*Featured Volkswagen

Volkswagen apresenta poucas novidades nos Gol, Voyage e Saveiro 2020

Volkswagen apresenta poucas novidades nos Gol, Voyage e Saveiro 2020

A Volkswagen lançou a linha 2020 dos modelos Gol, Voyage e Saveiro. O trio quer pertence à família de compactos mais popular da marca alemã chega com poucas novidades. A dupla composta por hatch e sedã, agora possuem um novo pacote de opcionais, enquanto a picape leve adiciona o mesmo estilo de painel das demais versões, na Robust, focada no trabalho.


Em versão única, os Gol 2020 e Voyage 2020 passam a oferecer o pacote Completo II – Edição Limitada, que desaparecerá após certo período, não especificado pela Volkswagen. Neste caso, os itens incluídos na oferta especial são chave canivete com controle remoto, alarme keyless, retrovisores elétricos com função Tilt Down, vidros dianteiros e traseiros elétricos, sensor de estacionamento e rodas de liga leve aro 15 polegadas.

Volkswagen apresenta poucas novidades nos Gol, Voyage e Saveiro 2020

De série com ar condicionado, direção hidráulica, vidros elétricos dianteiros, travas elétricas, banco do motorista com ajuste de altura e suporte de celular com fonte USB, Gol 2020 e Voyage 2020 também possuem como opcionais os pacotes Media Plus e Interatividade Composition Touch, este último com o App Connect, que consiste nos sistemas Google Android Auto, Apple Car Play e MirrorLink, podendo assim ser utilizados os navegadores Google Maps ou Waze, além de outros aplicativos de Android e Apple.


Volkswagen apresenta poucas novidades nos Gol, Voyage e Saveiro 2020

No restante, nada mudou. Os Gol 2020 e Voyage 2020 continuam sendo oferecidos com motores EA211 1.0 MPI com 75 cavalos na gasolina e 84 cavalos no etanol, assim como o antigo 1.6 MSI 8V com 101/104 cavalos e o recente 1.6 MSI 16V, este da mesma família EA211, com 110 ou 120 cavalos, respectivamente. Neste último, a oferta tem o câmbio automático de seis marchas.

Volkswagen apresenta poucas novidades nos Gol, Voyage e Saveiro 2020

No caso da Saveiro 2020, a única novidade é a versão Robust – focada no trabalho – com o mesmo painel das demais versões, só que bem mais simples. Esta opção tem cabine simples ou dupla. O modelo ainda tem as versões Trend (cabine simples) e Cross, esta somente com cabine dupla.

Gol, Voyage e Saveiro 2020 – Preços

  • Gol 1.0 – R$ 46.320
  • Gol 1.6 – R$ 52.760
  • Gol 1.6 AT – R$ 57.260
  • Voyage 1.0 – R$ 54.370
  • Voyage 1.6 – R$ 58.400
  • Voyage 1.6 AT – R$ 62.900
  • Saveiro Robust CS 1.6 – R$ 52.360
  • Saveiro Robust CD 1.6 – R$ 65.250
  • Saveiro Trendline CS 1.6 – R$ 64.140
  • Saveiro Cross CD 1.6 – R$ 84.580

 

Volkswagen apresenta poucas novidades nos Gol, Voyage e Saveiro 2020
Nota média 3.4 de 14 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Zika Mano

    Noticia automotivas banindo contas desde 2005-1 não aceita receber criticas e nem receber algumas verdade sobre certas marcas e sobre elétricos, precisa urgentemente mudar conceito, quanto a matéria são carros que vende bem e de certa forma e não precisa pelo menos por enquanto de muitas mudanças pois estão no momento atualizados e bons.

    • Bryan Silva

      Ultimamente tenho prestado mais atenção durante as leituras das notícias e tenho percebido que 90% delas são tão vagas que não sei como que esses veículos ainda conseguem sobreviver no mercado. Parece que os jornalistas escrevem robotizados, com os mesmo jargões, ligações… São matérias sem questionamentos, sem brilho.

      • Natán Barreto

        Critiquei outro dia o fato dessas varias matérias sobre o mesmo carro. Por exemplo, tem matéria do Gol G1, G2, G3, rallye etc sendo q tem uma completa com todos.
        Aí me enviaram um e-mail super grosseiros me perguntando quem sou eu pra questionar as matérias e que eles fazem as matérias que querem, não que os leitores querem. Fora outras grosserias dizendo que isso aqui não é uma democracia e que eles fazem o que querem e eu não deveria me meter.

        O amadorismo nas respostas nem parecia vindo de um site tão antigo no Brasil, inclusive acompanho desde 2005 quando tinha 13 anos

  • Mr. Pereba

    Já que vou ser o primeiro a comentar, vou fazer o índice dos comentários:
    1. Críticas aos preços absurdos
    2. Críticas ao atrasos da indústria automobilística nacional
    3. Críticas ao acabamento/plásticos
    4. Defesa dos fan boys Das Auto

    • Cesar

      no item 4 você se equivocou com o nome da companhia.
      É Das Fraud

    • Marcelo Ecosta

      Pior que teve foi elogios aos plásticos, comparando com os do Polo.

  • Emanuel Schott

    Até que enfim trocaram o painel de Gol G4 da Saveiro Robust.. Deu até vontade de ter uma agora kkkk

    Agora só falta usar os mesmos plásticos (com aparência bem melhor) no Polo e Virtus.

    • Domenico Monteleone

      Achava que só eu tinha a sensação que os plásticos de Golf e Fox são de aparência melhor que os de Polo/virtus

      • RicLuthor

        Você quis dizer Gol, de todo modo muita gente tem essa sensação!

    • Natán Barreto

      A grande sacada do Fox e Gol são o interior em preto. Muito melhor q o cinza porco do Polo, Virtus e T cross

      • Luis Burro

        Kkkkkkk

  • Deckard

    São carros que vc pode tirar zero da loja e a unica pessoa que perceberá é aquela vizinha que vive na janela. Então mudar pra que?

    • Natán Barreto

      Pq as pessoas não deveriam comprar carro pra outras pessoas repararem e sim pra satisfazer suas necessidades

      • invalid_pilot

        Matou!

        Brasileiro ajuda a inflacionar o mercado por querer colocar status e luxo em tudo que consome

        • Natán Barreto

          Pior q nem é luxo de verdade e sim umas imitações porcas de coisas de luxo

        • Emanuel Schott

          Compare o número de veículos vs população no Brasil e outros países que você verá que brasileiro compra muito pouco carro.

          • invalid_pilot

            Compra pouco porque trata como luxo e se sujeita ao preço que cobram… Se fosse utilitário talvez a coisa mudasse de figura.

        • Corujinha Feliz

          Verdade! Tudo tem que ser especial, único, gourmet, etc.

      • Deadlock

        Gostei. Discípulo do Luiz Barsi (R$ 2 bilhões em patrimônio, dirige um carro chinês) e do Ilson Mateus, dono da maior rede de supermercados do Maranhão (que dirige um Gol 1.0, sem ar-condicionado)… Eles consideram que o carro é só um meio de transporte…

        • Emanuel Schott

          Parabéns pra eles. Agora eu não vou dispensar conforto se eu tenho condições de ter porque os outros acham que eu só quero mostrar pros vizinhos.

          Aliás, esse papo de que as pessoas compram pra se mostrar e não porque gostam ou querem esse ou aquele modelo me parece papo de invejoso.

        • FrankTesl

          Coragem! Sem ar condicionado no
          Maranhão, sendo que um empresario de grande rede varejista poderia tranquilamente
          comprar um popular de cerca de 40.000/50.000 que já tem no mínimo um kit dignidade, incluindo um “sistema de suporte a vida em terras tropicais”

      • Renato Duarte

        Por que a realidade do brasileiro é essa!! o carro serve como moeda de troca por outro lá na frente. Não adianta,, todo mundo compra um carro pensando em usá-lo como parte do pagamento no próximo carro que for comprar.

  • CanalhaRS

    O tal “Pacote Completo II” é o arroz com feijão, que eles sempre tiveram, desde 2009….hehehehehe…

    • Luis Burro

      Desde q comecou a montadora…Hittler deve ter pensado nele e só dpois resolveu usar num automóvel kkkkk

  • Carlos Alexandre Faes de Barro

    Vou tocar na velha máxima… Está cada vez mais difícil comprar carro zero no Brasil, mas identificando alguns fatores:
    1- Preço alto demais, para a maioria da população; 2- Além da desvalorização, as concessionárias conseguem desvalorizar mais ainda o seu usado e quando “pagam” a FIPE aumentam o zero KM deles; 3- Ganância das montadoras, revendedores, etc (este terceiro item podia fazer parte do segundo); 4- Os salários estão em uma tendência de queda aliado a inflação, diminuindo o poder de compra do brasileiro.

    • Dante Moore

      Quanto mais gente comprar maior será a margem de lucro. Lei da oferta e procura. Realmente escuto que o poder de compra dos Brasileiros estão diminuindo mas como aumentam a venda de carros? Como os imóveis continuam tão caros? Realmente não entendo isto.

      • Emanuel Schott

        Mercado brasileiro de veículos é ínfimo pelo tamanho da população. Vende-se metade da capacidade produtiva e isso afeta o custo fixo por veículo e por sua vez o preço.

        • Carlos Alexandre Faes de Barro

          O Brasil é um país muito desigual, onde R$ 15.000,00 é muito dinheiro, porém compra muito pouco!

      • Jefferson BC

        “”Quanto mais gente comprar maior será a margem de lucro””
        Essa frase está errada, nos EUA, JAPÃO E EUROPA os carros e outros produtos tem margem de lucro menor que aqui, isso acontece por diversos fatores, a competição dentro dos EUA, por exemplo, é imenso, faz com que os preços caíam. Aqui no Brasil até o governo Collor havia apenas 4 marcas.
        Um exemplo legal é o crédito bancário, o juros no Brasil é alto (apesar que desde o governo Temer caiu bastante, nunca esteve tão baixo), aqui 4 bancos dominam 80% do mercado (nosso governo corrupto ainda deixou o Itaú comprar o banco Unibanco, na época o governo Lula devia ter negado essa fusão, depois deixaram o banco HSBC ir embora do BRASIL, a Dilma devia ter proibido a compra do HSBC pelos outros bancos), sendo 2 desses 4 estatais. NOS EUA há mais de 3 mil bancos e o maior banco tem 2,8% do mercado de crédito. O nome disso é competição, gera empregos, inovação e redução de preços.
        Quanto menos eu vendo algo mais ele tende a ser caro, tanto para desenvolver (imagina uma Ferrari que terá 100 unidades), maior também será o lucro das concessionários, imagina uma concessionária que vende 1 carro a cada 2 meses, sem falar o custo do dinheiro no tempo (segura algo que não gira, que não vende).
        Quanto aos imóveis, todos os indicadores mostram que os preço estão estacionados há pelo menos 5 anos, eu sinto isso pessoalmente, eu vejo que os preços pararam de subir como aconteceu de 2002 até 2012. Não é que eles ficaram mais baratos, é que pararam de subir como antes. O salário foi reajustado para cima nos últimos 5 anos.
        Abraço!

        • fschulz84

          Em relação aos imóveis, assino embaixo.

          Comprei o apartamento onde moro atualmente na planta, no fim de 2012, bem no fim do boom dos preços… O imóvel foi entregue pela construtora em 2016 e esta ainda possui várias unidades a venda… O preço é muito similar a o que paguei em 2012…

          Se eu tivesse deixado o dinheiro da entrada rendendo e tivesse comprado próximo a data que de fato mudei, teria feito um negócio muito melhor, mas não tinha como saber né… :(

    • Junoba

      E falta emprego, estou com 20 anos e desempregado, e quando se acha, é serviço braçal pra receber 1 salário mínimo. Até quem possui curso superior esta desempregado, oque mais ouço é engenheiros recém formados desempregados, não tem emprego.

      • MauroRF

        Junoba, vou te dar uma dica que deu certo comigo, na minha área de formação: vire autônomo. Mesmo que não seja na sua área, identifique algo de que goste ou que tenha mercado e ataque. O detalhe é fazer isso investindo muito pouco, pois, se não der certo, você perde pouco. Eu adoraria ter 20 anos como você (tenho 43) para tentar novos negócios nesses moldes de autônomo ou microempresa. Mesmo indo bem na minha profissão atual, estou procurando algo a mais para fazer e não depender só do “Plano A”. Oportunidades existem. Tempos atrás, um amigo abriu uma cafeteria, mas não uma comum (ele se especializou em torra na hora de cafés especiais). Só não entrei no negócio com ele pois o investimento era meio alto, e eu não tinha essa grana disponível, senão teria ido, pois vi que era uma oportunidade boa. Mas tem várias oportunidades assim que você pode atacar investindo quase nada ou muito pouco. Eu partiria para esse lado, ainda mais com a idade que você tem. Na época que comecei, 1999, logo após me formar em 1998, tava uma porcaria de emprego também, aí pensei “pô, e eu seu fizer sozinho, autônomo, vou atacar nesse lado”. Eu via os anúncios em jornal de vagas, mas, nos e-mails que enviava, eu propunha uma parceria para os caras, falando que poderia prestar o serviço para eles como autônomo, falando que custaria menos para eles e tal. Eu trabalho com traduções e revisões de texto e, naquela época, já tinha internet/e-mail, e o que eu propunha era que me enviassem os trabalhos (arquivos) por e-mail, pois assim eu poderia fazer remotamente. Algumas agências de tradução naquela época estavam começando com isso, e eu pensei “pô, o futuro será esse, o caminho é esse, vou atacar de autônomo e fazer home office, pois a internet e a tecnologia vão dominar”. Bingo! Estou fazendo isso até hoje e, mesmo nessa crise toda, não fiquei sem trabalho. Sim, tive menos trabalho do que antes, não consegui reajustar os valores como antes, mas não estou sem trabalho. E outra: as empresas estão sempre querendo cortar custos e investem em ferramentas/tecnologia de auxílio à tradução, e o que faço é ficar por dentro disso tudo, aprender essas ferramentas etc. Tenho colegas que ainda traduzem direto no Word, quando o mercado já utiliza ferramentas de auxílio à tradução há 15 anos pelo menos. Essas ferramentas são a mesma coisa que um CAD para um engenheiro, ou seja, ajudam a fazer o trabalho, mas não fazem o trabalho completo. Não preciso dizer que esses colegas estão ficando para trás.

        Meu vizinho aqui do prédio foi da mesma forma: ele gostava de fazer pintura e grafiatos e fez isso na casa dele em Campos do Jordão (ele era funcionário da Ford antes). Os vizinhos dele lá gostaram do que viram e perguntaram quem fez aquele serviço, aí os vizinhos dele perguntaram se ele não queria fazer aquele serviço na casa deles, ele vislumbrou aí uma oportunidade e começou a fazer isso. Resultado: hoje, tem uma empresa e fatura bem, mesmo no cenário atual.

        Vai por mim: não perca tempo reclamando da economia ou do governo, deixe para lá os pessimistas e corra atrás dos seus sonhos. Você é um cara inteligente e encontrará algo bacana, pode apostar.

        • Luis Burro

          Vdd,pessoal fica esperando mas ñ querem botar a mão na massa,acham q só pq estudaram um monte tem q ter o emprego q equivalha a isto…então esperem e morram de fome!

        • Junoba

          Eu já trabalhei como autônomo, já vendi Hinode, e trabalhei como Eletricista com meus parentes ( residencial e industrial ) mas o mercado despencou e não aparece mais trabalho. Meu avô já conseguiu mais de 10 a 17 mil Reais em alguns trabalhos de elétrica a alguns anos, hoje tem mês que ele tira apenas 1 mil com elétrica. Eu não sou pessimista, sou realista, mas a vida econômica esta difícil. E tem ais, eu fico de pé atrás quando eu vejo alguém dizendo que vai ficar muito dinheiro, tipo aqueles esquemas pirâmide. Mas boa pra frente.

          • MauroRF

            Putz, tá osso mesmo. Qual região você mora? É que há regiões que têm mais opções, outras, menos. Aqui onde moro, um bom eletricista dificilmente fica sem trampo. Aqui no prédio, tem um senhor que presta serviços de elétrica e hidráulica para vários apartamentos, e o cara tá sempre ocupado, pois presta serviço aqui na região central de Santo André. Foi o que eu disse, isso é aqui nesta região, pode ser que na sua região não tenha essa demanda agora, por conta da fraca atividade econômica. Meu sogro mora a 200 km daqui, no interior de SP, e lá na cidade dele, profissionais como carpinteiros, pedreiros, encanadores, eletricistas etc. estão penando, mas é uma cidade de renda mais baixa, com poucos serviços e poucas indústrias. Porém, em Sorocaba, cidade grande e industrial não muito longe dali, esses profissionais encontram serviço com relativa facilidade.

            Ah, esquema pirâmide tipo Herbalife é furada das furadas. Cheguei a ver o esquema da Herbalife no começo de 2007, mas logo vi que era uma furada daquelas e pulei fora. Ainda bem, pois conheço gente que perdeu muita grana com isso e está em dificuldades financeiras até hoje por causa disso.

            Falando das oportunidades, acho que variam por setor e região (como eu disse acima). É claro que hoje tem bem menos oportunidade por conta da crise financeira, mas tente ver se não existe algo que seja “aquela” oportunidade. Tipo o caso da cafeteria diferenciada que citei acima. Eu enxergo isso como uma saída para o desemprego.

            • Junoba

              Eu moro no interior de Minas Gerais, cidade de 260 mil habitantes. Aqui tem indústria. Meu pai é eletricista e teve que ir trabalhar no Pará, creio que se ele estivesse por aqui ainda, estaria passando grandes dificuldades. O negócio é tentar concurso público, vou fazer pra Sargento do Exército, já fiz pra PMES e pra Agente Penitenciário de MG.

      • Edinaldo_Tapica

        Sou arquiteto, tenho 30 e estou desempregado e não pego projeto como freelancer, mercado saturado, poucos investimentos…

    • Jefferson BC

      Vocês falou tudo e esqueceu do principal: MAIS DA METADE DE UM CARRO É TRIBUTOS.
      No Brasil o governo ganha mais dinheiro na venda de um carro do que uma montadora. Isso tem um peso monstruoso.
      Em 2008, diante da crise mundial, o LULA tirou o IPI dos carros, além disso alterou a legislação de crédito bancário e usou dinheiro do FGTS (dinheiro “trabalhista e social”) para os bancos usarem na venda de carros, o nome disso é DESVINCULAÇÃO DE CRÉDITO, com o intuito de fomentar o consumo de veículos.
      Resultado, brasileiro POBRE que deveria investir em si e na família, criar poupança, investir em educação, fazer cursos, comprar roupas, uma casa, uma viagem…COMPROU CARROS em várias e várias vezes, dobramo o números de INADIMPLENTES em 10 anos, esgotamos o crédito e os bancos nacionais NUNCA GANHARAM TANTO DINHEIRO. O próprio LULA em uma palestra para banqueiros e outros empresários disse: OS BANCOS NUNCA GANHARAM TANTO DINHEIRO COMO NO MEU GOVERNO. Ele falou a verdade 1 vez na vida.
      O governo deveria ter investido em MOBILIDADE URBANA, cidades com calçadas padronizadas, transporte público via ÔNIBUS semelhante a países europeus, ciclovias, aeroportos modernos e de curta distância, navegação FLUVIAL, navegação de cabotagem e principalmente TRENS.
      A retardada da Dilma queria trem bala, ou seja, queria começar PELO FIM. Se começa com trens de cargas, depois passageiros e por fim trem bala. O mesmo fizeram com a EDUCAÇÃO, gastamos 50% de todo o dinheiro a educação pública com UNIVERSIDADES, o final da educação, em vez disso, deveríamos começar pelo começo, a EDUCAÇÃO BÁSICA como acontecia no passado. Agora temos REITORES ganhando 150 mil POR MÊS (UFRJ) e professores de ensino básico ganhando 2 salários mínimos.
      OU SEJA, NO BRASIL FAZEM TUDO O QUE NÃO PRECISA, AQUILO QUE PRECISA FAZEM DA FORMA ERRADA. ISSO QUANDO NÃO TE ROUBAM O DINHEIRO, BASTA VER A PETROBRAS E OS 11 BILHÕES ROUBADOS.
      Abraço!

      • Thiago

        milagre que o usuário R. Rover não veio aqui falar mal de vc, pq se falar q o Foro de São Paulo é do mal ele dá chilique.

        • Jefferson BC

          kkkkkk eu não conheço ele

    • Claudio

      E acredito que vai piorar a situação do Brasileiro médio que compra carros zero.

  • Annita Fingenberg

    Como pode a linha GOL ter o painel com um aspecto mais “requintado” que o POLO. VW, por favor, coloque os plásticos internos do POLO na cor preta com apenas alguns detalhes em cinza.

    • Fernando Gabriel

      O do Fox ainda é melhor do que os dois.

    • Marcelo Alves

      Já estão fazendo isso no Polo Beats, o interior dele é preto, provavelmente na linha 2020 do Polo a VW já mude o acabamento interno das outras versões para o preto.

  • RicLuthor

    Farol monoparábola à essa altura do campeonato e com esse preço, não dá!

    • David Diniz

      Qual é o problema do farol de parábola simples?

      • RicLuthor

        É o mais barato que existe e com ele você não consegue manter o facho baixo aceso quando se usa o alto.

        • David Diniz

          O que é ótimo em termos de manutenção pois usa só uma lampada para as 2 funções.

          • RicLuthor

            Eu prefiro um farol eficiente, que proporcione boa visibilidade e segurança do que a economia de uma lâmpada.

            Praticamente todos os carros com farol monoparábola têm a sua iluminação criticada, do Mobi ao HR-V (antes da reestilização). Em rodovia, um farol eficiente pode ser a diferença entre uma viagem segura e um acidente grave.

            • Eskarmory .

              Exatamente. A famosa economia porca, tem mais, estou com um carro há 6 anos e até agora só queimou uma H7. Lâmpada não é pra ter ”manutenção” a toa sim, como se toda semana tivesse que ir lá trocar. Preferir o farol mono por causa disso não tem fundamento.

              • David Diniz

                Algum problema em eu ter preferência?

            • David Diniz

              Eu prefiro faróis monoparabola pois são mais simples em termos de manutenção e se for necessário usar o alto basta utilizar o farol de neblina para iluminar a “zona de sombra”.

      • Marcelo Alves

        Isso é ruim quando você precisa usar o farol a noite em uma rodovia ou estrada de terra, quando se liga o farol alto se perde um pouco da iluminação na área mais próxima do carro, já com faróis de dupla parábola a iluminação do farol baixo permanece inalterada, você liga o farol alto e ganha uma iluminação mais longe do carro e ao mesmo tempo continua com a mesma iluminação que o farol baixo proporciona logo à frente no chão bem próximo do carro

        • David Diniz

          Bom, sempre resolvi essa questão usando o farol de neblina…

  • Hugo Leonardo Dos Santos

    Voyage 1.0 54 mil, Cronos 1.3 57 mil, Logan 1.6 56 mil, Ka 1.5 55 mil, Étios sedan 1.5 55 mil. Aí fica difícil

    • Evandro

      sim, mas msm assim prefiro pegar qualquer outro modelo que tem o motor mais forte e custa basicamente o mesmo…..

      • Hugo Leonardo Dos Santos

        sim, fica dificil pra VW, os rivais dele 1.0 estão na faixa dos 48.500 a 50 mil. E alguns tem até mais ítens como o Ka sedan 1.0 SE e o Logan avantage 1.0

    • Emanuel Schott

      Esse Voyage 1.0 me parece que só ta ai pra venda direta com descontos. Não faz o menor sentido pagar R$54.000 num sedã 1.0.

      • Hugo Leonardo Dos Santos

        Mas nem pra venda direta serve, Ka+ SE 1.0 tá R$ 49500, Logan authentique 1.0 R$ 48500, Prisma Joy 1.0 R$ 50000, Étios sedan X 1.5 R$ 55000, isso tudo de tabela. Venda direta eles ficam mais baratos que o Voyage também pra venda direta, e ainda perde em ítens de série pra todos.

        • Emanuel Schott

          Negócio é que a proporção de vendas diretas do Voyage é bem maior do que dos outros modelos. O VW vende 10 vezes mais carros de forma direta do que vende no varejo. A proporção dos outros fica entre 50% e 60%. Provavelmente os descontos do Voyage são bem maiores.

  • jfontes

    50 k nisso ai? É muita grana para pouco carro. Os preços dos automóveis no Brasil, estão cada vez mais irreais.

  • David Diniz

    Mudou o que mesmo? E eu estava na esperança que essa “Família” iria morrer esse ano.

  • Hernán Diego Ceccarelli

    ESP ?

  • Diego G. de Lima

    Eu fiquei tão impressionado com o preço dessa Saveiro Cross que fui no site olhar ela e montar.

  • Eskarmory .

    Esse farolzão sobra na dianteira. Que medo!

    • Fabão Rocky

      Tá medonho msm. Os Gols mais bonitos q a VW já fez foram: a primeira reestilização do Gol bola, apelidada de “G3”, o “G5” e sua primeira reestilização apelidada de “G6”. O “G4” e o “G7” são horríveis, esse c/ faróis enormes deve ser o “G8” já. Na VW basta mudar uma lanterna ou um farol e já chamam de nova geração.

      • Eskarmory .

        G7 que parece G6 mas é G3. Igual ao suco do Chaves de limão que parece laranja mas é tamarindo.

    • Fernando Gabriel

      Me lembra o Agile, ambos parecem um pequeno caminhão…kk

  • Ueldes Damasceno

    … e surpreende 0 pessoas.

  • TijucaBH

    Estamos no inicio de Abril de 2019 e já lançam o carro 2020? PQP!!!
    Sou contra intervenção do governo, acho que o mercado tem que se auto regular, mas às vezes penso que seria bom ter alguma lei proibindo essa tática.

    • Eskarmory .

      Tb acho. Carro saiu da fábrica em 2019, é 2019 E PONTO. Palhaçada!!

      • Junoba

        Nunca entendi esse negócio de carro ter um ano a mais.

        • Fernando Gabriel

          Ano de Fabricação, Ano Modelo. Ano Modelo, tem diferenças em relação ao Ano Modelo Anterior.Um exemplo: Uma Spin 2017/2017 Consome mais combustível do que a Spin 2017/2018, que houve mudanças no motor.Na hora de vender ou negociar, vale o Ano Modelo, ou seja, quem comprar esse Gol 2019/2020, ao chegar em Janeiro de 2020 (daqui 09 meses) Vai negociar/revender como Gol 2020.

    • Marcus Vinicius Pinto

      Acredite se quiser, mas essa “tática” na verdade é consequência de leis existentes.
      Explico: se a montadora faz uma modificação sequer no carro durante o ano, e não precisa ser uma modificação significativa muito menos aparente, podendo ser mesmo a troca de um fornecedor de uma peça, isso precisa ser regulamentado. Se houver uma modificação que for que interfira em performance (consumo, potencia, etc..), também precisa regulamentar. Isso sem contar que todo ano, a partir de 1 de Janeiro, o carro tem que estar regulamentado como 2020 (em outras palavras, mesmo que um modelo não teve modificação alguma de um ano pro outro, ele não pode sair da fábrica em 1 de Janeiro de 2020 como 2019). Exemplo: os painéis da linha Gol estão unificados agora, certo? Imagine que o fabricante do painel tenha que fabricar dois painéis pra linha Gol, um mais barato e um mais completo. Talvez pra esse fornecedor, seja menos custoso fabricar um tipo de painel apenas, logo, ele oferece pra VW colocar em toda a linha o mesmo painel: o fornecedor economiza em custo e a versão de entrada da linha Gol ainda sai ganhando.

  • Ricardo Blume

    O que tem de especial em uma Saveiro para custar 84k?

    • Claudio

      Ai neste caso iria de Oroch 1.6 sce.

  • Andre Cupertino

    Kd a Pepper e as versões CE da Saveiro?

  • Diego Amaral

    Mesmos carros desde 20082009. Tive um Voyage confortline lá em 2009, na época um carro honesto. Hoje não justifica sua existência.

    • rgrigio

      Ainda estou com o eu 2013 Itrend completo. Mesma opinião que a sua.

      • Diego Amaral

        Pois é, não entendo como ainda mantém o produto a venda, essa nova geração não vem nunca. Para o gol até entendo, vende bem, pois mais absurdo que pareça, mas o Voyage…

  • Jackson

    Gol sempre sendo Gol …..

  • Robinho

    Passo.

  • Luis Burro

    Como pouca????Os preços são a principal novidade! Kkkkkk…

  • Fernando Gabriel

    Olha como são as coisas; Gol 1.6 a 52 mil e Fox 1.6 Connect a 50 mil. Não que o Fox seja um Primor, mas é muito melhor que o Gol.

    • Marcia FERREIRA MARTINS

      Concordo com você. Estou aguardando chegar a linha 2020 e vou comprar um Connect… espero não me decepcionar…

  • Fabricio

    Vou te contar, alemão e europeu sentem prazer em sacanear brasileiro e o comprador de carros deles daqui não percebe isso na hora de dar a resposta e igualar a mediocridade tecnológica que esses carros se tornaram com a mediocridade de mercado que mereciam estar. As americanas estão se sobressaindo de uns anos pra cá, oferecendo carros com melhores custos-benefícios, mais modernos, bem mais potentes e que compensam, como o Ka de 136 cv que, ainda não sendo o carro ideal e inferior aos modelos oferecidos na matriz do exterior, revela um fabricante com bem mais respeito pelo Brasil. Volks, quando tudo parece estar certo pra comprar um carro seu, se descobre um ponto crucial desanimador, uma desvantagem junto com a vantagem e matando a vontade de comprar.

    • leomix leo

      Pow man, discordo de vc, os franceses são mais completos que os japas, quem é que sacaneia quem!?
      Na verdade o mundo arranca o couro do brasileiro, mais ele gosta de pagar alto por isso.

      • Fabricio

        A sua discórdia ficou sem sentido. Não mencionei as japonesas no meu comentário e não poupei críticas a nenhuma das que eu citei, porém deixei nas entrelinhas que as americanas estão sacaneando menos neste momento e não é à toa que se tornaram líderes de mercado.

  • Fавιаио Оłιvеιяа

    85 mil bonoros em um Gol com caçamba?! kkkk Tá de sacanagem!

  • Faheina

    Estranho mesmo seria se tivessem muita novidade

  • E depois tem gente falando pra fiat ter um Argo At6 por 55 mil kkk

  • Léo Dalzochio

    64.140,00 articulações numa Saveiro com o mínimo necessário para sobrevivência… Mesmo que pra PJ/produtor custe 55.000,00 articulações, ainda é surreal…

  • Marcia FERREIRA MARTINS

    Tentando entender qual a lógica de se pagar R$ 59.505 em uma configuração do Gol 1.6 pintura metálica e alguns mimos se um Fox Connect 1.6 com tudo incluso e a mesma configuração sai por R$ 52.560, além de ter um acabamento interno um pouco melhor e direção elétrica???????????

  • Danilo

    precisa estar tendo um derrame, esquemia, lepra sei la mais o que pra pagar 52mil em uma saveiro pé de boi…. pior ainda é quem paga 84mil em uma cross lixo. carro nao anda, motor meia boca, arquitetura de 2007 com trocentos facelift.
    Se é louco…. Brasil não da! Não da mesmo. Graças a Deus percebi isso a 4 anos atras e vazei fora.

    Povo ai é esculaxado na cara dura. 52mil custou uma saveiro Cross em 2015 e 84 mil era um Golf Highline.

  • Vitão

    Chega a dar desgosto ver esse volante básico sem nenhum botão ou controle, e esse plástico no lugar que deveria ter um som. Merece perder o mercado…

  • To na área!

    Gente, isso tudo remete ao paradoxo atual da industria: Quanto mais melhor? Será?

  • Bruno Jefferson

    um dia isso aí foi sonho de consumo de muito brazuca! haha

  • james dean

    Volks continua oferecendo seus lixos aqui no BR e vendendo por incrível que pareça… se a Ford tivesse tido a sacada de trazer a Raptor 150 aqui para o BR ninguém mais ouviria falar em Saveiro.. outro erro for ter tirado a Cross CS de linha .. tiro no pé… CD é uma porcaria, as pessoas vão espremidas atrás e ainda paga IPVA cheio.. numa época em que cambio automático está em moda, 6 ou 7 marchas, eles continuam insistindo em coisas manuais e as velhas 5 marchas.. dá dó dessa empresa.. sorte dela é que as outras fabricantes vão pelo mesmo caminho, senão já teriam fechado as portas , assim como fez a ford.

  • james dean

    Volks continua oferecendo seus lixos aqui no BR e vendendo por incrível que pareça… se a Ford tivesse tido a sacada de trazer a Raptor 150 aqui para o BR ninguém mais ouviria falar em Saveiro.. outro erro foi ter tirado a Cross CE de linha .. tiro no pé… CD é uma porcaria, as pessoas vão espremidas atrás e ainda paga IPVA cheio.. numa época em que cambio automático está em moda, 6 ou 7 marchas, eles continuam insistindo em coisas manuais e as velhas 5 marchas.. dá dó dessa empresa.. sorte dela é que as outras fabricantes vão pelo mesmo caminho, senão já teriam fechado as portas , assim como fez a ford.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email