Argentina Pickups Volkswagen

Volkswagen Amarok V6 começa a ser vendida na Argentina

volkswagen-amarok-2017-v6-2 Volkswagen Amarok V6 começa a ser vendida na Argentina

Depois do período de pré-venda, a nova Volkswagen Amarok V6 2018 faz sua estreia oficial nas concessionárias da marca na Argentina. Trata-se da configuração topo de linha da picape média, que está sendo produzida na planta da empresa em Pacheco, mas com motorização importada da Alemanha. O modelo tem preços entre 981.300 pesos e 1.033.300 pesos (cerca de R$ 200,9 mil e R$ 211,5 mil).



A Volkswagen Amarok V6 é equipada com um motor 3.0 litros de seis cilindros em “V” turbodiesel, capaz de desenvolver 224 cavalos de potência e 56 kgfm de torque, associado ao câmbio automático ZF de oito velocidades e sistema de tração 4Motion nas quatro rodas. Segundo dados da marca, a picape acelera de 0 a 100 km/h em 7,9 segundos e alcança velocidade máxima de 193 km/h.

volkswagen-amarok-2017-v6-5 Volkswagen Amarok V6 começa a ser vendida na Argentina

Entre os equipamentos de série, há quatro airbags, controle eletrônico de estabilidade e tração, freios ABS off-road, Isofix, freios a disco traseiros de 16 polegadas, bloqueio do diferencial, sistema multimídia com tela de 6,33 polegadas, navegação por satélite, Apple CarPlay e Android Auto, bancos revestidos em couro Nappa, painel com tela colorida em 3D, entre outros.

Com a nova Amarok V6, a Volkswagen passa a oferecer a picape média mais potente e cara na Argentina. O novo modelo deve fazer sua estreia no Brasil no início do segundo semestre, com preços semelhantes à variante argentina.

volkswagen-amarok-2017-v6-7 Volkswagen Amarok V6 começa a ser vendida na Argentina

Leia avaliações, notícias sobre carros e compare modelos em NoticiasAutomotivas.com.br.

  • Bruno Alves

    Vai chegar por mais de R$ 200.000,00 aqui no Brasil…

    • Ailton Junior

      Lá na argentina atualmente os carros são mais caros que no Brasil. Deve chegar por 190$

      • Bruno Ribeiro Santos Maia

        Pelo o contrário!

        A não ser que se faça a conversão de moeda pra moeda….
        Mas analisando poder de compra, o Argentino sai na frente ou melhor gastando menos.

        É triste mas até los hermanos onde se tem a maior carga tributária do mundo é mais barato

        • Louis

          Mas pra importar ninguém leva em consideração poder de compra, salário mínimo… É conversão direta mesmo.

      • rodrigo

        conhecido meu reservou a amarok v6 na vw de londrina, por 215.000, preço tabela disse. Vamos ver se haverá agio quando chegar.

    • Bruno Ribeiro Santos Maia

      Era pra custar aqui algo em torno de 120 mil. Mas aqui é Brasil né! Rsrsrsss

      E como é importação deve chegar por mais de 215.000 mil

      Quando eu falei em 120 mil é pelo fato de que é essa proporção que um argentino compra uma.
      Essa versão custa $1.033.300 e lá o salário mínimo é de $ 8.060 (129 salário mínimos )

    • ObservadorCWB

      Por aí…..mas pergunto: Onde estão os fãs que sempre disseram: O motor 2.0 é excelente e “mais do que” suficiente para a proposta do caro. V6 vão morrer….agora é downsizing ???? Este bando SUMIU !!! kkkkk

      • Lucas

        Mas é mesmo. Tenho uma e com certeza anda mais e bebe menos que Hilux e Ranger, por exemplo, que têm motores BEM maiores. Tanto que a versão 2.0 vai continuar sendo vendida normalmente…

  • Lucas086

    Se a Toyota cobra 190 mil na Hilux Srx, essa ai vai vim por uns 220 mil, eu acho.

  • Snoop Dogg

    Ja vendeu tudo por la na pre venda, 400 unidades. Acho que chega por uns 200k no Brasil.

    Quem vai pagar 180k numa S10 High Country, 190k numa Hilux sendo que tera a opção de uma Amarok V6 por 200k.

    • Xtodos

      A tomar a realidade de nosso mercado certamente continuará exatamente como está.
      Quem teve uma Amarok e não teve problemas certamente continuará fiel à marca.
      Enquanto outros que vivenciaram um simples problema se transformar num freak show quer distância de um volkswagen.

    • Wanderson Bonifacio

      Quem vai deixar de comprar uma Hilux pra comprar uma Marok?

      • Felippe2010

        Eu deixaria, a Hilux seria a minha última escolha

      • Snoop Dogg

        Na minha ordem de preferencia Hilux vem atras da Amarok, Ranger e S10

    • erik contini

      Trabalhei na VW e pra mim ainda não tem nem como comparar a Amarok com as outras, lembro de um cliente dizendo que a VW demorou pra lançar uma pickup mais quando lançou colocou as outras no bolso. Realmente anda na contramão das outras, cheio de tecnologia embarcada, e motor 2.0 bi turbo mais economico e potente diante das concorrentes, destacando tambem o cambio zf de 8 marchas

      • rodrigo

        vc trabalhou na vw mas nao trabalhou nas outras pra saber o diferencial. Esse motor 2.0 biturbo por exemplo é a maior gambiarra que a vw ja fez, nao é atoa que fraudou as normas de emissao pra poder vender. Sem falar nos problemas com valvula de EGR, correia dentada, turbina, cabeçote………. Mas esse V6 vai ser bom, tanto pra amarok quanto pro mercado, as outras marcas vao patinar pra chegar no mesmo patamar.

  • guilherme

    cara, namoral..um carro de 200 mil reais ter apenas 4 airbags é ridiculo, toyota fazendo escola

    • Ernesto

      Hilux tem 7 air bags na versão top.

    • oloko

      sim, essa v6 tem que ter pelo menos 6 airbags pelo preço que ela vai custar aqui no br

    • Dp Som

      e pensar q a versão mais simples da ranger já tem 6 airbags

    • Jeremias Flores

      amarok highline tem 6

    • rodrigo

      triton sport hoje tem 9 airbags, essa amarok no minimo tinha que vim com 7 igual a ranger e hilux. Hoje em dia muita gente compra picape por segurança.

  • ChalMust

    Uma pick up VW custando R$ 200.000 … tá feia a bagaça mesmo !!!

    • Jeremias Flores

      barato é uma toyota por 190

  • Elfo Safadão.

    Ou Site tá zoado, ou a atualização do google chrome deu Ruim….
    Mas o acesso pra mim tá muito zoado.

  • Saulo Gomes

    Acho ridículo este tipo de coisa, diesel é para trabalho ou economia, quer andar compra uma v6 ou v8 flex. Tem dinheiro para comprar um carro destes e não consegue encher o tanque. Sem contar que se levar em conta seguro e manutenção acaba saindo mais caro.

  • leandro

    Se for mais cara que a Toyota nao vai vender e a Vw nas concessionarias tem um baita desconto. Tambem nao sei se consegue atingir publico da hilux de qualquer jeito pois a Amarok não passa confiança pro pessoalque gosta dessas coisas.

  • leandro

    Alguem consegue responder porque a industria se divide entre direção assistida elétrica e hidráulica, pois Ford e Toyota usam elétrica e demais inclusive e surpreende a Mitsubishi usam Hidráulica.

  • Ricardo Blume

    Com relação a concorrência, a Amarok fica lá atrás em vendas. Não vejo muita saída dessa V6 no Brasil. Uma pena pois é uma grande pick up.

  • Luccas Stringger

    …mas é works,kakaca……

  • Matheus Santos

    Linda, mas infelizmente vai chegar aqui custando mais de 200 mil. E como vai ser a versão mais cara, deve responder por uns 10% do mix de versões da amarok

  • Gabriel Ferreira

    Quero saber qual vai a resposta da concorrência, será que a Ford vai trazer o motor da Jaguar/Land Rover na ranger, seria interessante uma ranger 3.0 V6 com 292 CV ou uma Hilux 4.5 V8.

    • Lucas

      Uma Hilux potente assim é suicídio. Honestamente, tenho uma SW4 do modelo anterior e mesmo com ESP e tração integral, ela assusta com sua instabilidade e molejo exagerados, mesmo com o fraco motor 3.0 diesel. Como os erros de projeto quanto à estabilidade continuaram no modelo novo, um motor V8 na mão de leigos seria uma me rda generalizada. É um carro bom, mas não foi feito pra andar a mais de 120 por hora.

      • Gabriel Ferreira

        Tipo motor mais potente, só te ajuda acelerar mais rápido até a velocidade de cruzeiro. Você não é obrigado a andar de 190 km/h não kkkkk

        • Lucas

          Que nada… Com mais potência, todas as reações do carro serão mais enérgicas, e por consequência, mais difíceis de controlar. As retomadas são muito mais rápidas e o carro alcançará velocidades maiores sem o motorista sequer perceber, e com uma suspensão que parece um pula pula, isso é perigoso.

