_Destaque EUA Segurança SUVs Vídeos Volkswagen

Volkswagen Atlas não ganha o Top Safety Pick+ por conta dos faróis

vw-atlas-iihs-1 Volkswagen Atlas não ganha o Top Safety Pick+ por conta dos faróis

O Volkswagen Atlas passou por mais uma prova de fogo no mercado americano. O maior carro da marca alemã até hoje, o grande SUV de sete lugares foi avaliado pelo IIHS – Instituto para Segurança nas Estradas Americanas, mantido pelas seguradoras do país – e não levou o Top Safety Pick+.



Mesmo tendo suportado os vários testes de impacto, não passou no quesito iluminação. O Volkswagen Atlas SE V6 3.6 teve o conjunto ótico classificado como “pobre”, visto que a visibilidade foi satisfatória no lado esquerdo da estrada, mas inadequada no lado direito. Nas curvas, a visibilidade foi inadequada nos 4 testes realizados pelo IIHS. Os faróis de neblina funcionaram bem. Devemos lembrar que são faróis de LED.

No caso das cadeiras infantis, o Volkswagen Atlas teve o sistema de ancoragem dos bancos Latch classificado como “marginal”, pois os engates são muito fundos e exigem muita força para destravar. Há também confusão quanto à identificação dos encaixes. Mas, em relação aos demais, o SUV apresentou boa resistência estrutural, protegendo bem o ocupante, especialmente no caso de impacto com 25% da área frontal e contra barreira fixa não deformável. Em todos os testes de impacto, o resultado foi “good”.

vw-atlas-iihs-2 Volkswagen Atlas não ganha o Top Safety Pick+ por conta dos faróis

Com poucos meses de mercado americano, o Volkswagen Atlas é uma grande cartada da marca alemã para conquistar o cliente americano após o escândalo do Dieselgate, oferecendo exatamente o que ele quer, um SUV grande e com espaço suficiente para uma família de sete pessoas e mais bagagem. Ele é muito grande, medindo mais de 5 metros, mas apesar do tamanho, usa a mesma plataforma modular MQB do Golf, por exemplo.

Custando a partir de US$ 31.425, o Volkswagen Atlas é bem mais barato que o Touareg, que sai na faixa dos US$ 50.000. A diferença é a produção local em Chattanooga, Tennessee, bem como o foco em oferecer mais conforto e praticamente em detrimento de tentar passar a imagem de luxo, vista no irmão mais velho. Assim, o utilitário esportivo bate de frente com Ford Explorer, Honda Pilot e Toyota Highlander, por exemplo. Ou seja, o maior não é o mais caro.

Por lá, o conjunto é bem enxuto, sem grandes variações de equipamento e motorização, tendo opções 2.0 TSI com 237 cv e 35,5 kgfm, enquanto o V6 3.6 FSI entrega 280 cv e 36,6 kgfm, A transmissão é automática Aisin com oito velocidades, tendo ainda opção de tração dianteira ou nas quatro rodas, o chamado 4Motion, mas com tecnologia da Haldex. O Volkswagen Atlas foi exibido em Buenos Aires e você pode conferir os detalhes neste link.

 

 

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend