China Elétricos Europa Mercado Montadoras/Fábricas Volkswagen

Volkswagen diz que autonomia entre 290 e 450 km fará carro elétrico ser popular

volkswagen-budd-e-concept-1

Jürgen Stackmann, chefe de marketing e vendas globais da Volkswagen, disse que os carros elétricos só se tornarão populares quando tiverem autonomia entre 290 e 450 km, de acordo com a Autocar.

Para a Volks, a bateria de 60 kWh é a chave para ter produtos dentro dessa faixa de autonomia. Além disso, Stackmann afirma que o preço do carro elétrico precisa estar de acordo com a capacidade de compra da “classe média ambiciosa”, cuja faixa de valor varia de mercado em mercado.

Nos EUA, por exemplo, a faixa de preço alvo é US$ 35.000. Na Europa é de US$ 28.000. Já no Brasil, fica em torno de US$ 12.000. Para atender toda essa demanda, a Volkswagen pretende fazer uso da plataforma modular MEB para ter 30 modelos de diversas marcas até 2030.

Stackmann vai além e diz que a proporção de carros elétricos nas vendas será igual ao do diesel atualmente, em torno de 45%, enquanto a gasolina continuará com seus 55% do mix. Apesar do diesel dar lugar ao elétrico na composição futura da Volks, o executivo fala que o óleo combustível ainda terá um papel importante e será focado em clientes que precisam viajar longas distâncias.

10 fábricas de baterias

Para sustentar todo esse crescimento de elétricos, a Volkswagen pretende abrir sua primeira “Gigafactory” na China, de acordo com Automotive News. A montadora germânica terá mais de uma planta para fabricação de baterias, cuja capacidade instalada total deverá ser de 150 gigawatts/hora.

Essa potência é três vezes maior que a Gigafactory da Tesla e com ela a Volkswagen pretende produzir até 3 milhões de carros elétricos por ano a partir de 2025. De acordo com um informante da VW, a quantidade de fábricas de baterias pode chegar a 10 e cada uma custará em torno de € 2 bilhões, totalizando € 20 bilhões.

[Fonte: Autocar/Auto News]





  • Lucas de Lucca

    Acho 450 km uma autonomia bem honesta. Mas o que vai definir no fim das contas é o preço.

  • Franco da Silva

    Pra mim, 350 km duraria de segunda até sexta. Carregaria sexta a noite e rodaria até domingo a noite. Fica bom. Duas “carguinhas” só, por semana.

    • Edson Fernandes

      Eu rodaria praticamente 2 semanas com essa autonomia. Se eu gostaria de u mcarro com tal autonomia? Sem duvida!

    • Alexandre

      no meu caso, depende muito das vendas, pois tem dias que rodo 500km, assim como tem épocas do ano que demoro praticamente um mês para fazer 500km

    • Hugo Henrique Silva Lange

      eu rodaria 2 dias :/

  • thi

    ate q em fim estamos deixando carro a combustão no passado. viva a modernidade

  • AugustoSeide

    Perfeito seria uma gygafactoty dessas aqui no Brasil, imagina só no know-how que ganharíamos com isso?? Ainda mais com esse 2 bilhões de euros investidos aqui!

  • Lauro Agrizzi

    Então você roda muito menos, cerca de 20km por dia, ou deixa o carro parado 3 dias seguidos na garagem. Dependendo da temperatura onde você mora, vai ficara sem carro quando for ligar.Então quero ver fazer o motor pegar, ou dar carga.Da onde menos se espera é que vem o prolema. Ninguém pensa nisso quando faz essas matérias.

    • leandro

      Já ouviu falar em tomada? Só colocar uma na garagem

      • Lauro Agrizzi

        Não esta escrito em lugar nenhum no texto que o carro dispões de carregamento instantâneo em tomada comum. E como você não deve ter horário para seus compromissos pode esperar 4 horas para recarregar.

        • leandro

          Nas suas palavras: “Então você roda muito menos, cerca de 20km por dia, ou deixa o carro parado 3 dias seguidos na garagem”
          vc vai querer recarga instantânea pra quê então?

          A verdade é que você não sabe do que está falando e não tem argumentos pra contestar.

    • th!nk.t4nk

      Cara, é só ligar na tomada. Em 10 segundos resolve isso.

  • CanalhaRS

    450km é 3/4 do que rodo no mês. Tá bão demais da conta.



Send this to friend