          Falando do exemplo que você citou, 190km/h seria uma velocidade facilmente alcançável por uma Hilux V8 durante uma ultrapassagem na estrada… Agora pensa em qualquer manobra urgente nessa velocidade… Pois é, numa Hilux é morte na certa.

          • Gabriel Ferreira

            Tudo vai do pé do motorista, olha o motor 4.5 D-4D V8, da Toyota tem apenas 285 CV e uns 60 kgfm, com essa potência e torque não dá nem imaginar que o carro chegaria a 190KM/H sem ta com o pé colado no acelerador, vide a Ford Edge 9.1 segundos o 0 a 100km/h com essa mesma potência, agora me diz quem é o maluco que faz manobras a 190 km/h? Qualquer carro nessa velocidade se fizer uma manobra brusca é caixão e vela preta, e outra não passou da hora da Toyota calibrar a suspensão não.

            • Lucas

              Na verdade o modelo de 171 cv dá 150 por hora com alguma facilidade. Mas coloquemos uma velocidade menor: 140 por hora. Qualquer manobra brusca e urgente (como desvio de animal ou buraco numa rodovia) resultaria em morte instantânea a bordo de qualquer modelo de Hilux, de QUALQUER ano. Creio que numa picape com boa estabilidade como a amarok ou ranger, um acidente poderia ser evitado a essa velocidade.

              Abraço.

      • Gabriel Ferreira

        Motores maiores são bons pra melhorar arrancada, retomadas e pra evitar de ficar do ronco do motor fique invadindo a cabine, se não precisarem girar mais e acabam fazendo menos barulho. você mesmo que é dono de SW4 sabe o quanto ela é barulhenta por dentro, parece caminhão. A Toyota pode alterar o ajuste de suspensão.
        Agora uma caminhonete de 200 mil ter um motor 2.8 177 cv na nova é 171 cv na antiga são números de potência ridículos.

        • Lucas

          Concordo, acho a potência das Hilux, tanto da antiga quanto a nova, ridícula. Apenas 35kgmf de torque no modelo antigo é vexatório, mas vai explicar isso pra toyoteiro fanático que ele te assassina se tiver do teu lado. A verdade é que a Toyota não se importa em fazer carros realmente bons. Basta ter um motor obsoleto e com engenharia antiquada pra não quebrar com facilidade que o povo compra, mesmo o veículo pecando em todos os outros aspectos, incluindo o preço.

          • Gabriel Ferreira

            Aqui em casa tem um Corolla são muito bons, mas nossas camionetes “brasileiras” são muito fracas, veja os exemplos americanos as Ford F150 possuem 375 CV, Toyota Tacoma mais cara custa R$ 140 mil reais e tem um 3.5 V6 de 273 CV, a Tundra tem um V8 5.7 de 381 CV. Então a questão ai não é estabilidade é falta de vergonha das montadoras mesmo.
            Me espanta uma pessoa com R$ 240 mil e pegar uma SW4, enquanto uma Ford Edge que também não é nenhum exemplo de força e desempenho custa o mesmo é oferece mais.

            • Lucas

              Eu já tive um Corolla. Um Xei 15-16 e o carro seria bom se fosse vendido por uns 75- 80 mil. Como isso não acontece, arrisco dizer que 90% dos concorrentes são superiores, inclusive em desempenho, preço e acabamento. Por 105 mil, a única escolha racional nesse meio deve ser Jetta 2.0 TSi. Mas pelo menos faz quase 10 com litro na cidade…
              Um amigo tem um Ford Edge 2011. Veja bem, 2011! O carro tem comando por voz, é AWD, liga à distância, tem start stop, teto panorâmico, airbag até na bunda, multimídia decente, som ótimo e quase 300 cavalos. Esse carro hoje vale menos de 60 mil reais, enquanto uma SW4 do mesmo ano com câmbio de 4 marchas, motor de 163 cv, acabamento digno de pena e com 200 mil km rodados vale cerca de 100 mil reais!! Me dê uma razão pra isso acontecer! Eu não entendo!

  • Victor Hugo

    Meu sonho. Adoro o 4 motion da VW. Já conheço a Amarok muito bem, com o motor 2.0 4c, e é excelente. Essa dai vai ser uma obra prima.

  • Guilherme Batista

    Eu me pergunto qual o motivo de se comprar um carro desse

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend