Hatches Populares Volkswagen

Volkswagen Fox Bluemotion: leitor relata como foi processo de compra e também primeiras impressões

volkswagen-fox-bluemotion-leitor-11-700x525 Volkswagen Fox Bluemotion: leitor relata como foi processo de compra e também primeiras impressões

Veja a seguir o relato do leitor Paulo Henrique, de Vitória/ES, que tem 24 anos de idade e comprou um Volkswagen Fox Bluemotion:



Escolha do modelo

Eu tinha um Fox 11/12 1.6 Trend que usava para trabalhar, sou representante comercial, mas o vendi em 07/13 e desde então fiquei sem carro. Nesse começo de ano passei a necessitar novamente do carro para o trabalho, porém, iria rodar todo o tempo na cidade, logo, levei em conta fatores que fossem contribuir com meu dia-a-dia. Eu precisava de um carro com itens de conforto, com um bom espaço interno, pois tenho 1.93mt de altura, que fosse econômico e de certa forma potente, já que aos finais de semana usarei para fins pessoais, além disso eu não estava disposto a gastar mais de R$40.000,00.

De cara descartei motores 1.0 e 1.6 pra cima, 1.0 não me atenderia na estrada, e 1.6 em diante consumiria muito combustível na cidade, e isso é um grande diferencial pra mim. Logo, teoricamente me restaram motores 1.4. Nessa faixa de motores eu descartaria a VW e Ford, Peugeot não é bem vista nessa região, além do mais o 207 esta ultrapassado e o 208 foge do meu orçamento, logo me sobraram Fiat, Chevrolet, e quem sabe o HB20 por conta do design, o Etios eu não me interesso, as demais marcas eu não levei em conta, pois Renault e Nissan não me atraem com seus carros, Citroen não se encaixa no preço que posso pagar e nem falarei nada sobre as chinesas, devido ao custo-benefício.

volkswagen-fox-bluemotion-leitor-9-700x525 Volkswagen Fox Bluemotion: leitor relata como foi processo de compra e também primeiras impressões

Onix me encheu os olhos com seu design, mas desanimou com o acabamento e itens tanto de série quanto opcionais, o 1.0 é bem manco e o 1.4 é muito caro pelo que o carro oferece, o badalado HB20 não me agradou no contexto, entrega um bom design mas falta equipamentos nas versões menos caras e o seguro com meu perfil ia ficar caro, o Punto me animou bastante, mas peca nos detalhes e o seguro ficaria caro pra mim, meu perfil é um dos piores, 24 anos, sem garagem, uso comercial, casado com menor de 25 anos e pra piorar tenho menos de 2 anos de carteira, apesar de ter dirigido diariamente desde que tirei a carteira isso não conta nada.

Depois de ver alguns modelos decidi mudar de tática, usei minha experiência no trabalho e formação acadêmica e resolvi colocar tudo no papel antes de ver outro modelo. Levei em conta dados de cotações de seguro, revisões, principais peças de reposição, possíveis defeitos, preço da mão de obra fora da concessionária, os opcionais que deveria ter no carro, opinião da esposa (conta muito), espaço interno (não preciso de porta malas, mas preciso de espaço dentro da cabine), estética, conforto, revenda, índices de roubo (por mais que tenha seguro, não queria um carro visado para roubo), qualidade no acabamento, garantia da fábrica (desde o dia 02/01/2014 VW passou a dar 3 anos de garantia total para defeitos de fabricação e isso pesou muito, antes era 1 ano total e mais 2 para motor e câmbio) desempenho do motor e é claro, o consumo. Com tudo isso no papel, depois de muito pesquisar, optei novamente por um Fox, mas dessa vez na versão Bluemotion, eu não teria mais a potência de um 1.6, mas também não sofreria tanto com um motor 1.0 convencional.

volkswagen-fox-bluemotion-leitor-14-700x525 Volkswagen Fox Bluemotion: leitor relata como foi processo de compra e também primeiras impressões

Dirigi um Fox 1.0 convencional e achei muito manco, definitivamente não seria uma opção de compra. Há relatos de que o 1.0 de 3 cilindros da VW, que equipa o Fox Bluemotion e agora o up! anda bem, já tinha lido bastante a respeito, inclusive no próprio NA, vi todos os vídeos do YouTube sobre o carro. As médias de consumo e desempenho do motor me levaram a concessionária pra ver de perto o carro e tentar comprovar se ele era de fato “uma Brastemp”.

Compra

Fui à concessionária, o atendimento da VW aqui na Grande Vitória considero ótimo, mesmo eu não parecendo ser um “comprador em potencial”, pois tenho 24 anos e ainda cheguei a pé, suado, de uniforme e com mochila nas costas, fui muito bem atendido, e em nenhum momento a vendedora me tratou como se eu não fosse comprar o carro, como eu já conhecia o carro das matéria que li, fui fazendo perguntas a vendedora já sabendo a resposta e ela foi muito precisa e segura ao passar as informações. Nas concorrentes (Fiat e Chevrolet) eu não tive nem a metade da atenção dada pela vendedora na VitoriaWagem, disse o nome da concessionária pois aqui na Grande Vitória só existe essa que representa a VW.

Esteticamente o Fox Bluemotion é quase idêntico as demais versões, não fosse a grade dianteira diferenciada, que é quase fechada, soleiras, emblemas Bluemotion e o aerofólio traseiro. Mas foi quando fiz o Test-drive que pude comprovar o desempenho do 1.0 de 3 cilindros, e de fato, me surpreendeu. Zerei o computador de bordo e rodei além do trajeto que é oferecido pela concessionária, ponto pra vendedora que não hesitou em passar do limite do Testdrive, no total foram 25Km entre avenidas, ruas por dentro de bairros, morros e todo tipo de situação que pudesse retratar o meu dia-a-dia. O bom torque em baixas rotações foi uma surpresa, eu esperava menos de um carro com o peso do Fox e com motor 1.0.

volkswagen-fox-bluemotion-leitor-13-700x525 Volkswagen Fox Bluemotion: leitor relata como foi processo de compra e também primeiras impressões

No final das contas, depois de uns dois dias de negociação, consegui o carro por R$38.000,00 com emplacamento total 2014 e couro no volante e na forração das portas (onde originalmente era tecido), a pintura é metálica, além disso, o carro esta com muitos opcionais. Sei que muitos vão achar o preço um absurdo, que nos EUA dava pra comprar tal modelo e por ai vai, mas moro no Brasil e tenho que conviver com a nossa realidade de mercado, logo, levando-se em conta que ficarei com o carro por pelo menos uns 4 ou 5 anos, eu tenho certeza que não enjoarei tão cedo devido a tudo que o carro oferece.

Carro seminovo eu descartei despois da experiência que tive com meu antigo carro, prefiro gastar a mais e ter a certeza da procedência do carro zero, mas confesso que fiquei muito balançado por alguns modelos, só que no fim das contas concluí que não valeria a pena.

volkswagen-fox-bluemotion-leitor-17-700x933 Volkswagen Fox Bluemotion: leitor relata como foi processo de compra e também primeiras impressões

Financiei 70% do carro, mas contratei o financiamento direto com meu banco, com isso a taxa saiu por 1,4% e não fui obrigado a pagar o TAC (Taxa de Abertura de Crédito) sou representante de uma Financeira, e sei muito bem que a TAC é ilegal, quem paga pode perfeitamente cobra-la em dobro na justiça. Não fosse a urgência no trabalho eu poderia esperar mais uns 2 meses e financiar “apenas” 50% e quem sabe conseguiria “taxa zero”, mesmo sabendo que na prática ela não existe, já que as revendas não concedem os descontos nos carros para compensar na taxa.

