Manutenção

Você sabe identificar combustível adulterado?? Veja 5 sintomas

Você sabe identificar combustível adulterado?? Veja 5 sintomas

Quais são os principais identificadores de combustível adulterado?

Quando você usa combustível adulterado no seu carro irá notar o motor falhando, motor morrendo e também perda de potência. Estes podem ser sinais de que o carro infelizmente está contaminado com combustível adulterado. Mas são muitos outros os sintomas também apontados pelos especialistas.


Os sintomas são:

1) Em curto prazo, fica mais difícil dar a partida

2) O motor começa a falhar


3) A marcha lenta fica irregular, com o carro acelerando e desacelerando sem você tocar no acelerador.

4) Já a médio prazo, o motor começa a engasgar

5) E o carro perde a potência e também a força.

Com isso, o rendimento cai e a aceleração fica mais lenta, bem diferente do normal de anteriormente.

Como fazer para não ser vítima do combustível adulterado

Algumas medidas simples podem ser tomadas contra esse mal. O motorista deve sempre desconfiar da gasolina muito barata em um certo posto, comparado com o preço praticado em postos da mesma região, e verificar o controle de qualidade do estabelecimento.

Infelizmente muitas pessoas caem em golpes no Brasil todos os dias, e uma coisa que existe em comum entre a maioria delas é que querem se dar bem. Querem ser as espertas e pagar menos por uma coisa que normalmente custa mais caro. Com a gasolina é a mesma coisa. Se o preço está muito mais baixo, sinal de que é combustível adulterado, sem dúvidas.

É bom optar pela gasolina aditivada e abastecer sempre no mesmo posto, aquele que transmite confiança e que você já conhece faz tempo. E outra coisa: o cliente tem o direito de exigir do frentista um teste do combustível, isso está na lei.

Todo cuidado com combustível adulterado é pouco. O prejuízo da gasolina adulterada traz sérios problemas ao carro, como derretimento das mangueiras de combustível e, no caso de carros mais antigos, carburador entupido. Ele também polui o óleo lubrificante e aumenta a carbonização das velas e válvulas.

Em carro movido a álcool, a mistura de água no combustível pode derreter, além das velas, a cabeça dos pistões. Para sanar o problema de contaminação, pode ser necessário limpar o tanque, os bicos injetores e, a partir daí, trocar as mangueiras e os filtros de combustível.

[Fonte: Ag. Auto Informe]

Você sabe identificar combustível adulterado?? Veja 5 sintomas
Nota média 3 de 1 votos

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email