas diminuirão. Agora imagina você não ter que pagar R$ 3,20+ na alcoolina a cada 10km rodados, ou trocar óleo a cada 5 mil km, ou ter que se arrastar por aí com motores 1.0 ou 1.4 tendo que esticar até o motor quase cair fora quando precisa acelerar rápido…

        • Filipe Machado

          Gasolina e derivados do petróleo só são caros aqui nessa terra sem leis…

          Não sou contra a tecnologia, mas acho que tem um longo caminho até a maturidade da mesma (pelo menos uns 15 anos mais)

          • BillyTheKid

            Pois é, quanto a maturidade da tecnologia não há discussão, certamente levará tempo, até mesmo pelo preço atual. Mas a tecnologia é nova e já apresenta vários prós e poucos contras; imagine em 10 ou 15 anos, quando as baterias ficarem mais baratas e com maior capacidade, a concorrência aumentar e o preço diminuir…

    • Martini Stripes

      Lobby de auto peças, geração de empregos para a fabricação de peças, problemas políticos e econômicos. A transição não pode ser rápida ou geraria um caos econômico.

  • Filipe Machado

    Por enquanto essa é a única vantagem dos elétricos… arrancada e torque praticamente instantâneos.

    Por hora acredito que os Híbridos sejam o caminho mais óbvio para aplicação em larga escala

    • Heitor Borba

      Ainda acho que motores do tipo inversão térmica por ar comprimido são o caminho… com o menos custo por km rodado e tecnologia simples.
      Híbridos combustão interna deixam a desejar no consumo…
      100% elétricos não são ruins.. já ví exemplos de autonomia de mais de 500km com uma carga.. a china esta investindo pesado nesse nicho.

      • Guest

        No Brasil, enquanto um grupo político não faturar muito com mudanças desse tipo, nunca vai vingar. A como exemplos, casos como a atual extintor, o kit primeiros socorros…

  • Robert Dniro

    É temos que olhar e lamentar, quando não assumirem o poder nesse país pessoas de índole, com visão de futuro nunca teremos acesso a essas tecnologias, vivemos na verdadeira TERRA DO NUNCA , pagamos muito mais e temos muito menos. A corrupção virou sonho de consumo da maioria dos políticos ,dinheiro fácil e abundante com todos os fantoches dando seu espetáculo manipulados pelo partido da estrela caída.

    • Filipe Machado

      Produzimos 0 tecnologia e quando falam em “comprar” tecnologia como no caso da FAB com o programa FX-2 (Caças Gripen da SAAB com transferência de tecnologia pra Embraer) fazem um mimimimimi danado – dizendo que 6 bilhões de dólares serviriam pra tirar criancinha da rua e acabar com seca no Nordeste.

      Só que desviam 88 Bilhões de Reais da maior empresa estatal e fica por isso mesmo.

      Essa incoerência que ferra tudo… Quem quer produzir tecnologia e conhecimento em pesquisa não recebe 1 real do governo e nenhum incentivo das grandes empresas justamente por não haver retorno garantido (Governo não dá e nem cria condições pra desenvolver tecnologia).
      E quem recebe dinheiro de pesquisa geralmente é por que é “amigo do governo” e usam a grana pra mamar nas tetas sem produzir nada de relevante.

    • Vattt

      Fato! No Brasil, enquanto um grupo político não faturar muito com mudanças desse tipo, nunca vai vingar. A como exemplos, casos como a atual extintor, o kit primeiros socorros…Infelizmente, nós somos a minoria, um público mais lúcido diante da atrocidade que nosso governantes fazem diariamente com o dinheiro do povo.

  • Fabio Marquez

    E o futuro chega mais rápido com este torque pleno…kkkkkk

  • Rodrigo

    Nossa, 0 a 100 kmh (ou 0 – 65 mph) em torno de 3 segundos? Desempenho de esportivo, com conforto de sedã grande. Excelente!

  • shdn2010

    Show, mas acho que ao longo dos anos, as baterias podem se tornar muito mais poluentes ao meio ambiente, imagine o monte de guambiarras que nao fariam nestes motores eletricos e quantas baterias nao seriam descartadas de forma errada.

    • Felipe Teodoro

      baterias podem ser 100% recicladas, e por lei lá no EUA as fabricantes tem que reciclar as baterias.

    • Thales Sobral

      Os motores elétricos são ridiculamente simples se comparados com os a combustão, e se der problema, só é reciclar o aço e o cobre usados neles.

  • GPE

    Massa!

  • Tiago Mascarenhas
    • Angelo_RSF

      Este carro citado no seu link É ELÉTRICO.
      O que difere é que não usa baterias e sim eletrólitos líquidos. Mas a tração é elétrica.

      • Tiago Mascarenhas

        O carro não movido a eletricidade, assim ele não é eletrico.
        A eletricidade é um produto do processo, que nem o carro a hidrogenio que o produto é agua.

        • th!nk.t4nk

          Todos estes carros são elétricos, inclusive os a hidrogênio. Não confundam armazenamento de energia com conjunto motriz.

        • Angelo_RSF

          A eletricidade é usada para alimentar o motor elétrico que move o carro.

          Veja a parte do texto do seu link:

          ““Esse é o primeiro carro a usar a tecnologia de bateria de fluxo. Isso significa que ele armazena a energia em dois tanques de eletrólitos líquidos, carregados positivamente e negativamente. Esses eletrólitos circulam através de uma membrana em um terceiro tanque, gerando dois processos eletroquímicos diferentes” explica Nunzio.

          Esses dois processos são os de oxidação e redução e juntos eles geram corrente elétrica. Contudo, a diferença em relação aos carros elétricos é o fato de que é possível carregá-lo com uma frequência menor. “Basicamente não há tempo de recarga, pois a energia está armazenada nesses dois tanques de polos positivos e negativos”, explica.”

          No próprio link diz: “Contudo, a diferença em relação aos carros elétricos é o fato de que é possível carregá-lo com uma frequência menor.”

          No carro a hidrogênio a água é gerada como sub-produto no escpamento e já no QUANT a eletricidade é usada para mover o carro.

  • Antonio De Julio

    A inveja é uma mer… Sim, estou com inveja, assumo!

  • Boris

    Ganhou ate do Hellcat em arrancada

  • Vattt

    Acho que já sou um velhinho, e sou daqueles que vai olha pro carro elétrico do netinho e questionar: Cadê o ronco, a demonstração de forca e brutalidade que um verdadeiro esportivo deve ter????. Gosto do novo, mais isso é demais para mim!!!

    • Vattt

      E realmente acho aceitável apenas os hibridos, que juntam a “economia” do motor elétrico com a autonomia e força do motor a combustão!!! Começando logo por um Fusion ou com mais grana um Lexus!!!

      • th!nk.t4nk

        Mas os elétricos têm mais força. E têm autonomia. Estamos falando de mais de 400 km nesses Tesla, e já anunciaram que irão aumentar mais ainda. Vantagem de motor a combustão é só barulho, mais nada.

    • Antonio De Julio

      Só fica devendo o ronco, pois de 0 a 100 em 3 segundos não é sinal de força?

  • Baetatrip

    Belo torque hein?!
    Muito superior o de diesel….. Desde 0RPM….!
    Muito bom hein?!

  • Carlos Sousa

    Show!!! :)

  • zekinha71

    Qual é o segredo pra esse torque todo e não cantar pneu?

  • Ubiratã Muniz Silva

    Carro elétrico realmente faz colar no banco. Já dirigi um Gol G4 convertido para eletricidade (maiores detalhes em http://www.clubedocarroeletrico.com.br/) , foi mantida a caixa de marchas original do carro, só usava a terceira e o treco era estupidamente rápido.

    O golzinho é do meu ex-chefe, e o carro é o “xodó” dele, faz palestras toda hora sobre o mesmo (o outro carro dele, também de uso diário mas não convertido, é uma MB 300E dos anos 80).

    Isso se deve à característica do motor elétrico, de ter o torque máximo imediatamente à disposição.



Send this to friend