Não sei se as demais marcas fazem esse trabalho, mas tanto a concessionária quanto a fábrica me ligaram dias depois para que eu avaliasse o atendimento, o carro, o comportamento do vendedor e a compra em si. Para se ter noção, fiquei olhando o Punto na concessionária da Fiat por uns 5 minutos até ser abordado por uma vendedora, e por sinal ainda estou esperando a ligação dela com um retorno que me daria no dia seguinte para marcar um Testdrive no Punto.

volkswagen-fox-bluemotion-leitor-6-700x524 Volkswagen Fox Bluemotion: leitor relata como foi processo de compra e também primeiras impressões

Design

A nova grade frontal, bem fechada para reduzir o atrito com o vento, deu uma nova cara ao Fox, pelo menos uma nova maquiagem já que toda linha da VW esta muito parecida, a parte interna conta com o novo rádio que equipa a linha 2014 do Fox, que é muito bonito por sinal, os bancos possuem uma forração em azul fazendo uma alusão ao conceito Bluemotion, há soleiras com o nome Bluemotion, o painel possui dois tons de cor, o painel de instrumentos é bem completo, com conta-giros e uma tela bem ao meio onde aparecem as informações do computador de bordo, o banco traseiro não é totalmente rebatível igual ao Fox convencional, ele apenas dobra o encosto, a vendedora explicou que tiraram um dispositivo para reduzir peso.

Na parte externa traseira há aerofólio. Normalmente o modelo é equipado com rodas aro 14” e calotas, mas como o carro que comprei já tinha um pacote de opcionais, as rodas que vieram são aro 15” design Dakar com pneus 195/55/R15 que me darão uma bela facada na hora da troca, no ano passado paguei R$340,00 em cada um dos 4 Pirelli Phanton que coloquei no meu antigo Fox. No mais, tudo igual ao Fox convencional.

volkswagen-fox-bluemotion-leitor-12-700x525 Volkswagen Fox Bluemotion: leitor relata como foi processo de compra e também primeiras impressões

Conforto e Tecnologia

Tudo no carro é opcional, exceto Airbag, ABS e direção eletro-hidráulica, e a VW monta kit’s de opcionais para dar a ideia de que comprando o kit sai mais barato do que comprando os opcionais individualmente. Pois bem, como eu já conhecia a marca e seus kit’s, eu optei pelo carro na cor branca e com o kit I-Trend, mas o carro em estoque era prata e vinha equipado com os opcionais do kit I-Trend mais o kit Urban & Sound. Se eu fosse encomendar o carro e deixasse de lado o que estava no estoque ele poderia ficar mais caro, de acordo com a nova tabela de preço, além do mais iria demorar, e eu não estava disposto a esperar.

Com isso, tive que ficar com o carro do estoque equipado com os opcionais, contando com som com USB Bluetoth e entrada auxiliar, volante multifuncional, sensor de estacionamento integrado ao rádio, rodas de liga aro 15”, farol de milha e neblina, ar, alarme, retrovisores elétricos, vidros elétricos nas 4 portas e automático nas dianteiras, chave canivete com controle do alarme e porta malas, farol bi-parábola, luzes de cortesia nos espelhos, no porta luvas, no porta malas e em cima das portas traseiras, limpador e desembaçador traseiro, seta nos retrovisores, além de alguns mimos de série como banco do motorista com ajuste de altura e com gaveta de baixo, 17 porta trecos, rede no porta malas e por ai vai…

O painel de instrumentos é bem completo, quando está claro ele fica aceso e quando fica escuro, ao entrar em uma garagem, por exemplo, ele vai apagando, eu acho que deveria ser ao contrário, mas vai entender, o volante que foi revestido com couro tem uma excelente pegada, além dos comandos para o computador de bordo e rádio.

O computador de bordo, como disse é bem completo e possui algumas funções interessantes, ele indica o consumo instantâneo através de uma barra na horizontal, quanto mais você acelera menos a barra fica preenchida, foi muito útil para mostrar aos demais ocupantes do carro em que momentos o carro consome mais, como uma saída de sinal, outro recurso é o indicador de troca de marcha, que observando seu funcionamento ele é bem próximo da realidade, mas não identifica algumas situações, se você for subir uma ladeira, por exemplo, e fica piscando para você subir marcha.

Além disso, o computador conta com duas medições para distância percorrida, consumo médio, velocidade média e tempo de viagem, ainda há alerta de velocidade, autonomia do tanque, velocímetro digital, temperatura externa, Eco Comfort que dá algumas dicas de economia de combustível do tipo: se você estiver acima de 90km/h e as janelas estiverem abertas ele pede para fechá-las e ligar o ar. Conta com alerta de manutenção com avisos para troca de óleo, filtro e tempo de revisão, é integrado ao rádio mostrando que pasta e música esta tocando, nome da estação de rádio, nome do contato quando alguém esta ligando ou o número se não estiver salvo na agenda do celular, há também um botão no volante para realizar chamadas por comando de voz, mas o aparelho celular deve ter esse recurso para que ele funcione.

O rádio é bem completo, conta com entrada USB, auxiliar e cartão SD, é possível memorizar até seis estações de rádio AM e FM, aparece o nome da rádio no visor, Bluetoth com Streaming de Áudio, dá para configurar mais de um celular para usar o Bluetoth, o visor é bem grande, comparando a um rádio comum. Porém, o som dos autofalantes não agrada aos mais exigentes, como não exijo muito volume, pra mim está de bom tamanho, mas no volume máximo há distorção.

O sensor de estacionamento funciona muito bem, é integrado ao rádio e mostra barras conforme os obstáculos se aproximam, é possível regular o volume do toque através do computador de bordo. Da para abaixar os 4 vidros usando o comando da chave, ajuda bastante quando o carro esta no sol e tenho que entrar nele.

A suspensão é bem rígida, transferindo muitas das imperfeições do solo para dentro do carro, mas garante boa estabilidade na estrada. Originalmente, na versão Bluemotion era para o carro contar com rodas aro 14” e pneus de baixa resistência à rodagem e com alta calibragem, o que levou a suspenção ficar ainda mais dura que no Fox normal, mas como rodas aro 15” fazem parte do pacote de opcionais que já estava no carro, essas rodas aro 14” não vieram, muito menos os pneus “verdes”, e isso impactou no consumo, mas ajudou na estabilidade.

Um detalhe bem agradável que descobri logo que entrei no carro foi o descanso para o pé esquerdo, realmente eu não esperava, pois a linha 2013 não tem, mas acredito que toda linha 2014 do Fox já venha com isso, me ajuda bastante quando viajo, mesmo não sendo automático, há momentos em que não precisamos trocar de marcha por longos trechos, mero detalhe que torna a condução mais prazerosa. O ajuste milimétrico de altura do banco é muito útil para mulheres e pessoas mais baixas, mas não uso muito já que sou alto.

A direção é eletro-hidráulica, muito leve por sinal, e não rouba potência do motor, pois um motor elétrico aciona a bomba hidráulica, dá para ouvir o motor elétrico fazendo aquele barulho de ferramenta de dentista quando vou estacionar. Um detalhe que passou despercebido no Testdrive e que só percebi a noite foi que, quando giro o volante com o carro parado, as luzes internas ficam fracas, bem parecido com o ligar de um chuveiro elétrico em casa, demonstrando que o carro perde força elétrica para acionar a bomba da direção, espero que com o tempo isso não se torne um grande problema.

O isolamento acústico foi reforçado, estando em baixas rotações quase não se ouve o barulho do motor 3 cilindros, que normalmente são bem ruidosos, porém, em altas velocidades há ruídos vindos da porta, resultado do arrasto com o vento e as vezes chega a incomodar.

Segurança

O carro conta com “enfim obrigatórios” Airbag e ABS com EBD (que por sinal já me salvou de uma colisão com uma fechada de um caminhão que mudou da 3ª faixa para a faixa do meio do nada e sem dar seta, sem o ABS eu teria batido, pois eu estava na faixa do meio) cintos com pré-tensionador e ajuste de altura, ESS (pisca as luzes trazeiras do freio e aciona o pisca-alerta quando há uma frenagem brusca), Comfort Blinker (basta dar um leve toque na alavanca da seta que ela pisca 3 vezes).

Como parte dos kit’s que vieram no carro, estão farol bi-parábola, farol de milha e neblina, alerta de velocidade e alarme Keyless, sendo possível desligar o sensor de presença interna, além disso, dá para ativar o alarme mesmo com alguma porta aberta e quando você à fecha ele dá o sinal de acionado, isso não era possível nos modelos anteriores.

Uma coisa que me deixa muito desapontado é a senhora VW não ter consertado aquela porcaria que chama de bico de saída de água do limpador de para-brisa. É o mesmo para toda a linha, mas vive entupido, não importa o quão pura seja a água que você coloque no reservatório, ele sempre entope, pois a sujeira de fora entra no bico, e por ele ser fino de mais acaba sempre entupindo, e é claro, você só vai descobrir quando precisa limpar o para-brisa. Paguei no ano passado R$70,00 nos dois bicos e entupiram uma semana depois, assim como já entupiu os bicos do carro novo. Já no limpador traseiro sai uma abundância de água que quase não precisa da palheta.

Ainda no para-brisa, o funcionamento do limpador é bem interessante (não sei se há outros modelos que funcionam dessa forma), mas quando o carro esta andando com o limpador ligado e você para em um sinal, por exemplo, o limpador diminui a velocidade (se estiver na velocidade 3 ele diminui para a 2 e assim sucessivamente), e quando você volta a se locomover ele volta para a velocidade selecionada. Se o limpador dianteiro estiver ligado, ao engatar a ré o limpador traseiro é acionado automaticamente. Quando vou limpar o vidro, depois de jogar o jato de água o limpador atua por 3 vezes, dá um intervalo de uns 5 segundos e aciona mais uma vez a palheta, tirando os respingos que sempre escorrem depois da limpeza.

Sem querer roubar as falas do Emílio, mas o carro peca por não ter o terceiro apoio de cabeça atrás, tão pouco o cinto de 3 pontos para o quinto ocupante, fico pensando se esses equipamentos são um absurdo de caros ao ponto de não serem de série em todos os carros.

Na estrada a suspensão fez o trabalho dela e garantiu boa estabilidade nas curvas, mas senti o carro balançar muito devido a sua altura, principalmente quando passava por caminhões em alta velocidade, até mesmo o vento chega ser sentido quando atravesso a 3ª Ponte (que tem 70mt de altura, e fica à beira mar) que liga Vila Velha a Vitória, mas disso eu já sabia, pois já tive um Fox.

Motor, desempenho e consumo

Realmente o motor me impressionou, e olha que eu saí de um 1.6. Bloco e cabeçote do novo motor EA211 são em alumínio, com menos componentes o resultado foi 24 kg a menos só no motor, ante o 4 cilindros, há comando variável de válvulas na admissão, não existe mais o tanque de partida a frio, possui ainda duplo sistema de arrefecimento, um para o bloco e outro para o cabeçote que trabalham em temperaturas diferentes, o câmbio teve suas relações alongadas em 10%. Ainda não escutei o motor “grilar”, algo muito comum em alguns carros, inclusive meu antigo Fox fazia isso e ao levar na concessionária eles alegaram que era combustível adulterado que gerava o “grilar”.

Quanto ao desempenho, a VW alega que o carro tem 82cv no etanol e 75cv na gasolina, mas o que se percebe é algo a mais, há testes no dinamômetro no YouTube que resultaram em 89cv. Na estrada ele não fez feio, não mesmo, viajei pela BR262 no trecho entre Vitória e o interior do ES, mais da metade da estrada é formada por longas e íngremes subidas, usei Etanol e fiz todo o trajeto com 3 pessoas e ar ligado sem sentir o motor anêmico, mas lógico, o desempenho é ótimo comparando com o 1.0 convencional da VW.

Muitos podem pensar que estou sendo tendencioso, mas essa é a pura verdade, eu até pensei que eu estivesse muito enganado, mas pedi a um colega que tem um Fox 1.0 que dirigisse o meu na estrada e na cidade, ele também pôde notar a diferença de desempenho.

Esse é o mesmo motor que equipará o up! e se no o Fox o desempenho já é satisfatório, acredito que não fará feio no up! Quanto ao consumo, sabemos que depende mais do motorista do que o carro, no meu caso, sou muito paciente no trânsito, faço arrancadas bem de leve, quando o sinal vai fechar lá na frente eu já paro de acelerar e deixo o carro ir no embalo e engrenado, pneus calibrados semanalmente, não carrego tralhas no carro, ando sempre com meio tanque (se a VW tirou 24kg do motor, posso reduzir mais 25kg não completando) entre outras coisas. Por outro lado, eu trafego muito por dentro de bairros, com morros, quebra molas e dificilmente passo dos 40km/h nessas ruas, avenidas expressas não correspondem a 20% do meu trajeto diário.

Com tudo isso, o computador de bordo, que é bem preciso (pude comprovar na bomba) esta marcando médias na cidade de 13,3km/l na gasolina e com o ar ligado e nas condições descritas acima. Quando não ligo o ar, o consumo sobe para 14,6km/l a 15km/l.

Na Rodosol, que é uma estrada à beira mar, com muitas retas e praticamente plana, usando gasolina, ar ligado, 3 pessoas e pisando tudo (acima dos 130km/h) ele registrou média de 16,7km/l, sem pisar (80km/h) na mesma estrada porém com o ar desligado o consumo foi de 21,6km/l.

Em outra estrada, BR262, com longos trechos de subida, 3 pessoas, ar ligado, mas dessa vez usando Etanol, o consumo foi de 14,5km/l. O consumo poderia ser melhor se ele estivesse com os tais “pneus verdes” com baixa resistência a rodagem.

Tirem suas próprias conclusões sobre o consumo, pois pra mim, que saí de um carro que fazia 8,5km/l na cidade e passei para um que faz até 15km/l não tenho nem o que dizer, e como rodo quase que sempre na cidade, não sinto muita falta dos 104 cv do 1.6 da VW.

Resumo

Acredito que consegui unir emocional com racional, considerei uma boa compra, não fosse o preço, mas paguei sabendo que valeria a pena gastar um pouco mais e ter um carro bem completo do que economizar e deixar de ter exatamente o que eu queria, já que ficarei com o carro por alguns anos e nesse período eu tenho que ter a sensação de estar satisfeito, pois é isso que importa, espero que até lá o carro não fique muito ultrapassado.

O carro corresponde com o que promete, mas nem tudo são flores, peca no conforto mas compensa na estabilidade, salva no consumo mas desaponta os que querem muito desempenho, é cheio de opcionais mas cobrou caro por isso. Como disse no início, juntando todas as variáveis que eu considero importantes e que pude calcular, eu tenho sempre a certeza que esse era a minha melhor opção. Realmente foi uma pena não ter o carro na cor sólida e com menos opcionais, o que resultaria em um menor valor, mas por ser prata e ter mais itens, espero conseguir um preço melhor na hora da venda, ou pelo menos ser mais fácil vendê-lo daqui uns 4 ou 5 anos.
No mais, espero ter contribuído, e fiquem certos que busquei ser o mais preciso possível com os dados apresentados, principalmente os de consumo.

Por Paulo Henrique

4.0

  • fip_mengo

    Por 38 mil é bem mais negócio que o up!. O up! pode ser mais moderno e até mais seguro, até porque não lembro de ter visto o teste do Fox no Ncap, mas o espaço interno maior, o acabamento melhor e o consumo melhor não me deixariam dúvidas em pegar o Fox! Parabéns pela compra!

    • O Fox não possui teste no Ncap, mas só de compararmos os materiais usados na construção de ambos, da pra concluir que o Up! é bem mais seguro…

      Mesmo com essa ressalva, concordo contigo… Preferiria o Fox.

      • JoaoMartini

        Então, o Fox no Euro NCAP teve 4 estrelas, a mesma nota do Polo.
        Uma vez, já tem um tempo (era o Fox antes do facelift) fizeram um crash test com o Fox de exportação e com o nacional.. O resultado foi o seguinte: críticas e mais críticas sobre o nosso Fox ser pelado com relação a equipamentos de segurança, mas foi elogiado pela deformação da carroceria que foi identica a observada no Europeu. Logo, pode-se concluir que o Fox atual mantém a construção do modelo de 2003, assim como ocorre no Polo.
        O nível de segurança do Fox é no mesmo nível do Polo. Ou seja, ainda que com 11 anos nas costas, consegue o mesmo nível de segurança do HB20.

        http://www.proteste.org.br/carros/nc/press-releashttp://www.youtube.com/watch?v=SBh1zahVSwc

    • gilbertofordka

      De fato o Fox é meio cansado já, mas como a outra opção dele também é o cansado Punto, acho que a compra dele foi muito boa, eu particularmente preferia pegar um seminovo, um civic, ou sentra, porém como ele mesmo disse, o consumo seria diferente… enfim… bela compra.

    • mais economico, moderno e seguro q o UP! nao e msm… acho o up! uma opcao muito melhor dentro da vw em todos os sentidos se comparado ao fox e ao gol

      • Wandsberg

        Será? Fui ver o up! e me decepcionei muito com o acabamento. O fato de não ter quase nenhum mimo (luz no pára-sol, vidros elétricos atrás, encosto de cabeça regulável) faz do up! uma opção menos interessante do que a imprensa vem dizendo. O Fox ainda é melhor acabado, e olha que não acho o Fox tão bem acabado, mas é melhor que o up!. O que a imprensa diz, que o up! surpreende em acabamento, etc, na verdade deve se levar em conta os concorrentes de entrada, os quais "deveriam" ser Celta, Clio, o próprio Gol, ou seja, os abaixo de R$ 30 mil. Infelizmente alguns estão achando que o carro pode substituir um hacth premium. Estes vão se decepcionar, pois o carrinho é extremamente popular. Se o colega fosse comprar um up! equipado a altura deste Fox bluemotion, certamente pagaria no mínimo 2 mil a mais, e, mesmo assim, ficaria sem os comandos no volante, luzes de leitura, gaveta no banco, banco bi-partido atrás, vidros elétricos atrás, etc, etc, etc.

  • Absinthe666

    Eu também achava um fox o carro legal, mas o preço é muito elevado, quase 40mil em um carro 1.0 é demais
    sem falar que um amigo meu teve um que com 30mil km já apresentava vários problemas elétricos e de acabamento
    acabou vendendo com menos de um ano de uso e trocou em um fit 2010
    Acabei seguindo ele e comprei um Fit 2010 manual e está fazendo 12,5 na cidade e 16 na estrada, no fim das contas paguei 32mil, economizei 6mil que posso gastar em manutenção por anos.

    • Landrutt

      Também tenho um amigo com problemas elétricos em Fox, no caso foram dois. Um 2004 1.6 que só vivia "no prego", que ele vendeu e pegou um desses do novo, só que 1.0, quando saiu a reestilização, em 2011. Em menos de um ano foi guinchado seis vezes por pane elétrica e a VW nunca conseguiu descobrir o que era, suspeitavam do som e do alarme cortando corrente, eram originais, trocaram tudo e nada resolveu. Acho muito azar pegar um carro bi.cha.do duas vezes seguidas, isso se não for coisa crônica do modelo. Quanto ao seu Fit, se esses 6 mil reais que você economizou for depender de problemas no carro para serem torrados, vão mofar bastante tempo na sua conta. rsrs

      • LinS_T2

        E ainda tem gente que se pergunta porque o povão prefere pagar mais caro nas japonesas com carros mais pelados do que a concorrência…

    • Ubaldir

      Minha irmã tem um (1.6) com dois anos e já com duas viagens ao sul do País (Goiânia – Santa Catarina – Goiânia). O carro continua impecável, com zero de problemas até hoje.
      Independente do modelo que se avalie, sempre é possível achar compradores que acabaram tendo dissabores com o produto. É a tal da produção em série. Nunca é possível se chegar a um índice zero de defeitos de fábrica em uma linha de montagem sem elevar os custos de produção a níveis que tornariam o automóvel muito caro.

      • JoaoMartini

        Exatamente. Tenho um Prime há 2 anos e até hoje zero problemas.

      • Leandro1978

        Uma tia tem um 1.0, comprado há pouco mais de dois anos e tb não tem problemas. Hj mesmo, no Jornal do Carro, há um relato de uma consumidora que teve problema crônico no câmbio do seu, a ponto da própria VW recomprá-lo (obviamente, a fabricante esperou a garantia espirar). Enfim, não me parece que seja nem oito, nem 80. Lembro de em certa ocasião, ler uma matéria falando a respeito disso, de cada 10 veículos produzidos, 1 é aquele problemático (quem comprar nunca mais vai querer aquela marca), 1 é o "perfeito" (só troca por outro igual) e os demais são aqueles regulares.

  • sheldonmendes

    Respeito muito sua compra, mas não pago tudo isso em um 1.0 nunca.

    • Daniel Thomé

      Eu pensava isso também. Mas depois de dirigir o Fox Bluemotion minha percepção mudou. O carro desenvolve realmente muito bem. Testei no mesmo dia um Etios 1.3 16V e um Palio 1.4 e te digo que não notei diferenças, até gostei mais do torque em baixa do Fox, por incrível que pareça. E não adianta olhar para números de fábrica. Tem que dirigir e sentir o carro para depois falar.

      Enfim, comprei um para a patroa e até agora nada a reclamar.

      • Realista

        Tudo bem que o torque dele em baixa rotação e na cidade é bom, mas liga o ar e pega uma serra com 5 pessoas dentro para ver que beleza que vai ser.
        Cancei de sofre com 1.0, comprei um HB20 1.6 e não tem comparação.
        Com ar ligado, carro cheio faz media de 17 km/l.

        • Dragoniten

          1.0 não foi feito pra colocar 5 pessoas e pegar serra, assim como eu tenho certeza que essa sua média de 17km/l não é feita em subida de serra.

          Meu amigo tem um HB20S 1.6 e afirma que o carro é econômico na estrada, desde que você pise pouco.

          • wasdyn

            Exatamente Dragon. O problema é que aqui no Brasil o povo mal consegue manter um carro, quem dirá dois, então tem que pegar um carro para fazer tudo – ir sozinho para o trabalho, fazer as compras no mercado, ir para a casa dos parentes pro almoço de domingo e viajar com a família toda no feriadão.
            Esse tipo de carro é para usar na cidade, no máximo pegar uma via expressa. Ainda, não é carro para colocar 5 pessoas, para ir com conforto tem que ir duas na frente e duas atrás.

          • O_Corsario

            POis é, toda vez vem alguém com esse mimimi de "serra com dez pessoas dentro, trezentos quilos no porta-malas, com AC ligado e com um cilindro quebrado blablabla"…

            • Dragoniten

              "com um cilindro quebrado"

              HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHA Bem por aí mesmo…

              • O_Corsario

                Ah esqueci: e com os cinco pneus com 12psi (o estepe murcho tbm atrapalha a performance).

            • Edson Roberto

              O mais engraçado é: Percebo que apesar de tudo isso, quem tem o 1.0 "cheio de pessoas" numa viagem, andarão 10% dessa forma. Portanto é totalmnete possivel ter um 1.0 sabendo das limitações. Meu pai fica com crise "de consumo" e só compra Siena 1.0.

              Bebe pra kct, mas faz tudo que ele precisa.

              • O_Corsario

                POis é… Eu já fiz uma viagem dessas com meu antigo gol 1.0, cinco pessoas no carro, carregando um monte de cenários pesados de teatro e malas… É só ter noção que naquele dia vc vai ter que pegar leve, se precisar ultrapassar calcule bem ou nem ultrapasse, sem stress, é só ter bom senso e ter consciência das limitações.
                Seria um problema se oc ara comprasse um subcompacto 1.0 e fosse andar 90% do tempo na estrada carregando gente e tralha,

          • Ubaldir

            Com 5 ocupantes, ar ligado e andando em um ritmo normal, duvido muito que faça 17 mesmo descendo a serra. A não ser que ande em cima de um guincho.
            O HB20 pode ser até econômico se você pisar de leve (a grande maioria dos carros o é). Mas cá pra nós, mesmo vazio já é impraticável andar com ele "pisando de leve". Tanto o 1.0 quanto o 1.6 da Hyundai são muito ruins de força em rotações abaixo dos 3000 giros. Se for pesado então… só pisando fundo, principalmente carregado e subindo serra. Em altas rotações, em especial acima dos 4000 rpm a coisa já muda de figura. São motores genuinamente "giradores".

          • Leandro1978

            "desde que você pise pouco"… Bem, neste caso, qual não seria?

      • Forço! kkkkk etios 1.3 e palio 1.4 é nítida a diferença de torque.

        • visanpai

          Vinícius chará, aqui em casa temos um Uno 1.4 e o torque não aparece em baixa mesmo. Torque em baixas rotações, aquele quando você sai do quebra molas de segunda, é bem mais identificado em motores três cilindros e nos monzatech (nos antigos astras de 140cv isso é bem notável).

    • É mas tem que considerar que o carro pra ele é uma ferramenta de trabalho e lazer. O consumo tambem é muito melhor que os demais da concorrencia e a potencia segundo vi é parecida ate as dos motores 1.4 do 207 atual, so perde um pouco no torque mesmo assim é pouca coisa e não faz muita diferença.

      • Edson Roberto

        Tem que saber tirar potencia dos motores. Cada qual além de configuração de entrega do motor, tem do cambio tbm. Os 1.4 da PSA tem cambio longo, o que propicia um consumo baixo, entretanto, não é o motor para se dizer que é bom de final ou até mesmo dizer que é super potente. Mas em uma serra, vc sente a diferença cmo uma redução de marchas.

  • André008

    Parabéns pela compra, seria interessante vc colocar as impressões ao longo do tempo para uma avaliação pelos leitores do NA.

  • Marcos Fialho

    Muito bom o relato, também estou de olho no Fox Bluemotion para substituir meu Classic (que considero bem econômico por sinal), mas, eu com 22 anos, sofro muito com o atendimento (no caso a falta dele) nas CSS VW.

  • Willian666

    Eu já ia criticar a compra pelo preço, mas quando vi o quanto ele pagou acho que foi uma ótima compra sim, parabéns creio que a negociação foi boa.

  • suguii

    Excelente relato. Você não conseguirá agradar a todos os leitores, porém se o carro satisfaz as suas necessidades, é o que importa!

    • gcarlos

      vai ter a turma dos semi novos..
      a turma do médio usado..
      e ninguém agrada a todos, né?

      • Ubaldir

        É aquela história: gosto e nádegas, cada um tem a sua… kkkkk. Sem dúvida a compra relatada acima foi cercada de avaliação e racionalidade. O rapaz está de parabéns.
        E o preço, em termos de Brasil, foi sim razoável. Por 38 mil você compra o que de diferente em termos de carro zero km? Opcionais são caros em qualquer segmento do mercado. O dele veio recheado. Não há muito mais o que se colocar em um carro, em especial na faixa de preços inferior aos 50 mil reais.

        • Leandro1978

          Pois é, eu fico com esta dúvida tb, qual seria a opção dentro destes R$ 38 mil. Geralmente não falam… É aquilo, cada um sabe quais são as suas necessidades e qual seria a melhor opção para atendê-las. O que pode ser bom para um, pode não ser para outro. O erro é achar que determinado modelo atende a todos, não importando a necessidade e possibilidade de cada um.

          • Edson Roberto

            Sabe o mais importante? É ele ter estabelecido um objetivo e ESTUDADO o mercado da região dele. De que adianta um cara falar: "Compra um 208 Active! é melhor!" sendo que ele mesmo disse que carros assim são mal vistos no mercado onde ele mora?

            Ninguem quer torrar dinheiro tbm…. e desvalorizar mais de 50% não rola. Ele pagou caro? Sim, mas pegou numa versão completinha. E para a necessidade ele estudou e fez.

            Se o brasileiro independente do modelo, fizesse isso, nosso mercado seria bem diferente.

            • Leandro1978

              Pois é, ele explicou detalhadamente os motivos, mas parece que, mesmo assim, as pessoas não entendem. A partir do momento que leem "1.0, R$ 38 mil", param de raciocinar e saem com "pelo preço tem opção melhor", sem citá-las, ou, quando citam, bastaria uma leitura um pouco mais atenta da matéria para perceber que tal opção não seria válida. Difícil, viu?

              Sem dúvidas, esta é a tecla que sempre bato, não adianta virem com "boicote", "usado é melhor", etc, o consumidor tem que pesquisar e optar pelo que melhor atenda às suas necessidades, oferecendo mais por menos, isso muda o mercado, não utopia.

      • ubiratamuniz

        vai ter os haters da vw
        vai ter os defensores do boicote às montadoras

        etc.

        O relato foi muito bom. Gostei das impressões e fiquei com mais vontade ainda de testar pra comparar com o Fox 1.0 (minha mulher teve um dos primeiros, era MUITO fraco, e olha que aqui em brasília não tem ladeira).

        E cada relato que eu leio na Internet sobre o três cilindros da volks me deixa mais animado a trocar o sandero num up.

  • thales_sr

    Compra bastante ponderada, como deve ser. Considero que o preço pago é algo secundário, se o comprador analisou bem o produto e pretende passar um bom tempo com ele. "ah dava pra pegar um fiesta rocam 1.6", dava, o Fiesta ia fazer 7 km/l onde o Fox faz 13… "É mais potente", verdade, mas o próprio dono falou que o 1.0 tá suficiente.

  • Landrutt

    Não seria nem de longe minha opção por esses 38 mil mas concordo que é uma compra mais sensata do que um up! pelo mesmo valor.

    • Qual seria a sua escolha?

      • Landrutt

        C3, Punto ou 208. Talvez o New Fiesta se conseguisse um desconto.

        • thinkt4nk

          De fato, quem paga 38, paga 40 de uma vez e leva o novo C3 por exemplo.

          • Landrutt

            Dá para conseguir um C3 pelos 38k…

            • AudiFan

              Mas pro perfil do cara um C3 teria um seguro custando no mínimo o dobro.
              Ele tem 24, é representante comercial e não tem garagem.
              Pretende ficar 4 anos com o carro. Vai vender um C3 com 100mil KM rodados, deprecia muito mais que o Fox. Pelo que entendi, ele ponderou todos estes fatores na sua decisão de compra.

              • Landrutt

                Sim, por isso falei da MINHA escolha.

              • Edson Roberto

                Depende. O C3 não é visado, logo o carro tem seguro barato.

            • Ubaldir

              Vale citar que o C3 de 38 mil tem um bocadinho (quantidade considerável) de coisas a menos do que o Fox do autor do relato. Nesse preço, nem vidro elétrico na traseira o Citroen trás.

              • Edson Roberto

                Nã otem quase nada. Nem som tem.

                Eu não compraria as versões de entrada dos "premium". (é pensavel no Fiesta se as condições forem propicias)

          • JoaoMartini

            208 Active tá 22 de entrada + 36x com juro 0%. No total dá 42k, mas pra quem tá precisando de boas condições é uma boa pedida.
            Aliás, tenho muita vontade de trocar meu Fox Prime em um 208 top. rs

        • gcarlos

          o cara só tava disposto a pagar no máximo 40k. Tem que ver o caso do cara, Seguro e Peugeot não é visto com bons olhos na região dele.

          • JoaoMartini

            Peugeot oferece seguro fixo pro 208, 1800 e pouco pro Active se não me engano. Não é dos mais baratos, mas pra quem tá na idade de risco tá um preço bom.

            • E a Hyundai também oferece pro HB20, não?

              • JoaoMartini

                Sinceramente, não sei..

  • JoaoMartini

    "O painel de instrumentos é bem completo, quando está claro ele fica aceso e quando fica escuro, ao entrar em uma garagem, por exemplo, ele vai apagando, eu acho que deveria ser ao contrário…"
    Isso é pra quando você estiver no escuro não achar que já está com os faróis acesos. Aliás, o que é mais comum é ver carro coreano a noite com os faróis apagados.

    • luk4z_sl

      É verdade isso. Logo que peguei meu Fiesta saia pela cidade com os faróis apagados pelo maldito painel sempre acesso kkkkkkkkkk

    • Paulo H.

      Não tinha pensado por esse lado. obrigado pela explicação João.

    • P500

      Nem é isso. Quando no claro o painel fica claro por causa do contraste. Ao entrar em garagem coberta, a iluminação ambiente é menor e para não atrapalhar as vistas o painel escurece.

      P500

  • paranaiba

    Paulo, também estou na mesma dúvida que você, tenho um Fox Prime imotion que faz no máximo no Etanol 7 km/l na cidade e 10 km/l na rodovia com ar ligado em ambas situações, tenho lido bastante sobre esse Fox Bluemotion e só ouço falar bem do mesmo, o meu maior medo é sentir a falta de um motor 1.6 quando o ar estiver ligado numa subida com mais de 1 pessoa no carro, além do mais aqui na minha cidade nem de encomenda esse modelo está sendo oferecido nas concessionárias, um absurdo, portanto nem test drive não tem como eu fazer, uma pena.

    • Rodrigo Moura

      Olha fiz o test drive no FOX Bluemotion não consegui perceber essa tal maior potência desse 3 cil. em relação ao meu GOL G5 1.0, eu achei até menos esperto.

      Não sei no UP! mas no FOX talvez pelo maior peso 90kg e cambio 10% mais longo, não apresenta desempenho superior ao GOL 1.0

      Agora o carro é extremamente silencioso, bem mais que o GOL. Entrega bem mais conforto ao dirigir.

      • luk4z_sl

        Mas o Fox é 12v, você precisa subir um pouco mais o giro dele pra acordar o motor, já o Gol com o VHTssauro 8v tem o torque ali em regime mais baixo. Talvez por isso não viu diferença.

        • JoaoMartini

          O TEC (VHT) 1.0 tem pico de torque a 3850 (10,6 kgfm) e potência máxima (76cv) a 5250 rpm. Já o EA211 tem uma faixa de torque máximo que começa mais cedo que no TEC (3 mil rpm) e termina no pico do mesmo (3800) e com praticamente a mesma força (10,4 kgfm). Como potência é torque x rotação e o EA211 tem 4 valvulas por cilindro, a potência dele continua crescendo (até 6250) enquanto no TEC para em 5250; ou seja, esse motor novo é melhor do que o antigo em todas as faixas de rotação. Se alguma diferença foi sentida a causa foi o peso, mas não o torque em baixa.

          • Rodrigo Moura

            O FOX Bluemotion não é mais forte que o GOL quem comprar esse carro acreditando que terá algo próximo de 1.4 está louco!

            É 1.0 anda como um 1.0. não vejo isso como problema acho que caro 1.0 hoje tem desempenho adequado na cidade. Me atende muito bem!

            • JoaoMartini

              Eu me referi ao motor. Se o EA211 é superior ao 111 em todas as faixas de rotação, significa que ele no Gol seria melhor que o atual TEC. E não sei onde que foi falado de 1.4 aqui. Nunca que se compara a um 1.4L.

    • Paulo H.

      Realmente uma pena PARANAIBA não ter para Testdrive, meu antigo Fox 11/12 também era 1.6. Posso afirmar, com mais de 2 ocupantes e na gasolina em uma ladeira na cidade, onde a velocidade é baixa, você vai sentir falta do 1.6 mas, quando abasteço com etanol a coisa muda um pouco, principalmente na estrada, passei por longos trechos de serra, com ar ligado e 3 pessoas, o carro não parece ser 1.0 quando esta com etanol.

  • Visitante

    Parabens pela compra, gosto mt dos carros da vw, mas infelizmente esse ano nao tive verdinhas para comprar um e parti pra chevrolet(cruze) pelo preço e disponibilidade.
    Mas ainda voltarei para a vw, se conseguir, daqui uma 4 anos mas com um jetta!!!

  • João Cagnoni

    Você tem mesmo certeza de que um Fox 0km por 40 mil é confiável? http://www.webmotors.com.br/comprar/carros/usados

    • wasdyn

      João, mas imagine o preço do seguro do Impreza. Imagine a dor de cabeça quando o carro tiver que ficar na oficina… Não dá para comparar apenas o preço do carro de forma seca, é preciso considerar tudo o que vem junto.
      Acompanho o Clube Subaru já a alguns anos e vejo a dor de cabeça do pessoal quando tem que trocar farol, parachoque… bem como o seguro, que é uma facadinha.

      • Leandro1978

        Pois é, uma coisa é a tal da "compra ideal" pela internet, outra coisa a realidade. Como sempre disse, cada um sabe das suas necessidades e possibilidades, o Paulo foi bem claro explicando-as. Para ele a compra foi perfeita, para outro, provavelmente não seria, cada um é cada um.

  • Quem te viu quem te vê. O primeiro Fox era feio demais, painel horrível, agora é um dos populares mais bonitos. Adoro esse painel do Fox. Esse face-lift deixou o Fox muito bonito.

    • Leandro1978

      Poderiam adotar tal painel no Gol tb…

  • Realista

    Sem desmerecer sua compra, mas por pouco mais eu compraria um New Fiesta 1.5 que tem 115 cv.

    • Rodrigo Moura

      Verdade hoje pra mim o Fiesta é oq mais sê a próxima do "melhor custo beneficio do mercado"

      • luk4z_sl

        Em alguns casos, o Custo X Benefício de um veículo não pode ser analisado apenas pelo preço e equipamentos, e sim por vários outros fatores, que em alguns casos são os mais importantes para o comprador, como consumo, facilidade de revenda na região, seguro, bom atendimento em agências, facilidade para financiamento e etc…

        • #CJ#

          errado! isso são as condições de compra e manutenção. CxB será sempre o preço pelo que se entrega. É um dos quesitos para o balancete da compra.

    • luk4z_sl

      Mas, o cara disse que potência extra não era diferencial para ele e sim o consumo na cidade. Nesse ponto, o Fox surra o NF 1.5.

    • fip_mengo

      Mas um New fiesta novo já custa 41 mil, e ele falou que só gastaria até no máximo 40 ! E não adianta falar em usado, ele queria um carro 0km !

  • Muito legal o relato. Parabéns pelo carro. Minha tia tem um Fox 2005/06 e está pensando em trocar de carro agora e acho que trocar por outro Fox 1.0, porém bluemotion não seria má ideia. O ideal para ela seria um modelo com câmbio automático, mas como estamos no Brasil e ela não quer gastar mais de 40k, fica difícil.

    • JoaoMartini

      Igual com a minha mãe. Acha que o Fox bebe muito e quer um automático não muito caro. Fazer ela esperar até o Fox MQB.

      • Não sei porque diabos ela quer trocar de carro agora… ela mal o utilizada.

        • Edson Roberto

          As vezes as pessaos querem ter "o novo" sem realmente precisar. É o mesmo que vc trocar seu Golf TSI 1.4 porque "encontrou" um 1.4 DSG e "Acha" que seria melhor negocio para o futuro.

      • Edson Roberto

        Engraçado…. acha que Fox bebe muito mas quer um automatico não muito caro. Aos que conheço "não muito caro", todos sõa beberrões. Coloquem os automatizados em linha que tbm consomem mais combustivel que comparado as versões manuais.

        • JoaoMartini

          Então, o negócio vai ser um up! I Motion, já que ela usa o carro na cidade só e não precisa de motor. Ela nem sabe a diferença de um automático pra um automatizado.. Enfim, pra ela o que importa é não pisar na embreagem.

  • FelipeLange

    O único carro 1.0 que eu teria coragem de comprar.

    Acho melhor negócio que o Up, já que tem vidro elétrico nas quatro portas,e mais espaço interno, no caso de você querer levar alguém atrás.

    Se eu fosse você, ficaria uns 10 anos com o carro. Ficar com ele por 5 anos e trocar por outro não compensa financeiramente, além disso seu carro agradece em estar sendo bem cuidado por você.

    Vejam: https://www.noticiasautomotivas.com.br/manter-um-c

    • ubiratamuniz

      ele é representante comercial. imagino que deva rodar BASTANTE. então eu creio bem que os cinco anos sejam um período mais que suficiente pra ele ficar com um carro só.

    • Paulo H.

      10 anos vai ser difícil, com menos de um mês já esta com 2.201Km rodados.

  • Dudu

    Estou querendo trocar o meu Polo e pegar um 1.0, pois preciso de economia, estou entre o Fox bluemotion e o high up!. Pegaria sempre o Fox, ate porque me agrado mais no testdrive, porem fico preocupado com o facelift da metade do ano.

    • O_Corsario

      Espera chegar mais perto e tenta barganhar algum desconto.

    • JoaoMartini

      Se esperar demais é bem provável que não tenha mais Fox 1.0. Estão falando em um 1.4 16v do Golf sem o turbo, e que esse equipará o "Novo" Fox. Veremos..

  • Louis

    Excelente consumo hein! Tá aí a prova de que é sim possível fazer carro flex econômico.
    Com um consumo desses dá pra economizar uma boa grana pra quem anda bastante, como é o meu caso.

    • FelipeLange

      Seria melhor ainda se o combustível fosse de melhor qualidade e tivesse menos álcool, como na maioria dos países do mundo.

      • gcarlos

        Esse acréscimo é por uma questão econômica, mesmo. Estamos importando muita gasosa. È um peso enorme na balança comercial.

        • FelipeLange

          Não sei se é por causa da importação de petróleo. Acho que não é não.

          Deve ser culpa desse governo que apoia os usineiros.

  • lkalencar05

    Cara parabéns pelo relato e pela escolha. Particularmente não compro carro 1.0 e olha que trabalho ida e volta 36km dia sim dia nao, porém, faço questão de um carro mais potente para minhas viagens a lazer.

  • zema

    Tive um Fox 1.6. Boa relação motor e câmbio mas não me canso de dizer : que suspensão desconfortável !!!! Dura e barulhenta !

    • JoaoMartini

      Concordo com o dura, discordo com o barulhenta. Aliás, achei o Golf 7 super macio (tenho um Fox) rs.

  • Bona

    Logo no começo fiquei um pouco assustado…descartou modelos e marcas sem nunca ter visto ou dirigido os carros, muito menos checar a possibilidade de negócio. No fim das contas chego a conclusão de que a compra do carro foi 100% emocional, como a maioria de nós fazemos. Parabéns pela compra e que te atenda do jeito que espera. Abraços.

  • por 38mil nao compraria um fox, ainda mais sabendo q agora nesse semestre ele vai ganhar uma reestilizacao pesada e em 2016 uma nova geracao

  • Bruno

    Tenho um preto comprado em 12/13, R$37000, muito satisfeito, tem gente contando mentira aqui. Basta ver o teste da autoesporte Rio-SP-Rio é aquilo mesmo o motor dá show, não compre sem fazer um test-drive.

    • Rodrigo Moura

      Bruno eu fiz test dive no FOX Bluemotion e não vi nada de mais forte que o GOL G5 que possuo, lembro que o FOX 3 cil é mais pesado e tem cambio 10% mais longo que o GOL.

      É silencioso bem mais que o GOL (talvez por ser 0k), mas anda como qualquer 1.0 da VW o que não é vergonha alguma atende perfeitamente para o uso a qual se destina.

      Dizer que o Fox 3 cil anda como um carro 1.4 e uma sandice.

  • MecanicoDigital

    Texto longo, porém rico em detalhes e bastante interessante, prende o leitor nos detalhes, bem redigido e equilibrado entre o racional e o emocional. Parabéns ao autor!

    Com relação do dimmer do painel (esmaecimento da iluminação ao entrar em ambientes escuros), esta técnica é utilizada porque, em longos trechos à noite, o excesso de luminosidade á frente do motorista incomoda muito. Tenho conhecimento de causa, pois antigamente eu viajava mais de 1.000km de uma vez só com uma certa frequência. Claro que não é necessário uma distância tão longa pra perceber isso, acredito que umas duas horas de viajem em ritmo constante já dá pra sair desligando luzes mais fortes dentro do carro. Eu tinha um Corcel com um relógio de teto azul, muito lindo… Certa vez, o fio que controlava este efeito ao acender os faróis do carro se soltou, daí ele ficava à noite acesso com o mesmo brilho do dia …. iluminava o carro inteiro por dentro! Rapidinho eu arrumei o tal fio, e a paz da luz suave voltou a reinar…..

    Eu mesmo costumo até a virar o carregador do GPS na tomada de 12v, que tem um led vermelho que parece querer furar meus olhos. Deixo o led sempre apontando pro passageiro, tudo que é luz muito forte dentro do carro à noite me incomoda, pareço até um vampiro, kkkkkk….

  • Duda1565

    Confesso ter muita vontade de vender meu carro médio automático, com consumo na casa dos 8km/l na cidade e 15km/l na estrada, para comprar uma Triton V6 para viajar, e um Fox 3cilindros para o dia a dia…

    • gcarlos

      Uma boa receita. Se der, pode fazer não vai se arrepender se precisar na picape mesmo. Hilux ou SW4 já seria um sonho, pelos preços praticados, para o meu caso.

  • tiards

    o que o povo ainda não enxergou é que a faixa de preço dos carros 1.0 completo é entre 30 mil e 40 mil reais. não estamos mais em 2003 onde se comprava corolla e civic. todos os preços dos carros subiram e vão continuar subindo.
    com isso, achei uma boa compra, 38 mil completo e com um motor moderno, pra quem trabalha e quer economia, não tem opção melhor do que o fox blue.

    • Leandro1978

      R$ 30 mil em 2003, seriam quase R$ 60 mil hoje.

  • Wellington Myph13

    Bom, você disse que os modelos da NIssan não te chamam atenção, mas eu por esse preço levaria o March 1.6 SV e ainda sobrava uns troco…

    Gosto é gosto, e eu acho o Fox um belo carro, muito mais que o March ele é, mas não pago 38mil no 1.0 novo por mais econômico que ele seja… o 1.6 da Nissan de 111cv é muito econômico também mas não tanto…

    E nem adianta alguém vir responder e falar "quero ver a hora que precisar de peça pro carro" que isso não muda nada.. carro zero pra precisar de peça só se der azar de bater… mesmo que essa probabilidade tenha que estar na conta

    • ubiratamuniz

      pelo relato dele, acredito que o March não seria o carro ideal. Eu tenho 1,82 (considero um March pra próximo carro) e ainda assim achei o carro meio apertadinho. O autor tem 1,93 de altura.

    • Julia

      Nissan March, eu ando com um todo fim de semana…
      O carro tem o pior retrovisor do lado do motorista da face da terra… Deveria até ter um recall dele.
      O carro também apresenta INÚMERO pontos cegos!

  • O_Corsario

    Bom, dado o seu perfil, se for ficar com o carro uns cinco anos, fez ótima compra. Aproveite bem.

    • Motorista1979

      Nao acho, tendo em vista que o carro ja tem quase 7 anos de mercado e sera totalmente remodelado, inclusive com troca da plataforma, em 1 ano. Ou seja pagou caro e tera o carro fora de linha em breve.

      • O_Corsario

        Bem, ele não podia esperar um ano. Precisava do carro agora. E este carro atende às necessidades dele no tocante à espaço, desempenho, consumo, custo de manutenção…
        Deixar tudo isso de lado só pq vai ganhar um face-lift daqui a um ano para mim não seria uma boa idéia, ainda mais pq ele pretende ficar bastante tempo com o carro…
        O "novo fox" mesmo, na plataforma do GOlf, ainda demora mais para chegar.
        Mas enfim, para outros pode não ser uma boa.

  • Bruno Alves

    Lendo o segundo parágrafo você já percebe que é o típico consumidor brasileiro. Que não compra carro com motor maior que 1.6 porque todos, sem exceção, consomem mais. E que só compra carro das queridinhas do Brasil. Usando como justificativa disso o fato de que as outras tem carros que não atraem ele, sendo que ele talvez nem conheça esses carros direito.
    Mas tudo bem, o dinheiro é seu, faça o que quiser com ele.

    • Paulo H.

      Bruno, considere as variáveis: "seguro, revisões, principais peças de reposição, possíveis defeitos, preço da mão de obra fora da concessionária, os opcionais que deveria ter no carro, espaço interno (não preciso de porta malas, mas preciso de espaço dentro da cabine tenho 1,93mt), estética, conforto, revenda, índices de roubo (por mais que tenha seguro, não queria um carro visado para roubo), qualidade no acabamento, garantia da fábrica (desde o dia 02/01/2014 VW passou a dar 3 anos de garantia total para defeitos de fabricação e isso pesou muito, antes era 1 ano total e mais 2 para motor e câmbio) desempenho do motor e é claro, o consumo"….

      Qual carro você compraria? Lembrando que o carro será para uso comercial durante a semana e pessoal aos finais de semana. Com um mês já rodei 2.200 km.

  • Diegorji

    Esse carro é muito ruim, motor muito aspero, treme bastante, diferente do UP que não treme e não vibra como o Fox. Já dirigi os 2, no UP o 3 cilindros embala e desenvolve no Fox, devido ao peso, o carro fica extremante lento, principalmente carregado.

  • Motorista1979

    Essa historia de que nao existe financiamento com taxa zero é balela, normalmento contada por quem paga juros. Eu tenho um carro financiado com taxa zero e ela foi bem vantajosa sim pois vou pagar uns 20k reais a menos do que pagaria se tivesse juros. Se comprasse o carro a vista o preço seria o mesmo, uma vez que a loja sempre recebe a vista, sendo financiado ou não.

    • zeuslinux

      Claro que comprar à vista sempre sai mais barato porque consegue-se negociar descontos e com taxa zero o preço base quase sempre é o preço de tabela.

      Mas, para quem não tem dinheiro na mão para comprar à vista, o financiamento "taxa zero" ainda sai bem mais barato do que um financiamento normal com juros bancários de praxe. Já comprei um Corolla zero usando uma promoção dessas "taxa zero" e saía muito mais barato do que qualquer tipo de financiamento. O financiamento era direto com o banco Toyota. Vale a pena sim.

  • Anderson_sp

    Pelo relato o carro nesta versão parece ser melhor que o Up nos fatores consumo/dirigibilidade, pra quem encheu o pé nele, os números de consumo são bons.

  • marquito1978

    o legal é que o dono teve o cuidado de comparar o consumo na bomba, não se valendo apenas do computador de bordo… é um consumo realmente supreendente, dá pra se sonhar em ficar com esse carro por um bom tempo…. deveria haver mais opções de carro com essas características… eu tenho um new fiesta 1.5 S que tá fazendo 8 km/ litro na cidade e 13 km/litro na estrada com etanol… é bem animador esse resultado do fox.

  • Leandro

    Ótimo relato. Parabéns pelo carro!

  • Cruz

    Realmente experiência bacana. Econômico. Agora, pq o UP consome mais ?

    • Johnny Souto

      Por que não é Bluemotion.

  • Paulo H.

    Ressaltei esse ponto, pois nas demais marcas não houve essa atenção, e de fato, há vendedores que só de olhar para o cliente já imaginam se ele vai ou não comprar, e se o vendedor colocar na cabeça que você não vai comprar o carro, o atendimento muda completamente e ao invés de lhe atender bem, fica tentando te "despachar" para pegar outro cliente.

  • rodrigo m

    olha é caro mas o carro e bem completo, concerteza melhor opçao que o up!
    o consumo me surpreendeu pois ele e mais pesado, e ainda com rodas aro 15!

    • #CJ#

      Quanto maior a roda menor a tendencia do consumo

  • walter

    ótima compra, tenho um que tirei em out2013, a única reclamação é mesmo a qualidade do som original, talvez os falantes são ruins, mas o motor e acabamento geral são muito bons, anda bem, bate em paridade com qquer 1,4 do mercado. aconselho!

  • velhomisantropo

    38k, 70% do valor a peder de vista, num carro 1.0 litro? Cada um tem o direito de escolher , mas não rotule essa compra como racional, pois não é!

  • Julia

    Eu estou esperando meu up! e fiquei ansiosa agora para dirigi-lo, afinal, o up! é mais leve que o Fox, ou seja, "mais potência".
    Eu não levei o Fox pq eu realmente gosto de porta-malas, estou migrando de um Polo Classic 99 com motorização 1.8 AP, que possui um porta-malade 450l (mais ou menos isso).
    Já será um grande trauma mudar de 1.8 para 1.0, mas não tira o porta-malas também né? Sacangem heeheh

  • #CJ#

    Parece uma compra interessante para quem não liga para motor.

  • Marcos Kormann

    Acabei de comprar o meu, branco, completinho. Anda bem (com gasolina anda como 1.4) , econômico e tem um ronco bem bacana. Custo x benefício = excelente.

    • jonas

      por quanto saiu o seu? Fui na concessionária e o vendedor me deu os (incríveis) valores de mais de 40k completinho com som e tal.

      • careca

        Por 43 leve o Polo que D E T O N A o Fox.

        • Thiago

          O Polo é mesmo mto bom, mas no segundo sementre estará saindo de linha, entao nao acho q o polo seria uma boa compra ja que nao será mais fabricado acarretando na desvalorização.

  • Thiago

    Ótimo relato, Paulo!!! Eu tbm sou operador comecial em uma financeira e uso o carro pra trabalho, tenho um celta 11/12, mas como eu tbm sou alto preciso de um carro mais confortave. Venho pesquisando muito sobre o Fox Bluemotion, hj fiz um teste drive na VW Santa Emilia aqui de Ribeirao Preto SP e gostei muito do carro realmente este fox 1.0 de 3 cilindros é perfeito!!! ja decidi que vou trocar meu velhor e apertado celta pelo fox bluemotion, aqui o valor final esta em 40.600,00 mas com engate e insul film lembrando que é na cor prata e com o pacote Urban & Sound. Pra quem estiver em duvida qto ao motor 1.0 faça um teste drive sem compromisso tenho certeza de que vai gostar!! Abraço a todo.

    • Paulo H.

      Thiago, realmente para nós que andamos muito com o carro o Fox Bluemotion tem se mostrado uma excelente opção. Mas, eu paguei R$38.000,00 no meu com pintura metálica, Urban&Sound, conforto completo para as 4 portas, couro nas portas e volante, emplacamento total 2014. R$40.600,00 ta meio puxado em…mas ainda assim esta abaixo do preço de tabela. Parabéns pela compra, garanto que não irá se arrepender…

  • Lucas

    Tenho um fox 1.0 bluemotion, 2013/2014, está com 15.000km, vem apresentando falhas no arranque, e falhas na aceleração, está na concessionária no momento, sem solução consistente apresentada. Me informaram que seria um módulo, e que seria encomendado, porém, um engenheiro da fábrica está na concessionária avaliando essa situação pois tem outro Fox com o mesmo problema lá. Acredito que eles não tenham solução para o problema ainda, e querem ganhar tempo… Vi outros casos semelhantes na internet, mas até agora não consegui conversar com alguém que tenha o carro e apresentou o mesmo problema

  • Deny Williams Cury Haddad

    Amigo, me diga uma coisa: esse carro tem aviso de porta aberta? Obrigado.

    • Paulinho Monteiro

      Não, só tem aviso de o Porta Malas estiver aberto, e se esquecer de apagar os faróis também ao sair do carro.

      • Deny Williams Cury Haddad

        Paulinho Monteiro, o aviso do Porta-Malas aberto depende de estar ligado o carro ou acontece também se estiver desligado?

        • Paulinho Monteiro

          Assim que você liga a parte elétrica com a chave, aparece um desenho do porta malas aberto no painel de instrumentos. Já o aviso de luz acesa, só acontece quando você tira a chave da ignição e deixa o farol aceso, mesmo se for só o farolete.

          • Deny Williams Cury Haddad

            Obrigado, Paulinho Monteiro.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend