Audi Ecologia Europa Governamental/Legal

Volkswagen dá incentivos de até 10 mil euros na troca de carros diesel na Alemanha

passat-rodado-1 Volkswagen dá incentivos de até 10 mil euros na troca de carros diesel na Alemanha

A Volkswagen fez um acordo com o governo alemão para conceder incentivos para troca de carros diesel no mercado local. Os descontos visam atrair proprietários de modelos diesel mais antigos para substituir seus carros por equivalentes mais novos, já com o padrão Euro 6 de emissão de poluentes.



Nesse caso, o incentivo chega a € 10.000. A medida é uma forma de retirar das ruas alemãs os carros diesel mais antigos, que emitem mais NOx e CO2. Da mesma forma, a Volkswagen se comprometeu a dar descontos também para troca dos velhos TDI´s por modelos movidos por combustíveis alternativos, entre eles elétricos, híbridos e gás natural. Nestes, os benefícios variam de € 1.000 a € 2.380.

A medida é, no entanto, paliativa, já que se trata de um esforço desesperado por parte da empresa para mudar a opinião política e jurídica alemã, que está cada vez mais inclinada a reduzir a presença do diesel nas grandes cidades. Stuttgart se tornou o centro dessa discussão, que já é debatida também em outras cidades germânicas.

Por enquanto, apenas a Volkswagen se dispôs a incentivar uma renovação de frota. Porém, a medida só é válida até o final do ano, o que não deve gerar um impacto tão significativo no cenário alemão. Mas, ao mesmo tempo em que busca amenizar a situação do combustível no país, o grupo alemão continua alvo das autoridades por conta do Dieselgate.

audi-a7-sportback-30-tdi-competition-1 Volkswagen dá incentivos de até 10 mil euros na troca de carros diesel na Alemanha

Em Munique, que é sede da BMW, as autoridades locais estão pressionando a Audi. O Ministério Público da capital da Baviera, abriu uma investigação para apurar a manipulação de dados de emissão de poluentes em motores diesel do fabricante de Ingolstadt. Se necessário, haverá sanções econômicas e multa de até € 10 milhões. Além de documentos e inspeção de veículos, o MP da Baviera está em busca dos culpados, sendo que o principal suspeito de encobrir o esquema é o presidente da marca, Rupert Stadler.

Ele é suspeito de ter encoberto o uso de software ilegal nos motores diesel vendidos nos EUA. Além disso, pesa a detecção positiva do tal programa de alteração do funcionamento do sistema de controle de gases nos modelos A7 e A8. A Audi teria chamado 24 mil unidades desses modelos para um recall, mas a alegação era de que um software da transmissão estaria provocando o aumento dos níveis de NOx.

O Ministério dos Transportes da Alemanha, no entanto, diz que os Audi A7 e A8 equipados com motores diesel V6 e V8 TDI, emitem o dobro do nível máximo de óxido de nitrogênio quando o volante está esterçado em mais de 15 graus. Os modelos A3 e A4 também estão sendo investigados pelo MP de Munique, totalizando 43 mil unidades.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Send this to a friend